Roteiro da semana

Cinema

- Atualizado em

PRÉ-ESTREIAS

A CONDENAÇÃO, de Tony Goldwyn (Conviction, EUA, 2010). Drama biográfico estrelado por Hilary Swank, vencedora do Oscar de melhor atriz por Meninos Não Choram e Menina de Ouro. Na trama, Hilary interpreta Betty Anne Walters, uma garçonete mãe de dois filhos que abre mão de sua vida pessoal para defender o irmão (Sam Rockwell), condenado por assassinato (107min). Estação Vivo Gávea 1.

✪✪✪ CONTÁGIO, de Steven Soderbergh (Contagion, EUA, 2011). Premiado com o Oscar de melhor diretor por Traffic (2000), Steven Soderbergh é um cineasta tão talentoso que, mesmo num filme supostamente de ação, consegue deixar uma marca autoral. O que poderia ser um novo Epidemia (1995) vira um drama de suspense de arrancada densa. Nos primeiros minutos, embalados apenas por uma música eletrônica, vários personagens mundo afora apresentam sintomas semelhantes: suor excessivo, visão distorcida, febre e convulsão. A primeira a morrer é Beth Emhoff (Gwyneth Paltrow), uma americana que estava em Hong Kong. Enquanto o pequeno filho dela mostra sinais parecidos, seu marido (Matt Damon) desespera-se para saber o que aconteceu com a mulher. A partir daí, a epidemia se espalha pelo planeta. Especialistas na área, como as doutoras interpretadas por Kate Winslet e Marion Cotillard, deslocam-se para averiguar as causas, enquanto os Estados Unidos apressam-se em produzir uma vacina. Quem desconfia da eficiência do governo americano é um blogueiro inglês (papel de Jude Law), que acredita ter descoberto um remédio natural capaz de impedir os avanços da doença. Com Laurence Fishburne (106min). Cinemark Botafogo 2, Cinemark Downtown 9, Cinépolis Lagoon 3.

✪✪✪ COPACABANA, de Marc Fitoussi (Copacabana, França/Bélgica, 2010). Quase sempre vista em papéis densos, como em A Professora de Piano, Mulheres Diabólicas e Minha Terra, África, a versátil Isabelle Huppert interpreta com gosto uma personagem mais desmiolada nesta comédia dramática. Ela é Babou, uma mulher de meia-idade desempregada que parece viver no mundo da lua e, por isso, tem sérios atritos com sua única filha certinha. Quando a garota marca a data do casamento e não convida a mãe, Babou decide dar uma guinada na vida. Ela sai do interior da França e aceita um emprego em Ostend, uma chuvosa cidade da Bélgica. O bico consiste em distribuir panfletos de apartamentos de locação temporária, mas, aos poucos, a cinquentona consegue convencer sua chefe (Aure Atika) de que pode ir além. Divertida, melancólica e, por fim, muito alto-astral, a história ainda faz uma homenagem ao Brasil (107min). 14 anos. Estação Sesc Barra Point 2, Estação Sesc Ipanema 2, Estação Sesc Rio 2, Estação Vivo Gávea 3.

A PELE QUE HABITO, de Pedro Almodóvar (La Piel que Habito, Espanha, 2011). O cirurgião plástico Robert Ledgard (Antonio Banderas) se dedica a criar uma pele humana sintética capaz de suportar todas as formas de agressão. Sua obsessão começou quando a esposa morreu queimada em um acidente de carro. Há, porém, mais mistérios no novo drama de suspense do diretor espanhol (110min). Cinemark Botafogo 2, Cinemark Downtown 2, Estação Sesc Rio 1, Kinoplex Leblon 1.

ESTREIAS

A ÁRVORE DO AMOR, Zhang Yimou. (Under the Hawthorn Tree, China, 2011). Extraída do romance de Ai Mi que vendeu 4 milhões de exemplares, a trama se passa durante a Revolução Cultural Chinesa. Jing, uma estudante filha de um militante de direita que está preso, é enviada a uma aldeia para passar por um processo de reeducação. Ela acaba se apaixonando por Sun, filho de um general. Devido à diferença ideológica e social entre os dois, o romance parece impensável, mas a atração recíproca fala mais alto. Quando a moça retorna para a cidade, ele vai atrás de sua paixão, mas desaparece de repente. Quando Sun ressurge, Jing percebe que algo mudou (115 min). 10 anos. Estreou 21/10/2011. Espaço Rio Design Vip, Estação Sesc Ipanema 1.

ATIVIDADE PARANORMAL 3, de Henry Joost e Ariel Schulman (Paranormal Activity 3, EUA, 2001). A distribuidora repete a tática do segundo episódio e, para manter o suspense, não mostrou o filme previamente para a imprensa. No terceiro capítulo da cinessérie de terror, a história retrocede no tempo para revelar como foi a infância de Katie, protagonista da fita original (84min). 14 anos. Estreou em 21/10/2011. Bay Market 2, Box Cinemas São Gonçalo 2, Cine 10 Sulacap 2, Cinespaço Boulevard 4, Cinemark Botafogo 4, Cinemark Carioca Shopping 1, Cinemark Downtown 11, Cinemark Plaza Shopping 1, Cinesystem Bangu 3, Cinesystem Ilha Plaza 3, Cinesystem Via Brasil 1, Estação Sesc Rio 1, Iguatemi 5, Kinoplex Grande Rio 3, Kinoplex Leblon 3, Kinoplex Nova América 1, Kinoplex Tijuca 4, Kinoplex West Shopping 3, Rio Sul 3, São Luiz 1, UCI New York City Center 17, UCI Kinoplex NorteShopping 2, Via Parque 2.

✪✪ UM GATO EM PARIS, de Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli (Une Vie de Chat, França/Holanda/Suíça/Bélgica, 2010). O desenho animado francês, feito de lindas cores e belos traços a mão, tem ação, suspense e drama, além de ritmo pulsante. Só não ganha uma estrela extra porque não puniu um dos vilões ? exemplo que, para a criançada, não pega nada bem. Em Paris, uma delegada tem o marido assassinado por um famigerado criminoso e, na ânsia de encontrá-lo, deixa a pequena filha aos cuidados de uma babá. A menina ficou traumatizada com a perda do pai e gosta da companhia de um gato. Mas o felino tem vida dupla: na calada da noite, ele se alia a um ladrão para roubar apartamentos enquanto seus donos dormem (70min). 10 anos. Estreou em 21/10/2011. Cine Glória, Cinemark Downtown 10, Cinesystem Via Brasil 3, Estação Sesc Barra Point 2, Estação Vivo Gávea 1.

GIGANTES DE AÇO, de Shawn Levy (Real Steel, EUA/Índia, 2011). Ambientada no futuro, a ficção científica de ação mostra um ex-lutador de boxe (papel de Hugh Jackman) que abandonou os ringues depois de robôs tomarem o lugar dos competidores. Mas, com a ajuda de seu filho, ele tem a chance de dar a volta por cima como treinador dos grandalhões de aço (127min). Dublado: Bay Market 1, Box Cinemas São Gonçalo 7 e 8, Cine 10 Sulacap 3, Cinespaço Boulevard 1, Cinemark Botafogo 5, Cinemark Carioca Shopping 4 e 5, Cinemark Plaza Shopping 3, Cinesystem Bangu 1 e 4, Cinesystem Ilha Plaza 1, Cinesystem Recreio 2, Cinesystem Via Brasil 4, Iguaçu Top 2, Iguatemi 4, Kinoplex Grande Rio 1, Kinoplex Nova América 6, Kinoplex West Shopping 1, UCI New York City Center 4, 5 e 12, UCI Kinoplex NorteShopping 6, Via Parque 3. Legendado: Cinemark Botafogo 5, Cinemark Downtown 4, 8 e 10, Cinemark Plaza Shopping 6, Cinesystem Bangu 1, Cinépolis Lagoon 1 e 6, Kinoplex Fashion Mall 1, Kinoplex Tijuca 6, Leblon 1, Rio Sul 1 , Roxy 1, São Luiz 2, UCI New York City Center 4, 12 e 13, UCI Kinoplex NorteShopping 5.

PONTO FINAL, de Marcelo Taranto (Brasil, 2011). O diretor de A Hora Marcada (2001) desta vez ambienta quase toda a trama dentro de um ônibus. No coletivo, os passageiros falam de seus medos, esperanças, agonias e desconfianças. Davi (Roberto Bomtempo) é um executivo que tenta superar a perda da filha, vítima de bala perdida (103min). 14 anos. Estreou em 21/10/2011. Cine Glória, Unibanco Arteplex 5.

✪✪✪ ROCK BRASÍLIA ? ERA DE OURO, de Vladimir Carvalho (Brasil, 2011). Cineasta paraibano mais voltado ao cinema-verdade político e social (como em Barra 68), Vladimir Carvalho, de 76 anos, surpreende em sua primeira incursão no documentário musical, sobretudo por enfocar o rock de Brasília na década de 80. Há um motivo para isso: Carvalho, então professor da Universidade de Brasília, foi um dos primeiros a registrar os shows dos grupos. O realizador escolheu Legião Urbana, Plebe Rude e Capital Inicial para relembrar a efervescência do movimento, trazendo à tona, além de imagens inéditas de arquivo, depoimentos atuais de vários integrantes das bandas. Entre eles, Dinho Ouro Preto, os irmãos Fê e Flávio Lemos (Capital), Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá (Legião) e Philippe Seabra (Plebe). Não à toa, Renato Russo (1960-1996) aparece em primeiro plano no pôster e vira o centro das atenções. Corpo e alma do filme, o líder da Legião Urbana nunca mediu suas declarações polêmicas. Premiado como melhor documentário no Festival de Paulínia, trata-se de um testamento em celuloide para cair no agrado dos fãs e, historicamente importante, tem ingredientes para informar às novas gerações (111min). 12 anos. Estreou em 21/10/2011. Box Cinemas São Gonçalo 4, Cinemark Downtown 7, Estação Sesc Rio 3, Estação Vivo Gávea 4, Instituto Moreira Salles, Kinoplex Fashion Mall 4, Kinoplex Leblon 2, Kinoplex Nova América 4, Kinoplex Tijuca 5, São Luiz 4, UCI New York City Center 1, UCI Kinoplex NorteShopping 8, Unibanco Arteplex 3, Via Parque 6.

✪✪ THE ULTIMATE WAVE TAHITI 3D ? SURFANDO EM ONDAS GIGANTES, de Stephen Low (The Ultimate Wave Tahiti, EUA, 2010). Concebido originalmente para ser exibido em salas Imax, o documentário de 55 minutos ganha as salas 3D da rede Cinemark. Seu único trunfo está nas cenas de belezas naturais e no recurso que faz a plateia sentir-se mergulhando no fundo do mar ? algumas vezes há água ou pranchas "saindo" da tela. De resto, trata-se de um registro burocrático e turístico patrocinado pelo Taiti. O mote é a chegada do surfista campeão Kelly Slater a essa ilha da Polinésia Francesa (55min). Livre. Estreou em 21/10/2011. Cinemark Botafogo 3, Cinemark Downtown 3, Cinemark Plaza Shopping 2.

EM CARTAZ

✪✪✪ ALÉM DA ESTRADA, de Charly Braun (Por el Camino, Brasil/Uruguai, 2010). Produzido pela atriz Guilhermina Guinle, meia-irmã do diretor estreante, o longa-metragem faz uma interessante mescla de ficção e realidade no ritmo de um road movie dramático. Na trama, o argentino Santiago (Esteban Feune de Colombi) chega a Montevidéu para resolver pendências da herança de seus pais, mortos num acidente. A caminho de Punta del Este, dá carona à belga Juliette (Jill Mulleady), uma moça à procura de um amigo numa comunidade neo-hippie. A aproximação dos dois torna-se um mero pretexto para o realizador se aprofundar no interior do Uruguai, um país de belas paisagens, captadas com olhar sensível. Se há pouco estofo na dramaturgia (a maioria dos personagens não é interpretada por atores), sobram delicadeza e harmonia na composição estética. Guilhermina e Naomi Campbell fazem participações amigáveis (85min). 16 anos. Estreou em 9/9/2011. Estação Sesc Botafogo 3.

✪✪✪ AMIZADE COLORIDA, de Will Gluck (Friends with Benefits, EUA, 2011). Dylan (papel do cantor Justin Timberlake) e Jamie (Mila Cunis, a antagonista de Cisne Negro) levam um passa-fora de seus amados no mesmo dia, embora estejam em lados opostos do país. Eles se conhecem na cena seguinte. Headhunter de Nova York, Jamie precisa convencer o talentoso Dylan a trocar Los Angeles por Manhattan e aceitar o emprego de editor numa prestigiada revista. Ele topa e, a partir daí, se tornam unha e carne. Descobrem afinidades e, atraídos, decidem fazer um pacto: transar sem vínculo afetivo. Mas até quando vão resistir ao amor? (109min). 14 anos. Estreou em 30/9/2011. Dublado: Cine 10 Sulacap 5, Cinespaço Boulevard 6, Cinemark Carioca Shopping 2, Cinesystem Bangu 5, Cinesystem Via Brasil 6, Kinoplex Grande Rio 6, Kinoplex Nova América 3, Kinoplex West Shopping 4. Legendado: Cinemark Botafogo 1, Cinemark Downtown 9, Cinemark Plaza Shopping 5, Cinépolis Lagoon 2, Cinesystem Ilha Plaza 2, Cinesystem Recreio 4, Espaço Museu da República, Kinoplex Leblon 1, Kinoplex Tijuca 3, UCI New York City Center 15, UCI Kinoplex NorteShopping 7.

✪✪✪ AMOR A TODA PROVA, de Glenn Ficarra e John Requa (Crazy, Stupid, Love, EUA, 2011). Os diretores Glenn Ficarra e John Requa deram um molho bastante picante à comédia romântica gay O Golpista do Ano. Ainda que sem os mesmos ingredientes polêmicos, voltam a refrescar o gênero. Embora com alguns clichês, o roteiro é redondo, tem surpresas e bons diálogos. Na trama, Cal (Steve Carell) e Emily (Julianne Moore) são casados há 25 anos, mas o passar das décadas só os deixou apáticos. Quando ela pede o divórcio, o caretinha Cal cai em depressão e passa a beber diariamente no mesmo bar. Lá, faz amizade com o playboy sarado Jacob (Ryan Gosling), que decide ajudar o novo amigo a conquistar a mulherada. Mas, enquanto Cal vira um garanhão, Jacob rende-se ao namoro com a fofa Hannah (Emma Stone). Com Kevin Bacon (118min). 12 anos. Estreou em 26/8/2011. Estação Sesc Botafogo 2, Estação Sesc Laura Alvim 1.

✪✪✪ A ÁRVORE DA VIDA, de Terrence Malick (The Tree of Life, EUA, 2011). Drama. É preciso, antes de mais nada, se deixar levar pela viagem do diretor bissexto Terrence Ma­lick, que, em 38 anos de carreira, fez apenas cinco longas-metragens ? entre eles Além da Linha Vermelha (1998) e O Novo Mundo (2005). Aqui, o foco está numa família texana da década de 50, composta de um pai durão (Brad Pitt), uma mãe carinhosa e omissa (Jessica Chastain) e seus três filhos. Jack, o primogênito, interpretado pelo expressivo Hunter McCracken, sofre mais nas garras paternas e, em determinado momento de desespero, chega até a desejar a morte do pai. O filme vai e volta no tempo, sobretudo a partir das lembranças do mais velho, interpretado por Sean Penn na fase adulta, quando ele se tornou um executivo cheio de angústias. Vencedora da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2011, a fita, difícil e complexa, é mais para ser sentida do que compreendida. E, nesse ponto, Malick tira da frente qualquer outro concorrente americano (139min). 10 anos. Estreou em 12/8/2011. Estação Sesc Barra Point 1, Estação Sesc Botafogo 3, Estação Vivo Gávea 5.

✪✪ BORBOLETAS NEGRAS, de Paula van der Oest (Black Butterflies, Holanda/Alemanha/África do Sul, 2011). A história da personagem verídica tem seu interesse, mas o roteiro dá conta de enfocar apenas seus "melhores e piores" momentos. Com isso, há quebras na narrativa, passagens mal explicadas e oscilação nas atuações. Dirigido pela holandesa Paula van der Oest, de Zus & Zo (2001), inédito no Brasil, o drama biográfico faz um registro frio de Ingrid Jonker (1933-1965). Poetisa sul-africana, ela conheceu o escritor Jack Cope (Liam Cunningham) no início da década de 60 e com ele teve um tumultuado relacionamento ? Cope era casado. Instável emocionalmente, Ingrid, que lutou contra a desigualdade social do apartheid, também tinha sérios atritos com seu pai (Rutger Hauer), chefe do departamento de censura da África do Sul. Tão bem em A Espiã (2006), Carice van Houten agarra o papel principal sem muito brilho (100min). 14 anos. Estreou em 23/9/2011. Estação Sesc Botafogo 2, Estação Sesc Laura Alvim 2.

CAPITÃES DA AREIA, de Cecília Amado (Brasil, 2011). Drama. É a própria neta de Jorge Amado (1912-2001), em sua estreia em longa-metragem, quem leva às telas o livro homônimo do celebrado escritor baiano ? o texto já havia sido adaptado para uma minissérie da Rede Bandeirantes, em 1989. A trama, ambientada na década de 50, mostra o cotidiano de moleques de rua de Salvador. Abandonados pelas famílias, os personagens Pedro Bala, Professor, Sem-Pernas e Dora, entre outros, vivem de pequenos delitos e, sem rumo nem futuro, vão se tornando adultos pelo peso de uma vida desregrada. A trilha sonora é assinada por Carlinhos Brown. Com Jean Luis Amorim, Ana Graciela e Roberio Lima (96min). 16 anos. Estreou em 7/10/2011. Cinemark Downtown 9, UCI New York City Center 7.

✪✪✪✪ UM CONTO CHINÊS, de Sebas­tián Borensztein (Un Cuento Chino, Argentina/Espanha, 2011). Comédia dramática. Praticamente com apenas dois atores, o diretor argentino Sebastián Borensztein fez um pequeno grande filme. Um ótimo roteiro, também de sua autoria, mistura drama e humor na trajetória de Roberto, interpretado pelo excelente Ricardo Darín, de O Filho da Noiva e Abutres. Esse tipo de poucas palavras e raros amigos é dono de uma loja de ferragens em Buenos Aires. Nunca se casou, não tem filhos e cultua a falecida mãe. Em seu trabalho, revela-se metódico e sem muita paciência com os fregueses, digamos, mais exigentes. Seu cotidiano, contudo, vira de pernas para o ar quando ele decide ajudar um imigrante chinês a reencontrar o tio pela cidade. O cineasta não apela para o sentimentalismo. Prefere comover a plateia na base da diversão e da delicadeza (93min). 14 anos. Estreou em 2/9/2011. Cinépolis Lagoon 3, Espaço Rio Design 2, Kinoplex Leblon 4, Roxy 2, Unibanco Arteplex 6.

DIÁRIO DE UM BANANA ? RODRICK É O CARA, David Bowers (Diary of a Wimpy Kid: Rodrick Rules, EUA, 2011). Nesta continuação da comédia infantil Diário de um Banana, Rodrick (Devon Bostick), irmão mais velho de Greg (Zachary Gordon), decide torturar a criançada. Mas, sem que o valentão saiba, tudo está sendo registrado num diário (99min). Livre. Estreou em 16/9/2011. Cinemark Botafogo 2, Cinemark Carioca Shopping 3, Cinemark Downtown 1, Cinemark Plaza Shopping 5.

✪✪✪ UMA DOCE MENTIRA, de Pierre Salvadori (De Vrais Mensonges, França, 2010). Ambientada na charmosa cidade de Sète, no sul da França, a comédia flagra as confusões arquitetadas por uma cabeleireira. Sócia de um salão de beleza, Émilie (Audrey) só consegue voltar seus olhos negros para o trabalho e nem repara em Jean (Sami Bouajila), um funcionário apaixonado por ela. Por trás da timidez e da simplicidade, o discreto rapaz possui formação superior, é poliglota e escreve poemas. Confiante no seu taco, ele manda uma carta de amor anônima à patroa. Além de ignorá-la, Émilie aproveita o romântico conteúdo para enviar uma mensagem, igualmente sem assinatura, a sua mãe, Maddy (Nathalie Baye). Essa sessentona andava na fossa quatro anos depois de ser abandonada pelo marido. Após ler a declaração do suposto admirador secreto, Maddy remoça e tenta a qualquer custo descobrir a identidade dele. Reviravoltas, simpatia e encanto completam a trama graciosa, na medida para agradar ao público feminino (105min). 10 anos. Estreou em 9/9/2011. Estação Sesc Laura Alvim 1.

DON GIOVANNI, A temporada de transmissões ao vivo das atrações do Metropolitan Opera House, de Nova York, prossegue no sábado (29) com esta obra de Mozart. A regência é do maestro italiano Fabio Luisi. Encabeçando o elenco, o barítono polonês Mariusz Kwiecien encarna o sedutor protagonista. Kinoplex Fashion Mall 2, Leblon 1, Roxy 1, São Luiz 1.

✪✪ ESSES AMORES, de Claude Lelouch (Ces Amours-là, França, 2010). Em seu novo drama, o experiente diretor de Um Homem, uma Mulher (1966) pretende fazer uma homenagem ao cinema relembrando algumas passagens de sua trajetória. Embora tão ambiciosa quanto Retratos da Vida (1981), talvez seu filme mais famoso no Brasil, a fita tem cara de minissérie condensada. Há brechas na trama, muitos acontecimentos e, infelizmente, pouca emoção. A história começa no início do século XX e centra-se na II Guerra e em alguns anos adiante. Durante a ocupação nazista na França, Ilva (Audrey Dana) pede a um oficial alemão que livre seu pai (Dominique Pinon), projecionista de um cinema, do fuzilamento. Pedido aceito, ela torna-se amante dele. Tempos depois, fica dividida entre dois soldados americanos: um negro pobre e um branco rico (120min). 12 anos. Estreou em 26/8/2011. Estação Sesc Laura Alvim 3.

✪✪ EU QUERIA TER A SUA VIDA, de David Dobkin (The Change-Up, EUA, 2011). Jon Lucas e Scott Moore, roteiristas de Se Beber, Não Case!, investem de novo numa comédia destinada ao público masculino. A princípio, o novo trabalho aponta para uma trama provocativa e despudorada. A partir da metade, entram no enredo as simplistas lições de moral e prevalece o tom conservador. Há hilariantes momentos, principalmente porque Jason Bateman e Ryan Reynolds são atores empenhados e, aqui, em perfeita sintonia. Bateman (Quero Matar Meu Chefe) e o mais versátil Reynolds (protagonista de Lanterna Verde) interpretam Dave e Mitch. Amigos de infância, eles tomaram rumos distintos quando adultos. Dave, renomado advogado, casou-se e teve três filhos, entre eles um inquieto casal de gêmeos. Mitch é mulherengo, faz bicos como ator e fuma maconha. Após uma noite de bebedeira, eles confessam desejar ter a vida do outro. Após um blecaute, acordam, no dia seguinte, de corpos trocados. Dave virou Mitch ? e vice-versa (112min). 14 anos. Estreou em 7/10/2011. Cinemark Downtown 1, Cinemark Plaza Shopping 2, Cinesystem Ilha Plaza 2, Cinesystem Via Brasil 3, UCI New York City Center 11.

O FILME DOS ESPÍRITOS, de André Marouço e Michel Dubret (Brasil, 2011). Bezerra de Menezes ? O Diário de um Espírito (2008) perdeu o posto de pior drama espírita nacional. Incomparável sob qualquer ponto de vista (técnico, emocional etc.), esta fita, patrocinada por uma fundação das Casas André Luiz, tem defeitos primários e jamais atinge o objetivo: levar uma mensagem de esperança através da doutrina espírita. Pobre de O Livro dos Espíritos, escrito por Allan Kardec em 1857, no qual o filme se diz inspirado. Com montagem medonha, direção tosca e cenários horrendos, narra-se a trajetória de Bruno (Reinaldo Rodrigues). Esse professor de psiquiatria perdeu a mulher e, dois anos depois, continua abalado. Para piorar, virou alcoólatra e foi demitido do emprego. À beira do suicídio, recebe de um gari o tal livro de Kardec. Ao procurar por seu antigo mestre (papel de Nelson Xavier), médico de doentes mentais que tem os dias contados, toma contato, um pouquinho mais profundo, com o espiritismo (98min). 10 anos. Estreou em 7/10/2011. Box Cinemas São Gonçalo 4, Cine 10 Sulacap 6, Cinemark Downtown 1, Cinesystem Via Brasil 3, Iguatemi 7, Kinoplex Nova América 2, Kinoplex Tijuca 5, UCI New York City Center 6.

✪✪✪ A HORA DO ESPANTO,

de Craig Gillespie (Fright Night, EUA, 2011). Mesmo com uma ou outra alteração na história, dá para afirmar: trata-se de uma refilmagem fiel do terror de 1985. Muitas coisas são até melhores, a começar pela dupla de protagonistas (Anton Yelchin e Colin Farrell), pelos comedidos efeitos visuais e pela eficiência dos sustos. Yelchin interpreta Charley, rapaz de um condomínio próximo a Las Vegas que só pensa em badalar com a namorada. Tudo muda quando um amigo nerd (Christopher Mintz-Plasse) dá o alerta: seu novo vizinho (Farrell) é um vampiro (106min). 14 anos. Estreou em 7/10/2011. Dublado: UCI New York City Center 6 e 14.

✪✪ HUBBLE 3D ,

de Toni Myers (Canadá, 2010). O curtinho documentário foi feito para ser exibido na formidável sala Imax e, por isso, traz aqueles efeitos em terceira dimensão de deixar o público boquiaberto. Em foco está a missão de sete astronautas que, em 2009, foram enviados ao espaço pela Nasa para consertar o telescópio Hubble. Se as imagens em 3D absolutamente fantásticas de galáxias ganham o fascínio do espectador, o trabalho da equipe torna a fita (sobretudo para a criançada) bem menos interessante (44min). Livre. Estreou em 26/8/2011. Dublado: UCI New York City Center 4.

✪✪✪ INCÊNDIOS

de Denis Villeneuve (In­cendies, Canadá/França, 2010). A força do melodrama está na narrativa pulsante e criativa, que dá conta de abordar mais de quarenta anos de história em dois tempos distintos. No presente, os gêmeos Jeanne e Simon Marwan (Melissa Désormeaux-Poulin e Maxim Gaudette) perdem a mãe, Nawal Marwan (a excelente Lubna Azabal), e deparam com algumas surpresas na leitura de seu testamento. Nawal pede aos dois que entreguem cartas ao pai deles ? eles pensavam que o homem estivesse morto ? e a outro filho, cuja existência era ignorada. Simon rejeita a ideia, mas Jeanne parte para o Líbano. Quer descobrir o paradeiro dos parentes e desvendar as origens da mãe (130min). 14 anos. Estreou em 25/2/2011. Estação Sesc Laura Alvim 2.

✪✪ MANDA-CHUVA ? O FILME,

de Alberto Mar (Top Cat, Argentina/México, 2011). O melhor da nova versão do desenho animado da década de 60 é que os produtores mantiveram os traços originais. Não dá para entender, contudo, o motivo de realizá-lo em 3D, talvez uma das maiores tapeações do ano no quesito terceira dimensão. Nostálgica e com elementos, digamos, atualizados, a história flagra o espertalhão gato Manda-Chuva tentando derrotar um senhor megalomaníaco que quer dominar Nova York. O vilão encostou o Guarda Belo num posto burocrático e, assim, segue com um plano diabólico com seus robôs para ter a cidade em suas mãos (87min). Livre. Estreou em 16/9/2011. UCI New York City Center 2.

✪✪✪✪MEDIANERAS ? BUENOS AIRES NA ERA DO AMOR VIRTUAL

de Gustavo Taretto (Medianeras, Argentina/Espanha/Alemanha, 2011). Comédia dramática. Ao longo de enxuta uma hora e meia, o roteiro vai explorar, entre a comédia e o drama, o cotidiano de duas pessoas quase iguais, quase complementares. Ambas moram na mesma Avenida Santa Fé, em Buenos Aires, e, apesar de ser vizinhas, nunca se encontraram. Martín (Javier Drolas) vive numa quitinete, especializou-se na criação de sites, toma ansiolíticos e, cheio de manias, só anda a pé. Formada em arquitetura, Mariana (papel da espanhola Pilar López de Ayala, de Lope) ganhou outra ocupação: tornou-se vitrinista de lojas. Abandonada pelo namorado, a moça não usa elevador e gosta de procurar o personagem Wally no livro infantil. Lapidada com humor afiado, a fita saiu da recente competição de Gramado com os prêmios de melhor filme estrangeiro, melhor diretor e júri popular (95min). 12 anos. Estreou em 2/9/2011. Cine Joia, Estação Sesc Laura Alvim 3.

✪✪✪ MEIA-NOITE EM PARIS ,

de Woody Allen (Midnight in Paris, Espanha/EUA, 2011). Comédia. Em seu atual giro pelo mundo, Woody Allen parou na França para fazer um dos seus filmes mais graciosos dos últimos anos. Em Paris, um roteirista americano (Owen Wilson) com pretensão de ser escritor se distancia de sua noiva consumista (Rachel ­McAdams), dos amigos esnobes dela e de seus sogros conservadores. Cansado do vazio da vida moderna, ele prefere caminhar sozinho para se inspirar. Depois da meia-noite, porém, descobre uma cidade diferente, atemporal, como sempre sonhou. Magicamente, ele vai parar nos anos 20 e conhece figuras ilustres como o escritor Ernest Hemingway, o compositor Cole Porter e o pintor Pablo Picasso. Com Carla Bruni (90min). 10 anos. Estreou em 17/6/2011. Estação Sesc Laura Alvim 1.

