FÉRIAS

Diversão todos os dias

O dilema é comum aos pais que voltam ao trabalho na segunda (2) e aos que permanecem de folga: o que fazer com as crianças enquanto as aulas não começam? Se você só lembra da praia ou da piscina, não se preocupe. Listamos 31 atividades que vão ajudar a entreter a garotada neste verão

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ferias-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O ano terminou, a maioria dos adultos volta aos seus afazeres habituais, mas eis que as crianças seguem de férias, ainda com um mês inteiro e mais um pouco para curtir a vida longe dos bancos escolares. É neste momento que uma preocupação invade a cabeça dos pais, tanto os que estão de folga como os que já voltaram à labuta: o que fazer para ocupar o tempo livre dos anjinhos? Como bem sabe quem tem filhos, uma escolha ruim nessa hora é o suficiente para se meter em uma enorme roubada. Para ajudar na tarefa, VEJA RIO selecionou 31 atividades que podem complementar ou substituir o banho de mar e de piscina. Parte da programação já pode ser aproveitada a partir da próxima terça (3), mas há diversas atrações que só estarão disponíveis mais adiante - este, portanto, é um guia que merece ser guardado. Em qualquer dos casos, vale o aviso: muitas sugestões, a exemplo das colônias e oficinas, têm vagas limitadas. Ou seja, convém não deixar a inscrição para depois. Para não ficar ninguém de fora, a lista abrange todas as faixas etárias, inclusive bebês. Há programas voltados basicamente para os meninos, como a escolinha de futebol do Barcelona, e outros predominantemente femininos, entre eles cursos de balé. Alguns convidam a criança a bancar o explorador, a exemplo dos passeios na Floresta da Tijuca. Outros, a exercitar suas habilidades culinárias, ou desvendar as constelações do céu. E também tem cinema, teatro, passeios, exposições, tudo para garantir a diversão dos pequenos e, ao mesmo tempo, o sossego de pais e mães.

NATUREZA

ferias1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

SUBINDO PELAS ÁRVORES

Crianças que gostam de desafiar o perigo se sentirão em casa no Lagoa Aventuras, que funciona no Parque da Catacumba. Há um circuito de atividades radicais, com caminhadas sobre a copa das árvores, o chamado arvorismo, e uma tirolesa de 15 metros de altura, com "intermináveis" dez segundos de percurso. A empresa oferece também opções de miniparedões a quem já tem 4 anos de idade. Há estacionamento no local, mas a capacidade é pequena. É melhor ir de táxi. ☎ 4105-0079.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: entre 50 e 150 reais

ferias2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

NA GRUTA DOS MORCEGOS

A equipe da Moleque Mateiro costuma agregar às caminhadas pela Floresta da Tijuca atividades didáticas, lúdicas e ecológicas. No Circuito das Grutas, por exemplo, a graça está no jogo batizado de Caça ao Tesouro, no qual pistas são espalhadas pelas trilhas. Há também uma parada obrigatória num viveiro de morcegos, onde as crianças devem fazer silêncio total para poder ouvir o barulho dos bichos. ☎ 9923-0325 e www.molequemateiro.com.br.

Idade: a partir de 7 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: entre 50 e 150 reais

UM DIA NA FAZENDA

A cerca de 50 quilômetros do Centro, numa área de 30 000 metros quadrados em Vargem Grande, a Fazendinha Estação Natureza é um parque onde ficam soltos patos, perus, galinhas e bodes. Ali, as crianças alimentam bezerros com mamadeiras, ordenham vacas, andam a cavalo e dão banho em porcos. Além disso, há uma horta e um pomar, onde meninos e meninas observam como nascem e crescem alguns vegetais que eles só costumam ver no prato. ☎ 2428-3288 e www.estacaonatureza.com.br.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: até 50 reais

SURFE A REMO

O professor de educação física Claudio Mello, da Rio Wind, dá a dica: "O stand-up paddle é um esporte que desenvolve o equilíbrio e melhora os reflexos". Trata-se, grosso modo, de um surfe a remo. Em aulas na Lagoa de Marapendi e na Praia da Barra, profissionais de sua equipe dão primeiro uma parte teórica, que engloba a apresentação dos equipamentos, e depois vem a fase da falsa remada, ainda na areia. Finalmente, todos vão para a água, de pé na prancha. ☎ 9106-1045 e www.riowind.com.br.

Idade: a partir de 10 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: entre 150 e 300 reais

CULTURA

ferias3.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

ROSSINI À BRASILEIRA

A Borralheira, uma Opereta Brasileira promete ser uma das principais atrações para a garotada que está de férias. A peça, que estreia no dia 21 e fica até março no Teatro Oi Casa Grande, é um projeto da mesma trupe da elogiada montagem O Barbeiro de Ervilha. Ambos os espetáculos, inspirados em óperas do italiano Rossini, tiveram suas histórias adaptadas para o universo brasileiro. A heroína da trama atual vive no sertão mineiro, com elementos que evocam a linguagem de Guimarães Rosa e o barroco. ☎ 2511-0800.

Idade: a partir de 5 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: entre 50 e 150 reais

CINEMA ANIMAL

Em janeiro, quatro blockbusters estrelados por bichinhos estarão em cartaz. Três deles já se encontram em exibição desde o início do verão: Happy Feet 2 (com pinguins), Os Muppets (protagonizado pelo sapo Kermit) e Gato de Botas (no qual o ator Antonio Banderas dubla o felino). Com estreia prevista para o dia 6, junta-se a estes Alvin e os Esquilos 3, que mostra os roedores cantantes aprontando confusões em um cruzeiro marítimo. Confira o roteiro na seção Cinema.

Idade: a partir de 6 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

PLATÃO, EINSTEIN E VOCÊ

Em meio a velhos aparelhos de telefone, listas e computadores jurássicos expostos no Museu das Telecomunicações, no Flamengo, um lugar chama a atenção das crianças: a Sala dos Profetas. Sob misteriosa luz negra, o pequeno visitante experimenta um curioso encontro virtual com alguns dos grandes pensadores da história, do poeta Fernando Pessoa ao filósofo Platão, passando pelo cientista Albert Einstein. Atualmente fechado, o espaço reabre no dia 10 de janeiro. ☎ 3131-3060 e www.oifuturo.org.br.

Idade: a partir de 9 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: grátis

ferias4.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

LENDO COM DU MOSCOVIS

Estimular nas crianças o hábito da leitura é uma das muitas virtudes da ótima peça O Menino que Vendia Palavras, que reestreia no dia 14 de janeiro no Teatro dos Quatro, na Gávea. E olha que não é preciso nem esperar a chegada em casa: no fim do espetáculo, os pequenos são convidados a pegar livros nas estantes cenográficas, para se debruçar sobre eles ali mesmo, no palco. A biblioteca em questão pertence ao personagem de Eduardo Moscovis. ☎ 2274-9895.

Idade: a partir de 5 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

HISTÓRIA DA HISTORINHA

Oficialmente, considera-se a criação da revista O Tico-Tico como o marco do nascimento das histórias em quadrinhos no Brasil. Daquele longínquo ano de 1905 aos dias de hoje, em que os gibis são lidos até em tablets, há muito para contar. O resgate dessa trajetória é o mote de Desenhar para Sonhar, exposição que a Biblioteca Nacional, na Cinelândia, promove com quadrinhos do seu próprio acervo, de cerca de 150 000 revistas, a partir do dia 10 de janeiro, com visitas guiadas aos domingos. ☎ 3095-3879.

Idade: a partir de 7 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: grátis

ÁGUA PARA PEGAR

Crianças avessas a visitar exposições terão de rever seus conceitos. Sucesso em São Paulo, onde levou mais de 200 000 pessoas à Oca do Parque do Ibirapuera, Água chegou ao Rio no fim de novembro e segue até 22 de março, no Museu Histórico Nacional, no Centro. Logo na entrada, chamam atenção esculturas de metal e acrílico do inglês William Pye, dentro das quais se admira o movimento do líquido. Para quem não se contém, uma boa notícia: ao contrário do que acontece na maioria das mostras de artes plásticas, nesta é permitido tocar na obra. ☎ 2550-9220 e www.exposicaoagua.com.br.

Idade: a partir de 10 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

PARA A CRIANÇADA ZEN

Em cartaz desde outubro no CCBB, no Centro, a exposição Índia reúne objetos de arte popular, esculturas sacras, fotografias, pinturas e até fragmentos de filmes da indústria cinematográfica de Bollywood. A criançada também vem aproveitando bastante a mostra, em atividades como as Histórias Modeladas, momento em que os pequenos se sentam em volta da estátua do deus Ganesha. ☎ 3808-2070.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: grátis

COLÔNIAS

PÔNEIS BENDITOS

O Pônei Clube promove aulas de equitação em janeiro na Sociedade Hípica Brasileira, na Lagoa. Nelas, as crianças, além de montar, conduzem os bichos pela rédea, dão banho nos animais, escovam seu pelo e até os alimentam. A atividade é indicada tanto para os pequenos mais retraídos, por trabalhar a socialização e estimular a autoconfiança, como para os hiperativos, já que, para domar o pônei, são necessários gestos contidos. O equipamento é fornecido pelo clube, à exceção das botas. ☎ 2156-0161 e www.poneiclubebrasil.com.br.

Idade: de 4 a 12 anos

Valor: mais de 300 reais

CRAQUES EM CAMBALHOTA

O Studio Betina Guelmann, na Barra, dará cursos em janeiro (entre os dias 16 e 27) voltados para meninos e meninas. Elas geralmente formam o maior contingente. São ensinados rolamentos, cambalhotas e aqueles movimentos molengas típicos das bonecas de pano. As aulas, temáticas, tratam de assuntos que fazem parte do dia a dia das crianças. "Ao abordarmos, por exemplo, os brinquedos, elas entendem que seu corpo pode funcionar como uma bola", explica a coreógrafa. ☎ 2493-8139.

Idade: de 4 a 6 anos

Valor: entre 150 e 300 reais

ferias5.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

NÓ DE MARINHEIRO

Na Marina da Glória será realizada, a partir do dia 12, a colônia da CL Vela. As crianças ficam sabendo tudo sobre o Optimist, barco de origem americana prático e de fácil manejo. Todas vão ao mar em duplas, sem adultos. Mas é claro que monitores acompanham tudo bem de perto, a bordo de botes de apoio. Além da vela, há atividades como pescaria e piqueniques. Elas aprendem ainda a dar cinco tipos de nó de marinheiro. ☎ 2556-1720 e www.clvela.com.br.

Idade: de 7 a 14 anos

Valor: mais de 300 reais

COMO VAI, DONA JIBOIA?

A partir de 23 de janeiro, a Fundação RioZoo mostrará os bastidores do parque aos visitantes. As crianças verão de perto a onça-pintada e vão interagir com cobras, entre elas a jiboia chamada Boazinha (os répteis são manejados por funcionários do zoológico). Haverá passeios pelo setor de veterinária, pela cozinha e pelo biotério, área onde se encontram alimentos vivos, como ratos e pintinhos. "Inicialmente, elas costumam ficar meio chocadas, mas depois das explicações passam a entender que isso é comum na natureza", diz o biólogo Pedro Farah. ☎ 3878-4254.

Idade: de 8 a 10 anos

Valor: entre 50 e 150 reais

ferias6.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

COZINHA DIVERTIDA

No Ateliê das Ideias, no Humaitá, a garotada se diverte enquanto recebe noções de culinária. Todos esculpem comidas e conversam com as professoras sobre a história dos alimentos. Na hora de cozinhar é que ficam animados, fazendo bolos, pães, biscoitos e observando a textura e o aroma dos ingredientes, além de suas propriedades nutricionais. Nos intervalos, tem pique-fruta e dança da laranja. A colônia rola entre 16 e 29 de janeiro. ☎ 2535-6181 e www.ateliedasideias.com.br.

Idade: de 4 a 8 anos

Valor: mais de 300 reais

FUTURAS ESTRELAS

A Companhia de Teatro Contemporâneo, sediada em Botafogo, promove, de 16 a 27 de janeiro, uma colônia cujo objetivo é que os participantes ensaiem e encenem (no último dia) uma peça de teatro de verdade. Naturalmente, a plateia fica lotada de pais corujas. No curso também se fala muito sobre cenários e figurinos (e as próprias crianças confeccionam vários). A peça a ser montada neste ano é A Bailarina Rosa e o Soldadinho Azul, um texto de Dinho Valladares, diretor da trupe. ☎ 2537-5204 e www.ciadeteatrocontemporaneo.com.br.

Idade: de 5 a 13 anos

Valor: mais de 300 reais

OFICINAS

DIRETORES ANIMADOS

Depois que Rio, de Carlos Saldanha, se revelou um gigantesco sucesso, arrastando 150 milhões de espectadores a cinemas ao redor do mundo, mesmo quem não ligava para desenhos passou a dar atenção a eles. Para quem ainda não viu ou quer rever, o filme será exibido no Café Lunático, no bairro do Jardim Botânico, em oficinas durante o mês de janeiro (a partir do dia 9), assim como Os Smurfs. As crianças são estimuladas a debater criticamente o que viram. E no fim elas próprias fazem um curta em stop-motion. ☎ 3114-0098.

Idade: de 5 a 8 anos

Valor: mais de 300 reais

PIRÂMIDES DE GENTE

Há dezoito anos, os Irmãos Brothers encantam crianças com espetáculos que misturam teatro e circo. É esse espírito alegre que a companhia busca transmitir à garotada na oficina Clubinho dos Palhaços, no fim de janeiro. Será no estúdio TEX, no Leblon, com aulas de cambalhota, pirâmide humana, malabares e técnicas de pastelão, aí incluídas aquelas lambanças com creme de barbear. Tudo isso em atividades que estimulam a interação entre os pequenos e a tomada de consciência corporal. ☎ 2265-4278.

Idade: de 8 a 17 anos

Valor: entre 150 e 300 reais

PARA VIRAR O MESSI

O Barcelona, o fabuloso time de Messi, Iniesta e companhia que se sagrou campeão mundial de clubes, faz pela primeira vez uma oficina no Brasil. Ela começa em 23 de janeiro, no Centro Esportivo Adolpho Bloch, na Barra. Os meninos participam de treinos técnicos e táticos sob o comando de profissionais do clube espanhol, além de assistir a aulas teóricas. Aviso aos pais: não se trata de uma escola para aprender a jogar futebol, mas sim para aprimorar as habilidades de quem já demonstra certa intimidade com a bola. ☎ 2145-5499.

Idade: de 6 a 13 anos

Valor: mais de 300 reais

ferias7.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

SALVANDO CAMISETAS

O ateliê da artista plástica Cattia Capistrano, no bairro do Jardim Botânico, preparou uma oficina que será oferecida durante todo o mês de janeiro. Trata-se de um curso de estamparia artesanal com técnicas de silkscreen, carimbos e tintas sobre roupas de malha e de algodão. A proposta é ecologicamente correta: em vez de jogarem fora aquelas peças há muito esquecidas no armário, as crianças são estimuladas a reaproveitar tudo o que puderem, customizando calças e camisas velhas e surradas. ☎ 8860-0846.

Idade: de 7 a 12 anos

Valor: até 50 reais

ferias8.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

AQUI JÁ É CARNAVAL

Para aqueles pequenos foliões que desejam estar tinindo no Carnaval, janeiro é o mês ideal para ter aulas de percussão. No Centro Musical Antonio Adolfo, no Leblon, a meninada recebe noções de ritmo, compasso, tempo e velocidade de toque, além de se familiarizar com instrumentos como bongô, pandeiro e tamborim. Nas aulas são utilizados vários clássicos da música brasileira, como Carinhoso e Asa Branca. Depois, é só sair batucando por aí, fazendo bonito. ☎ 2274-8004 e www.antonioadolfo.mus.br.

Idade: de 5 a 17 anos

Valor: mais de 300 reais

CLÁSSICOS

PAISAGEM FORTIFICADA

Do Forte do Leme podem-se ver as areias de Copacabana, a Pedra da Gávea, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, sem contar a entrada da Baía de Guanabara, Niterói e o Forte de Santa Cruz. Meninos, principalmente, ficam vidrados nos obuses de artilharia ali instalados. Dentro do edifício há uma série de objetos e vídeos que contam a história do lugar. Aos pais, vale o aviso: convém levar lanches prontos e bebidas, já que a lanchonete vende poucos itens e só funciona no fim de semana. ☎ 3223-5076.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: até 50 reais

O TUBARÃO É MANSO

Com doze tanques de volumes que vão de 800 a 4 500 litros, em que nadam aproximadamente 25 espécies de peixe, o aquário do Parque Lage, no bairro do Jardim Botânico, foi construído nos anos 20 e atualmente reúne carpas, piranhas e o curioso tubarão siamês, que em nada lembra a chamada fera dos mares. Trata-se de um peixe branco, originário do sudeste da Ásia, que chama atenção pela cor leitosa. ☎ 3257-1800 e www.eavparquelage.rj.gov.br.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: grátis

ferias9.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

VIDA DE REI

Salvo na ficção científica, ainda é impossível viajar no tempo. No Rio, porém, alguns cenários são capazes de despertar essa sensação. É o caso do castelo da Ilha Fiscal, inaugurado em 1889 por dom Pedro II. Há dez anos, o histórico local passou por uma restauração. O resultado pode ser conferido em visitas guiadas, realizadas de quinta a domingo. Réplicas de móveis da época dão uma ideia de como trabalhavam e viviam o imperador e a família real brasileira. ☎ 2233-9165.

Idade: a partir de 5 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

PLANTAS GULOSAS

Passear no Jardim Botânico é um dos maiores clássicos do lazer carioca. São 54 hectares de variadas espécies vegetais, num dos lugares mais aprazíveis da cidade. Mas as crianças ficam mesmo em polvorosa quando deparam com as plantas carnívoras. As nepentes, por exemplo, são flores que produzem um néctar em sua borda, o que atrai insetos. Trata-se de uma substância escorregadia: quando o bichinho pisa ali, é engolido. Com paciência e alguma sorte, dá para ver a natureza em ação. ☎ 3874-1808.

Idade: a partir de 7 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

FISCAL DA FIFA

O Estádio do Maracanã passa por uma reforma radical e será todo modificado para a Copa de 2014. Mas como estará lá dentro? Quem quiser dar uma de fiscal da Fifa tem de ficar de olho nas visitas guiadas, com monitores, que chegam pertinho das obras. Os grupos também passam pela calçada da fama - o ex-jogador Sócrates, morto recentemente, foi o último a deixar a marca de seus pés no museu do estádio. Durante o passeio, o futuro Maracanã é apresentado em vídeos e, além disso, há uma maquete mostrando como ele vai ficar. ☎ 8871-3950.

Idade: a partir de 5 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

NATAL FORA DE ÉPOCA

Por tradição, a Árvore da Lagoa (na altura do Parque dos Patins) fica acesa somente até o Dia de Reis, 6 de janeiro. Em seguida, é desmontada. Ela tem 85 metros (algo como um prédio de trinta andares) e é iluminada por 3,3 milhões de lâmpadas. O espetáculo de luzes ocorre a partir das 19h30, diariamente. É lindo mas, para não transformar o programa numa roubada, dê preferência ao transporte público.

Idade: atividade pode ser bem aproveitadas por crianças de qualquer idade

Valor: grátis

ferias10.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O BOTE DA GRITARIA

Poucas experiências podem ser mais eletrizantes ? e, ao mesmo tempo, tão distantes do dia a dia de uma criança ? do que descer as turbulentas corredeiras de um rio a bordo de botes infláveis. Se para a maioria é inviável fazer isso de verdade, a solução é apelar para o riacho artificial do Water Planet, em Vargem Grande. Também é legal a montanha-russa aquática, com trajeto de apenas um minuto, mas com zigue-zagues de levar o coração à boca. ☎ 2428-9000 e www.riowaterplanet.com.br.

Idade: a partir de 10 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: entre 50 e 150 reais

CIÊNCIA

NO MUNDO DA LUA

Cerca de 5?000 estrelas podem ser vistas da Terra a olho nu. No Planetário da Gávea, quatro modernos telescópios dão uma força à visão humana e aumentam esse número para quase 64?000 corpos celestes (pode-se enxergar o relevo da Lua, principalmente no quarto crescente, na última semana de janeiro). A observação é sempre feita às quartas, e só em dias com céu aberto. ☎ 2274-0046 e www.planetariodorio.com.br.

Idade: a partir de 5 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: até 50 reais

DA PIPOCA AO BATOM

Química, matéria que dá arrepio em nove de cada dez estudantes, fica parecendo uma moleza na Casa da Ciência, em Botafogo. Em um espaço cenográfico instalado há duas semanas, cada ambiente ensina alguma coisa sobre a disciplina, sempre de forma divertida e usando exemplos do dia a dia. Na cozinha, a turminha participa de experimentos que investigam a presença de vitamina C nos sucos e descobre por que o milho da pipoca estoura. Na área de serviço, todos saberão como tirar mancha de graxa da bermuda e resquícios de batom dos colarinhos. ☎ 2542-7494.

Idade: a partir de 8 anos (sugestão da revista para a idade ideal, por não haver restrições de faixa etária)

Valor: grátis

Fonte: VEJA RIO