COMER & BEBER

Melhor para ir a dois: Bar do Horto

- Atualizado em

Pela segunda vez consecutiva, a casa fatura o prêmio na categoria. Deixou para trás o praiano Azul Marinho em disputa voto a voto. Não exibe vista para o mar de Ipanema, como o segundo colocado, mas tem suas compensações. De lá é possível apreciar outra paisagem impecável: as árvores centenárias da aleia amazônica do Jardim Botânico. Cogitado para servir de cenário de Insensato Coração, a última novela das 9, o bar foi preterido por causa de sua atmosfera por demais pacata, ou seja: perfeita para visitar a dois. De um ano para cá, a decoração mudou um pouco, mas manteve o estilo kitsch. Cada detalhe é extremamente colorido: as paredes são revestidas de papel de presente e garrafas PET fazem as vezes de luminárias. Nem uma peça do Cristo Redentor escapou de receber penduricalhos. Sob a bênção desta e de outras imagens ecumênicas, casais podem trocar olhares apaixonados em sossego, enquanto saboreiam o kir royal (espumante e licor de cassis; R$ 16,00) ou criações próprias, como o citrus (vodca, Cointreau e sucos de abacaxi e laranja; R$ 16,00). Na seção de petiscos, há barquete de bacalhau gratinado (R$ 29,00, sete unidades) e filé aperitivo de avestruz ao curry (R$ 40,00). Marca do lugar desde os tempos em que se chamava Da Graça, o bolinho de aipim com ovas (R$ 33,00, sete unidades) segue fazendo sucesso. Quem não dispensa cerveja encontra a Therezópolis Gold (R$ 14,00, 600 mililitros). As noites de sexta são embaladas pelo romantismo de Zé do Acordeon, simpática figura capaz de tocar de Beatles e Los Hermanos a clássicos regionais.

Rua Pacheco Leão, 780, Jardim Botânico, ? 3114-8439 (60 lugares). 12h/2h (fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 9,00 (sex. a partir das 21h). ? www.dohorto.com.br. Aberto em 2010.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO