ROTEIRO DA SEMANA

Dança

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

AS CANÇÕES QUE VOCÊ DANÇOU PARA MIM, de Alex Neoral. Com dez coreografias no repertório, a Focus Cia. de Dança faz mais uma sessão de sua primeira peça, inspirada no universo da música popular brasileira. O espetáculo é a próxima atração do Projeto 7 em Ponto, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura para proporcionar o acesso popular a apresentações de qualidade, com ingressos a R$ 1,00. O escolhido para dar movimento aos passos de Alex Neoral, diretor da companhia, foi o repertório do rei Roberto Carlos. A trilha sonora inclui Calhambeque, Amada Amante, Fera Ferida, Desabafo, Falando Sério e Cama e Mesa. Alem de Neoral, sete bailarinos sobem ao palco. Direção do coreógrafo (60min). Livre. Estreou em 24/11/2011. Teatro Carlos Gomes (685 lugares). Praça Tiradentes, 19, Centro, ☎ 2232-8701. Terça (13), 19h. R$ 1,00. Bilheteria: a partir das 18h (ter.).

CIA. URBANA DE DANÇA - CHAPA QUENTE / NA PISTA. Dirigido por Sonia Destri, o grupo com seis anos de trajetória e oito bailarinos apresentou a coreografia Chapa Quente no festival Peak Performances, em Nova Jersey, em 2011, onde dividiu o palco com Bill T. Jones e Wayne McGregor. Energética e acrobática, a peça é constituída de movimentos que misturam house contemporâneo e street dance. O programa também inclui a inédita Na Pista, que marca o retorno da companhia às suas raízes no subúrbio carioca. Ritmos e sequências coreográficas que fizeram parte da vida dos jovens dançarinos inspiraram a companhia neste novo trabalho, que tem como referências hits de Michael Jackson, Jamiroquai, Tim Maia e Lauryn Hill. Direção de Sonia Destri Lie (60min). 12 anos. Espaço Sesc ? Mezanino (100 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. → Quinta a sábado, 21h30; domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até 8 de abril. Estreia prometida para quinta (15).

✪✪✪ COMPANHIA DE DANÇA DEBORAH COLKER - TATYANA. Baseada em Evguêni Oniéguin, considerado o mais importante romance do russo Aleksandr Púchkin (1799-1837), a coreografia é apresentada em dois atos por dezesseis bailarinos e pela própria Deborah Colker. A peça põe no palco ? em que sobressai uma enorme árvore cenográfica criada por Gringo Cardia, na primeira parte ? o próprio Púchkin, interagindo com ações, desejos e pensamentos dos quatro protagonistas de sua obra-prima, representados em movimentos de dança contemporânea. Ali está o jovem cosmopolita Oniéguin, que, entediado se refugia na propriedade rural herdada do tio. Na cidadezinha, conhece o jovem poeta Lenski, que apresenta ao forasteiro a contemplativa Tatyana, irmã mais velha de sua noiva Olga Lárina. Direção da autora (100min, com intervalo). Livre. Estreou em 25/5/2011. Teatro João Caetano (1?222 lugares). Praça Tiradentes, s/nº, Centro, ☎ 2332-9257. Quinta a sábado, 21h; domingo, 18h. R$ 17,00 (balcão simples) e R$ 23,00 (balcão nobre). Bilheteria: 14h/18h (ter. e qua.); a partir das 14h (qui. a dom.). IC. Até 6 de maio. Reestreia prometida para sexta (16).

Fonte: VEJA RIO