ROTEIRO DA SEMANA

Bares

VEJA Rio percorreu os melhores bares da cidade para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BARES-RESTAURANTES

BRASEIRO DA GÁVEA. Fica em uma das esquinas mais concorridas da cidade, tanto no almoço de fim de semana quanto nas noites de segunda e quinta, quando a azaração corre solta no Baixo Gávea. Enquanto espera em longas filas, a clientela se espalha pela varanda, tomando o bem-tirado chope Brahma (R$ 5,00) e beliscando a linguiça no espeto (R$ 3,00). Caprichados cortes de carne preparados na brasa são os carros-chefes. O mais popular é a picanha ao braseiro (R$ 78,00, para três pessoas), acompanhada de arroz de brócolis, batata frita e farofa de ovo. Também tem boa saída, e é uma delícia, o galeto à campanha (R$ 30,00, para duas pessoas), servido com arroz branco, batata frita, farofa de ovo e molho vinagrete. Praça Santos Dumont, 116, Gávea, ☎ 2239-7494 (100 lugares). 12h/ 1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.braseirodagavea.com.br. Aberto em 1995.

BAR LOUNGE SAN REMO. No centro de um espaço de 950 metros quadrados, integra a praça de alimentação do Complexo Lagoon. Do balcão circular partem drinques assinados por Waldeck Rocha, barman com serviços prestados a casas como Gourmet, Club Chocolate e Giuseppe Gril. Na ampla varanda com vista para a Lagoa, o melhor lugar, o visitante pode acompanhar os bebes com tira-gostos, inventivos e diminutos, criados pelo chef Marcones Deus, do Pax. A lista de opções vai de mignon de sol com queijo de coalho frito e cebola dourada (R$ 29,00) a bolinho de bacalhau com tapenade de azeitonas (R$ 16,00, quatro unidades). Na hora de escolher a bebida, vá além do chope Heineken (R$ 4,60, 300 mililitros). Rocha inventa misturas como a do puccini (R$ 18,00): espumante, suco de tangerina e licor Mandarinetto. Outra pedida, os piscinões (R$ 23,00) são caipirinhas em copos generosos feitas com caju, tangerina, maracujá ou morango. Avenida Borges de Medeiros, 1424, Lagoa, ☎ 2249-8762 (220 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). Aberto em 2012.

BOTEQUINS

BOTECO DA GARRAFA. Nesta casa do cearense Antônio Rodrigues, dono da rede Belmonte, o chope não tem vez. Cascos de Brahma Extra, Serramalte, Antarctica Original e Bohemia (R$ 9,50 cada uma) combinam com o croquete de carne (R$ 4,50 a unidade) ou o pastel de picanha ao molho barbecue (R$ 4,60). Sucesso entre os fregueses, a porção de carne de sol (R$ 46,00, para três pessoas) é guarnecida de palitos de polenta frita e paçoca de carne-seca. Rua Bolívar, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2255-1680/3610, ? Cantagalo (70 lugares). 16h/1h (sex. até 3h; sáb. 15h/3h; dom. 12h/1h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Mem de Sá, 77, Lapa, ☎ 2507-1976 (160 lugares). 16h/3h (sáb. 15h/4h; dom. 12h/2h). Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/garrafa. Aberto em 2008.

CLIPPER. Reduto de flamenguistas, que enchem o local para comemorar as vitórias do seu clube do coração, o ponto é comandado pelo português Antônio Vieira da Silva, personagem conhecido do bairro. Vale encostar no balcão e pedir o chope Brahma (R$ 4,20 a caldeireta), sempre gelado, além de uma porção de bolinho de bacalhau (R$ 35,00, vinte unidades). Para fomes maiores, chegam à mesa a picanha fatiada, feita na chapa, guarnecida de batata frita, farofa e molho à campanha (R$ 75,00), e o pernil (R$ 28,00) fatiado e acebolado, com farofa e torradas. Rua Carlos Góis, 263, loja A, ☎ 2259-0148 (40 lugares). 8h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1958.

