RESTAURANTES

O espanhol do Centro

Fim de Tarde, na Rua Miguel Couto, preserva no cardápio as tradições culinárias da Galícia

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪✪

Fernando Lemos
(Foto: Redação Veja rio)

Lá nos primórdios, quando abriu as portas, o Fim de Tarde era dedicado às celebrações de happy hour, como o nome já sugeria. Apelos da freguesia logo mudaram os rumos do negócio e, hoje, a casa oferece numerosas opções de pratos executivos para o almoço, a exemplo de boa parte da concorrência no Centro. Um detalhe no comprido cardápio faz a diferença: os proprietários do estabelecimento, integrantes da família Alonso, oriunda da Espanha, oferecem saborosas sugestões trazidas de sua terra natal através de viagens regulares à Galícia.

A dica, portanto, é deleitar-se com receitas típicas. Para começar, recomenda-se não perder de vista a meia porção de lâminas de presunto serrano (R$ 19,00) ou a tortilha de batata e ovos (R$ 33,00). Daí em diante, é também animadora a escolha de coisas do mar. Calamares (lulas) en su tinta (R$ 45,00) e polvo à feira (bem característico da gastronomia galega), perfumado por páprica, além da clássica paella a la marinera (R$ 99,00, para duas pessoas), mostram encantos de sobra. Outro caminho acertado leva ao coelho à caçadora (R$ 56,00), rara iguaria nas paneladas em geral. A pequena adega privilegia os rótulos das regiões de Rioja e Ribera del Duero. Uma pedida bem-vinda é o tinto Protos Roble, 2007 (R$ 98,00).

Em um trecho particularmente maltratado da Rua Miguel Couto, o endereço também serve de oásis. Recente reforma comandada pela arquiteta Márcia Muller, que, entre outras providências, forrou o salão com lambris de madeira clara, proporcionou visual mais leve e acolhedor ao ambiente.

Fim de Tarde. Rua Miguel Couto, 105, Centro, ☎ 2516-2409, ? Uruguaiana (90 lugares). 11h30/17h (fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert: R$ 9,90 (individual). ⑤ ⑥ (R$ 36,00) → ? Aberto em 1973. $$$

Fonte: VEJA RIO