ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

ACONCHEGO CARIOCA. Redes penduradas no teto e pôsteres de cerveja nas paredes decoram o salão do estabelecimento que pôs a Praça da Bandeira no mapa dos amantes da boa mesa. Em 2011, pela quarta vez, a casa conquistou o prêmio de melhor cozinha segundo o júri do especial ?Comer & Beber?, publicado por VEJA RIO. Os quitutes concebidos pela mestre-cuca Kátia Barbosa são surpreendentes e deliciosos, a começar pelo bolinho de feijoada (R$ 20,00, quatro unidades), servido com batida de limão. Também merece aplausos a picanha de carne de sol com farofa de amendoim (R$ 72,00). A artesanal Therezópolis Gold (R$ 11,00, 600 mililitros) é a alternativa mais em conta da carta de cervejas, que está sendo reformulada. Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, ☎ 2273-1035 (56 lugares). 12h/23h (seg. até 16h; dom. até 17h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2002.

ADEGA CESARI. Situada na Cadeg, entreposto hortifrutigranjeiro em Benfica, fica de frente para o pátio onde se vendem flores. A estrela ali é a churrasqueira com capacidade para 62 espetos. A picanha suína é um dos carros-chefes e marca presença no churrasco misto (R$ 50,00, para três pessoas), ao lado de asas e sobrecoxas, linguiça, costela e maminha de alcatra, guarnecido de batata frita, arroz, feijão, farofa de ovo e molho à campanha. Para beber, cerveja em garrafas de 600 mililitros das marcas Bohemia e Antarctica Original (R$ 6,00 cada uma). Rua Capitão Félix, 110, Avenida Central, 71 (Cadeg), Benfica, ☎ 3890-2038. 19h/16h (fecha dom.). Estac. (Grátis). Cc: D, M e V. Cd: todos.

ADEGA PÉROLA. Tradicional reduto fundado por portugueses da Ilha da Madeira, o ponto ganhou novos donos em 2010: um grupo de antigos clientes assumiu o negócio e evitou que a casa fosse vendida a uma rede de bares. Do extenso balcão de acepipes saem alho espanhol ao molho de laranja (R$ 12,00) e presunto serrano espanhol (R$ 20,00), em porções de 100 gramas. Pelo mesmo peso, o polvo ao vinagrete custa R$ 18,00 e a linguiça ao vinho sai por R$ 8,00. Marca registrada do cardápio, os rollmops, sardinha marinada servida enrolada, são vendidos por unidade (R$ 6,00). Para beber, vá de chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa). Rua Siqueira Campos, 138, loja A, Copacabana, ☎ 2255-9425, ? Siqueira Campos (60 lugares). 10h/1h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1957.

ANGU DO GOMES. Fica no Largo de São Francisco da Prainha, a poucos metros do imóvel onde a tradicional iguaria que o batiza era preparada e distribuída pela cidade em carrocinhas ? que pararam de circular em 1986. Tem como atração maior a substancial mistura à base de fubá, linguiça e miúdos de boi (R$ 9,90). Oferece pastel de angu recheado de frango e requeijão (R$ 16,00, oito unidades) e uma versão toda particular do bolinho de feijoada (R$ 15,50, seis unidades). Há cerveja em garrafa de 600 mililitros das marcas Skol (R$ 4,50), Budweiser (R$ 6,00) e Heineken (R$ 6,00). Largo de São Francisco da Prainha, 17, Saúde, ☎ 2233-4561 (40 lugares). 11h/23h (sex. até 2h; fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.angudogomes.com.br. Aberto em 2008.

ARAB DA LAGOA. O sucesso do quiosque comandado por Vivian Arab levou-a a abrir o restaurante Arab, na Avenida Atlântica. Às margens da Lagoa, ela serve de café da manhã a almoço. De noite entra em cena música ao vivo de boa qualidade dedicada a samba e outros ritmos populares. Na carta de drinques, o arabjito (R$ 19,00) mistura rum com abacaxi, lichia, limão, menta e açúcar mascavo. Entre os belisquetes, faláfel (R$ 23,00, oito unidades) e cafta de picanha, temperada à moda da casa, grelhada no espeto (R$ 14,00), caem bem com o chope Brahma (R$ 4,50). Avenida Borges de Medeiros, s/nº, quiosque 7 (Parque dos Patins), Lagoa, ☎ 2540-0747 (160 lugares). 9h/1h (sex. e sáb. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 6,00 (seg. a sáb. a partir das 20h; dom. a partir das 19h). ? www.restaurantearab.com.br. Aberto em 1998.

BACARO DO LIDO. Dos mesmos donos da Osteria dell?Angolo, é inspirado nos bacari, os botecos de Veneza. Postas de peixes crus ficam expostas numa vitrine, o que, à primeira vista, remete a um restaurante japonês. Da cozinha, no entanto, saem pratos de muitos outros sotaques, como a saborosíssimo guacamole (R$ 16,00 a porção acompanhada de pães). A mais curiosa das criações é o hot bacaro (R$ 18,00, oito unidades), uma releitura do hot filadélfia. Sem arroz nem alga, os rolinhos recheados de camarão empanado são envoltos em mussarela de búfala. Para beber, o mais apropriado é o espumante Alto Vales (R$ 10,00 a taça). Também há cerveja Budweiser (R$ 7,00 a long neck) e caipirinha de limão (R$ 12,00). Rua Ronald de Carvalho, 21, loja A, Copacabana, ☎ 2295-9887. 11h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

BAR DA BOA. Quem entra no salão com parede de tijolo aparente pode ficar com a sensação de estar no cenário de um comercial de TV. Na cenografia cuidadosa, todos os pormenores foram pensados, da bandeja dos garçons, em forma de um grande pandeiro, aos copos. Estão disponíveis as três versões da Antarctica, a preços entre R$ 6,00 e R$ 9,50: a convencional, a Sub Zero e a Original. Escolha uma delas e parta para os petiscos. Duas sugestões: o bolinho de feijoada (R$ 18,00, seis unidades) e a costelinha aperitivo ao molho agridoce (R$ 42,50). De terça a sábado tem roda de samba. Avenida Mem de Sá, 69, Lapa, ☎ 2221-2542 (120 lugares). 18h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 (a partir das 19h). ↔ Aberto em 2010.

BAR DO DAVID. Graças à UPP do Morro Chapéu Mangueira, o endereço simples passou a ser frequentado por gente de toda a cidade e por turistas. Comandado pelo pescador e mergulhador David Vieira Bispo, o lugar tem como chamariz a feijoada de frutos do mar (R$ 17,00 por pessoa). Preparado com feijão-branco, lula, polvo, peixe e camarão, o prato é o mais procurado nos fins de semana ? chegam a ser vendidas 200 unidades. Por causa dele, o proprietário passou a abrir também aos domingos. Também fazem sucesso as porções de bolinho de camarão com catupiry (R$ 15,00, nove unidades) e de bacalhau (R$ 13,00, dez unidades). Refresque-se com garrafas de Brahma, Antarctica, Skol (R$ 4,50 cada uma), Antarctica Original e Bohemia (R$ 6,00). Ladeira Ary Barroso, 66, loja 3 (Chapéu Mangueira), Leme, ☎ 7808-2200 (80 lugares). 12h/17h. Cd: todos. ? Aberto em 2010.

BAR DO MOMO. Legítimo pé-sujo, foi descoberto pelos frequentadores do Samba do Trabalhador, realizado às segundas no Clube Renascença, a algumas quadras dali. Por isso, é ponto de encontro de bambas como Moacyr Luz e Gabriel Cavalcante. O balcão de alumínio com vitrine ocupa boa parte do salão, mas espaço não é problema: o proprietário Antonio Lopes dos Santos costuma colocar mesas na calçada. De produção própria, os salgadinhos, vendidos por unidade, são de salivar. A lista inclui bolinho de aipim com camarão e catupiry (R$ 3,00), além de pastéis de camarão (R$ 2,00) e de carne-seca (R$ 2,00). Rua General Espírito Santo Cardoso, 50, loja A, Tijuca, ☎ 2570-9389 (18 lugares). 6h/0h (sex. até 2h; dom. até 19h). Aberto em 1973.

BAR VELOSO. Consagrado como o lugar onde Tom Jobim e Vinicius de Moraes compuseram o clássico, o Veloso original mudou de nome para Garota de Ipanema. Muitos anos depois, o primeiro nome passou a batizar esse concorrido estabelecimento no Leblon. Além do chope da Brahma (R$ 5,30 a caldeireta), há cerveja em garrafa. A Antarctica Original (R$ 8,90) pode vir escoltada por carne de sol acebolada com manteiga de garrafa e aipim frito (R$ 35,00, para três pessoas). Outra pedida, o croquete de mortadela custa R$ 20,00 (doze unidades). Rua Aristides Espínola, 44, Leblon, ☎ 2274-9966. 11h/3h. Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Aberto em 2007.

