DIVERSÃO

Esporte à beira-mar

Não faltam opções para quem quer trocar a academia pela areia e pelo mar neste verão. Do stand-up paddle ao beach tennis, confira 35 escolinhas espalhadas pela orla

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Praia de Copacabana
Praticantes de bodyboard no Posto 5 de Copacabana (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Com uma extensa faixa de areia escoltada por belas paisagens, o Rio é uma cidade com vocação natural para a prática de esportes ao ar livre. Do vôlei ao futebol, passando por atividades que se tornaram populares nos últimos anos, como é o caso do stand-up paddle e do beach tennis, há modalidades para todos os estilos de atleta nas praias, o epicentro da estação que está começando agora. Pagando mensalidade a partir dos 60 reais, é possível suar a camisa de segunda a domingo em escolinhas que oferecem turnos flexíveis da manhã à noite. Mas exercitar-se ao ar livre requer alguns cuidados específicos, que vão além dos exames de check-up. É sempre bom usar roupas leves, claras e com tecido próprio para a transpiração. Também evite atividades entre 10 e 16 horas e use filtro solar, boné e óculos escuros. Outra recomendação é manter-se hidratado durante o treino. "O ideal é ingerir 250 mililitros de água a cada trinta minutos. Se o exercício passar de uma hora, aí sim opte por algum isotônico para repor o sódio e o potássio", afirma a cardiologista Isa Bragança, especialista em medicina do esporte. Confira a seguir centros de treinamento de treze modalidades, situados um pouquinho além do trecho que vai do Leme ao Pontal ? incluímos até a Praia Vermelha, na Urca, point das aulas de canoa havaiana. Agora ninguém tem mais desculpa para ficar parado neste verão.

 

Info esportes
(Foto: Veja Rio)

 

info esportes 1
(Foto: Veja Rio)

 

Fonte: VEJA RIO