SERVIÇOS

Quer um help?

A falta de informações ou dificuldade de encontrar pessoas que falem inglês ou espanhol pode ser uma barreira para os turistas que chegam ao Rio. Mas, sempre há uma saída, e você também pode ajudar!

Por: - Atualizado em

Nik Neves
(Foto: Redação Veja rio)

Em qualquer lugar do mundo, turistas agem basicamente da mesma maneira. Com mapas na mão, eles circulam pelas ruas da cidade buscando os pontos turísticos ou tentando se comunicar com garçons, balconistas, taxistas. No Rio, o cenário não é diferente.

A situação melhorou um pouco depois da Jornada Mundial da Juventude, que deixou como legado para a cidade oito novos postos de informação turística, totalizando agora 16, espalhados pelas zonas Sul, Norte e Oeste. Com atendentes bilíngues, as novas estruturas já são mais um reforço na preparação do Rio para receber com qualidade e conforto. ?Cada vez mais a cidade está abrindo as portas para os turistas, que se sentem mais bem recebidos?, diz Ronald Storry, 64 anos, que oferece informações em inglês em um dos postos da RioTur.

Acostumada a lidar com diferentes idiomas em seu dia a dia, a coordenadora acadêmica de uma escola de línguas Giselle Santos teve a ideia de desenvolver um aplicativo para tablets e smartphones que apelidou de Helplese(http://riomais.benfeitoria.com/ideia/helplese-do-you-speak-help). ?Percebi que a comunicação ainda é um desafio quando falamos de mobilidade, prestação de serviços e cidadania. Quando adicionamos a variável de uma língua estrangeira, ela toma proporções ainda maiores?, explica ela, que busca recursos financeiros para o app virar realidade.

A ideia é localizar pessoas próximas que estejam dispostas a dar informações nas línguas que dominam. Os usuários cadastrariam os idiomas que entendem e se comunicam e, ao ativarem seus GPS, apareceriam como pontos no mapa, para que os turistas possam localizá-los e pedir dicas ou alguma ajuda.

Ninguém melhor do que o próprio carioca para dar sugestões e tornar a cidade ainda mais maravilhosa. Pensando nisso, a turma do Rio +, um canal que une empresas, pessoas, governo e universidades em busca de soluções para transformar o Rio em uma cidade inovadora e criativa, resolveu convocar os cidadãos ? como a Giselle Santos ? para participar.

Seguindo a mesma linha, a Prefeitura da cidade também desafiou seus moradores a sugerirem ideias de aplicativos que a tornem mais eficiente em diversas áreas, como transporte, educação, mobilidade e muitas outras, através do Programa Rio Ideias.

Também quer participar?

Fique de olho nesses sites:

http://ideias.rioapps.com.br/

http://riomais.benfeitoria.com/

http://www.moverio.org

A hora é essa!

As mudanças pelas quais o Rio passará até 2016 serão uma prova de fogo. E você pode entrar nessa onda sendo um bom anfitrião! Para contribuir e agregar os cariocas, Veja Rio lança um movimento de conscientização e engajamento por uma cidade melhor para turistas e, acima de tudo, para o próprio carioca.

Acompanhe mensalmente nas páginas de Veja Rio o projeto ?Com o Rio, de Braços Abertos? e participe pelas redes sociais e web:

icones-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

www.bracosabertos.com.br

www.facebook.com/vejario

www.instagram.com/vejario

bracosabertos@abril.com.br

Essas ferramentas ajudarão a articular boas ações para a cidade. Poste seus conteúdos com as hashtags:

#bracosabertos #riodebracosabertos

apoio.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO