COMER & BEBER

Melhor para paquerar: DoiZ

- Atualizado em

Pouco mais de dois meses depois de inaugurado, o novo estabelecimento do chef Fábio Battistella virou ponto de encontro de uma turma dedicada à azaração, mas com estilo. O espaço com jeito de boate ajuda bastante. Tem som ambiente de trip-house e luz baixa, proporcionada por lâmpadas de néon e cubos alaranjados translúcidos. Bebidas e tira-gostos à altura do cardápio que fez a fama do vizinho Meza Bar, também de Battistella, completam o programa. De preparo quase irretocável, o apple martini (R$ 22,00), o aloe aloe (R$ 21,00; gim, vermute e aloe vera) e a caipisaquê de morango (R$ 14,00) servem de combustível para aquela conversa ao pé do ouvido. Dos três ambientes, o salão principal é o lugar apropriado para o approach. Mais reservados, a área nos fundos da casa e o mezanino servem ao passo seguinte: a hora em que a conversa engrena. Na cozinha, o chef gosta de subverter texturas e sabores de receitas conhecidas. Assim, cria delícias originais como o canastrinha (R$ 21,00), porção de quinze bolinhas de queijo da Serra da Canastra ao molho de goiabada, além do presunto de pato curado lá mesmo e servido com molho de laranja e tomilho (R$ 31,00). Clássico dos pubs ingleses, o fish and chips (R$ 26,00), porção de peixe e batata fritos, também ganha versão esmerada.

Rua Capitão Salomão, 55, Humaitá, ? 2179-6620 (100 lugares). 19h/3h (seg. a qua. até 1h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00).

? www.doiz.com.br. Aberto em 2011.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO