ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Percorremos os melhores bares do Rio para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BAR-RESTAURANTE

CARAVELA DO VISCONDE. Vizinho do centenário Aurora, também tem ares tradicionais: o ambiente permanece praticamente inalterado desde a inauguração, há quase três décadas, assim como o cardápio. Preparado na brasa, o galeto com batata frita (R$ 24,00) é uma sugestão apetitosa para a refeição. A picanha acompanhada de arroz, farofa e batata frita (R$ 51,00) costuma ser uma das responsáveis pelas longas filas nos fins de semana. Quem prefere apenas beliscar encontra, entre outras dicas para tabelar com o chope Brahma (R$ 4,90, 300 mililitros), a porção de frango à passarinho (R$ 23,00) e a linguiça de churrasco (R$ 2,50 a unidade). Rua Visconde de Caravelas, 136, Botafogo, ☎ 2266-3128 (100 lugares). 11h/0h (dom. até 18h). Cc: A, M e V. Cd: todos. ? Aberto em 1986.

BOTEQUINS

AZEITONA & CIA. Em meio a estabelecimentos arrumados na badalada Rua Dias Ferreira, o ponto de encontro do bloco carnavalesco Azeitona sem Caroço resiste com cardápio simples. Às mesas da varanda chegam chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa), além de caipirinha (R$ 9,00) de limão, abacaxi, morango, lima-da-pérsia ou kiwi. Fazem sucesso entre os comes o salsichão ao molho curry e ketchup picantes (R$ 20,90), acompanhado de salada de batata (R$ 10,90); a salsicha frankfurt fatiada (R$ 24,00 a porção) com mostarda escura e o croquete de carne (R$ 4,00 a unidade). Completam a lista empadas (R$ 3,50 cada uma) de queijo, camarão ou frango, além do caldinho de feijão com torresmo (R$ 8,00). Rua Dias Ferreira, 647, loja A, ☎ 2540-5166 (80 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1996.

BAR DA FRENTE. Depois de atravessar a rua para acomodar a clientela em um endereço mais espaçoso, o prestigiado Aconchego Carioca teve seu espaço original ocupado por este boteco ? com o qual, aliás, tem fortes e bem-vindas afinidades. Duas curiosidades do cardápio de petiscos são o bolinho de massa de mortadela recheado de mussarela de búfala (R$ 18,00, seis unidades) e o miudinho (R$ 21,00), porção de moela servida no pão italiano e coberta por queijo gratinado. Já são clássicos locais as receitas que levam camarão, como o crocante, salgado empanado com coco ralado e servido com chutney de maracujá e molho de iogurte e hortelã, e o fofinho, envolto por massa de tempurá, recheado de queijo cremoso, ao molho de camarão, limão e ervas finas. Cada porção de seis unidades custa R$ 22,00. Para fomes maiores é preparado o fettuccine de camarão e leite de coco (R$ 55,00), suficiente para duas pessoas. Na lista de cervejas figuram exemplares da Duff (R$ 12,00 a long neck), da paulista Bamberg 1500 (R$ 10,00, 600 mililitros), da Therezópolis e da Paulistânia (R$ 12,00 cada garrafa de 600 mililitros). Mais em conta, Heineken, Antarctica Original e Bohemia saem por R$ 7,50 cada uma. Rua Barão de Iguatemi, 388, Praça da Bandeira, ☎ 2502-0176 (28 lugares). 12h/22h (dom. até 16h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

BAR MANCHETE. Recanto simpático, decorado com capas da antiga revista que o batiza e objetos antigos, é boa opção para quem trabalha na região da Cidade Nova e quer dar uma esticadinha depois do expediente. Circulam pelas mesas de madeira chope Brahma gelado (R$ 5,50 a caneca de 400 mililitros; R$ 4,00 a tulipa) e belisquetes a preços convidativos. É o caso dos bolinhos e pastéis vendidos por unidade ? na primeira leva o salgado é recheado de costelinha bovina, mas também figura o onipresente bolinho de feijoada (R$ 3,00 cada um). O pastel custa R$ 3,00 (queijo, carne ou frango) ou R$ 4,00 (versões de queijo, rúcula e tomate seco ou de presunto com abacaxi). Para dividir, a dica é a batata manchete (R$ 12,90), coberta de queijo derretido e calabresa. Rua Correia Vasques, 6, Estácio, ☎ 2502-6504 (72 lugares). 11h/23h30 (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

BOTECO DA GARRAFA. Dono da rede Belmonte, o cearense Antônio Rodrigues optou por diversificar os negócios criando uma casa onde o chope não tem vez. Para acompanhar as unidades de croquete de carne (R$ 4,99) e do pastel de picanha (R$ 4,80), são oferecidos cascos de Antarctica Original (R$ 10,00), Bohemia e Brahma Extra (R$ 10,20 cada uma). Ainda na parte dos comes, fazem sucesso o hambúrguer de picanha com queijo e tomate (R$ 22,00) e a robusta porção de carne-seca, palitos de polenta frita e paçoca de carne-seca (R$ 49,00, para três pessoas). Rua Bolívar, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2255-1680/3610, ? Cantagalo (70 lugares). 16h/1h (sex. até 3h; sáb. 15h/3h; dom. 12h/1h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Mem de Sá, 77, Lapa, ☎ 2507-1976 (160 lugares). 17h/3h (sex. e sáb. até 4h). Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/garrafa. Aberto em 2008.

MISTURA CASUAL. Pôsteres, anúncios antigos e fotos pendurados nas paredes recriam a história da marca americana Budweiser. Também integram a paisagem televisões para a exibição de jogos ao vivo. A garrafa da cerveja celebrada na decoração custa R$ 8,00, enquanto a long neck sai por R$ 5,00. Outro caminho é o gelado chope Brahma (R$ 4,60 a tulipa). De quarta a sábado, a partir das 20h, há música ao vivo. Para beliscar, as pedidas são o gurjão de peixe acompanhado de molho tártaro ou rosé (R$ 27,00) e o filé aperitivo ao molho madeira (R$ 42,00) com torradinhas. Campeã de pedidos, a crocante batata rosti (R$ 25,00) é recheada de carne-seca. Rua Conde de Baependi, 78, Flamengo, ☎ 2556-5804, ? Largo do Machado (200 lugares). 11h30/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 5,00 (qua. a sáb. a partir de 20h). ? Aberto em 2010.

TEMPERO DA PRAÇA. Quando inaugurou seu Aconchego Carioca, em 2002, a mineira Kátia Barbosa abriu um caminho promissor para a região da Praça da Bandeira. Depois dela vieram, entre outros, o Bar da Frente e o Paulette, estabelecimento de seu irmão, Paulo Barbosa da Silva. No fim do ano passado, ele passou o ponto para Erica Barreiros, Márcio Duran e Beth Camarinha. O trio fez alguns ajustes no cardápio, mas também adaptou petiscos herdados da casa anterior. Boas pedidas são o cigarrete de queijo de coalho (R$ 16,50, oito unidades), feito de sequinha massa de pastel envolvida em parmesão e orégano, e o croque de camarão (R$ 41,00 a porção com dezesseis). A receita traz o crustáceo, empanado e crocante, acompanhado de saboroso molho rosé incrementado com cebola e pimentões. Ainda na seção de tira-gostos, chama atenção a berinjela recheada (R$ 10,50). Para beber, não dispense a cerveja Therezópolis Gold estupidamente gelada (R$ 13,00) ou a Antarctica Original (R$ 7,50), ambas em garrafa de 600 mililitros. Uma roda de samba anima a happy hour às sextas. Rua Barão de Iguatemi, 408, loja A, Praça da Bandeira, ☎ 2502-2649 (30 lugares). 11h/23h (dom. até 18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

CHOPE E CERVEJA

BEERJACK HIDEOUT. O casarão antigo na rua tranquila abriga o simpático integrante do polo cervejeiro de Botafogo ? composto, ainda, por Boteco Colarinho e Teto Solar. Mais de 200 rótulos fazem parte da carta, dividida por nacionalidade e tipo. Entre as sugestões estão a inglesa Meantime India Pale Ale (R$ 66,00, 750 mililitros), que vai bem ao lado da porção de croquetes de provolone com agridoce de rapadura (R$ 22,50 oito unidades). Da Bélgica vem a edição especial da Duvel Tripel Hop (R$ 29,90, 330 mililitros). Dica para os ousados, a francesa Belzebuth (R$ 28,00, 250 mililitros), considerada uma das mais fortes do mundo produzida em larga escala, tem 11,8% de teor alcoólico. A gaúcha Coruja Coice (R$ 19,90, 330 mililitros) segue a mesma linha: chega a 12%. Da cozinha partem tira-gostos inventivos, a exemplo do bacalhau do pirata com natas (R$ 24,90), do queijo de coalho na chapa acompanhado de geleia de frutas sazonais (R$ 19,50) e do rosbife com cebola crocante (R$ 24,00). Rua Martins Ferreira, 71, Botafogo, ☎ 2226-0267 (70 lugares). 17h/0h (qui. a sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

BENDITHO. O pé-limpo prima pela carta caprichada de cervejas, com 170 rótulos, e a extensa lista de petiscos. Figuram entre as geladas as belgas Floris Fraise (R$ 34,00), Rochefort (R$ 29,80) e Waterloo (R$ 15,00), todas em garrafa de 330 mililitros. Das nacionais, aparecem as gaúchas Coruja (R$ 17,50, 600 mililitros) e Província (R$ 17,50, 1 litro). Entre os tira-gostos, o bolinho de bacalhau (R$ 18,00, oito unidades) divide as atenções com a porção de croquete (R$ 24,00 a dúzia). Dica para dividir, o filé aperitivo ao molho madeira (R$ 39,90) é guarnecido de pão de alho. Rua Baltazar Lisboa, 47, lojas A e B, Vila Isabel, ☎ 2208-2346 e 2268-3871 (80 lugares). 12h/1h (fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

BOTECO SALVAÇÃO. Dos mesmos donos da vizinha Casa da Matriz, oferece uma alentada lista de cervejas. Figuram no cardápio a Duff (R$ 18,50, long neck) e a belga Delirium Tremens (R$ 32,80, 330 mililitros), além da russa Baltika (R$ 28,60, 500 mililitros). Entre os chopes, peça o de marca própria (R$ 6,90, 300 mililitros; R$ 8,50, 400 mililitros). Uma refeição, o heavy metal burger (R$ 26,90) reúne 300 gramas de carne, provolone e farofa de bacon, acompanhado de batata frita e molhos de alho e gorgonzola. Para beliscar, prove o espetinho de filé-mignon com molho campanha e farofa (R$ 22,90 a unidade). Novidade de verão, as promoções de dose dupla acontecem todos os dias da semana ? na segunda a vez é da michelada (R$ 6,50), enquanto na sexta bebem-se dois sex on the beach pelo preço de um (R$ 13,50). Rua Henrique de Novaes, 55, Botafogo, ☎ 2226-9691 e 2539-0216 (150 lugares). 18h/2h (sáb. 20h/3h; dom. 13h/0h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. ? beta.matrizonline.com.br/botecosalvacao. Aberto em 2008.

