ROTEIRO DA SEMANA

Bares

- Atualizado em

AZEITONA & CIA. Ponto de concentração do bloco Azeitona Sem Caroço, o botequim tem uma concorrida varanda, de onde se vê a agitação de uma das ruas mais movimentadas do Leblon. Simples e confiável, o cardápio de tira-gostos tem salsichão acompanhado de molho curry e ketchup picante (R$ 17,00). Por R$ 9,00, acrescenta-se salada de batata. Vendido por unidade, o croquete de carne (R$ 4,00) é outra pedida para acompanhar o chope Brahma (R$ 4,00 a tulipa). Serve almoço executivo com preços entre R$ 14,00 e R$ 17,00. Rua Dias Ferreira, 647, loja A, Leblon, ☎ 2540-5166 (80 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1996.

ADELOS. O nome reverencia o endereço onde foi aberto: na esquina da Rua do Mercado com a Travessa do Tinoco, que, até 1873, chamava-se Beco dos Adelos, como eram conhecidos os negociantes de produtos de segunda mão que ocupavam o lugar. Amplo, o casarão de 250 metros quadrados de área teve recuperadas partes originais do teto de madeira, do piso de ladrilho hidráulico e das paredes de pedra. Em cenário típico do Rio Antigo, dedique-se a geladas como Therezópolis (R$ 10,00) ou Heineken (R$ 6,00), ambas em garrafas de 600 mililitros. O cardápio ganhou o reforço da linguiça goiana acebolada, recheada de lombinho e jiló (R$ 20,00 a porção), acompanhada de pão francês, e do filé aperitivo ao molho roquefort no pão italiano (R$ 28,00). Rua do Mercado, 51, Centro, ☎ 2516-1734 (200 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. 12h/18h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

BAR DA PRAIA. Destaque na decoração da varanda, o grafite foi renovado pelo grupo de artistas FleshBeck Crew. Quando a noite chega, o clima de azaração se intensifica. Feito no forno, o pastel de camarão (R$ 18,90 a porção com quatro), de massa leve, é acompanhado de molho de ostra. Já o tartar de salmão (R$ 27,90) chega à mesa com beiju de tapioca e pode acompanhar o cosmopolitan (R$ 16,90; vodca, triple-sec e suco de cranberry) ou o nicole t?s (R$ 16,90; vodca, licor e calda de lichia). Rua João Lira, 5 (Hotel Marina Palace), Leblon, ☎ 2172-1067 (60 lugares). 19h/1h (qui. até 3h; sex. 18h/4h; sáb. 16h/4h; dom. a partir de 16h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1998.

BAR DA RAMPA. Debruçado sobre a Enseada de Botafogo, o lugar é um dos mais pitorescos da cidade e tem vista estonteante. Funciona dentro do Clube de Regatas Guanabara e, para chegar até lá, cobram-se R$ 5,00. No estreito píer ainda desembarcam pescados frescos. Vêm do mar os ingredientes para o pastel de camarão (R$ 3,00 cada um). Em porção à milanesa, o crustáceo é servido na companhia de molho rosé (R$ 33,00). O programa fica completo com caipivodca de limão (R$ 9,00) ou cervejas em garrafa das marcas Skol e Antarctica (R$ 5,00 cada uma). Avenida Repórter Nestor Moreira, 42, Botafogo, ☎ 2295-2647, ramal 224 (80 lugares). 10h/22h (fecha seg.). www.bardarampa.com.br. Aberto em 2006.

BAR REBOUÇAS. O balcão tem apenas três lugares - isso mesmo, é um dos menores da cidade -, mas à noite mesas se espalham pela calçada sob a marquise, ampliando consideravelmente a capacidade. O grande sucesso local é o jiló ao vinagrete (R$ 1,00 a unidade), mas também há porções de bolinho de aipim com carne-seca ou com camarão e catupiry (R$ 16,00, dez unidades). Para molhar a goela, cervejas Antarctica, Skol (R$ 6,00 cada uma), Antarctica Original ou Heineken (R$ 7,50). Rua Maria Angélica, 197, loja 2, Jardim Botânico, ☎ 2286-3212 (20 lugares). 6h/2h (fecha dom.). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto em 1976.

BARTHODOMEU. Neste autêntico pé-limpo, o ambiente mais agradável fica sob teto retrátil, ao lado da parede que imita uma rocha. Bolinhos de bacalhau (R$ 12,90) ou de arroz com gorgonzola (R$ 11,20) vêm em porções de seis unidades. O chope é Brahma (R$ 3,89 a caldeireta). Às quintas, as mulheres que pedirem uma caipirinha (R$ 10,00) ganham outra, dentro da promoção ?Bar Todo Delas?. De quinta a domingo tem música ao vivo com repertório de pop rock. Rua Maria Quitéria, 46, Ipanema, ☎ 2247-8609 (200 lugares). 12h/2h (sex. e sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 5,00 (qui. a dom., a partir das 20h). Aberto em 2009.

BARZIN. Inaugurado no endereço de Ipanema onde funcionou a última filial do Conversa Fiada, o empreendimento tem quatro sócios famosos: o apresentador Bruno de Luca, o piloto Cacá (filho do Galvão) Bueno, o cantor Di Ferrero, da banda NX Zero, e o rapper Tulio Dek. Da Stella Artois, o chope (R$ 5,90, 300 mililitros) é pedida refrescante, assim como o talita (R$ 18,90), drinque que leva espumante, melancia, licor de melancia e limão-siciliano. Para comer, vá de bolinho de aipim recheado de rabada (R$ 24,90, seis unidades) ou croquete de carne (R$ 24,90, doze unidades). Rua Vinicius de Moraes, 75, Ipanema, ☎ 2522-1809 (180 lugares). 11h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

BENDITHO. Em uma movimentada esquina de Vila Isabel, é endereço de petiscos apreciá­veis e extensa carta de cervejas artesanais nacionais. São 150 rótulos, com destaque para boas louras catarinenses, entre elas a Coruja (R$ 17,50, 600 mililitros) e a Bierland (R$ 18,50, 600 mililitros). Parte dos acepipes é comprada no Aconchego Carioca, caso do bolinho de feijoada (R$ 15,00, quatro unidades), de feijão-branco com rabada (R$ 21,00, com seis) e de aipim (R$ 18,00, com seis). Este vem acompanhado ainda de porção de carne moída para ser recheado a gosto pelos clientes. Pedida mais recente, o benditutu?s (R$ 25,00 a porção) traz quadradinhos de tutu acompanhados de carne-seca com batata frita, couve e molho de laranja. Rua Baltazar Lisboa, 47, lojas A e B, Vila Isabel, ☎ 2208-2346 e 2268-3871 (80 lugares). 12h/1h (fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. ? Aberto em 2010.

B.G. BAR. Estudantes da PUC e jovens em geral são atraídos pelos preços bem razoáveis da cerveja de garrafa. Em cascos de 600 mililitros, saem do freezer Skol e Brahma (R$ 4,50), Antarctica (R$ 5,00) e Antarctica Original (R$ 6,50). No tamanho long neck, Stela Artois, Heineken ou Budweiser custam R$ 3,00 cada uma. O cardápio trivial oferece frango à passarinho (R$ 18,00), bolinho de bacalhau (R$ 16,00, doze unidades) e batata frita (R$ 13,00). Outras dicas, os bolinhos de aipim com camarão ou com carne-seca são servidos por R$ 14,00 em porções de doze unidades. Praça Santos Dumont, 126, loja B, Gávea, ☎ 2512-0761 (28 lugares). 10h/1h (dom. a partir de 16h). ? Aberto em 1980.

BLUE AGAVE. Batizada em homenagem ao tipo mais nobre da planta usada na fabricação da tequila, a pequena casa tem simpático salão aberto para a rua. Ali se provam as especialidades mexicanas do cardápio assinado por dois jovens americanos apaixonados pela cidade: Jason Galeria e Richard Nelson. Escolha entre o nacho agave (R$ 25,00), porção de tortilha coberta por molhos salsa e sour cream, queijo derretido, carne moída, feijão-preto refrito, alface e guacamole, e o burrito de carne de porco (R$ 19,00). Para beber, há drinques, como o blue agave marguerita (R$ 15,00; tequila, sour mix e curaçao blue), e cervejas long neck da Sol (R$ 8,50) ou da Heineken (R$ 7,50). Rua Vinicius de Moraes, 68, Ipanema, ☎ 3592-9271 (30 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

BOTEQUIM JOAQUINA. Endereço de cozinha caprichada, abriu no Leme sua primeira filial. De frente para a praia, a nova unidade tem na decoração piso de madeira laminada e um lustre suntuoso. Chope gelado da Brahma (R$ 4,90 a caldeireta) e qualidade de atendimento acima da média explicam o sucesso das duas empreitadas. Complete o programa com os novos bolinhos servidos em porções de seis: de feijoada (R$ 19,00) e de abóbora com carne-seca (R$ 19,00). Feita com cachaça artesanal, a caipirinha de maracujá (R$ 12,00) também vale a pedida. Rua Voluntários da Pátria, 448, lojas 3 e 4 (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2527-1722 (200 lugares). 11h30/1h30 (sex. e sáb. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ?; Avenida Atlântica, 974, Leme, ☎ 2275-8569 (75 lugares). 11h30/2h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.joaquinabar.com.br. Aberto em 2007.

BRACARENSE. Clássico da boemia carioca, o Braca, para os íntimos, é reduto de chope gelado e quitutes caprichados. Concorridas especialmente nos dias que dá praia, cadeiras e mesas espalham-se pela calçada sob um toldo. A empada de camarão (R$ 3,70 a unidade) de massa que desmancha tem clientela cativa. Mais substanciosa, a porção de pernil fatiado vem com cebola, alho frito e azeitona preta (R$ 24,00). Não dispense o bem tirado chope da Brahma (R$ 4,70, 300 mililitros). Rua José Linhares, 85, loja B, Leblon, ☎ 2294-3549 (100 lugares). 8h/0h (dom. 10h/22h). Cd: R e V. Aberto em 1961.

CAFÉ DEL MAR. Na primeira filial carioca da rede nascida em Ibiza cobra-se entrada, revertida em créditos para consumação, depois de 22h. Elaborada, a seção de comes traz patatas bravas (R$ 14,00), porção de batatas fritas cortadas em cubos e servidas com saborosos molhos aïoli e de tomate picante, e tapas de pescados, a exemplo do camarão grelhado com manteiga de gengibre, pimenta dedo-de-moça e redução de leite de coco (R$ 24,00). Outro forte é a carta de drinques. Custam o mesmo preço, R$ 22,00, o preparo que leva o nome da casa (vodca Absolut de pêssego, frutas cítricas e Curaçao Blue) e o rose lichee (shochu e lichia). Avenida Atlântica, 1910, Copacabana, ☎ 3649-9658 (400 pessoas). 12h/2h (no 2º andar, 22h/5h; fecha seg.). Cc: A, M e V. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). Aberto em 2010.

CEVADA. Com salão de pé-direito alto, o endereço passou por mudanças depois de adquirido pelo empresário cearense Antonio Rodrigues, dono da rede Belmonte. Ganhou bom tratamento acústico e paredes de cor salmão que contrastam com os azulejos brancos e verdes. O pastel de carne-seca com catupiry (R$ 4,40 a unidade) ou a patinha de caranguejo ao molho tártaro (R$ 18,90 a dúzia) fazem bela tabelinha com o chope Brahma (R$ 4,60 a caldeireta). Praça Serzedelo Correia, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2547-5337/7905, ? Siqueira Campos (60 lugares). 8h/1h (sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: R e V. Aberto em 2009.

CHARLESTON BUBBLE LOUNGE. Porta de madeira e um vitral transportam o cliente para os anos 20, quando o ritmo que batiza a casa despontou e o Copacabana Palace, bem do outro lado da rua, foi inaugurado. Só de champanhes legítimos são 36 opções, a preços entre R$ 238,00 (Möet Chandon Brut) e R$ 1?319,00 (Dom Perignon Rosé) para garrafas de 750 mililitros. Mais em conta, a garrafa do espumante Chandon Reserve Brut custa R$ 69,00. Empanada em flocos de milho, a lula (R$ 36,90 a porção) é servida com molho agridoce. Entre os poucos tira-gostos que não levam frutos do mar está a batata assada ao molho pesto (R$ 24,90). Rua Rodolfo Dantas, 26, loja B, Copacabana, ☎ 3795-3158 (150 pessoas). 18h/1h (dom. 12h/19h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.bubblelounge.com.br.

ESPELUNCA CHIC. Piso de tábua corrida e balcão de pedras portuguesas conferem aparência rústica ao endereço. Em pleno burburinho do Baixo Copa, atrai muitos turistas com tira-gostos de boteco em versões elaboradas, a exemplo do bolinho de arroz com gorgonzola (R$ 18,90) e do croquete de carne-seca com aipim (R$ 23,90), ambos em porções de dez unidades. Os espetinhos chegam à mesa nas versões de filé-mignon com cebola e pimentão (R$ 10,00 a unidade) e frango com alho-poró e gergelim (R$ 9,00). Para beber, vá de chope Brahma (R$ 4,30 a tulipa). Rua Bolívar, 17, Copacabana, ☎ 2236-4090, ? Cantagalo (80 lugares). 17h/2h. Cc: D, M e V. Cd: todos. www.espeluncachic.com.br. Aberto em 2007.

FLOR DA URCA. Tira-gostos saíram de cena na casa em atividade há mais de sessenta anos, mas há pratos feitos típicos de botequim para quando a fome apertar. Por R$ 11,00, encontra-se na companhia de arroz e feijão costela de boi, carne-seca com abóbora ou dobradinha. Sexta é dia de uma caprichada feijoada completa por R$ 15,00. Para beber, escolha entre garrafas de 600 mililitros de Antarctica, Brahma e Skol (R$ 4,50). Rua Marechal Cantuária, 148, Urca, ☎ 2541-7674 (42 lugares). 7h/22h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1946.

LEME LIGHT. Modesto, o antigo Escadinha é ponto de encontro do bairro e lugar apropriado para se passar o tempo depois da praia, sorvendo chope Brahma (R$ 3,80 a caldeireta). Para beliscar, as opções são simples. Uma delas é o onipresente caldinho de feijão, servido como manda o figurino, com torresmo e salsa (R$ 9,00 a tigela e R$ 7,00 a caneca). Entre os salgadinhos, o bolinho de bacalhau e a bolinha de queijo custam R$ 7,50 e R$ 8,00, respectivamente, a porção com nove unidades. Dica mais consistente é o sanduíche de filé-mignon com queijo (R$ 13,00). Rua Gustavo Sampaio, 795, Leme, ☎ 2275-5498 (19 lugares). 7h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2002.

LORD JIM PUB. É o pub mais antigo da cidade ainda em funcionamento. Além de futebol, as televisões exibem partidas de rúgbi. Bem britânico, o fish and chips (R$ 25,00), porção de peixe e batata, ambos fritos, pede uma cerveja. A lata de 500 mililitros de Guinness custa R$ 18,00. Opção mais em conta é a Budweiser (R$ 7,00, long neck). Fique de olho nas promoções, quase diárias. Às segundas cobram-se R$ 15,00 de entrada, mas o preço da Skol long neck cai de R$ 5,00 para R$ 1,00 e o valor da caipirinha de limão passa de R$ 8,00 para R$ 2,00. Rua Paul Redfern, 44, Ipanema, ☎ 2249-4881 (300 pessoas). 18h/3h (sáb. a partir de 8h). Entrada: R$ 15,00 a R$ 30,00 (dom. a qua.). Cc: todos. Cd: todos. ? www.lordjimpub.com.br. Aberto em 1974.

MARQUÊS DA GÁVEA. Aberto no lugar onde funcionava um salão de beleza, o botequim marcou a chegada da marca Devassa ao concorrido ponto de azaração, pondo fim ao monopólio da Brahma no local. Tem balcão de madeira e torre de chope enfeitada pelas formosas curvas de uma pin-up. A caldeireta de chope (R$ 4,80) divide as atenções com os cascos de Devassa Bem Loura (R$ 5,50; 600 mililitros). Com preços entre R$ 4,50 e R$ 6,40, os espetinhos chegam à mesa nas versões de filé-mignon, frango, peixe à doré, minissalsichas e linguiça. Praça Santos Dumont, 126, loja A, Gávea, ☎ 3114-0780 (40 lugares). 11h30/1h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

MEMPHIS BELLE CAFÉ. Muito procurado por funcionários da vizinha Furnas na happy hour, o botequim X-10 passou por uma reforma radical e reabriu com novo nome, que remete ao avião usado na II Guerra. Expostas em prateleiras, frutas dividem espaço com a chopeira e revelam a polivalência do lugar. As especialidades do bar ficam expostas na vitrine sobre o balcão. Empada de camarão ou frango e croquete de carne custam R$ 2,90 cada um. O chope Brahma (R$ 3,80 a tulipa) cai bem ainda com porções de carne de sol com aipim (R$ 27,90) e de bolinho de bacalhau (R$ 16,90, doze unidades). Rua Real Grandeza, 196, Botafogo, ☎ 2286-7947 (44 lugares). 6h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2011.

NA PRESSÃO CHOPERIA. Sucesso no Parque das Rosas, a loja cresceu e a marca se tornou uma rede com outros três pontos em shoppings, entre eles o Downtown. Fazem a alegria dos marmanjos as TVs de tela plana que transmitem jogos de futebol. Da Devassa, o chope chega às mesas na caneca chamada ?zero grau? (R$ 6,10), na tulipa (R$ 4,80) e no copo garotinho (R$ 3,70). Para beliscar, escolha uma das quatro opções de bolinho (R$ 9,00, três unidades) - bobó de camarão, batata-baroa com calabresa, feijoada e abóbora com carne-seca. Avenida Marechal Henrique Lott, 120, loja 103 (Parque das Rosas), Barra, ☎ 3325-5975 (520 lugares). 16h/2h (sex. até 3h; sáb. 12h/3h; dom. a partir de 12h). Cc: todos. Cd: todos ?; Avenida das Américas, 500, bloco 6, lojas 120 e 121 (Shopping Downtown), Barra, ☎ 2493-2062 (600 lugares). 17h/2h (sex. até 3h; sáb. 12h/3h; dom. a partir de 12h). Cc: A, M e V. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). ? Mais dois endereços. www.napressaochopperia.com.br. Aberto em 1995.

NEGA ROSA. Tombado, o sobrado de dois andares tem parede de tijolos aparentes e quadros de cartões-postais cariocas. No piso de cima há programação musical de quinta (noite de zouk) a sábado. Como alternativas de petisco, bolinho de bacalhau (R$ 3,50 a unidade), pastéis sortidos (R$ 15,00 a porção com seis), nos sabores queijo, bacalhau e carne, e provolone à milanesa (R$ 24,00). Na hora de escolher o líquido, vá de chope Brahma (R$ 4,10 a caldeireta) ou explore os drinques. O doce nega rosa (R$ 12,00) parece uma sobremesa, com vodca, sorvete de chocolate, groselha e creme de leite. Rua dos Inválidos, 204, Lapa, ☎ 2221-4230 (100 lugares). 11h30/23h (qui. até 1h; sex. e sáb. até 2h). Cc: M e V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 a R$ 30,00. ? ?

PAXECO BAR. Um dos nomes por trás do extinto Da Graça, a empresária Lourdes Brandão voltou ao batente no início do ano. Sua nova empreitada ocupa um surpreendente e amplo terraço sobre o restaurante Couve-Flor, com vista para o Cristo Redentor. Dezenas de luminárias sobre o balcão colorem a parte coberta. Nesse ambiente despojado, dedique-se aos drinques. Carro-chefe da carta, a saborosa caipivodca de salada de frutas (R$ 15,00) reúne morango, uva, kiwi, carambola e outras dicas da estação. Pelo mesmo valor, bebe-se a versão de lima-da-pérsia ou a de morango com alecrim. Da cozinha chega o bolinho de arroz com chutney tailandês (R$ 20,00, sete unidades). Rua Pacheco Leão, 724, loja D, Jardim Botânico, ☎ 3114-8710 (80 lugares). 18h/1h. Cc: todos. Cd: todos. www.paxecobar.com.br. Aberto em 2011.

POINT DA PASSAGEM. Batizado em homenagem ao histórico show de samba estrelado por Paulinho da Viola, Clementina de Jesus e outros bambas, em 1965, no extinto Teatro Jovem, o Rosa de Ouro, reduto boêmio na Rua Voluntários, bateu de frente com o choque de ordem, fechou as portas e instalou-se provisoriamente nas dependências do endereço na Rua da Passagem. Extensa, a carta de branquinhas continua como um dos fortes. São cerca de quarenta rótulos, entre eles Germana (R$ 10,00 a dose) e Salinas (R$ 8,00). O horário de funcionamento não é tão elástico quanto no endereço anterior. Serve geladas em garrafas de Skol, Antarctica e Brahma (R$ 4,50 cada uma) e farta porção de carne-seca gratinada com aipim (R$ 25,00). Rua da Passagem, 153, Botafogo, ☎ 2275-7630 (80 lugares). 10h/4h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2011.

ROSA CHOPP. Reduto habitual de moradores do condomínio vizinho Parque das Rosas, é mais um endereço do bairro a apostar nas batatas rosti e no rodízio de pizzas. O primeiro é oferecido em mais de dez variedades, sendo a campeã de pedidos a versão de camarão com catupiry (R$ 29,00). Já o rodízio, que acontece todos os dias entre 18h e meia-noite, mescla sabores salgados, como o rosa chopp (mussarela, presunto, cogumelo, manjericão e óregano), com os doces, a exemplo do romeu e julieta (mussarela, goiabada e catupiry), por R$ 20,90. Para beber, chope Brahma (R$ 4,00 a caldeireta). Avenida Marechal Henrique Lott, 120, lojas 101 e 102 (Rosa Shopping), Barra, ☎ 3325-8336 (500 lugares). 17h/2h (sex. até 3h; sáb. 11h/3h; dom. a partir das 11h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. no shopping (R$ 3,00 por uma hora). www.rosachopp.com.br. Aberto em 1996.

Fonte: VEJA RIO