RESTAURANTES

Acabou em pizza

Vallentin tem bufê por quilo e dicas à la carte, mas o rodízio de redondas é a melhor aposta

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪??? | AMBIENTE ✪✪✪?? | SERVIÇO ✪✪✪??

roteiro-restaurantes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Por 25 anos, o endereço na Rua da Passagem abrigou a Adega do Valentim, tradicional reduto de gastronomia portuguesa. Fechado no fim de 2010, o negócio foi sucedido por uma filial, de vida curta, do Fagulha Steak House. Desde abril, o imóvel sugere uma volta às origens com o funcionamento do Vallentin mas a coincidência se restringe ao nome. No ambiente, pouco mudou em relação aos tempos do inquilino anterior. Por trás da fachada de vidro, o espaço se divide em dois andares bem decorados, com móveis de madeira, paredes de tijolos aparentes, bancos vermelhos, uma bar caprichado e duas adegas que guardam simplória seleção de vinhos. Visual, cardápio e preços conspiram para transformar a casa em ponto de encontro noturno de uma turma mais jovem.

No lugar da antiga grelha entrou o forno a lenha onde são assadas as pizzas de massa fina que circulam no rodízio, disponível à noite. Entre mais de trinta coberturas, se saem melhor as tradicionais margherita, calabresa e portuguesa. Até domingo (2) o serviço custa promocionais R$ 15,90 (de segunda a quinta) e R$ 19,90 (demais dias). Depois serão cobrados R$ 19,00 e R$ 23,90, respectivamente. Crepes e massas estão incluídos, mas as redondas são mesmo a opção mais acertada. No almoço, o bufê por quilo (R$ 42,90 durante a semana e R$ 46,90 sábado e domingo) exibe saladas e 25 pratos quentes. Uma lista de grelhados, mais dois acompanhamentos e um molho à escolha, compõe a oferta de pratos à la carte. Com o turnedô de filé-mignon, o pedido custa R$ 45,00.

Vallentin. Rua da Passagem, 176, Botafogo, ☎ 2541-3260/6818 (240 lugares). 11h/0h. Cc: todos. Cd: todos. ⑤ ⑥ (R$ 15,00 nacional; R$ 30,00 importado) → ? ↔ Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO