MODA

O chão é o limite

Grifes apostam nos saiões, lisos ou estampados, como o uniforme do inverno

Por: Melissa Jannuzzi - Atualizado em

Fernando Lemos
(Foto: Redação Veja rio)

Está chegando ao fim a temporada das pernas de fora. A saia longa, que predominou nas coleções internacionais de outono-inverno, virou a grande aposta das marcas nacionais para a estação mais fria do ano. Lá fora, gigantes como Chanel, Dior e Chloé investem na peça, mesma tendência seguida aqui por Totem, Mara Mac, Cantão e Alessa, entre outras grifes. "A carioca adora o estilo despojado e chique de se vestir", afirma a consultora de moda Luiza Bomeny. "Então, o saião é perfeito." Trata-se de uma ótima notícia para quem se cansou das roupas curtas ou coladas ao corpo. Seja lisa ou estampada, a novidade prevalece nas vitrines e conta com garotas-propaganda ? espontâneas, diga-se ? do quilate de Paola Oliveira, Camila Pitanga, Luana Piovani, Carolina Dieckmann e Cleo Pires, todas adeptas do lançamento. Outro ponto positivo é a adequação desse tipo de roupa a qualquer ocasião. Tanto cabe para ir ao trabalho quanto para uma saída à noite.

O resgate do saião vai ao encontro da corrente nostálgica da moda que recria ícones do passado. Desta vez, os estilistas buscaram inspiração no visual das hippies dos anos 60 e 70, que o usavam com frequência, geralmente florido. Outra fonte criativa remete à década de 40, época em que a peça até o tornozelo, com uma modelagem mais justa, se propagou mundo afora como símbolo de elegância. "Ela agora está mais fluida, sem muito babado e com a cintura marcada", aponta Juliana Marçal, coordenadora de estilo da grife Basthianna. No entanto, é preciso tomar cuidado na hora de escolher a combinação no armário, para evitar certas armadilhas. As mulheres magras e longilíneas podem usar a novidade sem restrições. Já as baixinhas devem apostar em um visual monocromático, para dar a sensação de alongamento. Do contrário, é mais aconselhável usar um vestido comprido. Equilíbrio das proporções é outro ponto fundamental. Se o modelo tiver volume, opte por uma blusa justa, jaqueta curta ou casaco ajustado na cintura. Se for mais apertado, pode usar sem medo sobreposições de tricôs longos. À noite, o ideal é um item de seda harmonizando com a camisa presa por dentro, a fim de marcar a cintura. Nos pés, o complemento final pode ser sandálias rasteiras, sapatilhas, anabelas, clogs (tamancos altos e fechados) ou botas. Uma combinação perfeita para curtir o frio confortável e bem-vestida.

Fonte: VEJA RIO