ROTEIRO DA SEMANA

O melhor do bairro - Bares

Lojas, restaurantes, bares e boates que fazem a cabeça dos moradores da Barra

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

Bar do Oswaldo. É um dos balcões mais antigos do bairro. Foi aberto na época em que a Barra era um distante areal ao qual só se tinha acesso a partir da Zona Sul pela Estrada do Joá. Segue firme como ponto de encontro de jovens antes da noitada, em busca das adocicadas batidas de receita própria. As mais populares são as de maracujá, coco, caju e amendoim (R$ 6,00 cada uma). Também faz sucesso a de bombom e, recentemente, foi incorporada uma versão de açaí. Antes de se aventurar, é bom forrar o estômago com caldinho de feijão (R$ 6,00), carne-seca desfiada com aipim (R$ 24,90) ou espetinho de carne (R$ 13,90) acompanhado de farofa e molho à campanha. Outra pedida, a porção de linguiça custa R$ 16,90 e vem com cesta de pães. Aos sábados, o bufê de feijoada é servido por R$ 30,00. Estrada do Joá, 3896, ☎ 2493-1840 (160 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cd: todos. www.bardooswaldo.com.br. Aberto em 1946.

Bar 399. Mesas e cadeiras espalham-se pela varanda e pela calçada, protegida por uma amendoeira. Por ali circula a numerosa clientela, já que o pequeno salão é ocupado por cinco congeladores e o balcão. O nome do lugar é uma alusão ao antigo prefixo telefônico do bairro. No cardápio de tira-gostos encontram-se filé aperitivo ao molho madeira (R$ 33,00), salpicado com queijo gorgonzola e acompanhado de batata portuguesa e pão francês, e camarão empanado ao molho tártaro (R$ 32,00). Sequinhos, os pastéis (18,90, vinte unidades) chegam à mesa em porções mistas com recheios de feijão, abóbora com carne-seca, siri, camarão, palmito, frango com catupiry, carne e queijo de minas. Para beber, decida-se entre o chope da Brahma (R$ 3,50 a caldeireta), gelado no ponto certo, e curiosidades saborosas como a caipirosca de manga com pimenta (R$ 10,90). Avenida Olegário Maciel, 231, loja H, ☎ 3495-0690 (70 lugares). 17h/2h (dom. 16h/0h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2009.

Barril 8000. Ponto de encontro de pagodeiros, atores e jogadores de futebol, a rede investe em uma farta programação musical com foco no pagode e no funk. O chope Brahma sai por R$ 4,00 e a torre, que leva 3,5 litros da bebida, custa R$ 60,50. Para aguentar a noitada, as batatas rosti são a melhor pedida. Entre os sabores disponíveis figuram carne-seca com catupiry (R$ 36,00, para dois) e camarão com catupiry (R$ 41,50, para dois). Os preços listados são os da matriz, à beira-mar. Avenida Lucio Costa, 8000, ☎ 2433-1730 (100 lugares). 11h/3h (ter. e dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 e 20,00 (seg., qua., sex. e sáb. a partir das 23h); Avenida das Américas, 500, bloco 6, loja 106 (Shopping Downtown), ☎ 3153-7740 (300 lugares). 11h/3h (seg. até 16h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 7,00 (a partir das 20h). Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). Aberto em 1997.

Beertaste. Um tanto discreta, dentro de um shopping da Barra, a casa exibe nas estantes a sua especialidade: a cerveja. O assunto é tratado com paixão por um dos sócios, Léo Oliveira, que tem tatuados os rótulos de suas preferidas. Sempre a postos, ele fica à disposição para dar dicas à clientela. A happy hour das quartas tem um motivo para ser tão concorrida: é quando se abre o barril de chope importado da semana. Costumam passar pelas torneiras os belgas Maredsous, Tripel Karmeliet e La Trappe. Encontram-se por lá com certeza as marcas Guinness (R$ 19,90) ? às terças, na compra de dois copos de 500 mililitros, o terceiro é grátis ? e Stella Artois (R$ 7,90 a taça). Entre as geladas disponíveis, destacam-se também a escocesa Brew Dog Punk IPA (R$ 21,90, 330 mililitros) e a checa Pilsner Urquell (R$ 25,90, 500 mililitros). É um dos únicos lugares da cidade que exibem a raríssima Sam Adams Utopia. Com quase 30% de teor alcoólico, ela só pode ser admirada, pois não está à venda. O cardápio de tira-gostos ganhou reforço de terrine de cordeiro com pistache acompanhada de torrada (R$ 17,90) e sanduíche de pastrami com queijo gouda no pão ciabatta (R$ 17,90). Completa o programa a música ambiente, com repertório de blues e rock clássico. Avenida das Américas, 700, bloco 8, loja 117-E (Shopping Città America), ☎ 2494-9136 (45 lugares). 12h/22h (qui. a sáb. até 0h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). www.beertaste.com.br. Aberto em 2008.

Bossa Nova. Com o sambista Jorge Aragão entre seus sócios, o lugar aposta na carioquice: o piso de pedras portuguesas reproduz o calçadão de Copacabana. No entanto, o que virou marca registrada é um colorido painel geométrico. Para acompanhar a programação musical, só interrompida em dias de jogos de times cariocas, há bem fornidas porções de carne de sol acebolada com aipim frito e farofa (R$ 36,50) e de bolinho de siri (R$ 18,00, doze unidades). Combinados também são dicas acertadas. O lapa leva à mesa picanha defumada, bolinho de aipim com carne-seca, provolone à milanesa e polenta frita (R$ 40,50). Tanto o chope na caldeireta (R$ 4,20) quanto a cerveja long neck (R$ 4,70) são da Itaipava Premium. A casa também tem filiais em Jacarepaguá, perto do condomínio Rio 2, na Lapa e em Nova Iguaçu. Avenida Marechal Henrique Lott, 120, lojas 104 a 106 (Parque das Rosas), ☎ 3325-5991 (250 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.bossanossa.com. Aberto em 2007.

Botequim Informal. Uma das marcas da rede é o chope Brahma tirado de duas torneiras ? de uma jorra o líquido, da outra, a espuma para o colarinho ?, servido por R$ 4,90 (caldeireta). Madeira e tijolos aparentes formam o ambiente de praticamente todas as filiais. Jarras de 1,5 litro de caipirinha, nos sabores limão, morango, lima-da-pérsia ou abacaxi, podem ser preparadas com vodca (R$ 49,90) ou cachaça (R$ 39,90). Delicie-se com linguiça caipira acebolada (R$ 25,50), na companhia de torradinhas de alho e alecrim, ou coxinha de galinha recheada de frango e catupiry (R$ 8,00 a dupla). Para quem gosta, o jiló frito (R$ 8,90 a porção) é um achado. Avenida das Américas, 5000, lojas 119 e 120, ☎ 2408-3105 (200 lugares). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). www.botequiminformal.com.br. Aberto em 2011.

Café Etílico. Uma guitarra luminosa na porta deixa claro a especialidade local: música ao vivo, do rock à MPB, que costuma atrair um público acima dos 30 anos. O som rola de terça a domingo. No interior, o verde nas paredes confere cara de pub ao endereço. Para beliscar, a sugestão mais apreciada é o salgadinho misto (R$ 25,00), que reúne quibe, croquete, bolinha de queijo, coxinha e aipim recheado de cheddar. A picanha fatiada ao molho de ervas (R$ 37,00) também faz sucesso. Antes de pedir o chope Sol (R$ 5,80, 300 mililitros), consulte a carta de drinques. O mais original deles leva o nome da casa e mistura espumante com café (R$ 12,00). Outras dicas são piña colada (R$ 13,00; rum, abacaxi, leite condensado e leite de coco) e soda italiana, sem bebida alcoólica (R$ 7,00; grenadine e água com gás). Avenida das Américas, 7380, loja A (Centro Comercial Rio Mar), ☎ 2490-1684 (230 lugares). 19h/1h (sex. e sáb. até 4h; dom. até 0h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 10,00 a R$ 15,00 (ter. a qui. e dom.); R$ 20,00 a R$ 25,00 (sex. e sáb.). www.cafeetilico.com.br. Aberto em 1997.

Cervantes. Por causa da fama conquistada pela matriz, em Copacabana, seu balcão tornou-se porto seguro para os notívagos que apreciam um bom sanduba, feito em velocidade impressionante e com quantidade generosa de recheio. É o caso do pernil com abacaxi (R$ 13,00), servido em pão de leite caseiro, incluído na lista das iguarias cariocas para provar antes de morrer, em consulta realizada por VEJA RIO com cinquenta personalidades do ramo culinário. Outras dicas são o filé com queijo e abacaxi (R$ 20,00) e o cervantes especial (R$ 20,00), de filé-mignon, patê e abacaxi. Escolhido o sabor, não deixe de provar o bem tirado chope Brahma (R$ 5,00 a caldeireta). Avenida Ayrton Senna, 3000, loja 2068 (Shopping Via Parque), ☎ 2421-1068 (180 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 5,00 por uma hora); Avenida das Américas, 5777, loja 112 (Comercial Park Palace), ☎ 2438-1458 (200 lugares). 12h/4h (fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.restaurantecervantes.com.br. Aberto em 1955.

Devassa. Com quase dez anos de vida, a rede carioca prospera no bairro: há por lá quatro unidades, uma delas uma versão grã-fina no Rio Design Barra. Na decoração das demais lojas, na praia, no Jardim Oceânico e no New York City Center, sobressai o ladrilho hidráulico preto e branco com desenho de palmeira. Em qualquer das casas, o forte é o chope de fabricação própria, que custa entre R$ 5,20 e R$ 8,30, dependendo do estilo. Uma pedida substanciosa é a porção porteña (R$ 54,95), reunião de picanha fatiada, batata frita, farofa de bacon, alho assado, cebola frita e molho à campanha. Mais singela, a linguiça calabresa é fatiada e flambada na cachaça com cebolas salteadas (R$ 21,95). Avenida Lucio Costa, 3460, lojas 101 e 103, ☎ 2496-8989 (160 lugares). 12h/2h (qui. a sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. Rua Olegário Maciel, 130, loja C, ☎ 2493-3028 (100 lugares). 12h/0h (qui. até 1h; sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.devassa.com.br. Mais dois endereços no bairro. Aberto em 2002.

Empório Park. É o novo nome da Pizzaria Chopp Park, que surgiu há quinze anos na Rua Olegário Maciel. A matriz fechou em 2010, mas o ponto no Shopping Downtown se manteve aberto, amparado pela tradicional, e calórica, combinação de pizza e chope. O rodízio (R$ 19,90, segunda a quinta, R$ 24,90, sexta a domingo), atração principal, oferece mais de quarenta variedades. Fora as coberturas mais conhecidas, aparecem invencionices, como a mexicana (molho de tomate, cheddar, carne moída, alface, tomate picado e cebola), e sabores doces. Para fazer as vezes de sobremesa, as versões de chocolate e a banana com canela disputam a preferência da freguesia. Também é possível fazer o pedido à la carte. Nessa lista, a chopppark leva tomate, alcaparra e queijo parmesão (R$ 35,00). A tulipa de chope Brahma vale R$ 4,60. Avenida das Américas, 500, bloco 21, loja 128 (Shopping Downtown), ☎ 2492-1660 (200 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h).Cc: D, M e V. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). ? www.pizzariachopppark.com. Aberto em 1995.

Espetinho & Etc. Tradição banida das ruas, como um dos vilões do choque de ordem, o churrasquinho no espeto ganhou um endereço quase só para ele. São oferecidas 24 sugestões preparadas na brasa, servidas ao lado de farofa e molho à campanha. Em meio à lista variada, mas trivial, uma pedida surpreendente é o saboroso enroladinho de carne recheado de queijo (R$ 6,50, o mesmo preço da sugestão de medalhão de carne). A parte dedicada a carnes nobres tem versões de picanha, cordeiro e filé-mignon (R$ 8,00 cada um). Fora do palito, encontram-se pão de alho (R$ 4,50) e o galetinho seco e crocante (R$ 10,00). O cardápio etílico é econômico. Dedique-se ao gelado chope Brahma (R$ 4,50 a caldeireta) ou à caipirinha de limão (R$ 9,00). Avenida Armando Lombardi, 800, loja 100 (Condado de Cascais), ☎ 2135-0762 (20 lugares). 11h30/0h (seg. até 19h; sáb. e dom. a partir das 14h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

Guetto. Uma acertada decisão de seus proprietários foi abolir a fachada, eliminando a parede entre o salão e a varanda, para aproveitar a localização privilegiada, diante da Praia da Barra. Parte das mesas e das cadeiras fica sob a sombra de uma frondosa amendoeira. No comando das caçarolas está o chef Otto Borges, que já prestou consultoria para casas como 00, Devassa, Bar Luiz e Adegão Português. Frutos do mar marcam presença no cardápio de petiscos, que traz camarão empanado (R$ 37,80 a porção), acompanhado de triviais molhos tártaro e golf (à base de maionese, ketchup e conhaque), e panelinha de siri com torradas gratinadas (R$ 17,90). Para quem não dispensa carne vermelha, a aposta é nos cubos de mignon salteados no molho rôti com bacon, cebola e batata gratinada (R$ 34,50). Para beber, vá de chope Brahma (R$ 3,50 a caldeireta). Servida de sexta a domingo, a feijoada custa R$ 26,50 por pessoa. Avenida Lucio Costa, 1976, lojas D e E, ☎ 2495-7610 (85 lugares). 12h/2h (fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. ? Aberto em 2011.

Izii Bar. Repleto de boates, o trecho da Avenida Armando Lombardi na margem oposta ao condomínio Condado de Cascais atrai mais de 5?000 jovens a cada fim de semana. Trata-se de um público ávido por bebericar e jogar conversa fora antes de partir para a pista de dança. O Izii é uma opção para antes da noitada. Portanto, não se deve esperar muito mais do que isso do estabelecimento de ambiente simples e com mesas ao ar livre. Há uma correta caipirinha de limão (R$ 10,90) e quase toda a linha de cervejas Itaipava, entre elas a versão premium (R$ 6,90, 600 mililitros). Um item curioso é o suco de cranberry em caixa de 1 litro, vendido ao lado de uma garrafa de vodca Smirnoff, por R$ 79,00, ou Ketel One, a R$ 145,00. A seleção de espetinhos cai bem. Escolha entre o de filé-mignon (R$ 7,50) e o de coração de galinha (R$ 5,50), ambos com farofa e molho vinagrete. Entre 18h e 21h tem dose dupla de bebida. Avenida Armando Lombardi, 949, loja I, ☎ 3586-2265 (130 lugares). 18h/3h (sex. e sáb. até 6h; dom. a partir de 16h; fecha seg. e ter.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

Jota.Ó. É comandado por jovens moradores do Jardim Oceânico (daí o nome). Faz da calçada uma extensão do salão, que atrai o pessoal na faixa dos 20 anos. Um painel em preto e branco e uma prancha são os únicos itens da decoração interna, ao lado das geladeiras de cerveja e das TVs que exibem vídeos de surfe. O despojamento não se estende ao cardápio, recheado de opções elaboradas. Na seção de petiscos leves, destacam-se o ceviche de peixe branco (R$ 21,00 a taça), marinado no limão-siciliano, com cebola-roxa, pimentões e coentro, e um surpreendente espetinho de melancia, queijo de coalho, tomate e manjericão (R$ 8,90). Para quem não abre mão de fritura, a dica é o bolinho de arroz arbóreo recheado de queijo e orégano (R$ 16,90, seis unidades). Garrafas de 600 mililitros de Bohemia e Heineken (R$ 5,50 cada uma) estão entre as mais pedidas. Os drinques de frozen (R$ 13,90) são boa aposta. Experimente o 7 Star (de vodca, morango, limão e gengibre), campeão de vendas. Avenida Olegário Maciel, 231, loja F, ☎ 2135-3331/3332 (240 pessoas). 11h30/3h (seg. até 17h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ Aberto em 2011.

Na Pressão Choperia. Sucesso no Parque das Rosas, a loja cresceu e a marca se tornou uma rede com outros três pontos em shoppings, entre eles o Downtown. Fazem a alegria dos marmanjos as TVs de tela plana que transmitem jogos de futebol. A bandeira de chope Brahma foi trocada pela da Devassa Bem Loura, que chega às mesas na caneca chamada ?zero grau? (R$ 6,10), na tulipa (R$ 4,80) e no copo garotinho (R$ 3,70). Abra os trabalhos com uma das três opções de bolinho (R$ 9,00, três unidades) ? bobó de camarão, batata-baroa com calabresa e abóbora com carne-seca. É sugestão mais fornida o filé-mignon com queijo na chapa acompanhado de aipim frito (R$ 36,00). Avenida Marechal Henrique Lott, 120, loja 103 (Parque das Rosas), ☎ 3325-5975 (520 lugares). 16h/2h (sex. até 3h; sáb. 12h/3h; dom. a partir de 12h). Cc: todos. Cd: todos. ?; Avenida das Américas, 500, bloco 6, lojas 120 e 121 (Shopping Downtown), ☎ 2493-2062 (600 lugares). 17h/2h (sex. até 3h; sáb. 12h/3h; dom. a partir de 12h). Cc: A, M e V. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). ? Mais dois endereços no bairro. www.napressaochopperia.com.br. Aberto em 1995.

Papo de Bar. Móveis, paredes e balcões de madeira conferem aconchego ao lugar, comandado pelo gaúcho Beto Ilha. Parte dos tira-gostos servidos no rodízio (R$ 25,90) é preparada na churrasqueira. Vêm de lá, entre outras dicas, maminha, linguiças de porco e frango, salsichão e pão de alho. Recheado de queijo e manjericão, o bolinho de risoto (R$ 17,90, seis unidades) é uma alternativa ao bolinho de bacalhau (R$ 16,90, três unidades). O departamento etílico conta com a cerveja argentina Quilmes (R$ 4,90 a long neck) e caipivodca de tangerina com pimenta-rosa (R$ 12,00), além do chope Brahma (R$ 4,20). Avenida das Américas, 500, bloco 21, loja 133 (Shopping Downtown), ☎ 3982-2060 (100 lugares). 12h/2h (seg. até 16h; ter. e qua. até 0h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas).www.papodebar-rio.com.br. Aberto em 2007.

Quiosque Oxumaré. Nascido no dia de Oxumaré, o proprietário Newton da Silva, mais conhecido como Buka, organiza programação especial em certas efemérides. Todo 13 de maio tem feijoada de Preto Velho; em 24 de agosto celebra-se o dia do orixá que batiza o lugar, e no 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, tem roda de samba. O pavilhão é frequentado por bambas como Arlindo Cruz, Beth Carvalho, Marcelo D2, Zeca Pagodinho e Seu Jorge. O peixe frito com salada de alface e tomate (R$ 35,00) é a especialidade mais procurada. Para beliscar, escolha entre gurjão de peixe (R$ 35,00 a porção), bolinho de bacalhau (R$ 15,00, quinze unidades) e filé aperitivo com batata frita (R$ 30,00). A casa vende apenas cerveja em lata das marcas Brahma, Skol e Antarctica (R$ 3,00 cada uma), além de Itaipava (R$ 2,50). Avenida do Pepê, quiosque 10B (em frente ao número 1234), ☎ 2483-8530 (40 lugares). 8h/18h (sáb. e dom. até 21h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1976.

Rosa Chopp. Reduto de moradores do condomínio vizinho Parque das Rosas, é mais um endereço do bairro a apostar nas batatas rosti e no rodízio de pizzas. Da primeira lista são oferecidas mais de dez variedades ? a campeã de pedidos é a batata com camarão e catupiry (R$ 29,00). O rodízio é servido todos os dias entre 18 horas e meia-noite. Traz sabores salgados, como o rosa chopp (mussarela, presunto, cogumelo, manjericão e óregano), e doces, a exemplo do romeu e julieta (mussarela, goiabada e catupiry), por R$ 20,90. Para beber, a saída é o chope Brahma. O canecão de 400 mililitros (R$ 7,10) vem revestido por uma capa de gel para conservar a temperatura. No cardápio de tira-gostos, o carro-chefe é o filé aperitivo ao molho gorgonzola com pão de alho (R$ 38,00). Avenida Marechal Henrique Lott, 120, lojas 101 e 102 (Rosa Shopping), ☎ 3325-8336 (500 lugares). 17h/2h (sex. até 3h; sáb. 11h/3h; dom. a partir das 11h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. no shopping (R$ 3,00 por uma hora). www.rosachopp.com.br. Aberto em 1996.

Skipper. Na antiga pizzaria em Búzios, as noites costumavam terminar com luz baixa e uma pista de dança improvisada. Na Gávea, o clima de boate era assumido. Depois de batizar dois points que viveram seu auge nos anos 90 e fecharam as portas em 2002, o misto de bar e pizzaria funciona no Jardim Oceânico desde fevereiro. Antes estendido madrugada adentro, o horário de funcionamento chega, no máximo, até as 2 da madrugada, isso na sexta e no sábado. A decoração se inspira no mar, com uma rede de pesca e cordas de amarração, e no mezanino fica a mesa de sinuca (R$ 10,00 por meia hora). No cardápio, as pizzas continuam firmes e figuram ao lado de petiscos como a porção de linguiça recheada de provolone (R$ 25,90). Resgatada do antigo menu, a redonda de gorgonzola, aipo e nozes (R$ 34,90) é uma acertada mistura. De terça a quinta e no domingo, há a opção do rodízio por R$ 19,90. Na sexta e no sábado o serviço custa R$ 24,90. A focaccia aparece na sua versão convencional (R$ 18,00) ou com queijo grana padano (R$ 28,00). Completam o programa rodadas de chope da Brahma (R$ 3,50 a tulipa). Avenida Érico Veríssimo, 952, ☎ 3116-4112 (220 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 2h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ? ? Aberto em 2011.

Sportv Point. Comes, bebes e pancadaria na TV. Indigesta para uns, a combinação é uma das atrações principais deste espaço, que ferve nos dias de transmissão das lutas de MMA. Quando estão na cidade, as estrelas do ringue Anderson Silva e Rodrigo Minotauro costumam bater ponto por lá. Parte da varanda é reservada a uma área VIP, com sofá e telão 3D de 55 polegadas. Nove mesas têm monitores de 15 polegadas, em que é exibida a programação do canal que dá nome ao estabelecimento, além das opções de pay-per-view. Influência do gerente-geral João Davies, antigo dono do Guapo Loco do Leblon, os tira-gostos mexicanos são pedidas corretas. Porções de nachos (R$ 23,90), com queijo cheddar e cubos de tomate, salsa e cebolinha, e de quesadilla recheada de queijo com tomate, cebola e molho sour cream (R$ 23,90) caem bem com a frozen margarita (R$ 16,50 a taça), de tamanho generoso. No sportv mix (R$ 33,90), a quesadilla aparece ao lado de três mini-cheeseburgers e de anéis crocantes de cebola empanados. Bem gelado, o chope Brahma pode ser servido na caldeireta (R$ 3,50) ou na caneca a zero grau (R$ 5,50). Avenida Érico Veríssimo, 821, ☎ 3259-6382 (120 lugares). 17h/3h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. Manobr. R$ 10,00. Aberto em 2010.

T-Lounge. Confortáveis poltronas e mesas baixas compõem o ambiente requintado do bar do hotel Sheraton Barra, um endereço dedicado ao jazz e à bossa nova. Há cinco aperitivos mais autorais, com destaque para o pink sheraton, que mistura vodca, suco de uva e Sprite (R$ 19,00), e para o portal tonic (R$ 19,00), à base de vinho do Porto branco, limão, hortelã e água tônica. Quem prefere cerveja pode ficar com garrafas long neck de Bohemia, Cerpa (R$ 9,00 cada uma) e Heineken (R$ 12,00). Os belisquetes se inspiram na culinária espanhola. Assado, o espetinho de frango com cebola e pimentão custa R$ 21,00. Duas opções de frutos do mar também podem agradar: o trio de camarões empanados recheados de queijo cremoso (R$ 49,00) e a porção de polvo com batatas (R$ 28,00). Avenida Lucio Costa, 3150, térreo (Sheraton Barra Hotel & Suítes), ☎ 3139-8066 (44 lugares). 8h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2003.

Fonte: VEJA RIO