ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Percorremos os melhores bares do Rio para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BARES-RESTAURANTES

GUACAMOLE. Para distrair a clientela, a filial da rede catarinense de culinária tex-mex aposta na apresentação de mariachis pelo salão. No cardápio figuram receitas como os burritos, com carne em cubos, queijo e alface (R$ 32,80). A versão vegetariana, que ganhou o nome do guitarrista Carlos Santana, leva legumes grelhados (R$ 26,80). Para petiscar, são novidade os pasteletos de chili (R$ 22,80, seis unidades), recheados de carne moída picante e queijo. Se a ideia for fazer uma refeição, escolha a enchillada lupita (R$ 32,80), que traz duas tortillas de trigo recheadas de camarão picante salteado na tequila, cobertas de salsa e queijo gratinado e guarnecidas de arroz mexicano e feijões refritos, além de molhos sour cream e pico de gallo. Para beber, o el diablo (R$ 15,90) é uma combinação de tequila, licor de cassis, suco de limão e cranberry. O carro-chefe da seção líquida, no entanto, é a tradicional michelada (R$ 10,90), cerveja Sol Premium temperada com pimenta e suco de limão, mais sal na borda do copo. Mais de vinte rótulos oriundos de diversas áreas do México aparecem na carta de tequilas. A lista vai da Sauza Hornitos Reposado (R$ 14,50 a dose) à Tezón Reposado (R$ 35,50). Rua Jardim Botânico, 129, Jardim Botânico, ☎ 3178-3100 (190 lugares), 18h/2h (sex. e sáb. até 3h). Couvert artístico: R$ 8,00 (dom. a qui.); R$ 10,00 (sex. e sáb.). Estac. c/manobr. (R$ 15,00). ↔ www.guacamole.com.br. Aberto em 2012.

MEKONG. Como o nome sugere, a inspiração da casa vem da Ásia ? Mekong é o rio que corta a China e outros seis países do sul do continente. Servido na jarra de 1 litro, o ping pong (R$ 39,00) é um drinque preparado com vodca, licor de morango, maracujá, morango, sucos de laranja e de limão. Prato principal no cardápio, o massaman (R$ 32,00) é uma receita de filé-mignon ao molho de curry, batata e amendoim, acompanhado de arroz de jasmim. Para petiscar, há um mix (R$ 24,50) com cinco itens, entre eles samosa de curry e bolinho com massa de grão-de-bico, batata, cebola e especiarias. O cordeiro crocante ao molho hoisin, com finas fatias de pepino, cebolinha e alface (R$ 29,80), também é boa pedida. Rua General Urquiza, 188, loja A, ☎ 2529-2124 (40 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: D, M e V. Cd: todos. www.mekong.com.br. ↔ ? Aberto em 2010.

BOTEQUINS

ACADEMIA DA CACHAÇA. Ponto movimentado em uma galeria no Leblon, virou referência na cidade quando o assunto são purinhas. Há mais de 100 rótulos disponíveis na carta. Lidera a lista dos campeões de vendas a Lua Cheia (R$ 8,30), da cidade mineira de Salinas. Além das doses, a bebida aparece na caipira acadêmica (R$ 13,90), que leva cachaça da marca Seleta, também mineira, limão-galego e mel. No Carnaval, além da tradicional feijoada da casa (R$ 66,80, para duas pessoas), a pedida é o tá combinado (R$ 21,80), reunião de bolinhas de carne e queijo, bolinho de mandioca com queijo e coxinha. Há ainda empada de queijo de coalho com alecrim (R$ 7,90 a unidade), para beliscar, e, para refrescar, chope Brahma (R$ 5,70 a caldeireta). Rua Conde Bernadotte, 26, lojas E a G, Leblon, ☎ 2529-2680 e 2239-1542 (180 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: D, M e V. Cd: todos; Avenida Armando Lombardi, 800, loja 65 L (Condado de Cascais), Barra, ☎ 2492-1159 (200 lugares). 12h/1h (seg. até 17h, sex. e sáb. até 2h, dom. até 19h). Cc: todos. Cd: todos. www.academiadacachaca.com.br. Aberto em 1985.

CANECO 85. De olho no agito provocado pelo chorinho e pelas rodas de samba que tomam a praça em frente nos fins de semana, Mário Lúcio Dias decidiu, ao lado do pai, encerrar as atividades da mercearia da família, aberta havia trinta anos. Além de fazer menção ao número do imóvel, o 85 evoca o ano do campeonato carioca conquistado pelo Fluminense, time dos proprietários ? mas os outros grandes do Rio também são lembrados em um grande painel no salão. Os pastéis, o forte da casa, são oferecidos em 22 sabores. Têm boa saída o recheio de brie com damasco (R$ 4,20 a unidade) e o maria bonita, de carne-seca com queijo de coalho (R$ 4,00). Se a ideia for dividir um petisco, a pedida é o carioquinha (R$ 32,80), reunião de filé-mignon, mussarela derretida e aipim frito, servido na chapa de ferro. Para beber, tulipas de chope Brahma (R$ 4,20), além de cascos de Antarctica Original e Budweiser (R$ 7,00 a garrafa de 600 mililitros). Rua São Salvador, 85, loja A, Laranjeiras, ☎ 2558-4166 (70 lugares). 9h/1h (seg. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Aberto em 2012.

MANOEL & JUAQUIM. Inaugurada há quase duas décadas no Engenho de Dentro, a rede foi pioneira na leva de pés-limpos que varreu a cidade. Comandada pelo autor e diretor de teatro Abílio Fernandes, homenageia, com nomes irreverentes no cardápio, a tradição dos botequins cariocas. Experimente o clássico caldinho de feijão (R$ 8,40), acompanhado de torresminho, ou a batata juaquim (R$ 17,90), com calabresa e alho. Vai bem com o chope Brahma (R$ 3,90 a tulipa) o frango à passaralho (R$ 26,00), com generosa camada de alho. Mais farto, o risoto de camarão (R$ 46,00) serve duas pessoas. Aviso: os preços se referem à filial do Engenho de Dentro e podem variar de acordo com a unidade. Rua Pernambuco, 384, ☎ 2592-5131 (124 lugares). 17h/0h30 (sex. e sáb. até 1h30; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos; Rua Almirante Tamandaré, 77, Flamengo, ☎ 2556-7385, ? Largo do Machado (240 lugares). 11h/2h. Cc: todos. Cd: todos ? → Mais oito endereços. www.manoelejuaquim.com.br. Aberto em 1994.

CERVEJAS ESPECIAIS

BELGIAN BEER PARADISE. Muita gente passa por lá e leva as garrafas para casa, mas também é possível experimentar alguns rótulos especiais ? preferencialmente os belgas ? no próprio estabelecimento. Da família das trapistas, cervejas artesanais fabricadas em mosteiros, há a escura Rochefort 10 (R$ 29,90 a long neck), com 11,3% de volume alcoólico e leve toque de chocolate, e a Troubadour (R$ 21,90 a long neck), com 6,5%. São boas sugestões para acompanhar as geladas o mix de salsichas e a porção de presunto cru (R$ 24,90 cada um). Rua Visconde de Pirajá, 580, sobreloja 213, Ipanema, ☎ 3256-2595 (30 lugares). 10h/19h (sex. e sáb. 12h/22h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.beerparadise.com.br. Aberto em 1999.

FIM DE NOITE

BOTECOTACO. Tradicional reduto para qualquer hora, praticamente não fecha as portas ? exceto em breves intervalos dedicados a limpeza e manutenção. Na parte dos fundos, o salão refrigerado conta com cinco mesas de sinuca. O aluguel do equipamento é cobrado por hora (R$ 18,00, das 7h às 17h; R$ 21,00, das 17h às 7h). Para forrar o estômago, há porção de pastel (R$ 18,15, doze unidades) nos sabores quatro queijos, carne e carne-seca com catupiry. O chope Brahma (R$ 4,70, 300 mililitros) completa o programa. Rua Humaitá, 122, Humaitá, ☎ 2539-5109 (70 lugares). 24 horas (dom. até 0h; seg. a qua. 7h/2h; qui. a partir das 7h). Cc: todos. Cd: todos. www.botecotacorio.com.br. Aberto em 1942.

HAPPY HOUR

BOTEQUIM JOAQUINA. A combinação de petiscos acima da média, chope bem tirado e serviço eficiente faz as mesas das duas unidades da rede estar sempre cheias. De frente para a Praia do Leme, a filial da casa que começou na Cobal do Humaitá exibe na decoração referências bem-humoradas ao tempo do Império. O chope Brahma (R$ 5,20 a caldeireta) reina soberano nas mesas, mas há a opção de pedir Antarctica Original em garrafa de 600 mililitros (R$ 9,80). Na parte de belisquetes, fazem sucesso os pastéis de engenho (R$ 21,00, dez unidades), massas de angu recheadas de couve com torresmo, frango com requeijão, carne-seca com requeijão, palmito com cheddar ou tomate seco e carne moída com banana. Outras pedidas são a polenta frita ao molho funghi (R$ 16,00) e o sonho de aipim, bolinho preparado com carne-seca ou camarão com catupiry (R$ 19,00 a dupla). Rua Voluntários da Pátria, 448, lojas 3 e 4 (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2527-1722 (200 lugares). 11h30/2h (sex. e sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ?; Avenida Atlântica, 974, Leme, ☎ 2275-8569 (75 lugares). 11h30/2h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. → www.joaquinabar.com.br. Aberto em 2007.

MÚSICA AO VIVO

CALABOUÇO HEAVY & ROCK BAR. No pequeno salão já se apresentaram figuras conhecidas do heavy metal, como Timo Tolkki, do grupo finlandês Stratovarius. A programação ao vivo, de quarta a domingo, vai de Beatles ao metal pesado. Na lista de geladas especiais encontram-se trinta rótulos, como a Sepultura, da cervejaria paulista Bamberg, vendida em garrafa de 600 mililitros por R$ 22,00. Também faz sucesso a checa Pilsner Urquell (R$ 22,00, 500 mililitros). Entre as marcas mais populares há Devassa (R$ 5,30) e Brahma (R$ 6,90), ambas em cascos de 600 mililitros. Se a fome bater, opte pelos hambúrgueres: o dimmo burguer (R$ 19,90) traz 200 gramas de carne, bacon, cebola marinada no shoyu e cheddar. Rua Felipe Camarão, 130, Tijuca, ☎ 2268-7014 (150 lugares). 19h/3h (sex. e sáb. até 6h; dom. 17h30/0h; fecha seg. e ter.). Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 a R$ 20,00. www.calabouco-bar.com.br. Aberto em 2009.

SABOR DA MORENA. Perto da Praça Mauro Duarte, em Botafogo, o endereço fica em uma parte sossegada do bairro. De terça a sábado, a happy hour é embalada por voz e violão, além de cascos de Antarctica Original, Bohemia (R$ 8,00 cada um), Antarctica, Skol e Brahma (R$ 7,00). Feita com cachaça artesanal, a caipirinha (R$ 9,50) também tem seus adeptos. No caprichado cardápio aparece o tentação da morena (R$ 26,00), prato que reúne uma espécie de nacho feito com massa de feijão-preto, acompanhado de carne-seca temperada com laranja, conhaque e especiarias. Outra pedida é o entocado (R$ 18,00), escondidinho de camarão com abóbora. Novidade, o morena nordestina (R$ 45,00) é uma generosa porção de carne-seca desfiada, linguiça, aipim frito e queijo coalho. Rua São Manoel, 43, ☎ 2542-0348 e 7846-4178, ? Botafogo (26 lugares). 17h30h/1h (sáb. a partir das 17h; fecha dom. e seg.). Couvert art.: R$ 7,00 (ter. a sáb. a partir de 19h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2007.

PARA DANÇAR

BARZINHO. Na empreitada, Fabio Battistella, proprietário do Meza Bar e do Oztel, é sócio do ator Rodrigo Penna, criador da badalada festa Bailinho. Antes de se dedicar ao cardápio, preste atenção nos lustres de néon colorido e nas curiosas colagens com fotos de pessoas anônimas nas mesas. Na lista de petiscos, clássicos de boteco aparecem transformados. É o caso do saboroso frango à passarinho, empanado em parmesão e recheado de catupiry cremoso (R$ 39,00). Outras boas invenções são o bolinho de salame com parmesão (R$ 28,00) e o croquete de mortadela (R$ 28,00), ambos em porções de seis unidades. Para beber, o trez na lapa (R$ 19,00) reúne cachaça, suco de goiaba e limão, além de laranja e licor 43. A caipirinha conchinha (R$ 18,00) mistura vodca, tangerina, uva e pimenta. A partir de 0h30, as mesas do térreo são removidas e o pequeno salão vira pista de dança, com programação comandada por Penna ou apresentações ao vivo. Rua do Lavradio, 170, Lapa, ☎ 2221-4709 (130 lugares). 18h/2h (sex. e sáb. até 4h). Entrada: R$ 15,00 (de 21h30 a 0h) e R$ 25,00 (a partir de 0h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

00. Dividida em três ambientes, tem programação dedicada à música eletrônica quase todos os dias. A charmosa área ao ar livre, logo na entrada, é o ponto de partida para os agitos na pista. Por ali circulam drinques como o mojito red (R$ 19,00), preparado com rum, limão, hortelã, club soda e suco de cranberry. Na lista de caipirinhas especiais destaca-se a que leva framboesa, tangerina e pimenta-branca (R$ 16,00, com cachaça Nêga Fulô). Prove o risoto (R$ 32,00), servido em porção individual, sempre com um sabor diferente sugerido pelo chef. Outras dicas são o pastel folhado de gorgonzola com nozes (R$ 18,00, cinco unidades) e os palitos de polenta frita ao molho de gorgonzola ou funghi (R$ 18,00, dez unidades). Após recente visita da fiscalização, a casa teve sua capacidade reduzida de 400 para 350 pessoas e ganhou uma segunda saída de emergência. Avenida Padre Leo­nel Franca, 240, Gávea, ☎ 2540-8042 (160 lugares). 19h30/1h (sex. a dom. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 40,00 (a partir das 22h, em dias de festa). Estac. R$ 20,00. → ? ↔ www.00site.com.br. Aberto em 2000.

PUB

THE CLOVER IRISH PUB. Rodrigo Mendonça e André Penha, donos do Lapa Irish Pub, fazem parte do grupo de sócios desta casa, que fica no imóvel onde já funcionaram o Copa Café, fechado em 2011, e seu sucessor, o Copa Club. O casarão ganhou iluminação indireta, mesas baixas, bancos de madeira, pôsteres da cerveja Guinness e rock como a atração principal nas caixas de som. No cardápio encontram-se porções de mini-hambúrguer (R$ 29,00, oito unidades) feitos de variadas carnes: cordeiro, salmão, de soja ou bovina. O cover sample (R$ 39,00) é um mix de frango e cebola empanados, asas de galinha, batata frita, tortilha de milho e molhos. Tirado de uma das cinco torneiras, o chope pode vir nos tamanhos de 568 mililitros (pint, como a medida é conhecida) ou 340 mililitros. Os ingleses Old Speckled, Honey Dew Organic e London Price têm o mesmo preço, R$ 30,00 e R$ 16,00, respectivamente, enquanto o irlandês Guinness é servido por R$ 25,00 e R$ 16,00. De segunda sexta, a casa promove promoções de dose dupla ? vale a pena se informar no site. Avenida Atlântica, 3056, loja B, Copacabana, ☎ 2548-8484, ? Cantagalo (90 pessoas). 12h/1h (qui. até 2h; sex. e sáb. até 3h). Cc: M e V. Cd: todos. www.theclover.com.br. Aberto em 2012.

TAPAS

ENTRETAPAS. Em quase três anos de funcionamento, o estabelecimento do chef e proprietário Jan Santos caiu nas graças de público e críticos por sua esmerada lista de tapas espanholas. O ambiente também ajuda: o salão no agradável casarão do Humaitá tem iluminação suave, um grande banco de couro vermelho e uma lousa que exibe os destaques do dia. Já viraram clássicos as croquetas de jamón (R$ 21,50, quatro unidades) e os huevos rotos (R$ 22,50), porção de batata frita com ovo estrelado, chistorra (uma linguiça espanhola) e chorizo (salame). Fazem sucesso ainda as habitas (R$ 23,50), favas salteadas no azeite de alho com lascas de presunto serrano. Entre os pedidos mais consistentes figura a paella valenciana (R$ 79,00, para duas pessoas), preparada com carne de coelho e frango, legumes e arroz. São novidades na caprichada carta de drinques o sanlúca (R$ 20,00), reunião de manzanilla, licor de lichia, limão, hortelã e clara de ovo, e o lola (R$ 22,00), que leva cava brut, morango, gengibre e licores de pêssego e limão. Rua Conde de Irajá, 115, Humaitá, ☎ 2537-0673 (65 lugares). 19h/0h (sex. 12h/16h e 19h/1h; sáb. 13h/1h; dom. 13h/0h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). www.entretapas.com.br. ? ↔ Aberto em 2010.

VENGA. Em 2012, para incrementar o cardápio, o chef Rafael Costa e Silva, que trabalhou no premiado restaurante espanhol Mugaritz, criou algumas receitas que caíram no gosto do público e entraram definitivamente na lista de belisquetes. É o caso do mini-hambúrguer de atum com maionese de pimenta de piquillo (R$ 27,00, duas unidades) e da bochecha de boi ao vinho tinto com purê de batata-baroa e chouriço (R$ 29,00). Dos clássicos, opte pelo huevo loco (R$ 18,00), tapa que traz uma camada de purê de batata, outra de chorizo e jamón cortado em pequenos pedaços e um ovo estalado. A unidade de Ipanema tem carta de drinques elaborada pelo português João Eusébio, dono do El Mutis Private Club, em Barcelona. Entre suas sugestões estão o granada (R$ 25,00), que leva rum, vinho Pedro Ximenez e licor de lichia. Uma novidade é a chegada da cerveja espanhola Estrella Damm Lemon (R$ 13,00 a long neck), aposta para o verão. Rua Garcia d?Ávila, 147, loja B, Ipanema, ☎ 2247-0234 (84 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h); Rua Dias Ferreira, 113, loja B, Leblon, ☎ 2512-9826 (34 lugares). 12h/1h (seg. a partir das 18h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.venga.com.br. Aberto em 2009.

TRADICIONAIS

ADEGA FLOR DE COIMBRA. Reduto inaugurado na década de 30, já foi frequentado pelo pintor Candido Portinari (1903-1962). Na decoração, a imagem de São Jorge, a bandeira de Portugal e cachos de uvas de plástico dividem as atenções com lembranças de outros tempos, como um belo painel de Nilton Bravo (1937-2005), conhecido como o Michelangelo dos botequins. Tesouro do cardápio, o bolinho de bacalhau (R$ 3,90 a unidade) é comprido e sequinho. Também é possível degustar cabrito aperitivo marinado (R$ 45,90 a porção) e bacalhau desfiado temperado com azeite, pimentão, cebola, tomate e salsa (R$ 30,90). A porção de sardinha portuguesa (R$ 41,00) é grelhada e limpa na mesa. Entre as opções de bebida, há uma modesta carta de vinhos e garrafas de cerveja gelada por R$ 6,00 (Brahma, Antarctica e Skol) ou R$ 7,50 (Bohemia, Antarctica Original e Heineken). Rua Teotônio Regadas, 34, loja A, Lapa, ☎ 2224-4582 (72 lugares). 11h30/0h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 1938.

ARMAZÉM SÃO THIAGO. Em um canto sossegado de Santa Teresa, o negócio hoje pertence a Ricardo Garcia, representante da terceira geração da família a dar expediente no casarão de 1874 onde seu avô, o espanhol Jesus Pose Garcia, fundou um armazém de mercadorias finas. Tanta história levou a prefeitura a incluir o endereço em uma lista de doze bares tombados como patrimônio cultural carioca. O cardápio traz petiscos curiosos, como a concha de cebola, empanada e recheada de farofa de siri (R$ 24,00, quatro unidades), e a carne-seca de filé-mignon (R$ 54,00), acompanhada de minicroquetes de aipim. Além do chope Brahma (R$ 5,00 a caldeireta), costumam estar geladas as cervejas em garrafa das marcas Antarctica Original, Bohemia (R$ 7,50 cada uma), Skol, Antarctica, Brahma (R$ 6,50), Serramalte e Brahma Extra (R$ 8,50). Rua Áurea, 26, Santa Teresa, ☎ 2232-0822 (36 lugares). 12h/0h (dom. até 22h). Cc: todos. Cd: todos. www.armazemsaothiago.com.br. Aberto em 1919.

BAR DO SERAFIM. Mesmo depois de adquirido pelos proprietários do grupo Dom, que tem outros negócios do gênero na Lapa e no Grajaú, o botequim inaugurado nos anos 40 conservou a decoração original. Garrafas ocupam prateleiras e cristaleiras e barris de madeira repousam sobre o balcão. Unanimidade entre os consumidores, o chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) tabela bem com os salgados vendidos por unidade, como os bolinhos de carne e de bacalhau (R$ 4,50 cada um), além do torresmo (R$ 2,50). Para dividir, são boa pedida os gurjões de frango ou peixe (R$ 29,00 cada porção), guarnecidos de molho rosé ou tártaro. A cesta com três pães de alho (R$ 8,00) e a porção de presunto de Parma (R$ 48,00) também têm seus adeptos. Da boa carta de cachaças, com mais de sessenta rótulos, têm boa saída a catarinense Armazém Vieira (R$ 7,00) e a mineira Lua Cheia (R$ 5,50). Rua Alice, 24, loja A, Laranjeiras, ☎ 2225-2843 (45 lugares). 10h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1944.

GOYA-BEIRA. A Igreja de Nossa Senhora das Neves, construída em 1860, e o Largo das Neves, com seus banquinhos de praça, compõem o cenário interiorano diante de quem se acomoda no casarão, em torno de mesas de madeira com tampo de mármore. Na lista simples de tira-gostos estão o antepasto de berinjela com torrada temperada com ervas finas (R$ 22,00) e a porção de carne-seca e aipim frito (R$ 35,50). A cerveja, em garrafa de 600 mililitros, pode ser da Bohemia ou da Antarctica Original (R$ 8,20 cada uma). Tradição local, as infusões de cachaça aparecem em misturas como abacaxi com gengibre (R$ 5,80 a dose) e laranja com agrião (R$ 4,80). Largo das Neves, 13, Santa Teresa, ☎ 2232-5751 (40 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cd: todos. Aberto em 1950.

Fonte: VEJA RIO