Comer e Beber 2011

Os melhores bares para comemorar o aniversário

Selecionamos cinco estabelecimentos eleitos pelo guia Comer e Beber 2011

- Atualizado em

rota66_leomartins.jpg
rota66_leomartins.jpg | Crédito: Redação Veja rio

BOTECO DA GARRAFA. Nesta casa do cearense Antônio Rodrigues, o chope não tem vez. Na decoração, a parede de tijolos cria a atmosfera para se esvaziar cascos e mais cascos. Quando abriu as portas, exibia variedade maior de rótulos. Apesar da redução, ainda está disponível a uruguaia Norteña (R$ 16,00, 950 mililitros) e a alemã Franziscaner (R$ 13,90, 500 mililitros). Entre as nacionais, Brahma Extra e Serramalte (R$ 8,00 cada uma), que tabelam com croquete de carne (R$ 4,00 a unidade) ou pastel de picanha com molho barbecue (R$ 3,90 a unidade). Carro-chefe da rede Belmonte, também propriedade de Antônio Rodrigues, a empada aberta pode ser de siri (R$ 7,50 a unidade). Rua Bolívar, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2255-1680/3610, ? Cantagalo (70 lugares). 16h/1h (sex. até 3h; sáb. 15h/3h; dom. 12h/1h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Mem de Sá, 77, Lapa, ☎ 2507-1976 (160 lugares). 16h/3h (sex. e sáb. até 6h). Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/garrafa. Aberto em 2008.

BOTECO SALVAÇÃO. Na decoração, azulejos, imagens de santos e mesas com pés de ferro homenageiam os pés-sujos. No segundo andar ficam a mesa de sinuca e uma agradável varanda. O horário de funcionamento é adaptado para emendar com as festas nas vizinhas Casa da Matriz e Pista 3, pertencentes ao mesmo grupo. Pensados para essa turma que vai enfrentar uma noite longa, há combos como o que reúne seis latas de energético e uma garrafa de bebida destilada, como uísque Teachers (R$ 190,00). A carta de cervejas conta com rótulos artesanais nacionais, além das convencionais Itaipava (R$ 5,50) e Antarctica (R$ 6,70). São boas pedidas a Therezópolis Gold (R$ 11,20, 600 mililitros) e a Bamberg Pilsen (R$ 14,50 a long neck). Completam o clima de boteco singelo petiscos como porção de linguiça calabresa acebolada (R$ 20,50) e espetinho de queijo de coalho (R$ 10,50, duas unidades). O croquete de abóbora com carne-seca (R$ 7,90, duas unidades) é saboroso. Rua Henrique de Novaes, 55, Botafogo, 2226-9691 e 2539-0216 (150 lugares). 18h/2h (sáb. 20h/3h; dom. 13h/0h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. → beta.matrizonline.com.br/botecosalvacao. Aberto em 2008.

CHOPERIA BRAZOOKA. Lançado no extinto Bar da Ladeira, o sambaokê foi transferido para outro endereço do Grupo Matriz e agradou em cheio. Aspirantes a Zeca Pagodinho podem escolher um hit do repertório e cantar acompanhados de banda ao vivo. Quem prefere sossego pode ficar num dos outros três andares do amplo sobrado. Para molhar o gogó, além de chope Brahma (R$ 5,10 a tulipa), há uma boa carta de drinques, onde figura o mojito (rum, suco de limão, club soda e hortelã; R$ 9,50). Menos conhecido, o jegue louco (R$ 15,00) reúne vodca, catuaba e energético. A seleção de comidinhas traz linguiça calabresa acebolada (R$ 22,50) e rolinho primavera de abóbora com carne-seca e catupiry (R$ 24,50 a porção com oito). Também tem sardinha frita (R$ 24,60, oito unidades).

Avenida Mem de Sá, 70, Lapa, ☎ 2224-3236 (300 lugares). 18h/5h (qua. até 1h; qui. até 2h; fecha de dom a ter.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 10,00 (qua. e qui.) e R$ 20,00 (sex. e sáb.) www.matrizonline.com.br. Aberto em 2007.

ODORICO BAR. Imponente, o casarão na Tijuca andava em situação tão crítica que quase todas as suas 27 janelas de madeira haviam sido danificadas. A única bem conservada serviu de modelo para o minucioso restauro da construção de estilo eclético erguida nos anos 20, onde abriu a primeira filial do pé-limpo, após um ano e meio de reforma. A matriz, em Botafogo, passou por um banho de loja. As paredes foram pintadas em tons de cinza e ganhou revestimento de pastilhas pretas. Como convém nos botecos arrumados, há petiscos elaborados, a exemplo do crocante bolinho de polenta recheado de rabada e agrião (R$ 16,90, seis unidades). Entre as porções de filé aperitivo acebolado, aipim frito e queijo (R$ 48,50) e de costelinha de porco (R$ 38,00), a primeira é mais fornida. As mesas são abastecidas de chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) e cerveja em garrafa: a Antarctica Original custa R$ 7,50. Rua Voluntários da Pátria, 31, Botafogo, lojas C e D, 2266-3773, ? Botafogo (180 lugares). 15h/3h. Cc: todos. Cd: todos; Rua Professor Gabizo, 135, Tijuca, ☎ 3172-6734, ? Afonso Pena (400 lugares). 17h/2h (dom. a partir das 15h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 13,00). Aberto em 2011.

ROTA 66. Tudo começou há dez anos com um pequeno salão na Cobal do Humaitá. A aposta na culinária tex-mex encontrou boa acolhida e o negócio espalhou-se pela cidade. No fim de 2010, a maior filial da rede abriu as portas na Tijuca, com ampla varanda e pátio interno. É também a loja que fecha as portas mais tarde, impulsionada pelo movimento da Praça Varnhagen, e a única que trabalha com cascos de 600 mililitros de Antarctica Original e Bohemia (R$ 5,60 cada garrafa). Nos outros endereços, o carro-chefe são os drinques gigantescos. A caipivodca na jarra de 2 litros (R$ 70,00) pode ser de frutas vermelhas, kiwi, limão e outras. Também tem chope Brahma (R$ 4,20 a tulipa) e as cervejas mexicanas Dos Equis e Sol (R$ 7,00 a long neck). Para comer, costelinha de porco ao molho barbecue (R$ 24,00) ou linguiça flambada na tequila coberta com cebola e molho picante de tomate (R$ 21,00). Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 8-A (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-8487 (75 lugares). 11h30/2h30. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora) ↔; Rua Almirante João Cândido Brasil, 35, Tijuca, ☎ 2254-4219 (250 lugares). 11h30/2h30 (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.restauranterota66.com.br. Mais dois endereços. Aberto em 2001.

Fonte: VEJA RIO