ROTEIRO DA SEMANA

Dança

Os melhores espetáculos de dança do Rio

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

ESTREIA

A CRIAÇÃO, de Uwe Scholz. Atração de abertura da temporada de dança do Theatro Municipal, o balé foi concebido pelo coreógrafo alemão Scholz (1958-2004) com base na Cantata de Joseph Haydn (1732-1809). O compositor austríaco, por sua vez, teve como inspiração o livro bíblico Gênesis e o poema épico Paraíso Perdido, de John Milton (1562-1647). Participam da montagem os três corpos artísticos da casa ? Ballet, Coro e a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal. Atuam como solistas bailarinos como Cecília Kerche, Francisco Timbó, Márcia Jaqueline e Denis Vieira. Entre os cantores líricos convocados estão nomes como a soprano Rosana Lamosa, o tenor André Vidal e o baixo Ariel Cazes. Direção de Laura Popelka e Ivaylo Iliev (60min). Livre. Theatro Municipal (2?361 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Quinta e sábado, 20h; domingo, 17h. R$ 25,00 a R$ 504,00. Bilheteria: 10h/18h (seg. a qua.); a partir das 10h (qui.); a partir das 15h (sáb. e dom.). TT. Manobr. Até 10 de junho. Estreia prometida para quinta (31).

ÚLTIMA SEMANA

CAPRICHOSA VOZ QUE VEM DO PENSAMENTO, de Maria Alice Poppe e Tato Taborda. A bailarina Maria Alice executa a coreografia contemporânea acompanhada ao piano por Taborda. Neste espetáculo é contada, por meio de movimentos, a história de uma dançarina que materializa as músicas compostas pelo pianista. Direção de Aderbal Freire-Filho (60min). Livre. Estreou em 24/4/2012. Teatro Poeira (100 lugares). Rua São João Batista, 104, Botafogo, ☎ 2537-8053. Terça e quarta, 21h. R$ 20,00. Bi­lhe­teria: a partir das 15h (ter. e qua.). IC. Até quarta (30).

JUSTO UMA IMAGEM, de Denise Stutz e Felipe Ribeiro. A obra do artista plástico chileno Jorge Seláron, mais conhecido pela escadaria de azulejos coloridos na Lapa, serve de inspiração para este espetáculo que une dança e cinema. Ex-integrante do Grupo Corpo, Denise executa os movimentos apoiada por imagens urbanas do VJ Felipe Ribeiro, projetadas no fundo do palco. Direção dos autores (50min). 14 anos. Estreou em 9/5/2012. Teatro Gláucio Gill (100 lugares). Praça Cardeal Arcoverde, s/n°, Copacabana, ☎ 2332-7904, ? Cardeal Arcoverde. Quarta e quinta, 20h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 16h (qua. e qui.). Até quinta (31).

O TEMPO DO MEIO, de Esther Weitzman. Coreógrafa e bailarina, Esther celebra treze anos de carreira com esta peça, inspirada em textos escritos por Proust e Deleuze, entre outros autores. Cinco bailarinos executam passos em círculos com o objetivo de transmitir o sentido de transitoriedade. Direção da autora (50min). 10 anos. Estreou em 10/5/2012. Espaço Sesc ? Mezanino (100 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. Quinta a sábado, 21h30; domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até domingo (3).

Fonte: VEJA RIO