✪✪✪✪ MELANCOLIA,

de Lars von Trier (Melancholia, Dinamarca/Suécia/França/Alemanha, 2011). Lars von Trier foi banido do último Festival de Cannes por ter dado uma infeliz declaração sobre o nazismo numa entrevista coletiva. Se a figura do diretor dinamarquês é sempre polêmica, seus recentes trabalhos estão ganhando status de obra-prima. Depois do terror dramático Anticristo, o realizador retorna com um inusitado drama familiar de ficção científica. Na história, Michael (Alexander Skarsgard, de True Blood) é apaixonado por sua noiva, Justine (Kirsten Dunst, premiada como melhor atriz em Cannes). A moça parece entusiasmada com a festa de casamento, que será realizada num castelo, mas, lá no fundo, tem dúvidas sobre o relacionamento. Na segunda parte da fita, Justine, em profunda depressão, ganha a ajuda de sua irmã (Charlotte Gainsbourg) e do cunhado (Kiefer Sutherland) para se reerguer. Todos estão em grande expectativa: o planeta fictício Melancolia pode se chocar com a Terra dentro de dias e, assim, determinar o fim do mundo (130min). 14 anos. Estreou em 5/8/2011. Cinemark Carioca Shopping 7, Estação Sesc Botafogo 3, Estação Sesc Laura Alvim 3.

✪✪✪ MEU PAÍS,

de André Ristum (Brasil, 2011). Ristum escalou um elenco de primeira para sua estreia no cinema. O filme faturou cinco troféus no recente Festival de Brasília: direção, ator (Rodrigo Santoro), trilha sonora e montagem, além do prêmio do público. O drama familiar enfoca os problemas enfrentados por Marcos (Santoro) após a morte de seu pai (Paulo José). Advogado em Roma, ele volta a São Paulo para o funeral e para resolver pendências da herança. Vem acompanhado da mulher italiana (Anita Caprioli) e encontra aqui o irmão playboy metido em jogatina (papel de Cauã Reymond). Descobre ainda ter uma meia-irmã internada num sanatório. Insensível, Marcos tenta dar uma solução prática ao caso de Manuela (Débora Falabella), mas acaba se afeiçoando a essa jovem de comportamento infantil (90min). 12 anos. Estreou em 7/10/2011. Estação Sesc Laura Alvim 2, Unibanco Arteplex 1.

✪✪✪ O MINEIRO E O QUEIJO, de Helvécio Ratton (Brasil, 2011). Mais da metade do queijo consumido pelo brasileiro é feita em Minas Gerais. Com essa informação em mãos, o diretor de Batismo de Sangue (2007) e Pequenas Histórias (2008) foi atrás de produtores da região de Serro, Serra da Canastra e Alto Paranaíba, onde se concentram mais de 30?000 fabricantes do queijo artesanal, como ele era feito na época da colonização por um legado dos portugueses. A força do documentário, bastante didático, vem do registro caseiro com simpáticos personagens e das explicações sobre o trabalhoso processo de fabricação do queijo (72min). Livre. Estreou em 30/9/2011. Unibanco Arteplex 3.

✪ NÃO TENHA MEDO DO ESCURO, de Troy Nixey (Don?t Be Afraid of the Dark, EUA/Austrália/México, 2010). Ilustrador de HQs, Troy Nixey estreia como diretor de um longa-metragem sob a produção do craque Guillermo del Toro, realizador de Hellboy. Também autor do roteiro, Del Toro tenta imprimir aqui o mesmo clima sombrio de seu insuperável O Labirinto do Fauno, igualmente protagonizado por uma menina. Agora, a garota em questão é a versátil Bailee Madison, que trabalhou na comédia Esposa de Mentirinha. Nesta refilmagem do telefilme de terror Criaturas da Noite (1973), Bailee interpreta Sally, que sai de Los Angeles para passar uma temporada com o pai (Guy Pearce) e a nova namorada dele (papel de Katie Holmes). O casal está reformando uma mansão vitoriana em Rhode Island e não dá a devida atenção à menina. Ao descobrir um porão na casa, Sally vai libertar umas criaturinhas do mal (99min). 12 anos. Estreou em 14/10/2011. Box Cinemas São Gonçalo 6, Cine 10 Sulacap 4, Cinemark Carioca Shopping 7, Cinemark Downtown 9, Espaço Rio Design 2, Iguatemi 6, Kinoplex Nova América 2, UCI New York City Center 16, UCI Kinoplex NorteShopping 9, Unibanco Arteplex 2, Via Parque 4.

✪✪✪ PALAVRA CANTADA 3D ? SHOW BRINCADEIRAS MUSICAIS, de Marcelo Siqueira e Carlos Garcia (Brasil, 2011). Quem nunca teve a oportunidade de ver ao vivo uma apresentação de Paulo Tatit e Sandra Peres vai sair satisfeito da sessão. Trata-se de um show da dupla infantil realizado com recursos em 3D, bem utilizados pelos diretores. Exemplos: os copos coloridos e as bolhas de sabão que "saltam" para fora da tela nas músicas Fome Come e Bolinha de Sabão, respectivamente. Outras dezoito composições alegram a criançada, entre elas Peixe Vivo, Duelo de Mágicos e Criança Não Trabalha. Vem Dançar com a Gente, uma divertida animação de caveirinhas, também não deixa o ritmo cair. Acompanham Tatit e Sandra as irmãs cantoras Julia e Marina Pittier e os músicos Daniel Ayres, Estevão Marques e Wem, além de crianças (60min). Livre. Estreou em 30/9/2011. Cinemark Botafogo 3, Cinemark Downtown, Cinemark Plaza Shopping 3.

PREMONIÇÃO 5, de Steven Quale (Final Destination 5, EUA, 2011). No quinto episódio da cinessérie de terror, o jovem Sam (Nicholas D?Agosto) tem uma premonição dentro de um ônibus a caminho de um retiro corporativo. Em sua aterradora visão, ele e seus amigos morrem num terrível desastre. O acidente acontece mesmo, mas o grupo consegue escapar ileso. Não tarda para que fatos sinistros comecem a rodear Sam e os demais (92min). 16 anos. Estreou em 23/9/2011. Dublado, 3D: Kinoplex Grande Rio 5, UCI Kinoplex NorteShopping 10. Legendado, 3D: UCI Kinoplex NorteShopping 10.

✪✪✪ UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA de André Alves Pinto e Cesar Rodrigues (Brasil, 2011). Aventura infantil. O livro homônimo de Ziraldo, que, lançado em 1995, já vendeu mais de 380?000 exemplares, ganhou uma versão bacana para o cinema, codirigida pelo sobrinho do escritor, André Alves Pinto. Programa ágil para crianças e nostálgico para adultos, mostra a façanha de uma espevitada professora, interpretada pela sempre graciosa Paola Oliveira. Com boa recriação da década de 40, a trama se passa na pacata cidade mineira de São João del Rey. Depois de estudar na capital, Cate (Paola) vai lecionar num colégio de sua cidade natal e, lá, usa métodos de ensino nada ortodoxos. Por exemplo: dar gibis à criançada para incentivar a leitura. Linda, simpática e inteligente, Cate vira alvo da paquera de vários moços, mas seu coração parece ter ficado preso no passado, quando brincava com Beto (Joaquim Lopes), o afilhado de seu tio (Chico Anysio) que virou padre. Talentoso, o garoto Caio Manhente faz o protagonista mirim e narra a história (88min). Livre. Estreou em 7/10/2011. Cine 10 Sulacap 6, Cinemark Carioca Shopping 6, Iguatemi 3, UCI New York City Center 15, Unibanco Arteplex 2.

✪✪✪ QUAL SEU NÚMERO?, de Mark Mylod (What?s Your Number, EUA, 2011). anna Faris, estrela de A Casa das Coelhinhas, é mais conhecida por sua veia humorística do que por sua aparência tão comum. Chris Evans, bonitão de olhos azuis, coleciona fãs por seu corpão sarado, exibido recentemente em Capitão América. Portanto, uma das boas surpresas da comédia romântica vem justamente do encontro desses dois atores. À primeira vista, eles não foram mesmo feitos um para o outro, mas, diante de um roteiro simpático e divertido, só resta à plateia torcer pela união de seus personagens. Na trama, Anna interpreta Ally, uma extrovertida trintona de Boston, sempre à procura da cara-metade. Ela lê um artigo capaz de mudar seu destino por causa de uma afirmação reveladora: a mulher que já transou com vinte homens perdeu a chance de ter seu príncipe encantado. Ally atingiu recentemente a cota e, afoita para encontrar um futuro marido, resolve ir atrás de ex-parceiros de cama. Colin, seu mulherengo vizinho, resolve ajudá-la na empreitada. Músico metido a investigador, ele vai querer algo em troca ? Ally deverá socorrê-lo quando alguma paquerinha pegar demais no seu pé. A fórmula aqui funciona adequadamente: uma primeira parte dedicada aos risos certeiros (muito por causa do timing cômico e das caras e bocas de Anna) e a segunda voltada ao romantismo (106min). 14 anos. Estreou em 14/10/2011. Cinemark Botafogo 2, Cinemark Downtown 2, Cinépolis Lagoon 3 e 5, Cinesystem Recreio 3, Iguatemi 3, Kinoplex Leblon 4, Kinoplex Nova América 7, Kinoplex Tijuca 3, UCI Kinoplex NorteShopping 9, Via Parque 1.

RÁDIO NACIONAL, de Paulo Roscio (Brasil, 2011). O documentário celebra o aniversário de 75 anos da emissora, o maior veículo de comunicação de massa do país nas décadas de 40 e 50. Programas históricos como Repórter Esso e PRK-30, além de radionovelas de sucesso e muita música em auditórios lotados, são lembrados (79min). Estreou em 23/9/2011. Cine Joia.

✪✪✪ SEM SAÍDA, de John Singleton (Abduction, EUA, 2011). Há duas boas surpresas neste empolgante thriller. Colega de elenco na cinessérie Crepúsculo dos chochos Kristen Stewart e Robert Pattinson, Taylor Lautner se dá bem melhor que os outros em seu primeiro grande papel sozinho. E John Singleton mostra-se em melhor forma seis anos depois do morno Quatro Irmãos. Lautner interpreta Nathan Harper, um jovem colegial às voltas com farras, bebedeiras e a paixão recolhida por sua vizinha e amiga de infância Karen (Lily Collins). É a mocinha quem o surpreende com um site de pessoas desaparecidas. Nathan se assemelha muito a uma criança sumida. Não tarda para a verdade vir à tona: seus pais o adotaram e o rapaz, pela internet, acionou uma rede que o procura desesperadamente. Só lhe resta, então, fugir, levando Karen a tiracolo ? o FBI também entra na parada para localizá-los. A partir daí, o clima de suspense de espionagem toma conta do espetáculo, movido por uma aventura acelerada e repleta de reviravoltas (106min). 12 anos. Estreou em 23/9/2011. Dublado: Box Cinemas São Gonçalo 3, Cinespaço Boulevard 5, Kinoplex Grande Rio 5, UCI New York City Center 10. Legendado: Cinemark Botafogo 3, UCI New York City Center 10.

✪✪✪ UM SONHO DE AMOR, de Luca Guadagnino (Io Sono l?Amore, Itália, 2009). Indicado ao Oscar 2011 de melhor figurino, trata-se de um melodrama de ritmo operístico, influenciado pelo cinema de Luchino Visconti e com ecos de O Amante de Lady Chatterley, de D.H. Lawrence. A mistura pode ser pretensiosa, mas dá certo. Sobretudo pela condução muito elegante do realizador e pelo brilho contido de sua protagonista. Na trama, Emma (Tilda Swinton), uma russa que abandonou o seu país ao aceitar o pedido de casamento de Tancredi Recchi (Pippo Delbono), um rico empresário italiano do ramo da indústria têxtil, se vê encantada por Antonio (Edoar­do Gabbriellini), simplório chef de cozinha, amigo e futuro sócio de seu primogênito, papel de Flavio Parenti (120min). 12 anos. Estreou em 20/8/2011. Cinemark Downtown 11, Estação Sesc Botafogo 2, Estação Sesc Laura Alvim 2.

