DIVERSÃO

Dez curiosidades sobre Gonzaga - De Pai Para Filho

Dirigido por Breno Silveira, Gonzaga - De Pai Para Filho desembarca nos cinemas nesta sexta (26). Confira uma seleção de curiosidades sobre a trama

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Dois dos mais conhecidos cantores e compositores da música popular brasileira, Luiz Gonzaga (1912-1989) e seu filho Gonzaguinha (1945-1991) terão suas vidas retratadas em superprodução que chega às telas nesta sexta (26). Trata-se do filme Gonzaga - De pai para Filho, dirigido por Breno Silveira, o mesmo de Dois Filhos de Francisco. Com orçamento de R$ 12 milhões, foram rodadas cenas em 100 locações diferentes, incluindo o sertão de Pernambuco, onde nasceu Gonzagão, e o Morro de São Carlos, na região central do Rio, onde Gonzaguinha passou a infância. Para saber mais sobre a produção, confira abaixo dez curiosidades sobre o longa. Assista ao trailer no YouTube.

O concurso

Preocupado em encontrar um intérprete fisicamente parecido com Luiz Gonzaga, Breno Silveira organizou uma seleção que contou com 5.000 inscritos e incluiu convocação de candidatos através de programas de rádio. O escolhido foi o músico paulistano Chambinho do Acordeon, que vive Gonzagão entre 30 e 50 anos.

O guia do museu

Também participante do concurso, Adélio Lima trabalhava como guia turístico em um museu que homenageia Luiz Gonzaga em Caruaru, Pernambuco. Adélio foi contratado para interpretar o mestre do baião mais velho e teve de engordar dez quilos para o papel. No total, cinco atores dão vida ao músico: Land Vieira (dos 17 aos 23 anos), Nivaldo Expedito de Carvalho, o Chambinho do Acordeom (dos 27 aos 50 anos), e Adélio Lima (70 anos).

Gonzaguinha de peruca

A interpretação de Gonzaguinha ficou a cargo do gaúcho Júlio Andrade. Ele caprichou no visual no dia do teste e chegou a usar uma peruca para imitar o cantor. Andrade já havia interpretado outro ídolo da MPB, Raul Seixas (1945-1989), em um episódio dedicado ao roqueiro do programa Por Toda Minha Vida, exibido pela TV Globo.

Recife, o início de tudo

Antes de gravar no Rio e no sertão nordestino, a trama teve suas primeiras cenas rodadas no Marco Zero, em Recife, em dezembro 2011. A capital pernambucana também foi escolhida para a pré-estreia nacional da trama, no dia 10 de outubro.

A cena mais bonita

Momento mais emocionante de toda a trama, a reconciliação de pai e filho é o destaque da produção. Pai ausente, Gonzaga deixou o então pré-adolescente Gonzaguinha vivendo no Morro de São Carlos, no Rio.

A inspiração

O filme foi baseado no livro Gonzaguinha e Gonzagão, Uma História Brasileira, escrito pela jornalista Regina Echeverria e lançado pela Ediouro em 2006.

Mocinha de novela

Protagoista da atual trama das 21h da TV Globo, a atriz Nanda Costa vive no filme uma grande paixão de Luiz Gonzaga. Nanda interpreta Odaléa, mãe de Gonzaguinham que morreu muito jovem. Nanda chegou a fazer laboratório no morro carioca.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO