Edição limitada

Três casas que servem trufas pretas frescas

Típico do verão europeu, o tubérculo, conhecido como diamente negro, rouba a cena finalizando pratos em menus especiais 

Por: Fabio Codeço

Trufa Negra 2_Fasano al Mare
(Foto: Divulgação)

Bottega del Vino 

Especializada em vinhos e gastronomia italiana, a casa acaba de adquirir uma leva de trufas negras da região italiana da Úmbria. Elas inspiram um festival atualmente em cartaz, que sugere receitas como steak tartare de filé coberto por lâminas do tubérculo fresco (R$ 120,00). Na ala mais consistente, prove o risoto de parmesão (R$ 160,00) ou o stinco de vitela glaçado com nhoque de queijo taleggio (R$ 180,00), ambos salpicados de trufas.

Duo

No cardápio especial protagonizado pelo nobre ingrediente, o comensal pode optar por entradas como creme de abóbora com lagostim (R$ 120,00) ou tartare de atum com flor de sal (R$ 120,00). Entre os pratos principais há tagliolini com manteiga (R$ 160,00) e filé-mignon com foie gras (R$ 190,00). Em todas as pedidas, a trufa negra fresca aparece ralada sobre os pratos.

Fasano Al Mare

Chef da casa, no térreo do Hotel Fasano, Paolo Lavezzini elaborou cinco receitas com a trufa de verão. Par perfeito para o nobre fungo, o ovo pode vir frito na manteiga ou pochê com creme de batata (R$ 130,00 cada pedido), ambos finalizados com lascas de trufa fresca. O risoto de parmesão com trufa sai a R$ 210,00. 

Fonte: VEJA RIO