✪✪✪✪ TRABALHAR CANSA, de Marco Dutra e Juliana Rojas (Brasil, 2011). Exibido no Festival de Cannes e laureado com o Prêmio Especial do Júri no Festival de Paulínia, o longa-metragem de estreia da dupla de curta-metragistas surpreende. Dutra e Juliana praticamente "inventam" um novo gênero no cinema nacional. Trata-se de uma azeitada mistura de comédia de costumes, drama, suspense e terror capaz de desconcertar a plateia ? vale dizer que parte dela pode não embarcar na original proposta. Na trama, Helena (papel de Helena Albergaria) decide largar as tarefas domésticas e investir sua grana num mercadinho em São Paulo. Quando ela fecha o contrato de aluguel, seu marido (Marat Descartes) perde o emprego. A duras penas, Helena tenta chamar a atenção da clientela, mas o local só consegue atrair funcionários azedos e fregueses chatos, e, pior, acontecimentos sinistros pipocam no imóvel (99min). 12 anos. Estreou em 30/9/2011. Cinemark Plaza Shopping 5, Unibanco Arteplex 1.

✪✪✪ OS TRÊS MOSQUETEIROS, de Paul W.S. Anderson (The Three Musketeers, Inglaterra/França/EUA/Alemanha, 2011). O livro de Alexandre Dumas (1802-1870) inspira um novo longa-metragem, desta vez disponível também em cópias em 3D. Na França do século XVII, o rei Luís XIII (Freddie Fox) sente uma inveja latente do inglês duque de Buckingham (Orlando Bloom). Aproveitando a fragilidade do monarca, o cardeal Richelieu (Christoph Waltz) planeja tomar o poder armando uma intriga entre eles. O alvo será o roubo de um colar de diamantes e, para colocar a ideia em prática, Richelieu aciona a sexy duas caras Milady (Milla Jovovich). Mas os valentes mosqueteiros do rei, Athos (Matthew Macfadyen), Porthos (Ray Stevenson) e Aramis (Luke Evans), entram em ação. A eles se junta o destemido jovem camponês D?Artagnan (Logan Lerman). Se há falhas nas atuações de Milla (mais à vontade em fitas de ação como a cinessérie Resident Evil) e de Waltz (repetindo novamente os cacoetes de seu vilão de Bastardos Inglórios), a aventura prima por uma produção de época de tirar o chapéu ? será injusto se não concorrer ao Oscar de melhor figurino e direção de arte. Os efeitos visuais também são arrebatadores por mostrar a Paris do passado recriada digitalmente (110min). 10 anos. Estreou em 14/10/2011. Dublado: Box Cinemas São Gonçalo 3, Cinemark Carioca Shopping 8, Cinemark Carioca Shopping 6, Cinesystem Recreio 1, UCI Kinoplex NorteShopping 3. Legendado: Cinemark Downtown 6, Cinemark Plaza Shopping 7, UCI New York City Center 16 e 18. Dublado, 3D: Bay Market 3, Cine 10 Sulacap 1, Cinespaço Boulevard 3, Cinemark Botafogo 6, Cinemark Downtown 12, Cinemark Plaza Shopping 4, Cinesystem Bangu 2, Cinesystem Ilha Plaza 4, Cinesystem Via Brasil 5, Iguaçu Top 1, Iguatemi 1 , Kinoplex Grande Rio 2, Kinoplex Nova América 5, Kinoplex West Shopping 5, UCI New York City Center 2, UCI Kinoplex NorteShopping 1, Unibanco Arteplex 4, Via Parque 5. Legendado, 3D: Box Cinemas São Gonçalo 1, Cinespaço Boulevard 3, Cinemark Botafogo 6, Cinemark Downtown 3 e 12, Cinemark Plaza Shopping 4, Cinépolis Lagoon 4, Cinesystem Ilha Plaza 4, Espaço Rio Design 1, Iguatemi 1, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Nova América 5, Kinoplex Tijuca 1, Leblon 2, Rio Sul 2, Roxy 3, São Luiz 3, UCI New York City Center 2, UCI Kinoplex NorteShopping 1, Via Parque 5.

WINTER, O GOLFINHO, de Charles Martin Smith (Dolphin Tale, EUA, 2011). A aventura, inspirada em fatos reais, narra o drama de um golfinho fêmea que, após perder a cauda numa armadilha, vai parar em um aquário na Flórida. Lá, Winter tenta ser salva por uma equipe de especialistas (113min). Livre. Estreou em 14/10/2011. Dublado: Bay Market 4, Box Cinemas São Gonçalo 2, Cinespaço Boulevard 5, Cinemark Botafogo 1, Cinemark Carioca Shopping 2, Cinesystem Ilha Plaza 2, Cinesystem Recreio 3, Cinesystem Via Brasil 5, Iguaçu Top 3, Iguatemi 6, Rio Sul 4, São Luiz 1, UCI New York City Center 11 e 14, UCI Kinoplex NorteShopping 10, Via Parque 1. Dublado, 3D: Cinemark Downtown 3, Cinemark Plaza Shopping 7, Cinépolis Lagoon 5, Cinesystem Bangu 2, Kinoplex Grande Rio 5, Kinoplex Leblon 4, Kinoplex Nova América 7, Kinoplex Tijuca 4, Kinoplex West Shopping 2.

✪✪ O ZELADOR ANIMAL, de Frank Coraci (Zookeeper, EUA, 2011). Se para os adultos pode ser uma trama previsível e insossa, para a meninada acima dos 4 anos há um atrativo extra: uma simpática bicharada que fala. No enredo, o gorducho Griffin Keyes (Kevin James) leva um fora da namorada por causa de sua profissão ? ele é zelador de um zoológico. Para reconquistar a jovem, ele tenta mudar de emprego, mas os animais, que tanto gostam dele, vão se reunir para ensiná-lo a mudar seu frouxo comportamento (102min). Livre. Estreou em 7/10/2011. Dublado: Box Cinemas São Gonçalo 5, Cinespaço Boulevard 2, Cinemark Botafogo 3, Cinemark Carioca Shopping 3, Cinemark Downtown 6, Cinemark Plaza Shopping 2, Cinépolis Lagoon 2, Cinesystem Bangu 6, Cinesystem Recreio 4, Cinesystem Via Brasil 2, Iguaçu Top 3, Iguatemi 2, Kinoplex Grande Rio 4, Kinoplex Leblon 1, Kinoplex Nova América 3, Kinoplex West Shopping 2, Rio Sul 4, UCI New York City Center 3, UCI Kinoplex NorteShopping 4, Via Parque 4.

Fonte: VEJA RIO