JOIA CARIOCA. Quartel-general do Suvaco do Cristo, ponto de concentração no dia do desfile do bloco carnavalesco, é um típico boteco de bairro, no qual a vizinhança se encontra. Há lugares no salão e na varanda coberta. Embora tenha mudado de dono e de nome (ganhou o sobrenome ?Carioca?) há dois meses e passado por uma pequena reforma, mantém a vitrine que abriga os salgados ? entre eles, o pastel de carne (R$ 2,80 a unidade), campeão de pedidos. Para acompanhar o chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) bem tirado, também são boas pedidas as porções de frango à passarinho (R$ 25,00), pernil (R$ 35,00) e filé-mignon (R$ 48,00). Rua Jardim Botânico, 594, Jardim Botânico, ☎ 2539-5613 (120 lugares). 6h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1956.

MISTURA CASUAL. Parte da história da marca americana de cerveja Budweiser é contada em fotos e anúncios antigos exibidos nas paredes do pé-limpo. Uma garrafa de 600 mililitros da Bud custa R$ 7,00 e a long neck é servida por R$ 5,00. Na pressão e gelado, o chope Brahma é uma alternativa e custa R$ 4,20 a tulipa. Na parte comestível, a crocante batata rosti recheada de carne-seca (R$ 25,00) vale a pedida. Também apetitoso e no ponto certo, o filé aperitivo (R$ 42,00) ao molho madeira é acompanhado de torradas. O gurjão de peixe com molhos rosé e tártaro custa R$ 27,00. De terça a sábado há música ao vivo a partir das 19h30. Rua Conde de Baependi, 78, Flamengo, ☎ 2556-5804, ? Largo do Machado (200 lugares). 11h30/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 5,00 (ter. a sáb. a partir de 20h). Aberto em 2010.

O ORIGINAL DO BRÁS. O cardápio mantém ousadas criações de Carlos Henrique Cadinha, ex-sócio do ponto, hoje comandado apenas por José Carlos Garcia. É novidade o espetinho de frango empanado com queijo de coalho, bacon e geleia de pimenta (R$ 30,00, oito unidades). No brasileirinho (R$ 25,00), a isca de carne de sol ao alho crocante é guarnecida de purê de aipim. Para molhar o gogó, Antarctica Original (R$ 5,50, 600 mililitros) ou chope Itaipava (R$ 4,00 a tulipa). Domingo é dia de fei­joa­da (R$ 25,00) com música ao vivo e na quinta, a cada quinze dias, entra em cena o chorinho. Rua Guaporé, 680, lojas A e B, Brás de Pina, ☎ 3866-1313 (80 lugares). 16h30/23h (sex. e sáb. 14h30/0h; dom. 13h/17h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 2,00 (qui. e dom.). ↔ www.originaldobras.com.br. Aberto em 2004.

CHOPE E CERVEJA

BON VIVANT. Depois de reformado, o salão da filial da delicatessen de Nova Friburgo ganhou sofás embutidos diante das mesas, mas as cadeiras do lado de fora continuam imbatíveis na preferência da clientela. O cardápio de geladas chega a cinquenta rótulos. Na seção das importadas figuram a cerveja belga Grisette Blanche (R$ 16,90, 250 mililitros) e a lager jamaicana Red Stripe (R$ 14,90, 355 mililitros). É novidade na carta a belga Gouden Carolus Triplel (R$ 23,90, 330 mililitros). O sanduíche de rosbife no vinho tinto, com pasta de alho e ervas finas (R$ 14,50), pode ser cortado em pedacinhos. Outras sugestões de tira-gosto são o mix de salsichas (R$ 21,00) e a linguiça recheada de queijo provolone (R$ 16,00; 50 centímetros). Às quartas, o chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) é servido em dobro apenas às mulheres, sob o pretexto de que os marmanjos estão ocupados vendo jogo de futebol. Rua Voluntários da Pátria, 46, loja B, Botafogo, ☎ 2537-2857, ? Botafogo (70 lugares). 17h30/ 1h (dom. até 0h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. → www.bonvivantbistro.com.br. Aberto em 2009.

BOTECO COLARINHO. Destino certo para quem gosta de chopes diferentes. De nove torres vertem tipos diferentes da bebida a cada semana. A única opção fixa é a que leva o nome da casa (o chope colarinho, R$ 4,60, 300 mililitros), tipo pilsen. Outras boas pedidas são o alemão Bamberg Helles (R$ 6,90, 300 mililitros; R$ 12,90, 500 mililitros) e o Opium, de fabricação própria (R$ 7,90, 300 mililitros). Tulipas e caldeiretas tabelam bonito com o recém-chegado bolinho de polenta e rabada (R$ 5,90 a unidade) ou com a linguicinha mineira na chapa (R$ 24,90). Seguem fazendo sucesso o bolinho de feijoada (R$ 5,90 a unidade) e a cebola recheada de camarão (R$ 9,50) ou carne-seca com catupiry (R$ 8,90). Rua Nelson Mandela, 100, loja 127, Botafogo, ☎ 2286-5889, ? Botafogo (78 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

HERR BRAUER. Senhor cervejeiro, em português, é o que quer dizer o nome deste endereço de ótima carta de geladas. São mais de oitenta rótulos, entre eles a holandesa La Trap­pe Quadrupel (R$ 74,00 a garrafa de 750 mililitros). A belga Pauwel Kwak (R$ 33,00, 330 mililitros; R$ 87,00, 750 mililitros) é servida em copo especial, semelhante a um vidro de laboratório. Diariamente, entre 18h e 20h, tem Hofbräu Original e Erdinger Weiss ou Dunkel a preço promocional: R$ 14,00 cada uma. No cardápio de tira-gostos, os espetinhos ocupam lugar de destaque. São três opções a R$ 13,90, acompanhadas de farofa ou mostarda: frango com bacon, filé-mignon com linguiça ou lombinho com cebola. Há lugar ainda para fritas do belga (R$ 34,50), filé de peixe empanado com batata frita ao chutney de tomate. Rua Barão do Flamengo, 35, loja O, Flamengo, ☎ 2225-4359, ? Largo do Machado. 11h30/ 1h (seg. até 16h; sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2006.

THE CLOVER IRISH PUB. Na nova encarnação do lugar que já abrigou o Copa Café e o Copa Club, o casarão ganhou iluminação indireta, mesas baixas, bancos de madeira, pôsteres da emblemática cerveja Guinness e trilha sonora de rock. O cardápio de comes traz porções de mini-hambúrgueres (R$ 29,00, oito unidades), recheadas de carne bovina com cheddar, de cordeiro, de salmão ou de carne de soja. Aparecem, ainda, clássicos irlandeses, a exemplo do beef and beer (R$ 35,00), cozido de carne ao molho de cerveja escura coberto por massa folhada e guarnecido de fritas. O cover sample (R$ 39,00) é um senhor mix de frango e cebola empanados, asas de galinha, batata frita, tortilha de milho e molhos. Na carta de bebidas figuram pouco mais de vinte rótulos de cerveja. A lista inclui a belga Chimay (R$ 35,00, 330 mililitros) e a encorpada Wexford Irish Cream Ale (R$ 25,00, 440 mililitros). Das torneiras de chope jorram o inglês Old Speckled Hen (R$ 13,00, 340 mililitros, ou half pint, na linguagem local) e o irlandês Guinness (R$ 25,00, 568 mililitros, ou o pint). Avenida Atlântica, 3056, loja B, Copacabana, ☎ 2548-8484, ? Cantagalo (90 pessoas). 12h/0h (qui. até 2h; sex. e sáb. até 3h). Entrada: R$ 30,00 (sex. e sáb. a partir das 20h). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2012.

DRINQUES

DOIZ. Negócio dos mesmos donos do vizinho Meza Bar e do recente .Oztel. O chef Fabio Battistella prepara fish and chips (R$ 32,10), combinação tipicamente inglesa de batata e peixe fritos, e fritas gratinadas com queijo grana padano e alho crocante (R$ 23,00). Outra boa pedida é o tostex de mortadela com queijo brie (R$ 24,00). A carta de drinques traz criações próprias, como o redhouse blues (R$ 23,00), releitura do bloody mary com vodca, infusão de pimentas e suco de tomates assados e temperados, e o geisha só da pop (R$ 23,00), preparado com vodca Ketel One, licor de cassis, suco de cranberry, limão e soda, servido em garrafinha individual. A parte de trás da casa virou uma pequena pista de dança. Às terças acontece a festa Mini Menos, que na próxima edição traz os DJs Gustavo Tatá e RM2. Quarta é o dia da Mini LUV e na quinta Saulo Laudares e Ícaro Santos comandam a Hi-Fi. Rua Capitão Salomão, 55, Humaitá, ☎ 2179-6620 (100 lugares). 20h/2h (qui. até 1h; fecha dom. e seg.). Entrada: R$ 10,00 (ter. a qui.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). ↔ www.doiz.com.br. Aberto em 2011.

ESPANHOL

ENTRETAPAS. Em um charmoso casarão de Botafogo, o chef e sócio Jan Santos cuida dos tira-gostos típicos espanhóis ? as tapas, saborosa receita servida em pequenas porções. Na varanda ou no salão enfeitado com o desenho de um touro, símbolo da Espanha, são boas pedidas as croquetas de presunto cru (R$ 21,50, quatro unidades) e a porção de batatas fritas apimentadas com chorizo (salame), chistorra (linguiça) e ovos estrelados (R$ 22,50). Na seção de bebidas se encontram a cerveja Estrella Galicia (R$ 6,50 a long neck), e, na carta de cavas (espumantes produzidos na Espanha), a Don Román Brut (R$ 18,00 a taça). Rua Conde de Irajá, 115, Botafogo, ☎ 2537-0673 (65 lugares). 18h30/1h (sáb. e dom. 12h/16h). Cc: A, M e V. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 13,00). www.entretapas.com.br. Aberto em 2010.

HAPPY HOUR AL-FARABI. De olho no público da happy hour, o sebo começou a vender cervejas em 2007. Fez tanto sucesso que as oito marcas comercializadas inicialmente já ganharam a companhia de mais de 100 rótulos. É possível degustar as geladas no ambiente interno, que, apesar de repleto de livros antigos, não é empoeirado, ou na calçada em frente. Em constante renovação, a carta inclui a belga Delirium Tremens (R$ 65,50, 750 mililitros) e a holandesa La Trappe Quadrupel (R$ 49,00, 750 mililitros), com 10% de teor alcoólico e coloração avermelhada. Das nacionais, sobressai a artesanal curitibana Diabólica India Pale Ale (R$ 15,00, 310 mililitros). Para acompanhar, batata calabresa (R$ 11,30 a porção) ou gratin de carne-seca (R$ 18,40). Rua do Rosário, 30 e 32, Centro, ☎ 2233-0879 (100 lugares). 10h/22h (seg. até 17h; qui. e sex. até 0h; e sáb. até 17h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.alfarabi.com.br. Aberto em 2004.

MEXICANOS

GUACAMOLE. A filial da rede catarinense tenta a sorte no casarão no Jardim Botânico onde já funcionaram o Espelunca Chic e o Espaço JB, fechado no ano passado. Extenso, o cardápio traz receitas como os burritos com carne em cubos, queijos e alface (R$ 32,80). Em porção generosa, acompanhada de guacamole, sour cream, pico de galo, tortilhas de trigo, arroz mexicano e feijões refritos, a fajita de camarão flambado na tequila (R$ 48,60) pode servir como refeição mais consistente. Na ala dos petiscos, o tapachula (R$ 32,90) é uma tortilha recheada de queijo, cubos de filé-mignon e molho barbecue. Mais de vinte rótulos oriundos de diversas regiões do México aparecem na carta de tequilas. A lista vai da Sauza Hornitos Reposado (R$ 14,50 a dose) à Tezón Reposado (R$ 35,50). Boa pedida da seção de drinques é a michelada (R$ 14,90, de cerveja Sol Premium). Um aviso: mariachis animados circulam pelo salão. Mesas na pequena varanda podem servir de refúgio para quem quiser amenizar os efeitos da trilha sonora ao vivo. Rua Jardim Botânico, 129, Jardim Botânico, ☎ 3178-3100 (190 lugares), 18h/3h. Couvert artístico: R$ 8,00 (seg. a qua.); R$ 10,00 (qui. a dom.). Estac. c/manobr (R$ 12,00). Aberto em 2012.

ROTA 66. A aposta na culinária tex-mex encontrou boa acolhida e o negócio espalhou-se pela cidade. Na parte etílica, as novidades são os drinques temperados. Caipivodcas (R$ 18,00 cada uma) chegam nas versões de kiwi com anis estrelado, manga com pimenta dedo-de-moça e caju com alecrim. O bandeirita (R$ 15,00) traz três shots que representam a bandeira do México: suco de limão, tequila prata e suco de tomate com tabasco. Também tem chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa). A porção de nachos (R$ 22,00) chega à mesa acompanhada de queijo e molho salsa. Costelinha suína servida no balde, o finger ribs custa R$ 26,00. Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 8-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-8487 (75 lugares). 11h30/2h30. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ↔; Avenida das Américas, 19019, 1º piso (Shopping Recreio), Recreio, ☎ 2025-1825 (180 pessoas). 11h30/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos; Rua Almirante João Cândido Brasil, 35, Tijuca, ☎ 2254-4219 (250 lugares). 11h30/2h30 (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → www.restauranterota66.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 2001.

MÚSICA AO VIVO

BAR DA BOA. Quem entra no salão com parede de tijolos aparentes pode ficar com a sensação de estar no cenário de um comercial de TV. Na cenografia cuidadosa, todos os pormenores foram pensados, da bandeja dos garçons, em forma de um grande pandeiro, aos copos. Estão disponíveis as três versões da Antarctica, a preços entre R$ 6,60 e R$ 9,50: a convencional, a Sub Zero e a Original. Escolha uma delas e parta para os petiscos. São opções acertadas os cubos de queijo de coalho empanado (R$ 18,00), o croquete de carne (R$ 27,00) e o bolinho de feijoada (R$ 18,00), todos em porções de seis unidades, além da porção de costelinha aperitivo ao molho agridoce (R$ 42,50). De quarta a domingo tem roda de samba. Avenida Mem de Sá, 69, Lapa, ☎ 2221-2542 (120 lugares). 18h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 a 20,00 (a partir das 19h). ↔ Aberto em 2010.

GABINETE. Depois de comprar e reformar o imóvel vizinho, a casa inaugurou um espaço dedicado a shows. A parte antiga segue inalterada, exibindo coleções das mais variadas e divertidas. Tem de históricas edições de PLAYBOY a uniformes de futebol. Da geladeira saem cervejas long neck das marcas Stella Artois (R$ 6,50), Therezópolis Gold (R$ 7,50) e Heineken (R$ 6,50). Para beliscar, bolinho de aipim com carne-seca (R$ 16,90, porção com sete), croquete holandês (R$ 18,90, meia dúzia) ou bolinho de bacalhau (R$ 22,90, oito unidades). Rua do Senado, 53, Lapa, ☎ 2224-0822 (650 lugares). 11h/15h30 (sex. até 3h; sáb. 12h/20h e 22h/3h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 15,00 (sex. e sáb. a partir de 21h30). www.restaurantegabinete.com.br. Aberto em 2009.

SANTO SCENARIUM. Irmã mais nova do Rio Scenarium, outro negócio de Plínio Fróes, a casa de dois andares é decorada com objetos religiosos. Pendurado no teto do salão de entrada fica o anjo de madeira de 2,5 metros que dá boas-vindas à clientela. No caminho até os fundos, onde também há mesas, uma janela com grades denuncia o antigo uso do sobrado: era uma delegacia até o início do século XX. Na boa programação musical, o jazz tem lugar. Sucesso do capítulo de petiscos, a porção de canudos de brie ao molho de laranja (R$ 33,00, oito unidades) é imperdível. Dica mais substanciosa, a carne-seca desfiada, acebolada, é servida com palitos de aipim fritos (R$ 29,00). Para beber, chope claro da Sol (R$ 4,70) ou da Heineken (R$ 4,90) e escuro da Xingu (R$ 4,90). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007 (200 lugares). 11h30/1h (seg. até 17h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 (qui. a sáb.) → ? ↔ santoscenarium.blogspot.com. Aberto em 2007.

QUIOSQUE DE PRAIA

COPA & ARTE CREPERIA. Todos os dias, menos às quartas, apresentações de voz e violão com repertório de MPB animam o quiosque no posto 3. Nativos e turistas encontram-se para beber drinques adocicados como o boca loka (R$ 9,99), de morango, sorvete e vodca. A tulipa de chope Brahma custa R$ 5,00. Para beliscar, há crepes de mussarela, de tomate e manjericão e de queijo e presunto (R$ 14,90 cada um). O couvert artístico de R$ 3,00 por pessoa é opcional. Avenida Atlântica, quiosque 13 (Posto 3, entre as ruas República do Peru e Paula Freitas), Copacabana, ☎ 7832-0127, ? Cardeal Arcoverde (72 lugares). 9h/0h. Aberto em 2006.

QUIOSQUE DO PORTUGUÊS. À primeira vista, é mais um ponto fincado próximo à areia, mas basta dar uma espiada no cardápio para notar sua diferença em relação aos demais. São pouco mais de vinte rótulos de vodca, alguns raros de encontrar, garimpados pelo proprietário Carlos Alves. Se a mistura for à base de uma marca nacional, tem preço a partir de R$ 14,00. No inverno, escolha a versão de manga com amora ou a de tangerina com gengibre. Para comer, há camarão empanado com catupiry (R$ 29,00, quinze unidades) e queijo camembert crocante com salada com ervas e torradinha (R$ 48,00). Avenida Delfim Moreira, quiosque 5 (em frente à Rua José Linhares), Leblon, ☎ 8308-1373 (30 lugares). 8h30/20h (sex. e sáb. até 22h). ? ? ↔ http://quiosquedoportugues.blogspot.com. Aberto em 2002.

TRADICIONAL

BAR DA DONA MARIA. Portuguesa de Vila de Manteigas, na região da Serra da Estrela, em Portugal, Maria Ramos veio para o Brasil com os pais, em 1957, para trabalhar numa fábrica de tecidos da Usina. Aos 92 anos, ainda acompanha diariamente o funcionamento do bar, hoje conhecido por seu nome, ao lado dos filhos Zé e Maria Adelaide. Pelo belo salão de mármore rajado passam deliciosos bolinhos. O de camarão com catupiry e o de bacalhau custam R$ 1,80 cada um. Entre as empadas, as campeãs de pedidos são as de camarão e frango (R$ 3,50 a unidade). São receitas originais da proprietária o croquete de carne (R$ 3,50) e o bolinho de vagem com linguiça (3,50). Sempre gelada, a cerveja pode ser Heineken, Bohemia, Antarctica Original (R$ 8,00 a garrafa) ou Therezópolis Gold (R$ 12,00). Sábado é dia de feijoada e risoto de bacalhau ou camarão (R$ 34,00 cada prato, para duas pessoas). Rua Garibaldi, 13, Tijuca, ☎ 2238-5091 (40 lugares). 8h/20h (qui. e sex. até 21h; sáb. 9h/18h; fecha dom.). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto desde 1960.

CASA BRASIL COMESTÍVEIS. A agradável varanda é o local preferido da clientela, que esvazia tulipas de chope Brahma (R$ 4,90) na companhia de filé aperitivo no pão italiano (R$ 42,00). Outra saborosa dica de bebida é a caipirinha de maracujá (R$ 10,80). Para beliscar, também tem boa saída a porção de dez unidades de croquete de carne (R$ 29,90). São sugestões de refeição mais consistente o risoto de camarão (R$ 59,00, para três pessoas) e a recém-chegada lagosta ao thermidor (R$ 70,00, para duas pessoas). Praça São Salvador, 33, loja A, Laranjeiras, ☎ 2205-9394, ? Largo do Machado (75 lugares). 11h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1963.

CASA PALADINO. Na época de sua inauguração, no começo do século passado, a Rio Branco (então Avenida Central) começava a ganhar forma. De olho no movimento trazido pela nova via, a Paladino abriu as portas com uma delicatessen de primeira linha. Cristaleiras e outros objetos originais ainda podem ser vistos no salão. Além da decoração, tem no cardápio outros razões para a visita, sempre regada a chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa). Um deles é a omelete (R$ 16,00), de bacalhau ou de camarão. Outra pedida é o sanduíche triplo (R$ 6,50), um colosso que leva ovos mexidos, presunto e queijo provolone entre duas fatias de pão francês. Ainda vende vinhos, frios, queijos e azeites importados. Rua Uruguaiana, 224 e 226, Centro, ☎ 2263-2094, ? Uruguaiana (80 lugares). 7h/20h30 (sáb. 8h/12h; fecha dom.). Aberto em 1906.

Fonte: VEJA RIO