ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Percorremos os melhores bares do Rio para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BARES-RESTAURANTES

ANTIGAMENTE. Ladrilhos hidráulicos no piso e cartões-postais da cidade estampados nas toalhas conferem a dose certa de carioquice ao ambiente. A feijoada (R$ 49,90, para duas pessoas) é a estrela das sextas e dos sábados, dias em que também acontecem rodas de samba e choro. No cardápio fixo sobressaem receitas que levam costela bovina, a exemplo do pastel (R$ 5,20 a unidade) e do sanduíche gabrielzinho (R$ 19,90), servido na ciabatta com mussarela. O chope gelado da Brahma (R$ 5,30 a caldeireta) também faz boa tabela com os recém-chegados bolinhos de aipim recheados de costela e queijo (R$ 16,90), queijo e cebola (R$ 15,90) e camarão com catupiry (R$ 18,90), todos em porções de seis unidades. Outra novidade de verão é a casquinha de siri (R$ 11,90). Rua do Ouvidor, 43, Centro, ☎ 2507-5040 (150 lugares). 11h30/0h (sáb. até 18h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Aberto em 2003.

BARBIERI. Plural de barbeiro, em italiano, o nome da casa inspira a decoração, com quadros que retratam bigodes variados e até cadeiras de barbearia, de estofado colorido, no salão. No cardápio, frutos do mar são a especialidade. A porção de bacalhau (R$ 48,50) traz o peixe dessalgado em lascas, com cebola, alho, azeitona, salsa e azeite. Outra dica é o camarão à paulista (R$ 38,00), ao alho e óleo. Na seção de sanduíches, o campeão de pedidos é o francesinha barbieri (R$ 25,00), de presunto, queijo, linguiça, salsicha e filé, entre fatias de pão de fôrma cobertas por queijo derretido, molho picante e ovo. Uma porção de batata frita completa o pedido. O chope Brahma pode vir nas versões clara (R$ 4,80 a tulipa) ou black (R$ 6,50, 400 mililitros). Avenida Mem de Sá, 92-A, Lapa, ☎ 2507-2394 (90 lugares). 17h/2h (sex. e sáb. até 4h30; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.barbieribotequim.com.br. Aberto em 2009.

BOTECO DA PRAIA. Dos mesmos donos do restaurante Alcaparra, é um pé-limpo na Praia do Flamengo. Têm boa saída os sanduíches servidos no pão de leite, como o de filé com queijo e abacaxi (R$ 15,90), o de pernil (R$ 10,90) e o de lombinho e queijo de coalho (R$ 10,90). Para beliscar, junto com o chope Brahma (R$ 4,40 a caldeireta; R$ 4,70 a tulipa), escolha entre o frango à passarinho (R$ 23,90) e o croquete alemão (R$ 13,50, quatro unidades). Caprichada, a carta de cachaças oferece mais de sessenta rótulos ? das mais em conta, como a Salinas (R$ 6,00 a dose), às mais caras, a exemplo da Anísio Santiago (R$ 30,00 a dose). Praia do Flamengo, 122, loja A, Flamengo, ☎ 2225-3500 (72 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1995.

CACHAMBEER. Visitar este endereço no Cachambi tornou-se um programa para gastrônomos de botequim. Circulam pelo salão climatizado pastéis de costela suína ao molho barbecue (R$ 4,60 a unidade), de camarão com catupiry (R$ 4,90) e de frango com catupiry (R$ 4,60). Famosa, a costela de boi (R$ 65,90, para três) é marinada por doze horas e cozida no bafo por outras cinco. Dica para beliscar, a tábua com iscas de cordeiro, alcatra ou maminha, paio defumado, camarão à milanesa, bacon fatiado, picanha de sol, costela de porco, farofa de carne-seca e molhos rosé e barbecue (R$ 74,90) tem nome apropriado: hipertensão. Para acompanhar, peça o chope do Pança (R$ 6,90, da Brahma), apelido do cozinheiro Antonio Gerardo, servido em um copo de meio litro, ou a tulipa (R$ 4,20). Rua Cachambi, 475, Cachambi, ☎ 3597-2002 (80 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; dom. 12h/18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.cachambeer.com.br. Aberto em 2002.

COSTELLO DA BARRA. Sob o comando de Cláudio Brandão, sobrinho dos donos do Bracarense, começou como uma opção para o almoço na região e em pouco tempo assumiu a vocação de bar. A programação musical conta com karaokê ao vivo às quintas e happy hour animada por voz e violão nas sextas. Carro-chefe, a costela suína aparece em diversas receitas. A versão aperitivo traz a carne ao molho barbecue e coberta de alho-poró (R$ 31,90, seis unidades). No sábado e no domingo entra em cena a fornida receita los hermanos (R$ 43,90), reunião de picanha fatiada, batata frita, farofa e molho à campanha, boa opção para o almoço. A caldeireta de chope custa R$ 4,90. Avenida das Américas, 3500, bloco 6, loja A (Centro Empresarial Le Monde), Barra, ☎ 3495-4401 (100 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. e seg. até 17h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Couvert art.: R$ 5,00 (qui.), R$ 10,00 (sex.), a partir das 20h; R$ 15,00 (sáb.), a partir das 22h. Estac. (R$ 10,00, preço fixo). Aberto em 2010.

BOTEQUINS

ADEGA DA PRAÇA. Como em todos os bares no entorno da Praça São Salvador, o movimento é grande no domingo ? dia de roda de choro promovida por alunos da Escola Portátil de Música. Pastéis (R$ 3,00 a unidade) ganham recheio de queijos provolone, minas ou prato, de carne, napolitano, camarão e carne-seca. Outros tira-gostos disponíveis são porções de contrafilé aperitivo (R$ 25,00) ou de gurjão de peixe e de frango (R$ 23,00 cada uma), as duas últimas servidas com molho tártaro. Das marcas Antarctica e Skol, a lata (R$ 3,50) e o latão (R$ 4,00) de cerveja podem ser levados até a praça. Só na mesa, são servidas garrafas de Antarctica (R$ 6,00), Antarctica Original, Bohemia e Heineken (R$ 7,00 cada uma). Rua São Salvador, 75, ☎ 2558-3285, ? Largo do Machado (26 lugares). 7h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1983.

REAL CHOPP. Quando deixou para trás o antigo nome de Real Sucos, o endereço assumiu sua verdadeira identidade. Afinal, a bebida mais vendida por ali tem colarinho. O chope da Brahma (R$ 4,50 a tulipa) pode ser apreciado no balcão ou em mesas que se espalham pela calçada na movimentada esquina de Copacabana. Para beliscar, há porções de bolinho de carne (dez unidades), a R$ 13,00, e de croquete alemão sequinho (a dúzia) por R$ 14,00. Outras atrações são os pastéis ? o de lagosta sai a R$ 4,00 a unidade ? e o bolinho de bacalhau (R$ 2,50 a unidade; R$ 15,00 a dúzia). Atração dominical, o arroz de rabada (R$ 35,00) serve duas pessoas, assim como a picanha na pedra (R$ 60,00), escoltada por arroz, farofa, batata frita e molho à campanha. Rua Barata Ribeiro, 319, Copacabana, ☎ 2547-6673, ? Siqueira Campos. 6h30/2h. Cc: todos. Cd: todos.

CHAMPANHERIA

BLA BLÁ CHAMPANHERIA. Inspirada na badalação da Côte d?Azur, a parte mais sofisticada do litoral francês, aposta em espumantes e champanhes. Da carta de drinques, experimente o clericot, mistura à base de espumante nacional brut, morango, abacaxi, hortelã e Cointreau, servida em jarras de meio ou 1 litro (R$ 55,00 e R$ 75,00, respectivamente). Entre os trinta rótulos de champanhe e espumante disponíveis, o nacional Chandon aparece nas versões brut (R$ 85,00) e rosé (R$ 90,00). Quem quiser impressionar também poderá mandar vir até a mesa uma garrafa da francesa Cristal, por incríveis R$ 1?950,00. Na pequena seção de comes, aposte na salsicha aperitivo (R$ 9,90) acompanhada de mostarda escura e na porção de presunto de Parma (R$ 29,90), cortado em fatias finas. Do sushi-bar chegam pedidas como o combinado de 38 peças (R$ 76,90). Avenida Érico Veríssimo, 843, Barra, ☎ 2495-0040 (130 lugares). 18h/2h. Entrada dom. a qui.: R$ 20,00 (mulheres) e R$ 40,00 (homens). Entrada sex. e sáb.: R$ 30,00 (mulheres) e R$ 50,00 (homens). ? ↔ Aberto em 2012.

CHOPE E CERVEJA

BEERJACK HIDEOUT. Nas prateleiras há 200 rótulos de cerveja, que o cliente pode consumir por lá ou levar para casa. Entre as louras nacionais figura a mineira Backer Três Lobos, nas versões trigo com capim-limão (R$ 17,90), pilsen com açúcar mascavo (R$ 14,90) e Indian Pale Ale com casca de laranja (R$ 17,90) ? todas em garrafa de 330 mililitros. Na lista de importadas, as novidades são a belga Maneblusser Belgian Pale Ale (R$ 22,90, 330 mililitros) e a americana Rogue Chocolat Stout (R$ 57,00, 650 mililitros). Enxuta, a seção de comes tem cafta ao molho tahine (R$ 21,00, oito unidades) e rosbife com cebola crocante e torradas (R$ 24,00). Rua Martins Ferreira, 71, Botafogo, ☎ 2226-0267 (70 lugares). 17h/0h (qui. a sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

GIBEER. A carta de geladas traz pedidas diferentes, como a gaúcha Green Cow (R$ 28,50, 500 mililitros), do tipo IPA. Da Bélgica vem a trapista Chimay (R$ 25,90, 330 mililitros) e da Alemanha, a Schneider Weisse Tap 7 (R$ 23,00, 500 mililitros). O chope Noi, de Niterói, é servido em copo de 340 mililitros, nas versões pilsen premium (R$ 7,90), red ale, golden ale e dunkel (R$ 9,50 cada uma). Para beliscar, peça o bolinho de parmesão ao molho de redução de laranja, mel e gengibre ou o quibe de picanha (R$ 23,90 cada porção de oito unidades). Na hora do almoço há sugestões do dia ou pratos à la carte, a exemplo do ravióli de mussarela de búfala ao molho pomodoro ou de gorgonzola (R$ 27,90). Rua Lopes Quintas, 158, ☎ 2279-4161 (50 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.gibeer.com.br. ↔ Aberto em 2007.

DRINQUES

ASTOR. Surgido em São Paulo, mas inspirado nos bares cariocas da década de 50, o Astor encontrou seu melhor momento no Rio. Sempre cheia, a filial no Arpoador é o negócio de maior faturamento do grupo Cia. Tradicional de Comércio, ao qual pertencem também a pizzaria Bráz e o bar paulistano Pirajá. De frente para a Praia de Ipanema, é o tipo de lugar que pede um chope (R$ 6,90, da Brahma) ou um drinque. Entre os coquetéis de criação própria está o pierrot (R$ 21,00), elaborado especialmente para o Carnaval. A bebida leva cachaça, licor de maracujá, limões taiti e siciliano, além de grapefruit. Na ala das releituras, o adamant martini (R$ 23,00) une vodca, gim, vermute seco e bitter de laranja. Entre os clássicos destaca-se o bloody mary (R$ 21,00), densa mistura de suco de tomate temperado e vodca. São ótimas pedidas para beliscar a consagrada besteira à milanesa (R$ 36,50), porção de canapés de bife empanado sobre queijo, e o saboroso steak tartare acompanhado de batatas fritas (R$ 39,00). Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, ☎ 2523-0085, ? General Osório (200 lugares). 18h/1h (qui. até 2h; sex. e sáb. 12h/3h; dom. 12h/22h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobrista (R$ 13,00). → ? ↔ www.barastor.com.br. Aberto em 2010.

FIM DE NOITE

BOTECOTACO. Tradicional reduto de fim de noite, praticamente não fecha as portas ? exceto em breves intervalos, para limpeza e manutenção. Na parte dos fundos, o salão refrigerado conta com cinco mesas de sinuca. O aluguel do equipamento é cobrado por hora (R$ 18,00, das 7h às 17h; R$ 21,00, das 17h às 4h). Para forrar o estômago, há porção de pastel (R$ 18,15, doze unidades) nos sabores quatro queijos, carne e carne-seca com catupiry. O chope Brahma (R$ 4,70, 300 mililitros) completa o programa. Rua Humaitá, 122, Humaitá, ☎ 2539-5109 (70 lugares). 7h/0h (qui a sáb. 7h/4h). Cc: todos. Cd: todos. www.botecotacorio.com.br. ? Aberto em 1942.

HAPPY HOUR

ROTA 66. Como em todo mexicano que se preze, aparecem na seção de cervejas as marcas Sol e Dos Equis (R$ 9,00 cada long neck). Outra boa pedida é a michelada (R$ 7,50), de chope Brahma com limão e sal. Na seção de drinques, o bandeirita (R$ 17,00) traz três shots que representam a bandeira do México: suco de limão, tequila prata e suco de tomate. Para forrar o estômago, as flautas (R$ 30,00, três unidades) podem ser recheadas de camarão, de carne-seca com catupiry, de carne moída, de frango ou de salmão. Os campeões de pedidos, no entanto, são os nachos (R$ 26,00), acompanhados de queijo e molho salsa, e a costela de porco ao molho barbecue (R$ 30,00). Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 8-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-8487 (75 lugares). 11h30/2h30. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ↔; Avenida das Américas, 19019, 1º piso (Shopping Recreio), Recreio, ☎ 2025-1825 (180 pessoas). 11h30/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Almirante João Cândido Brasil, 35, Tijuca, ☎ 2254-4219 (250 lugares). 11h30/2h30 (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → www.restauranterota66.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 2001.

MÚSICA AO VIVO

LAPA CAFÉ. Em caminho distinto de seus vizinhos na Lapa, que geralmente apostam no samba e no choro, este endereço contempla prioritariamente rock, jazz e blues. Os acordes ao vivo ecoam no espaço de decoração vintage, onde surpreende a presença de um jipe de verdade. Para harmonizar com a trilha sonora, explore a farta oferta de cervejas, com mais de 500 rótulos. De produção própria, a pilsen Da Lapa (R$ 15,90, 600 mililitros) é boa pedida, assim como a gaúcha Coruja Viva (R$ 29,90 a garrafa de 1 litro). Da Bélgica vem a encorpada Lucifer (R$ 65,00, 750 mililitros), com 8,5% de álcool. Qualquer das geladas pode ser acompanhada de feijoadinha (R$ 12,00), servida em cumbuca individual com torresmo, farofa e couve, ou gurjão de frango ao molho barbecue (R$ 28,90). Avenida Gomes Freire, 457, Lapa, ☎ 3971-6812 (200 lugares). 11h/0h (seg. até 21h; qui. a sáb. até 2h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 20,00 (em dias de show, a partir das 20h). ? →↔ www.espacolapacafe.com.br. Aberto em 2009.

RIO ROCK & BLUES. Dedicado aos dois ritmos musicais que o batizam, o clube tem um sistema original para cativar a clientela: os R$ 35,00 de entrada cobrados na primeira visita permitem ingresso livre nos próximos trinta dias. Na programação musical, bandas tocam blues, rock dos anos 80 e clássicos do gênero de quarta a sábado. A plateia bebe cervejas long neck das marcas Bohemia (R$ 5,50), Stella Artois (R$ 8,00) e Budweiser (R$ 7,00). Feita de cachaça Magnífica e frutas da estação, a caipirinha custa R$ 11,00. Hambúrgueres são uma especialidade local: o elvis burger (R$ 25,90) é preparado com hambúrguer de picanha picante, queijos provolone e gorgonzola, tomate, alface e molho barbecue. Rua do Riachuelo, 20, Lapa, ☎ 2222-2334 (300 lugares). 18h/1h (sex. até 3h; sáb. 21h/3h; fecha seg. e ter.). Cc: M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 35,00 (válida por trinta dias). www.riorockebluesclub.com.br. Aberto em 2005.

SEVERYNA DE LARANJEIRAS. Referências nordestinas aparecem na decoração rústica, com paredes de tijolo aparente, bonecos de barro e ícones do folclore regional. O cardápio segue a mesma linha: o combinado fuzuê (R$ 48,00) reúne carne de sol, carne-seca e macaxeira. Esse último ingrediente também envolve o bolinho de carne-seca (R$ 17,60, dez unidades). Ainda na seção de belisquetes, vale a pedida a patinha de caranguejo à milanesa com molho rosé (R$ 18,70, dez unidades). Samba e forró predominam na programação diária, exceto no sábado, dia de um destoante, mas concorrido, cover dos Beatles. Entre uma música e outra, peça o chope Sol (R$ 4,90 a tulipa) ou uma das caipirinhas (R$ 8,30) feitas de frutas típicas, como graviola, cupuaçu e mangaba. Rua Ipiranga, 54, Laranjeiras, ☎ 2556-9398, ? Largo do Machado (172 lugares). 11h30/1h. Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 e 15,00 (a partir de 21h). ? www.severyna.com.br. Aberto em 1999.

THE MAZE. Encravado na favela Tavares Bastos, no Catete, este misto de bar e albergue promove apresentações de jazz e rock somente às sextas. Sua varanda, não à toa, serviu de cenário para um clipe do rapper americano Snoop Dogg: descortina uma vista deslumbrante do Pão de Açúcar e da Baía de Guanabara. Comandado pelo simpático inglês Bob Nadkarni, o ponto caiu nas graças de estrangeiros e cariocas. Para beber, há caipirinha de limão (R$ 10,00) e cerveja de garrafa Heineken (R$ 12,00) ou Itaipava (R$ 10,00). Das escassas opções de petiscos, opte pela carne fatiada (R$ 10,00) com molho à campanha e farofa, além de batata frita à parte (R$ 6,00 a porção). Para saber detalhes da programação, consulte o site. Rua Tavares Bastos, 414, casa 66, Catete, ☎ 2558-5547 (150 pessoas). 21h/3h (só sex.). Entrada: R$ 30,00 (sexta de jazz) e R$ 20,00 (sexta de rock). www.jazzrio.com. Aberto em 2005.

PARA CURTIR O VISUAL

ABENÇOADO. Na primeira estação do bondinho rumo ao Pão de Açúcar, no Morro da Urca, o lugar tem como maior trunfo a vista espetacular da cidade. Em mesas ao ar livre, os visitantes contemplam a paisagem enquanto se refrescam com a boa seleção de caipirinhas ? os preços variam de R$ 12,00 a R$ 21,00, sendo a mais cara preparada com a vodca francesa Cîroc. Na enxuta lista de belisquetes aparecem porções de abobrinha ao molho teriyaki (R$ 9,00), pastel de carne (R$ 16,00, quatro unidades) e bolinho de bacalhau (R$ 22,00 a dúzia). Sugestão mais encorpada, o cheeseburguer de picanha (R$ 19,50) pode ser servido em pão francês, integral ou de hambúrguer. A lista de cervejas em lata vai da Itaipava (R$ 5,00) à Heineken (R$ 8,00). É bom lembrar que para chegar ao bar é preciso pagar os R$ 53,00 da passagem do bondinho. Avenida Pasteur, 520, boxe 5 (Morro da Urca), Urca, ☎ 2275-8925 (90 lugares). 8h15/20h45 (dom. a qui. até 19h45). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2010.

PARA PAQUERAR

BAR DO LADO. Localizado na varanda do Hotel Marina All Suites, tem luz indireta, além de cadeiras e paredes coloridas. Criação própria, o chope de tangerina (R$ 19,00) virou um hit. Embora tenha esse nome, é preparado com vodca, espuma de mel, limão e gengibre. Também têm seus adeptos as sangrias ? a julia (R$ 54,00), de vinho branco, xarope de maçã verde, lichia e abacaxi, foi criada em homenagem a uma cliente. Outra boa pedida da carta é o bartolomeu (R$ 17,00), reunião de tequila, suco de pêssego, maracujá e suco de limão. Para beliscar, são novidades de Carnaval o rolinho vietnamita de camarão ao curry com manga e alface, envolvido por folha de maracujá (R$ 24,00 dupla), tartare de atum fresco com gengibre e beiju de tapioca (R$ 34,00 a dupla) e steak tartare com chips de batata-baroa (R$ 32,00). Depois de uma pequena reforma, o salão ganhou televisores, que ficam sintonizados em jogos de futebol. Avenida Delfim Moreira, 696 (Hotel Marina All Suítes), Leblon, ☎ 2172-1100 (45 lugares). 17h/1h30 (qui. e sex. até 4h; sáb. 16h/4h; dom. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ ? Aberto em 2008.

LA ESQUINA. Em um casarão no cruzamento da Rua do Lavradio com a Avenida Mem de Sá, a casa tem néon e tijolos aparentes nas paredes. Entre os itens nada convencionais da lista de petiscos, prove a picanha à jimmy curry (R$ 56,00), fatiada e servida à moda uruguaia, com chimichurri, batatas douradas e torradas, ou a quesadilla (R$ 32,00), cortada em porção aperitivo, recheada de camarão e mussarela temperada com manjericão, orégano e sour cream. Para beber, são recém-chegadas as jarras de 1 litro (R$ 42,00), e exemplo da entardecer, reunião de frutas vermelhas, xarope de morango e espumante, e long drinks (R$ 18,00) como o biker?s gone, que leva abacaxi, suco e xarope de cranberry, vodca citrus e limão. De terça a sábado, há DJs e bandas tocando jazz, blues, rock e pop. Avenida Mem de Sá, 82, sobrado, Lapa, ☎ 2507-3435 (110 lugares). 18h/2h (qui. e sex. até 4h; sáb. 20h/4h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 a R$ 35,00 (ter. a sáb.). www.laesquina.com.br. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO