Roteiro da Semana

Concertos

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ABSTRAI ENSEMBLE.

Pedro Bittencourt é o saxofonista e, ao lado de Paulo Dantas, diretor musical do grupo. Completam a formação Doriana Mendes (voz), Pauxy Gentil-Nunes (flauta), Kátia Balloussier (piano), Larissa Coutrim (contrabaixo) e Pedro Sá (percussão). O repertório é formado por obras inéditas compostas especialmente para o conjunto. Centro Cultural Banco do Brasil ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, 3808-2020. Quarta (3), 18h30. R$ 10,00. Bilheteria: 9h/21h (ter.); a partir das 9h (qua.).

BRITTEN SINFONIA. Leia em Veja Rio Recomenda. 10 anos. Theatro Municipal (2?244 lugares). Praça Marechal Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Sexta (5), 20h30. R$ 90,00 (galeria) a R$ 1?800,00 (frisa e camarote, com seis lugares). Bilheteria: 10h/18h (seg. a sex.). IC.

HUNGARIA! AS MÚLTIPLAS FACES DE FRANZ LISZT. No ano em que se comemora o bicentenário de nascimento do húngaro Franz Liszt, o CCBB recebe um festival em sua homenagem, com apresentações mensais até dezembro. Desta vez, os jovens pianistas Laís Frey, Marina Spoladore, Luciano Magalhães e Ronal Silveira se revezam em um programa que inclui as rapsódias números 8, 6, 19, 2 e 9 (esta última a oito mãos). Centro Cultural Banco do Brasil ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Terça (2), 12h30 e 19h. R$ 6,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.).

RIO INTERNATIONAL CELLO ENCOUNTER 2011. Em sua 17ª edição, o festival dedicado ao violoncelo apresenta mais de vinte concertos gratuitos até 28 de agosto. No primeiro dia, sexta (5), às 12h, a estação Carioca do Metrô Rio recebe um pocket show de Kaja Pettersen (cello) e Isa Holmesland (violino), tocando músicas tradicionais da Escandinávia. No mesmo dia, às 20h, o Espaço Sesc apresenta uma programação extensa em homenagem ao violoncelista inglês David Chew, criador do festival, radicado há trinta anos no Brasil ? ele próprio se junta a diversos músicos para interpretar obras de Piazzolla, Bach, Gnattali, Villa-Lobos, Schumann, Brahms e Tom Jobim. No sábado (6), às 20h, o Espaço Sesc volta a ser palco do festival, desta vez com Minna Rose Chung (cello) e Judy Kehler-Siebert (piano) tocando músicas de Liszt, Rachmaninoff e Chopin. No domingo (7), às 16h, a Igreja de Nossa Senhora da Candelária é o cenário de uma apresentação da Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos de Volta Redonda e de recitais que, novamente, juntam David Chew a uma série de músicos, em um programa que passa por Bach, Brahms, Schumann, Gilson Peranzzetta, Piaz­zolla e Villa-Lobos. Fechando o fim de semana, também no domingo (7), às 20h, o Espaço Sesc recebe Lars Hoeffs (cello) e Jasmine Lin (violino) em torno de obras de Villa-Lobos e Ravel. Espaço Sesc ? Arena (242 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. Igreja Nossa Senhora da Candelária (1?500 pessoas). Praça Pio X, s/nº, Centro, ☎ 2233-2324. Grátis.

Fonte: VEJA RIO