ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

AMBRE CUISINE. Uma mesa coletiva logo à direita de quem entra e cadeiras de acrílico em tons de rosa colorem o espaço sofisticado. Novos drinques entraram no cardápio. Dois deles são o rabit martini (R$ 18,00), mistura de suco de laranja, cenoura, vodca, rum, sal, pimenta-do-reino e noz-moscada, e o citrus jack (R$ 20,00), com uísque, abacaxi, hortelã e sprite. Encimado por ovinho de codorna frito, o canapé de bife à cavalo (R$ 18,00, cinco unidades) vale a pedida. No ponto certo, a robata (espetinho) de mignon suíno, abacaxi grelhado e molho pesto (R$ 19,00) é outra sugestão saborosa, assim como o escondidinho de batata-baroa e carne de cordeiro (R$ 23,00). Rua Visconde Silva, 21, Botafogo, ☎ 2286-6904 (68 lugares). 18h30/1h (sex. e sáb. 18h/2h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). → ? ↔ Aberto em 2011.

AZEITONA & CIA. Ponto de concentração do bloco Azeitona Sem Caroço, o botequim tem uma concorrida varanda, de onde se vê a movimentação de uma das ruas mais charmosas do Leblon. Simples e confiável, o cardápio de tira-gostos tem salsichão acompanhado de molho curry e ketchup picante (R$ 17,00). Por R$ 9,00, acrescenta-se salada de batata ao pedido. Também há porções de camarão à milanesa (R$ 32,00) e de quibe (R$ 16,00, oito unidades). Cervejas em garrafas de 960 mililitros das marcas Gran Bohemia, Patrícia e Norteña são vendidas a R$ 10,00 cada uma. As sugestões de almoço executivo têm preços entre R$ 14,00 e R$ 17,00. Rua Dias Ferreira, 647, loja A, Leblon, ☎ 2540-5166 (80 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1996.

BAR DA RAMPA. Debruçado sobre a Ensea­da de Botafogo, oferece atrativos que vão além da belíssima vista da Baía de Guanabara. Como funciona dentro do Clube de Regatas Guanabara, para entrar cobra-se ingresso de R$ 5,00 na portaria. No estreito píer desembarcam pescados frescos e frutos do mar que servem de ingredientes para petiscos como o pastel de camarão (R$ 3,00 cada um). O crustáceo à milanesa (R$ 33,00) é servido na companhia de molho rosé. Completam o programa caipivodca de limão (R$ 9,00) ou cervejas em garrafa das marcas Skol e Antarctica (R$ 5,00 cada uma). Avenida Repórter Nestor Moreira, 42, Botafogo, ☎ 2295-2647, ramal 224 (80 lugares). 10h/22h (fecha seg.). www.bardarampa.com.br. Aberto em 2006.

BLACK BAR. Ao lado da boate Melt e na frente do badalado albergue Z.Bra, o pequeno ponto, sempre com fila na porta, atrai jovens em busca de paquera. Empreitada de dois sócios italianos, um brasileiro e uma francesa, tem fórmula de disco-bar: carta de drinques atraente e DJs atacando de música eletrônica. O salão conta com pufes e sofás, banhados por luz indireta. Feito de vodca Absolut, sour mix, tomate-cereja e cranberry, o la mia sicilia (R$ 22,00) é uma das dicas de drinque. Em garrafa long neck, há cervejas Cerpa (R$ 10,00) e Bohemia (R$ 8,00). Na parte comestível, os pastéis chegam à mesa em porção mista (R$ 23,90), com duas unidades de cada recheio: carne com gorgonzola, camarão com pupunha e queijo italiano caccio cavalo. Avenida General San Martin, 1219, Leblon, ☎ 3079-9581 (80 lugares). 20h/3h30 (dom. até 1h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2011.

CHAMPANHARIA OVELHA NEGRA. No casarão de ambiente retrô, decorado com azulejos azuis e brancos, a happy hour é das mais concorridas. Da banheira antiga repleta de gelo saem garrafas do espumante nacional Salton Brut (R$ 39,00) e do Casa Valduga Brut 130 (R$ 88,00), combustível para a azaração. A lista de champanhes legítimos inclui Moët Chandon Imperial (R$ 234,00). Enxuta, a seleção de tira-gostos dá conta do recado com quiche, nos sabores alho-poró, três queijos ou cebola, escoltada por salada verde (R$ 14,00), e tábua de salmão defumado, cream cheese e pepino em rodelas, acompanhada de pães preto e árabe (R$ 34,00). Rua Bambina, 120, Botafogo, ☎ 2226-1064, ? Botafogo (90 pessoas). 17h30/0h (fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2005.

CLUBE DO TACO. Reduto tradicional de entusiastas da sinuca, o lugar conta com oito mesas de dimensões oficiais sobre o charmoso piso xadrez, em preto e branco. Os jogadores pagam R$ 15,00 por hora. Em respeito ao feltro das mesas, são oferecidas aulas aos iniciantes. Entre uma tacada e outra, os clientes bebem cerveja em garrafa das marcas Antarctica Original (R$ 7,00), Brahma, Skol e Antarctica (R$ 6,00 cada uma). Para beliscar, dicas comuns como as porções de frango à passarinho (R$ 18,00), de carne-seca acebolada com aipim (R$ 25,00) e de calabresa flambada na vodca (R$ 20,00). Rua Barata Ribeiro, 655, loja E, Copacabana, ☎ 2255-4934 (30 lugares), ? Cantagalo. 14h/3h (dom. 16h/1h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.clubedotaco.com.br. Aberto em 1980.

COMBINADO CARIOCA. Belos azulejos de efeito côncavo nas paredes e o piso de ladrilho hidráulico foram escolhas acertadas. Mesmo a inevitável TV de plasma recebeu uma moldura escura que torna a sua presença mais discreta. No boteco inaugurado no começo de novembro, é boa pedida de tira-gosto o crocante bolinho de angu recheado de rabada (R$ 4,00). Sequíssimo, o pastel de queijo (R$ 17,00, seis unidades) também vale a pedida, assim como a saborosa linguicinha de cordeiro (R$ 26,00 a porção). Carro-chefe local, o combinado carioca (R$ 38,00) é alentado: reúne batata frita, salada de repolho, cenoura, costelinha de porco e galeto. Entre as bebidas, fique mesmo com o bem tratado chope Brahma (R$ 5,00 a tulipa) ? uma câmara frigorífica conserva os barris sempre gelados. Rua Humaitá, 261, loja B, Humaitá, ☎ 3253-3210 (44 lugares). 8h/0h. Cc: D, M e V. Cd: todos. → ? ↔ Aberto em 2011.

COPA CLUB. Tão repentino quanto o fechamento do Copa Café foi o seu retorno, com novo nome, mas sob o comando do mesmo dono, o restaurateur Roberto Peres. Agora, o horário de funcionamento é esticado até as 4 da madrugada. Sugestão clássica entre os petiscos, os mini-hambúrgueres de cordeiro foram mantidos no cardápio. Oferecida em porção de seis unidades (R$ 22,00), a criação segue deliciosa. Outras dicas para beliscar são a crocante batata frita (R$ 15,00), servida ao lado de molho de tomate picante, e o croquete de pato ao molho de laranja (R$ 18,00, seis unidades). A carta de drinques investe em clássicos como o negroni (R$ 15,00), feito de espumante, campari e vermute. Avenida Atlântica, 3056, loja B, Copacabana, ☎ 2235-2947, ? Cantagalo (80 pessoas). 20h/4h (fecha dom.). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2011.

COSMOPOLITAN. Tem decoração caprichada e segue a fórmula de boa parte dos bares do Centro: de dia serve almoço e, no início da noite, entra em cena a happy hour. Na quinta e na sexta, um DJ desfia seleção eclética que vai do pop ao hip-hop. Drinque preferido das moças do seriado Sex and the City, o cosmopolitan (R$ 18,00) é preparado com suco de framboesa, vodca Absolut e Cointreau. Outra opção para elas, o kir royal (R$ 19,00) mistura espumante e licor de cassis. Servido na caneca (350 mililitros), o chope Brahma custa R$ 4,30. Entre os tira-gostos há croquetes picantes de carne (R$ 13,00, oito unidades) e espetinho de frango grelhado com molho teriyaki e farofa de alho (R$ 17,00). Rua da Assembleia, 13, Centro, ☎ 2220-9008, ? Carioca (80 lugares). 11h30/20h (qui. e sex. até 0h; fecha sáb. e dom.). Couvert art.: R$ 5,00 a R$ 12,00 (qui. e sex. a partir das 19h). Cc: todos. Cd: todos. www.cosmopolitanrio.com.br. Aberto em 2005.

DA GEMA. Alunos de gastronomia na Estácio de Sá, os quatro sócios resolveram arregaçar as mangas e tirar do papel o projeto de fim de curso: abrir um bar com alma carioca. A casa tem reproduções do calçadão de Copacabana e de painéis do profeta Gentileza. Inventivo, o cardápio está em constante transformação, mas já ostenta alguns clássicos. Um deles é o aipana (R$ 3,50), um bolinho de aipim e banana, recheado de linguiça e couve, de comer de joelhos. Além de garrafas de 600 mililitros de Antarctica Original e Bohemia (R$ 6,00 cada uma), há uma caprichada caipirinha (R$ 12,00), nos sabores limão, maracujá, abacaxi, morango ou kiwi. Rua Barão de Mesquita, 615, lojas C e D, ☎ 2208-9414 (60 lugares). 12h/0h (qui. até 1h; sex. e sáb. até 2h; dom. até 21h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

EMPÓRIO. Roqueiros de tribos e gerações variadas batem ponto por lá há décadas ? casais nasceram e se desfizeram nas mesas do casarão. No 2º andar, os shows são duplamente concorridos: o público prestigia e bandas fazem fila para tocar no pequeno palco. Marca registrada, o chope tango, misturado a groselha, custa R$ 5,00. Na versão normal, da Brahma, sai a R$ 3,80. Completam o programa a tábua dos bruxos (R$ 24,00, com torrada de alho, pães, uma pasta, dois frios, dois queijos e um molho) e porções variadas, a exemplo da que traz cubos de frango empanados (R$ 15,00). Rua Maria Quitéria, 37, Ipanema, ☎ 3813-2526 (92 lugares). 20h/4h. Cd: todos. Entrada para shows no 2º andar: R$ 10,00. Aberto em 1982.

ERNESTO. Na esquina oposta à da Sala Cecília Meireles, conhecido espaço dedicado à música erudita, o ponto investe na MPB com show toda quarta. Da cozinha saem pratos típicos da culinária alemã, terra natal dos fundadores, o casal Ernest e Martha Mehler. Um bom começo de percurso se dá com o croquete de carne (R$ 15,20 a porção com quatro). Kassler ou joelho de porco (R$ 31,50 cada um), com direito a uma guarnição ? repolho-roxo, salada de batata ou batata salteada ?, são as sugestões de prato. Incrementada, a carta de cervejas exibe mais de 100 rótulos, incluindo cinco marcas alemãs. De trigo, a Erdinger clara custa R$ 18,90 (500 mililitros). Merece atenção a belga Leffe, presente em suas cinco versões, com preços entre R$ 11,90 (a long neck da blonde e da brune) e R$ 26,90 (a long neck da tripel). Também tem chope Brahma (R$ 4,70 a tulipa). Largo da Lapa, 41, Lapa, ☎ 2509-6455 (160 lugares). 11h/1h (fecha dom.). Cc: A, D e M. Cd: todos. Couvert art.: R$ 8,00 (qua. a partir das 19h). www.barernesto.com.br. Aberto em 1993.

ESPETINHO & ETC. Tradição banida das ruas, como um dos vilões do choque de ordem, o churrasquinho no espeto ganhou um endereço quase só para ele. São 24 as sugestões preparadas na brasa, servidas ao lado de farofa e molho à campanha. Na lista variada, mas trivial, uma pedida surpreendente é o saboroso enroladinho de carne recheado de queijo (R$ 6,50, mesmo preço da versão de medalhão de carne). O cardápio etílico é econômico. Dedique-se ao gelado chope Brahma (R$ 4,50 a caldeireta) ou à caipirinha de limão (R$ 9,00). Avenida Armando Lombardi, 800, loja 100 (Condado de Cascais), Barra, ☎ 2135-0762 (20 lugares). 11h30/0h (seg. até 19h; sáb. e dom. a partir das 14h). Cc: todos. Cd: todos. → ↔ Aberto em 2011.

GALETOMANIA. Com a loja no shopping New York City Center, a mais recente, a rede que começou na Cobal do Humaitá chegou a quatro endereços. Especialidade local, como o próprio nome escancara, o galeto é sempre crocante. Na versão simples, vale R$ 15,20 e vem escoltado por farofa e molho à campanha. No hambúrguer batizado de burgaleto (R$ 14,60), o recheio principal é feito de pedaços da ave desfiada. Tem chope Brahma (R$ 4,20 a tulipa). Rua Voluntários da Pátria, 448, lojas 16-A e 17-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2537-5733 e 2527-0616. 12h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora); Praça Varnhagen, 9, Tijuca, ☎ 2204-0444/0812 (400 lugares). 12h/3h. Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.galetomania.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 1995.

GAROTA DE IPANEMA. Na mesa do antigo Veloso, Tom Jobim e Vinicius de Moraes avistaram Helô Pinheiro a caminho do mar e se inspiraram para compor um hino da bossa nova. A casa ganhou o nome da canção e virou atração turística. Estrangeiros, quase sempre acompanhados de caipirinha de limão (R$ 7,00), e nativos dividem espaço no salão, adornado com uma foto da garota de Ipanema no auge. Da Brahma, o chope (R$ 4,50) também faz companhia à farta picanha brasileira (R$ 76,00, incluindo guarnições de arroz à grega, batata frita, farofa à brasileira e molho à campanha) ou ao bolinho de bacalhau (R$ 24,00, doze unidades). Rua Vinicius de Moraes, 49, loja A, Ipanema, ☎ 2523-3787 (140 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. www.garotadeipanemabrasil.com.br. Aberto em 1979.

GUETTO. Uma medida acertada foi a abolição da fachada, que uniu os espaços do salão e da varanda, liberando para todos a brisa que sopra da Praia da Barra, logo em frente. Mesas e cadeiras espalham-se pelo espaço avarandado, em parte sob a sombra de uma frondosa amendoeira. No comando das caçarolas está o chef Otto Borges, que já prestou consultoria para 00, Devassa, Bar Luiz e Adegão Português. Frutos do mar marcam presença no cardápio de petiscos, que traz camarão empanado (R$ 37,80 a porção), acompanhado de triviais molhos tártaro e golf (à base de maionese, ketchup e conhaque), e panelinha de siri com torradas gratinadas (R$ 17,90). Para quem não dispensa carne vermelha, a aposta é nos cubos de mignon salteados no molho rôti com bacon, cebola e batata gratinada (R$ 34,50). Para beber, vá de chope Brahma (R$ 3,50 a caldeireta). Servida de sexta a domingo, a feijoada custa R$ 26,50 (por pessoa). Avenida Lucio Costa, 1976, lojas D e E, Barra, ☎ 2495-7610 (85 lugares). 12h/2h (fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. ↔ ? Aberto em 2011.

MANOEL & JUAQUIM. Precursor dos botecos de rede, é uma criação do autor e diretor teatral Abílio Fernandes. Começou no Engenho de Dentro na década de 90 e se espalhou pela cidade com decoração e cardápio irreverentes. Entre as pedidas mais apetitosas estão bolinho de mandioquinha com queijo de coalho (R$ 18,00, seis unidades) e linguiça na régua (R$ 19,40, 50 centímetros). O chope é Brahma (R$ 4,40 a tulipa). Aviso: os preços podem variar, dependendo da filial. Rua Almirante Tamandaré, 77, Flamengo, ☎ 2556-7385, ? Largo do Machado (240 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos ? →; Rua Pernambuco, 384, Engenho de Dentro, ☎ 2592-5131 (124 lugares). 17h/ 0h30 (sex. e sáb. até 1h30; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Mais oito endereços. www.manoelejuaquim.com.br. Aberto em 1994.

ODORICO BAR. Imponente, o casarão na Tijuca andava em situação tão crítica que quase todas as suas 27 janelas de madeira haviam sido danificadas. A única bem conservada serviu de modelo para o minucioso restauro do endereço que veio a abrigar a filial. A matriz, em Botafogo, também passou por um banho de loja. Paredes foram pintadas em tons de cinza e ganharam revestimento de pastilhas pretas. Nos dois pontos, para acompanhar o chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa), escolha entre as porções de filé aperitivo, aipim frito e queijo (R$ 48,50) e de costelinha de porco (R$ 38,00). Rua Voluntários da Pátria, 31, Botafogo, lojas C e D, 2266-3773, ? Botafogo (180 lugares). 15h/3h. Cc: todos. Cd: todos; Rua Professor Gabizo, 135, Tijuca, ☎ 3172-6734, ? Afonso Pena (400 lugares). 17h/2h (dom. a partir das 15h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 13,00). ? ↔ Aberto em 2011.

PONTO DA BOSSA NOVA. Um dos pioneiros da revitalização do trecho da Rua Domingos Ferreira conhecido como Baixo Copa, o estabelecimento, apesar do nome, abre espaço para outras vertentes musicais. Tem ambiente interno acolhedor, mas é na calçada que a maior parte das mesas se espalha. A freguesia se esbalda com chope Brahma (R$ 3,90 a tulipa). Dos drinques, ambos à base de vodca, o pearl harbor (R$ 12,00) leva licor de melão e suco de abacaxi e o green apple (R$ 12,00), licor de maçã verde e suco de maçã. Para beliscar, experimente as porções de carne-seca desfiada com aipim (R$ 32,00) ou de bolinho de bacalhau (R$ 27,00, dez unidades). Rua Domingos Ferreira, 215, lojas B e C, Copacabana, ☎ 2549-7597, ? Cantagalo (50 lugares). 12h/3h (seg. até 1h; fecha dom.). Cc: M e V. Cd: todos. www.pontodabossanova.com.br. Aberto em 2002.

QUIOSQUE DO PORTUGUÊS. À primeira vista, é mais um pavilhão fincado próximo à areia, mas basta uma espiada no cardápio para notar que o ponto é diferente da concorrência. Entre os pouco mais de vinte rótulos de vodca disponíveis estão preciosidades como a canadense Crystal Red, com garrafa em forma de caveira, e a texana artesanal Tito?s, que podem servir de matéria-prima para as caipvodcas. Se a mistura for à base de uma marca nacional, o preço parte de R$ 13,00, para delícias como a união de tangerina, gengibre e limão-siciliano. Para comer, escolha entre camarão empanado com catupiry (R$ 28,00) e croquete de mussarela com alho (R$ 22,00), ambos em porção de quinze unidades. Avenida Delfim Moreira, quiosque 5 (em frente à Rua José Linhares), Leblon, ☎ 8308-1373 (30 lugares). 8h30/20h (sex. e sáb. até 23h). ? ? ↔ http://quiosquedoportugues.blogspot.com. Aberto em 2002.

SALETE. Há mais de meio século em atividade, a casa tem duas marcas registradas: os azulejos azul e branco do salão e as criações à base de camarão em quantidade e tamanho generosos. Comece os trabalhos pela empada (R$ 3,30 a unidade) de massa amanteigada e o crustáceo no recheio. O mesmo ingrediente aparece no risoto (R$ 60,00), no pastel e, também para beliscar, é preparado ao alho e óleo (R$ 35,00 a porção). Para beber, escolha entre chope Brahma (R$ 4,30, 300 mililitros) e caipirinha de limão (R$ 8,00). Rua Afonso Pena, 189, Tijuca, ☎ 2264-5163, ? Afonso Pena (52 lugares). 11h/22h (sex. até 23h; sáb. até 20h; dom. até 18h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.restaurantesalete.com.br. Aberto em 1957.

SHENANIGAN?S. O pub irlandês tem um novo dono: o cearense Antonio Rodrigues, que comanda a rede Belmonte. Por ora, não deve passar por mudanças radicais. Para beber, há chope Guinness (R$ 14,00 a caneca de 300 mililitros), além de cervejas em garrafa long neck da Heineken (R$ 7,00) e da Sol Premium (R$ 8,50). O opulento drunk?n irishman?s sampler (R$ 39,00) traz batata frita ou assada com queijo e bacon, asinha de frango, filé-mignon em cubos, frango e cebola empanados, taco de frango ou carne. Mais singela, a porção de coxinha de frango frita ao molho barbecue ou de pimenta pode vir com dez (R$ 22,00) ou vinte unidades (R$ 28,00). Todos os dias há apresentações de banda de pop rock. Rua Visconde de Pirajá, 112, sobreloja, Ipanema, ☎ 2267-5860, ? General Osório (300 pessoas). 18h/2h (sex. e sáb. até 3h; dom. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 10,00 a R$ 25,00 (a partir das 20h). Aberto em 2000.

TASCA DO EDGAR. Com o apoio de dois novos sócios, o português Edgar da Costa, 84 anos, promoveu uma reforma radical na casa. O lugar reabriu as portas em setembro com chamativo painel colorido, uma das paredes pintada de vermelho e nova logomarca. No domingo, a caprichada feijoada de frutos do mar (R$ 60,00, para quatro; R$ 40,00, para dois) faz sucesso com pedaços generosos de polvo, lula, camarão e peixe. Entre os petiscos, vá de bolinho de aipim com carne-seca (R$ 15,00) ou linguiça calabresa (R$ 15,00) levemente picante. Ambos ficam bem ao lado do chope Brahma gelado (R$ 4,00 a tulipa) ou da saborosa caipirinha de lima-da-pérsia (R$ 8,50). Rua Alice, 34, Laranjeiras, ☎ 2558-9447 e 2225-0068 (72 lugares). 8h/1h (qui. a sáb. até 2h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2004.

00. Com novo horário de funcionamento, o point de agito moderninho abre espaço para noitadas mais calmas de segunda a quinta em seu amplo lounge ou na charmosa área ao ar livre. Entre os drinques da casa figuram o margherita fusion (R$ 21,00), feito de tequila, maracujá, mel de camomila, gotas de limão e sal, e o mojito red (R$ 17,00), que acrescenta suco de cranberry à tradicional base de rum, limão, hortelã e club soda. Da cozinha chegam comidinhas de toques contemporâneos servidas em tigela, como o camarão thai (R$ 20,00), grelhado e temperado com capim-limão, leite de coco e coentro, acompanhado de arroz basmati e cubinhos de abacaxi. Para beliscar, palitos de polenta frita ao molho de gorgonzola ou funghi (R$ 18,00). Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea, ☎ 2540-8042 (160 lugares). 19h30/1h (sex. a dom. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 40,00 (sex. a dom.). Estac. R$ 20,00. → ? ↔ www.00site.com.br. Aberto em 2000.

Fonte: VEJA RIO