DELIRIUM CAFÉ. Na única filial latina do badalado pub belga, a seleção de rótulos de cervejas especiais é mais modesta, mas mesmo assim impressionante. São 300 as sugestões disponíveis, contra as mais de 2?000 da matriz ? a coleção carioca foi suficiente para garantir ao negócio duas vitórias no prêmio de melhor carta de cervejas da cidade, segundo o júri do especial ?Comer & Beber?, publicado por VEJA RIO. Das torres de chope jorram a potente Carolus Tripel (R$ 16,90, 250 mililitros), a Delirium (R$ 18,90, 250 mililitros) e a nova Carolus Hoopsinjoor, do tipo strong gold ale (R$ 16,90, 250 mililitros). Os chopes da linha Carolus entram em promoção nos dias de jogos do campeonato carioca ? quarta e domingo ?, quando são vendidos por R$ 13,90. Também vem da Bélgica a Forbidden Fruit (R$ 25,90, 330 mililitros), com teor alcoólico de 8,5%. Para petiscar, os bolinhos de feijoada ou de feijão-branco com rabada (R$ 27,00 cada porção), ambos receitas do Aconchego Carioca, chegam em porção de seis unidades. Mais consistente, o burguer delirium (R$ 28,00) traz 200 gramas de hambúrguer de picanha, cheddar, alface, batata rústica e cebola em conserva. Rua Barão da Torre, 183, Ipanema, ☎ 2502-0029, ? General Osório (48 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: D, M e V. Cd: todos. ? ↔ www.deliriumcafe.br. Aberto em 2010.

DRINQUES

ASTOR. Surgido em São Paulo, mas inspirado nos bares cariocas da década de 50, o Astor encontrou seu melhor momento no Rio. Sempre cheia, a filial no Arpoador é o negócio de maior faturamento do grupo Cia. Tradicional de Comércio, ao qual pertencem também a pizzaria Bráz e o bar paulistano Pirajá. De frente para a Praia de Ipanema, é o tipo de lugar que pede um cremoso chope (R$ 5,90 o claro; R$ 6,90 o escuro, ambos da Brahma) ou um drinque ? por sinal, a casa faturou o prêmio nessa categoria na edição ?Comer & Beber 2012/2013? de VEJA RIO. São novidade na caprichada carta seis novas receitas de gim tônica, bebida na qual o bar tem investido. Uma das sugestões é o gin tonic tea, reunião de Gordon?s, infusão fria de Black Tea Bavarian Wild Berry, amora, framboesa, mirtilo, morango e anis (R$ 25,00). Entre os clássicos, destacam-se o bloody mary (R$ 21,00), densa mistura de suco de tomate e vodca, e o dry martini (R$ 23,00). Da lista de tira-gostos, prove a consagrada besteira à milanesa (R$ 36,50), porção de canapés de bife empanado sobre queijo, e o saboroso steak tartare (R$ 39,00), servido com batata frita. Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, ☎ 2523-0085, ? General Osório (200 lugares). 18h/1h (qui. até 2h; sex. e sáb. 12h/3h; dom. 12h/22h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobrista (R$ 13,00). → ? ↔ www.barastor.com.br. Aberto em 2010.

QUIOSQUE DO PORTUGUÊS. Uma briga judicial envolvendo o tradicional quiosque na Praia do Leblon e a Orla Rio, que tem a concessão dos negócios instalados à beira-mar, pôs fim às atividades no ponto onde as inventivas caipirinhas fizeram fama. A carta de delícias, no entanto, ainda pode ser provada na filial instalada no complexo de entretenimento Lagoon. Em uma pequena área coberta no térreo, as caipirinhas, preparadas com mais de 25 tipos de vodca, são o carro-chefe. As campeãs são as de tangerina com gengibre, de amora com morango e de amora com manga (R$ 16,00 cada uma, com vodca nacional). O visitante encontra exemplares raros da bebida ? a francesa Jean-Marc XO, processada como o conhaque, vira ingrediente de sugestões que chegam a custar R$ 45,00. Para acompanhar, são pedidas certeiras a clássica delícia de camarão (R$ 35,00, quinze unidades), que traz o crustáceo empanado e recheado de catupiry, e o croquete de mussarela com alho (R$ 28,00, quinze unidades). Há, ainda, chope Brahma por R$ 6,50 a caldeireta. Avenida Borges de Medeiros, 1424 (Lagoon), Lagoa, ☎ 2239-9936 (85 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ? http://quiosquedoportugues.blogspot.com. Aberto em 2102.

SHOOTERS. Vizinho de um reduto de chope e cerveja, o Colarinho, o barman Phillipe Mello aponta para outra direção. Formado em gastronomia pela Estácio de Sá, ele montou um negócio próprio dedicado aos bons drinques. Na decoração do diminuto salão, com uma extensão ao ar livre, entram detalhes que remetem ao universo das histórias em quadrinhos. Experimente o simple red (R$ 18,00), com vodca, xarope de romã, limão e chá branco, ou o south breeze (R$ 18,00), reunião de vodca, Fernet, limão-siciliano e prosecco. Na parte dedicada aos shots, aposte no combustible (R$ 30,00), com suco de cranberry, sour mix, vodca e absinto. A oferta de comidinhas também é interessante: o salmão vem empanado com gergelim e molho que leva uísque (R$ 25,00). Entre os petiscos também há chicken fingers (R$ 22,00), pedaços de frango empanado com farinha crocante ao molho de mostarda. O mais recente investimento da casa foi a abertura de um lounge anexo, que recebe festas com DJs e música ao vivo, de terça a sábado. Rua Nelson Mandela, 100, loja 124, Botafogo, ☎ 3281-7629, ? Botafogo (84 lugares). 18h/3h (seg. a qua. até 1h; fecha dom.). Entrada: R$ 10,00 (a partir das 22h). Cc: todos. Cd: todos. ? shootersriodejaneiro.blogspot.com. Aberto em 2010.

FIM DE NOITE

DIAGONAL. Longevo reduto da boemia no Leblon, distrai a clientela até altas horas com chope (Brahma, R$ 5,50 a tulipa) e trinta sabores de pizza. Estão no cardápio as coberturas de peperone (R$ 59,00) e margherita (R$ 49,00), as mais pedidas. A diagonal leva mussarela, cebola, cogumelo, pimentão, bacon e orégano (R$ 59,00) ? os preços são válidos para as redondas de 30 centímetros de diâmetro. Há pouco mais de dez anos, um princípio de incêndio obrigou a casa a passar por reformas. Surgiram nessa ocasião os dois painéis na varanda com divertidos personagens do desenhista francês Jano. Rua Aristides Espínola, 88, loja B, Leblon, ☎ 2259-0888 (80 lugares). 11h/4h (dom. e seg. até 3h; sex. e sáb. até 5h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1955.

HAPPY HOUR

ODORICO BAR. Movimentado, o ponto na região do Baixo Voluntários ganhou em 2011 sua primeira filial, na Tijuca. Na Zona Norte, o casarão de estilo eclético dos anos 20 passou por minuciosa restauração. Extensa lista de petiscos e chope gelado (R$ 4,80 a tulipa da Brahma) são as atrações nos dois endereços. Duas boas pedidas para beliscar são o bolinho de parmesão crocante (R$ 19,90, seis unidades) e o mix de salsichas (R$ 25,80). Carro-chefe, o mix odorico (R$ 54,80) traz calabresa, filé-mignon ou frango, queijo derretido e aipim frito. Cervejas Antarctica Original e Bohemia (R$ 8,60 cada uma) são servidas em garrafa de 600 mililitros. Rua Voluntários da Pátria, 31, Botafogo, lojas C e D, ☎ 2266-3773, ? Botafogo (180 lugares). 15h/3h. Cc: todos. Cd: todos; Rua Professor Gabizo, 135, Tijuca, ☎ 3172-6734, ? Afonso Pena (400 lugares). 17h/2h (dom. a partir das 15h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 13,00). ? ↔ Aberto em 2006.

MEXICANO

SÍ SEÑOR. A primeira filial carioca da rede paulistana tem luz suave, cadeiras e sofás de cores fortes e mesas no estilo das tradicionais lanchonetes americanas. No cardápio de inspiração tex-mex aparecem invenções curiosas, como a pimenta jalapeño empanada, recheada de queijo cremoso, ao molho agridoce (R$ 22,00, oito unidades). Na lista de petiscos, outro hit é o nacho supreme (R$ 44,00), porção farta de pequenas tortilhas crocantes cobertas de frijoles (pasta de feijão), cheddar, parmesão, azeitonas, guacamole, sour cream e cebolinha. O chope Heineken custa R$ 6,40 (300 mililitros) e o mojito feito com rum nacional (R$ 16,00) ganha versões de morango, tangerina ou hortelã. Avenida General San Martin, 1011, Leblon, ☎ 2249-2161 (180 lugares). 18h/0h (sex. 17h/2h; sáb. 16h/2h; dom. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). ↔ www.sisenor.com.br. Aberto em 2011.

MÚSICA AO VIVO

FAVELLAS. Inaugurado no lugar onde funcionava o Lapa na Pressão, ocupa dois casarões contíguos do século XIX, tombados como patrimônio histórico da cidade. No amplo espaço interno, com pé-direito de 5 metros, a estética da favela dá o tom da decoração. Assinado pelo cenógrafo Fábio Alexandre, o ambiente ganhou janelões de madeira, roupas em varais, pipas, grafite e telhados de zinco. O samba ao vivo come solto, com atrações variadas, de terça a sábado. No cardápio, o buraco quente (R$ 10,00) é um caldinho de feijão com torresmo e salsinha. Também faz sucesso o mineira (R$ 45,00), reunião de costelinha à pururuca ao molho agridoce, polenta frita com parmesão, chips de jiló e geleia de pimenta. Para beber, peça cascos de 600 mililitros de Antarctica Original (R$ 9,00) ou Bohemia (R$ 8,50). Outra pedida, a caneca zero grau (R$ 5,00, 300 mililitros) de chope Devassa leva uma crosta de gelo que preserva a temperatura da bebida. Avenida Mem de Sá, 59/61, Lapa, ☎ 2507-0580 (250 lugares). 18h/3h (qua. até 23h; qui. até 2h; fecha dom. a ter.). Entrada: R$ 15,00 a R$ 30,00. Cd: todos. Cc: todos. Aberto em 2012.

PARA IR A DOIS

BAR DOS DESCASADOS. Dentro do Hotel Santa Teresa, tem balcão revestido de pastilhas, piso de ladrilho hidráulico e arcos de tijolo aparente que remontam o século XIX, época da construção do imóvel. Além de sugestões para beber a dois, como a garrafa de Chandon Brut (R$ 100,00), são boas pedidas o garota descasada (R$ 31,00), drinque preparado com morango, vinagre balsâmico, cachaça e limão, e o garoto mal casado (R$ 31,00), que repete a receita, mas leva vodca em vez da purinha. Para petiscar, o filé-mignon oriental (R$ 30,00) chega à mesa com legumes e pão grelhado. Entre as boas opções de sanduíche, aquela que leva o nome da casa (R$ 42,00) traz recheio de frango ou salmão defumado marinados, tomate, ovo e alface. Rua Felício dos Santos, s/nº (Hotel Santa Teresa), Santa Teresa, ☎ 3380-0200 (200 lugares). 12h/0h. Cc: A, M e V. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). www.santateresahotel.com. Aberto em 2008.

PAXECO BAR. Uma escada discreta leva ao amplo terraço sobre o restaurante Couve-Flor. Luminárias colorem o balcão, mas o melhor mesmo é a vista para as palmeiras-imperiais do Jardim Botânico e a estátua do Cristo Redentor. No cardápio encontram-se tira-gostos como o croquete de carne (R$ 27,00, sete unidades) e o pastel de bobó de camarão (R$ 30,00, meia dúzia). Também tem adeptos o bolinho de arroz com chutney tailandês (R$ 20,00 a porção de sete), um clássico local. É novidade a burrata com tomate-cereja, molho pesto e raspas de limão-siciliano (R$ 30,00). Na seção de cervejas, algumas pedidas são a Therezópolis (R$ 10,50, 600 mililitros) e a belga Delirium Tremens (R$ 30,00, 330 mililitros). Da carta de drinques, opte pelo mojito cidreira (R$ 18,00), reunião de rum, suco de limão, hortelã e chá de capim-cidreira, ou o paxeco lemon (R$ 16,00), que leva curaçao blue, leite condensado e suco de limão. Rua Pacheco Leão, 724, loja D, Jardim Botânico, ☎ 3114-8710 (80 lugares). 18h/1h. Cc: M e V. Cd: R e V. ↔ ↔ www.paxecobar.com.br. Aberto em 2011.

TRADICIONAIS

BAR LAGOA. Merecidamente, o endereço foi o vencedor na categoria melhor chope na última edição do especial ?Comer & Beber?, publicado por VEJA RIO. Caldeiretas (R$ 5,00, da Brahma), com o devido colarinho alto, multiplicam-se pelo salão art déco, onde saltam aos olhos as composições geométricas e os revestimentos de mármore de Carrara. Os tonéis metálicos são armazenados em câmaras frigoríficas e já chegam gelados à chopeira com 50 metros de serpentina. Curiosidade: a espuma do chope é usada na receita da elogiada salada de batata que serve de guarnição para os pratos alemães. Entre as sugestões figuram o par de salsichões (R$ 31,00), o rosbife (R$ 34,00) e o tradicional kassler (R$ 43,00). Avenida Epitácio Pessoa, 1674, Lagoa, ☎ 2523-1135 (250 lugares). 18h/2h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: D, M e V. Cd: todos. www.barlagoa.com.br. Aberto em 1934.

CASA VILLARINO. Ampliada no painel que ocupa os fundos do salão, a foto mostra, entre outros, três personagens ilustres em torno de uma mesa da casa: o escritor Paulo Mendes Campos (1922-1991), o jornalista Fernando Lobo (1915-1996) e o poeta Vinicius de Moraes (1913-1980). Nos anos 50, artistas e intelectuais escolheram o lugar, batizado como ?uiscritório?, e lá deixaram a fama que perdura até hoje. No endereço onde Vinicius foi apresentado a Tom Jobim, em 1956, inaugurando a histórica parceria, ainda são servidas as doses de JB 8 e 12 anos (R$ 13,00 e R$ 17,00, respectivamente) que embalavam o poeta. Entre as cervejas há Antarctica Original (R$ 8,00) e Therezópolis Gold (R$ 13,00), ambas na garrafa de 600 mililitros. Na parte de comes, é possível escolher itens da delicatessen, na frente da loja, e beliscá-los em porções ? sardinha portuguesa enlatada (R$ 14,00), queijos brie ou camembert (R$ 23,00 cada um), presunto cru (R$ 23,00) e salmão defumado (R$ 25,00) são algumas dicas. Para um lanche mais encorpado, aposte nos sanduíches de pernil (R$ 11,50), de rosbife (R$ 9,50) ou de bife à milanesa (R$ 10,50). Avenida Calógeras, 6, loja B, ☎ 2240-9634, ? Cinelândia (65 lugares). 12h/22h (fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.villarino.com.br. Aberto em 1953.

VARNHAGEN. Dona Natalina Augusta, 77 anos, toca, ao lado dos dois filhos, o tradicional botequim aberto quando a praça ainda estava longe de ser um polo boêmio. O tempo em que seu marido, Alberto Rosário, assumiu o negócio é evocado nas mesas com tampo de fórmica, nos azulejos brancos e lilás e na maneira familiar de atender os clientes. Acompanham as garrafas de Skol, Antarctica (R$ 6,00 cada uma), Antarctica Original e Bohemia (R$ 7,00) delícias como o croquete de carne (R$ 2,50 a unidade; R$ 15,00 a porção com dez), a vitela aperitivo (R$ 22,00), temperada com vinho e hortelã, o bolinho de bacalhau (R$ 3,00 a unidade) e a costelinha suína defumada (R$ 19,00 a porção). Quinta é dia de minifeijoada (R$ 20,00), preparada com paio, costela, lombo e linguiça. Na sexta e no domingo, a atração é a rabada com batata e agrião (R$ 20,00). Praça Varnhagen, 14-A, Tijuca, ☎ 2254-3062 (30 lugares). 7h/20h (sáb. e dom. 9h/17h). Cd: todos. ? Aberto em 1944.

Fonte: VEJA RIO