ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

AL-FARABI. De olho no público da happy hour, o sebo começou a vender cervejas em 2007. Fez tanto sucesso que as oito marcas comercializadas inicialmente já ganharam a companhia de mais de noventa rótulos. É possível degustar uma das geladas no ambiente interno, que, apesar de repleto de livros antigos, não é empoeirado, ou na calçada em frente. Em constante renovação, a carta conta com a holandesa La Trappe Quadrupel (R$ 49,00, 750 mililitros), com 10% de teor alcoólico e coloração avermelhada. A versão escura da artesanal Paulistânia (R$ 11,00, 600 mililitros) é mais em conta. Para acompanhar, batata calabresa (R$ 10,40 a porção) ou sanduíche. O de salsichão branco com queijo mussarela custa R$ 13,80. Rua do Rosário, 30 e 32, Centro, ☎ 2233-0879 (100 lugares). 10h/22h (seg. até 16h; sex. e sáb. até 17h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.alfarabi.com.br. Aberto em 2004.

ADEGA CESARI. Na Cadeg, entreposto hortifrutigranjeiro em Benfica, fica de frente para o pátio onde se vendem flores. A estrela ali é a churrasqueira com capacidade para 62 espetos. Um dos carros-chefes, a picanha suína marca presença no churrasco misto (R$ 60,00, para três pessoas), ao lado de asas e sobrecoxas de frango, linguiça, costela e maminha de alcatra, além de batata frita, arroz, feijão, farofa de ovo e molho à campanha. O mesmo corte é o ingrediente do sanduíche de maior saída, servido no pão francês por R$ 10,00. Para beber, cervejas em garrafas de 600 mililitros das marcas Bohemia, Antarctica Original (R$ 6,50 cada uma), Skol, Brahma e Antarctica (R$ 5,50 cada uma). Rua Capitão Félix, 110, Avenida Central, 71 (Cadeg), Benfica, ☎ 3890-2038. 19h/16h (fecha dom.). Estac. (Grátis). Cc: D, M e V. Cd: todos.

AMBRE CUISINE. No casarão de decoração requintada, a mesa coletiva logo à direita de quem entra e as cadeiras de acrílico em tons de rosa emprestam colorido ao espaço. Dois bons exemplares da carta de drinques são o rabit martini (R$ 18,00), que mistura suco de laranja, cenoura, vodca, rum, sal, pimenta-do-reino e noz-moscada, e o citrus jack (R$ 20,00), feito de uísque, abacaxi, hortelã e Sprite. Bem seco, o croquete de queijo de coalho (R$ 21,00, quatro unidades) é acompanhado de melado. No ponto certo, a robata de mignon suíno, abacaxi grelhado e molho pesto (R$ 19,00) é outra pedida gostosa, assim como o escondidinho de batata-baroa e carne de cordeiro (R$ 23,00). Rua Visconde Silva, 21, Botafogo, ☎ 2286-6904 (68 lugares). 18h30/1h (sex. e sáb. 18h/2h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). → ? ↔ Aberto em 2011.

ARCO-ÍRIS DA LAPA. Uma pequena distância separa as duas unidades do movimentado bar da Lapa. A matriz, na Avenida Mem de Sá há cinquenta anos, é mais concorrida. Ponto de encontro e local propício para uma escala antes de seguir para uma das muitas casas de show ao redor, o boteco vive lotado. A lista de cervejas tem Skol (R$ 7,00), Antarctica Original e Bohemia (R$ 8,00 cada uma). Para forrar o estômago, escolha entre a linguiça aperitivo com mel (R$ 23,00) e o escondidinho (R$ 29,80) de camarão ou de carne-seca. Avenida Mem de Sá, 72, Lapa, ☎ 2253-8908 (120 lugares). 7h/2h (qui. a sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos; Rua do Lavradio, 202, Lapa, ☎ 2222-7278 (100 lugares). 7h/2h (qui. a sáb. até 4h; dom. 16h/2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1960.

ARAB DA LAGOA. O sucesso do quiosque comandado por Vivian Arab levou-a a abrir o restaurante Arab, na Avenida Atlântica. Às margens da Lagoa, ela serve de café da manhã a almoço. De noite entra em cena a música ao vivo de boa qualidade e repertório variado. Com recheio de camarão e pasta de grão-de-bico, o faláfel ganhou ares de acarajé (R$ 24,00 a porção com seis). Também vale a visita a linguiça de cordeiro acebolada (R$ 20,00). Para beber, são novidade os drinques que levam arak, um aromático destilado árabe. A bebida entra nas receitas de pêssego e semente de cardamomo, de pera e manjericão, de tangerina e hortelã e de amora e hortelã (R$ 17,00 cada uma). Avenida Borges de Medeiros, s/nº, quiosque 7 (Parque dos Patins), Lagoa, ☎ 2540-0747 (160 lugares). 9h/1h (sex. e sáb. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 6,00 (seg. a sáb. a partir das 20h; dom. a partir das 19h). ? www.restaurantearab.com.br. Aberto em 1998.

BAR DA PORTUGUESA. No ambiente espaçoso e para lá de despojado, grande parte da clientela prefere se acomodar em mesas do lado de fora. Preparados pela proprietária, a portuguesa Donzília Gomes, os salgadinhos são sensacionais. São feitos petiscos como pastel de camarão com catupiry e bolinho de aipim com carne-seca, a R$ 3,50 cada um. O bolinho de bacalhau custa R$ 3,60. Outra dica, a fritada do seu hélio (R$ 15,00) é preparada com o peixe em lascas ? o petisco concorre no festival Comida Di Buteco 2012. Servida aos domingos, a carnuda porção de torresmo (R$ 6,00) é imperdível. Para beber, cerveja das marcas Antarctica Original e Bohemia (R$ 5,50 a garrafa). Rua Custódio Nunes, 155, loja D, Ramos, ☎ 2260-8979 (70 lugares). 17h/0h (sex. até 2h; sáb. e dom. 11h/18h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto em 1972.

BARRIL 8000. Ponto de encontro de pagodeiros, atores e jogadores de futebol, a rede investe em uma farta programação musical. Na matriz, na Avenida Lucio Costa, as noites de sexta trazem a roda de samba comandada pelo grupo Molejo. O chope Brahma sai por R$ 4,00 e a torre, que leva 3,5 litros da bebida, custa R$ 55,00. Para aguentar a noitada, as batatas rosti são a melhor pedida. Entre as opções figuram os recheios de carne-seca com catupiry (R$ 36,00) e de camarão com catupiry (R$ 41,50), ambos em porções para duas pessoas. Os preços listados são os da matriz. Avenida Lucio Costa, 8000, Barra, ☎ 2433-1730 (100 lugares). 11h/3h (ter. e dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 e 20,00 (qua., sex. e sáb. a partir das 23h); Avenida das Américas, 500, bloco 6, loja 106, Barra (Shopping Downtown), ☎ 3153-7740 (300 lugares). 11h/3h (seg. até 16h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 7,00 a R$ 15,00 (qua., sex. e sáb. a partir das 20h). Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas); Avenida das Américas, 14835, Recreio, ☎ 3150-9050 (600 lugares). 11h/3h (sex. e sáb. até 4h; dom. e seg. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 6,00 a R$ 20,00 (ter. a partir das 21h; qua. a partir das 23h; qui. a seg. a partir das 20h30). www.barril8000.com.br. Aberto em 1997.

BOTECO COLARINHO. Destino certo para quem gosta de chopes diferentes. No total, são nove opções. O pilsen da Cidade Imperial (R$ 4,60 a tulipa) é o mais pedido, mas também é possível tomar o Opium, de fabricação própria (R$ 7,90, 300 mililitros). Feito com lúpulo checo, o Bamberg Camila Camila (R$ 6,90, 330 mililitros) tabela bonito com a recém-chegada empada aberta de frutos do mar (R$ 8,90). O camarão com catupiry empanado (R$ 7,90 a unidade) e o bolinho de feijoada (R$ 5,90 a unidade) também valem a pedida. Outra boa sugestão de tira-gosto é a cebola recheada de camarão (R$ 9,50) ou de carne-seca com catupiry (R$ 8,90). Pedida mais robusta, o contrafilé aperitivo na chapa com aipim e queijo custa R$ 34,90. Rua Nelson Mandela, 100, loja 127, Botafogo, ☎ 2286-5889, ? Botafogo (78 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

BOTECO DU CARVALHO. Um casarão do fim do século XIX, com agradável área ao ar livre, abriga o estabelecimento. No domingo o samba dita o ritmo e quarta é dia de futebol na TV. No rol de petiscos, são novidades a costela ao bafo (R$ 69,20, para três pessoas), guarnecida de batata portuguesa, e o filé-mignon no pão italiano (R$ 45,90). O programa fica completo com chope Brahma (R$ 4,20 a tulipa) ou os drinques recém-chegados na carta. Duas dicas: o brasil na áfrica, à base de Amarula, leite de coco e leite condensado (R$ 10,50) e o "chope" de pêssego, que, apesar do nome, é feito com vodca, suco de pêssego e espuma de mel, gengibre e limão (R$ 15,90). Às quartas, das 17h às 20h, a happy hour é regada a chope em dobro. Rua Visconde de Caravelas, 22, Botafogo, ☎ 3586-2223 (350 pessoas). 11h30/1h (sex. e sáb. até 3h). Segunda (30) a partir das 15h. Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 15,00 (dom., a partir das 19h). www.botecoducarvalho.com.br. Aberto em 2010.

BUXIXO CHOPERIA. Para dar conta da clientela, o endereço da agitação noturna nos arredores da Praça Varnhagen, na Tijuca, ganhou um boteco lateral, ampliando o complexo que já contava com choperia e boate no 2º andar. O chope da Brahma (R$ 3,70 a caldeireta) pode acompanhar petiscos como batata noisette com queijo gratinado e calabresa (R$ 28,00), casquinha de siri (R$ 19,00) e picanha de carne de sol com aipim e manteiga de garrafa (R$ 57,00, para três pessoas). Avenida Maracanã, 760, Tijuca, ☎ 2254-4565 (300 lugares). 17h/4h (seg. e ter. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Entrada na boate para mulheres: R$ 6,00 (qua.); R$ 10,00 (qui. a dom.). Entrada na boate para homens: R$ 15,00 (qua. a sáb.); R$ 18,00 (dom.). ?; Avenida das Américas, 17501, Recreio, ☎ 2490-5000. 16h30/4h (seg. e ter. até 0h; qua. até 1h; dom. 12h/0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 3,00. ? → www.buxixochoperia.com.br. Aberto em 2002.

CHAMPA. Inaugurada no fim de março, a nova champanheria na Barra abriga a clientela na agradável varanda à meia-luz e no pequeno salão de decoração elegante, com balcão de tijolos aparentes e parede pintada de violeta. Atração principal, a lista de pouco mais de cinquenta rótulos, entre marcas de champanhe e prosecco, é organizada por Marcos Fabrício e João Vicente Barros, ex-gerente da Ovelha Negra, casa do mesmo gênero em Botafogo. O chef Hugo Oliveira cuida do cardápio, que contempla de tira-gostos a pequenas porções, a exemplo do saboroso arroz de pato com chouriço português (R$ 25,00). Para sair da mesmice na hora de beliscar, são pedidas acertadas o suspiro de foie gras com geleia de frutas vermelhas (R$ 24,00, seis unidades) e o ceviche de camarão servido em espetinhos (R$ 28,00, oito unidades). Para acompanhar, há bons rótulos de espumante nacional, como o Casa Valduga Arte Tradicional Brut (R$ 47,00) e o Miolo Millésime Brut (R$ 117,00). Também na garrafa de 750 mililitros, entre os importados sobressaem o francês Première Bulle Premium Brut Cremant Chocolat (R$ 139,00) e o rosé italiano Le Casere Rossato Gran Cuvée (R$ 53,00). As opções em taça mudam a cada semana. Avenida Armando Lombardi, 633, loja 108, Barra da Tijuca (Shopping Market Street), ☎ 2493-1371 (60 lugares). 18h/0h (sex. até 1h; sáb. 19h/1h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

CHAMPANHARIA OVELHA NEGRA. No casarão de ambiente retrô, decorado com azulejos azuis e brancos, a happy hour é das mais concorridas. Da banheira antiga repleta de gelo saem garrafas do espumante nacional Santa Augusta (R$ 51,00), do Casa Valduga Brut 130 (R$ 88,00) e da marca da casa (R$ 54,00), combustíveis para a azaração. A lista de champanhes legítimos inclui Louis Perdrier Brut Rosé (R$ 88,00). A seleção de rótulos em taça varia a cada dia. Enxuta, a lista de tira-gostos dá conta do recado com quiche, nos sabores alho-poró, três queijos ou cebola, escoltada por salada verde (R$ 14,00), e tábua de salmão defumado, cream cheese e pepino em rodelas, acompanhada de pães preto e árabe (R$ 34,00). Para um lanche mais robusto, o sanduíche ovelha negra (R$ 15,00) traz filé, queijo provolone, rúcula, tomate seco e molho de iogurte no pão francês. Rua Bambina, 120, Botafogo, ☎ 2226-1064, ? Botafogo (90 pessoas). 17h30/0h (fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2005.

CLUBE DO TACO. Reduto tradicional de entusiastas da sinuca, conta com oito mesas de dimensões oficiais sobre o charmoso piso xadrez, em preto e branco. Os jogadores pagam R$ 15,00 por hora. Em respeito ao feltro das mesas, são oferecidas aulas aos iniciantes. Entre uma tacada e outra, os clientes bebem cerveja em garrafa das marcas Antarctica Original (R$ 7,00), Brahma, Skol e Antarctica (R$ 6,00 cada uma) e beliscam petiscos clássicos, como as porções de frango à passarinho (R$ 18,00), carne-seca acebolada com aipim (R$ 25,00) e calabresa flambada na vodca (R$ 20,00). Rua Barata Ribeiro, 655, loja E, Copacabana, ☎ 2255-4934 (30 lugares), ? Cantagalo. 14h/3h (dom. e seg. (30) 16h/1h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.clubedotaco.com.br. Aberto em 1980.

COMBINADO CARIOCA. Os belos azulejos de efeito côncavo nas paredes e o piso de ladrilho hidráulico foram escolhas acertadas. Mesmo a inevitável TV de plasma recebeu uma moldura escura que torna a sua presença mais discreta. Crocante, o bolinho de angu com rabada é vendido por R$ 4,00 (a unidade). Sequíssimo, o pastel de queijo (R$ 17,00, meia dúzia) também vale a pedida, assim como a saborosa linguicinha de cordeiro (R$ 26,00). Carro-chefe local, o combinado carioca (R$ 38,00) é alentado: reúne batata frita, salada de repolho, cenoura, costelinha de porco e galeto. Entre as bebidas, fique mesmo com o bem tratado chope Brahma (R$ 4,50 a caldeireta) ? uma câmara frigorífica conserva os barris sempre gelados. Rua Humaitá, 261, loja B, Humaitá, ☎ 3253-3210 (44 lugares). 8h/0h (seg. até 16h; sex. e sáb. até 2h). Cc: D, M e V. Cd: todos. → ? ↔ Aberto em 2011.

COSMOPOLITAN. Exibe decoração caprichada e segue a fórmula de boa parte dos bares do Centro: de dia serve almoço e no início da noite entra em cena a happy hour. Na quinta e na sexta, um DJ desfia seleção eclética que vai do pop ao hip-hop. Drinque preferido das moças do seriado Sex and the City, o cosmopolitan (R$ 18,00) é preparado com suco de framboesa, vodca Absolut e Cointreau. Outra opção para meninas, o kir royal (R$ 18,00) mistura espumante e licor de cassis. Servido na caneca (350 mililitros), o chope Brahma custa R$ 4,30. Entre os tira-gostos há croquetes picantes de carne (R$ 13,00, oito unidades) e espetinho de frango grelhado com molho teriyaki e farofa de alho (R$ 17,00). Rua da Assembleia, 13, Centro, ☎ 2220-9008, ? Carioca (80 lugares). 11h30/20h (qui. e sex. até 0h; fecha sáb. e dom.). Segunda (30) até 16h; fecha na terça (1º). Couvert art.: R$ 5,00 a R$ 12,00 (qui. e sex. a partir das 19h). Cc: todos. Cd: todos. www.cosmopolitanrio.com.br. Aberto em 2005.

DELIRIUM CAFÉ. Única franquia do pub de Bruxelas nas Américas, o endereço aumentou sua carta de cervejas: agora são oferecidos 380 rótulos de diversas nacionalidades. Das dez torneiras de chope ? em quatro as marcas se alternam ? jorra a bebida em versões como a belga Delirium Tremens (R$ 19,90, 300 mililitros), além das nacionais Therezópolis (R$ 9,90) e Colorado Indica (R$ 12,90). Do país de origem da marca Delirium, outra boa pedida é a St. Feuillien Grand Cru (R$ 29,90, 330 mililitros). Mais em conta, a alemã Weihenstephan Weiss custa

R$ 19,90 (500 mililitros). Novidade no cardápio, que ganhou consultoria de Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca, as asinhas de frango (R$ 24,00) vêm acompanhadas de dois molhos: um de redução de cerveja clara e outro, de escura. Também é ideia de Kátia o suculento hambúguer que leva o nome da casa (R$ 28,00), com 200 gramas de picanha, cheddar, alface e conserva de cebola no pão de malte, acompanhado de batatas rústicas. Rua Barão da Torre, 183, Ipanema, ☎ 2502-0029, ? General Osório (48 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: D, M e V. Cd: todos. Aberto em 2010.

DA GEMA. Alunos de gastronomia na Estácio de Sá, os quatro sócios resolveram arregaçar as mangas e tirar do papel o projeto de fim de curso: abrir um bar com alma carioca. A casa tem reproduções do calçadão de Copacabana e de painéis do profeta Gentileza. Inventivo, o cardápio está em constante transformação, mas já ostenta alguns clássicos, como o aipana (R$ 3,70 a unidade), um bolinho de aipim e banana recheado de linguiça e couve, de comer de joelhos. Outra pedida criativa é a empada de rabada (R$ 3,70 a unidade). O ninho de mafagafos (R$ 28,00) ? uma cesta de queijo parmesão recheada de lombo suíno, linguiça, bacon, mel e ratatouille ? é a porção concorrente do concurso Comida Di Buteco 2012. Além de garrafas de 600 mililitros de Antarctica Original e Bohemia (R$ 6,50 cada uma), a caprichada caipirinha (R$ 12,00) é servida nos sabores limão, maracujá, abacaxi, morango ou kiwi. Rua Barão de Mesquita, 615, lojas C e D, ☎ 2208-9414 (60 lugares). 12h/0h (qui. até 1h; sex. e sáb. até 2h; dom. até 21h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto 2009.

EMPÓRIO. Roqueiros de tribos e gerações variadas batem ponto por lá há décadas ? casais nasceram e se desfizeram nas mesas do casarão. No 2º andar, os shows são duplamente concorridos: o público prestigia e bandas fazem fila para tocar no pequeno palco. Marca registrada, o chope tango, misturado a groselha, custa R$ 5,50. A versão tradicional da Brahma (R$ 5,00) vai bem ao lado da tábua dos bruxos (R$ 29,00, com torrada de alho, pães, uma pasta, dois frios, dois queijos e um molho) ou da boa gama de porções, a exemplo da que traz cubos de frango empanado (R$ 22,00). Os shows acontecem sempre sexta e sábado. Rua Maria Quitéria, 37, Ipanema, ☎ 3813-2526 (92 lugares). 20h/4h. Cd: todos. Entrada para shows no 2º andar: R$ 10,00. Aberto em 1982.

ERNESTO. Da cozinha saem pratos típicos da culinária alemã, terra natal dos fundadores, o casal Ernest e Martha Mehler (eles inauguraram a casa original em 1936, na Rua Teófilo Otoni). Para petiscar, é bem-vindo o croquete de carne (R$ 16,40 a porção com quatro). Kassler ou joelho de porco (R$ 34,50 cada um), com direito a uma guarnição ? repolho-roxo, salada de batata ou batata salteada ?, são escolhas acertadas para fomes maiores. Incrementada, a carta de cervejas exibe mais de 100 rótulos. Merece atenção a belga Leffe, presente em suas cinco versões, com preços entre R$ 11,90 (a long neck da blonde e da brune) e R$ 26,90 (a long neck da tripel e da radieuse). Também tem chope da Brahma (R$ 5,30 a tulipa). Quarta é dia de voz e violão a partir das 19h. Largo da Lapa, 41, Lapa, ☎ 2509-6455 (160 lugares). 11h/0h (fecha dom.). Cc: A, D e M. Cd: todos. Couvert art.: R$ 8,00 (qua. a partir das 19h). www.barernesto.com.br. Aberto em 1993.

ESPETTO CARIOCA. Num discreto centro comercial da Barra, tem na churrasqueira a carvão sua razão de ser. É dali que saem quarenta tipos diferentes de espetinho, entre eles os tradicionais de frango (R$ 4,95) e carne (R$ 4,95). Camarão (R$ 6,50) e até chocolate (R$ 6,50) estão entre as opções. Para beber, garrafas de cerveja Antarctica Original (R$ 7,50, 600 mililitros) são a alternativa ao chope Brahma (R$ 5,00 a tulipa). Na filial do Recreio, domingo é dia de festa com DJ. Avenida das Américas, 11889, Barra (Flags Center), ☎ 2498-3316 (40 lugares). 17h/2h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Guilherme de Almeida, 67, Recreio, ☎ 2667-1241. 17h/2h (sáb. e dom. a partir das 12h). Entrada: R$ 5,00 a R$ 15,00 (dom. a partir das 19h30). www.espettocarioca.com.br. ↔ Aberto em 2010.

GALETOMANIA. Principal especialidade, como o próprio nome escancara, o galeto é sempre crocante. O simples vale R$ 15,20 e vem escoltado por farofa e molho à campanha. Também se encontra a carne da ave no hambúrguer batizado de burgaleto (R$ 14,60). Bebe-se chope Brahma (R$ 4,20 a tulipa). Rua Voluntários da Pátria, 448, lojas 16-A e 17-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2537-5733 e 2527-0616. 12h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora); Praça Varnhagen, 9, Tijuca, ☎ 2204-0444/0812 (400 lugares). 12h/3h. Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.galetomania.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 1995.

LAPA CAFÉ. Antes mesmo de se dar conta da variedade de cervejas listadas, o cliente vai notar curiosidades da decoração, como um Land Rover estacionado lá dentro e televisões antigas equipadas com monitores de LCD. Nas viagens de jipe, os proprietários, fãs de aventuras off-road, aproveitam para pesquisar novos rótulos ? resulta daí a carta com 820 marcas. Da Argentina vem a Antares (R$ 24,90, 660 mililitros), produzida com lúpulo da Patagônia. Do Paraná chega em caminhões refrigerados a Green Cow (R$ 29,90, 500 mililitros), medalha de ouro no Festival de Cerveja de Blumenau, edição 2012. As artesanais Sepultura e Blues Etílicos saem por R$ 22,90 cada uma, na garrafa de 600 mililitros. Em receitas aromáticas, a belga Lindemans (R$ 26,60, 375 mililitros) aparece nos sabores pêssego, cereja e framboesa. Para mastigar, a feijoadinha (R$ 12,00) é servida numa pequena cumbuca individual e os pastéis de angu (R$ 18,90, dez unidades) chegam à mesa recheados de bacalhau, camarão ou carne-seca. Avenida Gomes Freire, 457, Lapa, ☎ 3971-6812 (200 lugares). 11h/0h (fecha sáb. e dom. e ter. (1º). Cc: D, M e V. Cd: todos. → Aberto em 2009.

MANOEL & JUAQUIM. Precursor dos botecos de rede, é uma criação do autor e diretor teatral Abílio Fernandes. Ele começou no Engenho de Dentro na década de 90 e se espalhou pela cidade com decoração e cardápio irreverentes. Entre as pedidas mais apetitosas estão os bolinhos de mandioquinha com queijo de coalho (R$ 14,50, seis unidades) e a linguiça na régua (R$ 16,00, 1,5 metro). O chope é Brahma (R$ 3,90 a tulipa). Aviso: os preços podem sofrer variações de acordo com a filial. Rua Almirante Tamandaré, 77, Flamengo, ☎ 2556-7385, ? Largo do Machado (240 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos ? →; Rua Pernambuco, 384, Engenho de Dentro, ☎ 2592-5131 (124 lugares). 17h/1h (sex. e sáb. até 1h30; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Mais oito endereços. www.manoelejuaquim.com.br. Aberto em 1994.

MOFO. Na Lapa, funciona como bar no 1º andar e espaço para shows no 2º, com apresentações de terça a sábado e repertório de MPB e pop rock. Para subir paga-se entrada. O chope da Brahma (R$ 5,30) e drinques como o luiza (R$ 9,00), com cachaça, sorvete de creme, leite de coco e creme de leite, costumam regar o bate-papo em torno de porções de croquete de carne (R$ 18,00, dez unidades) e de linguiça frita e flambada na cachaça (R$ 25,00). Avenida Mem de Sá, 94, Lapa, ☎ 2221-9851 (80 lugares no 1º andar e 250 pessoas no 2º). 18h/2h30 (sex. e sáb. 4h30). Cc: M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 17,00 (ter. a qui. e dom. a partir das 20h); R$ 25,00 (sex. e sáb. a partir das 20h). www.mofolapa.com.br. Aberto em 2008.

ROTA 66. A aposta na culinária tex-mex encontrou boa acolhida e o negócio espalhou-se pela cidade. Hoje funcionam quatro filiais, além da matriz na Cobal do Humaitá ? que foi reformada e ampliada. Na parte etílica, drinques gigantescos fazem sucesso. À base de tequila, a taça de 2 litros de frozen de tangerina com morango (R$ 85,00) é novidade. Também tem chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa). A porção de nachos (R$ 22,00) chega à mesa acompanhada de queijo e molho salsa. Já o finger ribs, porção de costelinha suína servida no balde, custa R$ 26,00. Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 8-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-8487 (75 lugares). 11h30/2h30. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ↔; Avenida das Américas, 19019, 1º piso (Shopping Recreio), Recreio, ☎ 2025-1825 (180 pessoas). 11h30/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos; Rua Almirante João Cândido Brasil, 35, Tijuca, ☎ 2254-4219 (250 lugares). 11h30/2h30 (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → www.restauranterota66.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 2001.

TASCA DO EDGAR. Depois de uma necessária reforma, a casa do português Edgar Costa reabriu em setembro do ano passado com chamativo painel colorido. A iluminação fria foi substituída por outra mais suave e as mesas voltaram a ficar cheias. No domingo, a caprichada feijoada de frutos do mar (R$ 60,00, para quatro; R$ 40,00, para dois) é sucesso absoluto, com pedaços generosos de polvo, lula, camarão e peixe. Entre os petiscos, vá de bolinho de aipim com carne-seca (R$ 15,00) ou linguiça calabresa (R$ 15,00) levemente picante. Ambos ficam bem ao lado do chope Brahma gelado (R$ 4,00 a tulipa). Rua Alice, 34, Laranjeiras, ☎ 2558-9447 e 2225-0068 (72 lugares). 8h/1h (qui. a sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2004.

Fonte: VEJA RIO