BARRIL 8000. Ponto de encontro de pagodeiros, atores e jogadores de futebol, a rede investe em farta programação musical. O chope Brahma sai por R$ 3,80 e a torre, que leva 3,5 litros da bebida, custa R$ 55,00. Para aguentar a noitada, as batatas rosti são a melhor pedida. Prove a de carne-seca com catupiry (R$ 36,00) e a de camarão com catupiry (R$ 41,50), ambas em porções para duas pessoas. Os preços listados são os da matriz. Avenida Lucio Costa, 8000, Barra, ☎ 2433-1730 (100 lugares). 11h/3h (ter. e dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 e 20,00 (seg., qua., sex. e sáb. a partir das 23h); Avenida das Américas, 500, bloco 6, loja 106, Barra (Shopping Downtown), ☎ 3153-7740 (300 lugares). 11h/3h (seg. até 16h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 7,00 (a partir das 20h). Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas); Avenida das Américas, 14835, Recreio, ☎ 3150-9050 (600 lugares). 11h/3h (sex. e sáb. até 4h; dom. e seg. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 6,00 a R$ 20,00 (ter. a partir das 21h; qua. a partir das 23h; qui. a seg. a partir das 20h30). www.barril8000.com.br. Aberto em 1997.

BLACK BAR. Ao lado da boate Melt e na frente do badalado albergue Z.Bra, o pequeno ponto atrai jovens em busca de azaração. O salão conta com pufes e sofás, banhados por luz indireta. Ex-barman do restaurante Johnnie Pepper, Rafael Alvex cuida da carta de bebidas e a chef Maia van Velthem assina o cardápio de inspiração contemporânea. Feito de vodca Absolut, sour mix, tomate-cereja e cranberry, o la mia sicilia (R$ 22,00) é uma das dicas ao lado do nectar jewels (vodca Absolut, maracujá, limoncello, framboesa e suco de maçã verde; R$ 22,00). Na parte comestível, a lula à dorée é finalizada com emulsão de limão-siciliano e coentro (R$ 32,50 a porção). Avenida General San Martin, 1219, Leblon, ☎ 3079-9581 (80 lugares). 20h/3h30 (dom. até 1h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2011.

BOTEQUIM INFORMAL. Uma das marcas da rede é o chope Brahma tirado de duas torneiras ? de uma jorra o líquido, da outra, a espuma para o colarinho ?, servido por R$ 5,00 (caldeireta). Delicie-se com linguiça caipira acebolada (R$ 25,50), ao lado de torradinhas de alho e alecrim, ou pastel de calabresa com mussarela e cebola (R$ 16,00 a porção com seis). Na recém-inaugurada unidade do Shopping Via Brasil, no Irajá, os preços são mais em conta. Rua Conde Bernadotte, 26, loja O, Leblon, ☎ 2540-5504 (140 lugares). 12h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.botequiminformal.com.br; Rua Itapera, 500, lojas 320 a 324, Irajá (Shopping Via Brasil), 2471-7039 (200 lugares). 11h/22h (sex. e sáb. até 23h). Cc: M e V. Cd: R e V. Estac. (R$ 5,50, as quatro primeiras horas). Mais oito endereços. Aberto em 2011.

CAROLINE CAFE. Parte dos objetos decorativos foi trazida de Nova York ? a inspiração inicial veio dos balcões da metrópole americana ? e o resto saiu de antiquários cariocas mesmo. Para esquentar o clima, há shots flambados como o vizoovio (R$ 17,00; uísque, tequila e Amaretto) e o x-14 (R$ 14,00; tequila, Cointreau e curaçao blue). Servida em porção de oito unidades, a empanada chega às mesas nos sabores carne (R$ 30,00), frango (R$ 26,00) ou camarão (R$ 26,00). Um clássico local, o hambúrguer batizado com o nome da casa (R$ 24,80) traz 210 gramas de carne, bacon, mussarela, alface, tomate e cebola, servido no pão de leite e acompanhado de batata frita. Rua J.J. Seabra, 10, Jardim Botânico, ☎ 2540-0705 (120 lugares). 12h/2h (qui. e sex. até 4h; dom. a partir das 10h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.carolinecafe.com.br. Aberto em 1994.

CHICO & ALAÍDE. Eleito o melhor boteco da cidade na última edição do especial ?Comer & Beber?, publicado por VEJA RIO, o lugar é comandado pelo cearense Francisco Chagas Gomes Filho e pela mineira Alaíde Costa. Ela é a autora de preciosidades como os bolinhos de baião de dois, recheado de feijão-de-corda, arroz e queijo de coalho (R$ 5,20 a unidade), de abóbora com carne-seca (R$ 3,90) e de polenta com carne moída (R$ 3,90). Essa série de clássicos locais foi iniciada pelo bolinho de camarão e catupiry (R$ 3,90). O chope, da Brahma (R$ 5,20 a tulipa), é tirado segundo as orientações de Chico, um reconhecido mestre nessa arte desde os tempos do Bracarense. Rua Dias Ferreira, 679, Leblon, ☎ 2512-0028 (80 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. até 22h). Cc: todos. Cd: todos. www.chicoealaide.com.br. Aberto em 2009.

DOM CAVALCANTI. Original, a decoração evita a receita de nove entre dez casas do gênero. Em vez de descascarem as paredes e deixar à mostra os tijolos antigos, como quase todo mundo faz, os novos donos, os cearenses do grupo Dom, investiram em revestimento de madeira e, no teto, couro. Luminárias e ventiladores retrô completam o cenário. Típico dos pés-limpos atuais, o cardápio não foge muito do óbvio com sua lista de pratos fornidos e tira-gostos. Uma dica é optar pelos petiscos preparados na brasa, a exemplo das saborosas porções de costelinha aperitivo (R$ 23,90) e de coração de galinha (R$ 19,90). A linguiça de churrasco (R$ 1,80 a unidade) também vale a pena. Serve cerveja Antarctica Original (R$ 7,10), Brahma, Antarctica e Skol (R$ 5,90 cada uma). Rua do Riachuelo, 184 e 186, Centro, ☎ 2232-2565 (75 lugares). 11h/2h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ? → Aberto em 2011.

FILÉ DO LIRA. No lugar onde funcionou o restaurante Le Coin, a casa mudou completamente o ambiente. Ótima providência, algumas das antigas janelas, sempre fechadas, viraram portas abertas para a rua. As carnes têm lugar privilegiado e comparecem nas porções de carne de sol com aipim frito (R$ 27,50) e no espeto de filé-mignon (R$ 21,50, três unidades), que pede uma farofinha de ovo (R$ 9,00 a travessa). Para beber, chope Brahma (R$ 4,80 a caldeireta). Avenida Ataulfo de Paiva, 658, Leblon, ☎ 2294-4397 (70 lugares). 9h/2h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

GOYA-BEIRA. Há mais de seis décadas em funcionamento, ocupa um casarão no aprazível Largo das Neves, com bela visão da igrejinha construída em 1860. Ali são servidas curiosas infusões em cachaça, com ingredientes como laranja e agrião (R$ 4,00 a dose). Geralmente geladas, Bohemia (R$ 6,50) e Antarctica Original (R$ 6,80) são oferecidas em garrafas de 600 mililitros. Da lista de belisquetes fazem sucesso a porção de aipim frito com queijo e orégano (R$ 16,50) e o antepasto de berinjela com ervas finas e torradas (R$ 14,80). Largo das Neves, 13, Santa Teresa, ☎ 2232-5751 (40 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cd: todos. Aberto em 1950.

JOTA.Ó. É comandado por jovens moradores do Jardim Oceânico (daí o nome). Faz da calçada uma extensão do salão, que atrai o pessoal na faixa dos 20 anos. O despojamento da decoração não se estende ao cardápio, que traz opções elaboradas. Na seção de petiscos leves destaca-se o ceviche de peixe-branco (R$ 21,00 a taça), marinado no limão-siciliano, com cebola-roxa, pimentões e coentro. Quem não abre mão de fritura pode se aventurar pelo bolinho de arroz arbóreo recheado de queijo e orégano (R$ 16,90, seis unidades). Os drinques de frozen (R$ 13,90) são boa dica: prove o campeão de vendas, o 7 Star (vodca, morango, limão e gengibre). Avenida Olegário Maciel, 231, loja F, Barra, ☎ 2135-3331/3332 (240 pessoas). 11h30/3h (seg. até 17h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Aberto em 2011.

LA FIORENTINA. Frequentador de outrora, o compositor Ary Barroso tem uma estátua de bronze na calçada em frente. Até hoje é muito frequentada por artistas. Alguns deles batizam pratos. No formato de um jornal e com informações sobre peças em cartaz, o cardápio traz a picanha acebolada aperitivo paulo silvino (R$ 30,00 a porção) e pizzas, como a rodrigo santoro (R$ 24,00), que leva tomate seco, mussarela de búfala e rúcula, e a otávio augusto, de quatro queijos (mussarela, gorgonzola, provolone e parmesão; 27,00). O chope é Brahma (R$ 4,10, 300 mililitros) e a caipivodca de limão custa R$ 9,50. Avenida Atlântica, 458, Leme, loja A, ☎ 2543-8395 (220 lugares). 12h/2h (sex. e sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos. → ↔ Aberto em 1957.

LAPA IRISH PUB. Paredes de tijolo aparente, mesas de madeira, poltronas de antiquário e iluminação sutil compõem o ambiente deste reduto roqueiro na Lapa. Como bom pub, serve chope Guinness (R$ 25,00, 520 mililitros), além da ale também irlandesa Murphy?s Stout (R$ 25,00 a lata de 500 mililitros). Quem prefere o estilo pilsen encontra a deliciosa checa Pilsner Urquell (R$ 25,00, 500 mililitros). Uma especialidade local é o beef and guinness pie (R$ 29,00, para dois), uma torta de carne com legumes e massa folhada. Típico dos pubs, o fish and chips (R$ 25,00 a porção) reúne batata e peixe fritos. Rua Evaristo da Veiga, 147, Lapa, ☎ 2221-7236 (80 pessoas). 17h/0h (qui. até 2h; sex. e sáb. até 4h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 10,00 (qua.), R$ 15,00 (qui.) e R$ 20,00 (sex. e sáb.). www.lapairishpub.com.br. Aberto em 2009.

LAPAMAKI. A filial da rede iniciada na Lapa tem como público-alvo os banhistas de Ipanema dispostos a emendar um programa ao sair da praia. Às 18 horas entra em cena o profissional das coqueteleiras. Ele prepara bebidas com ingredientes tipicamente japoneses, caso do wasabi (R$ 15,50), de raiz-forte, limão, calda de açúcar e vodca. Na ala dos mastigáveis, o tartar de peixes variados com cebolinha e pimenta japonesa sobre casquinha de guioza (R$ 13,00, seis unidades) sugere contraste saboroso. A versão do hot filadélfia no palito (R$ 24,00, três unidades) também vale a pedida. Rua do Riachuelo, 67, Lapa, ☎ 2221-9140/9082 (40 lugares). 11h30/0h (qui. até 3h; sex. e sáb. até 4h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Cr: todos; Rua Vinicius de Moraes, 124, Ipanema, ☎ 3547-5803. 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: R e V. ? www.lapamaki.com.br. Aberto em 2009.

MOVIOLA. Criado para dar uma movimentada na locadora de DVDs, o bistrô tornou-se um point em Laranjeiras, especialmente nos dias de lançamento literário e dos cursos sobre cinema e literatura realizados no mezanino. Tem ambiente aconchegante, um acervo de 6?000 DVDs e uma concisa, mas boa relação de cervejas artesanais ou importadas. Uma das melhores em termos de custo e benefício é a paulista Bamberg Pilsen (R$ 16,90, 600 mililitros). Se a preferência for pelas belgas, escolha entre as long neck Delirium Tremens (R$ 28,90) ou Grisette (R$ 14,90). No menu encontram-se bruschettas de tomate seco ou de salaminho com curry (R$ 17,50, oito unidades) e escondidinho de carne-seca com batata-baroa (R$ 17,90 a tigela). Rua das Laranjeiras, 280, lojas B e C, Laranjeiras, ☎ 2285-8339 (60 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. a partir de 15h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.moviolalivraria.com.br. Aberto em 2005.

NORDESTINO CARIOCA. Um casal, os paraibanos Roberto Araújo e Iracema Gonçalves, vendiam churrasquinho na rua antes de abrir este reduto dedicado a especialidades de sua terra natal. Fartura para dois, a picanha de carne de sol (R$ 60,00) é guarnecida de feijão-tropeiro ou baião de dois, além de aipim cozido ou frito. Os mesmos acompanhamentos podem vir com o cabrito ensopado (R$ 58,00). Se a ideia for apenas bebericar e petiscar, peça um dos deliciosos pastéis de produção própria, entre eles o de queijo de coalho com cebola-roxa (R$ 3,50 a unidade), e cerveja Antarctica Original ou Bohemia (R$ 6,00 a garrafa de 600 mililitros). Avenida Sargento Carlos Argemiro Camargo, 49, Jacarepaguá, ☎ 3412-3353 (80 lugares). 11h/22h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2005.

Fonte: VEJA RIO