Das arábias

Um roteiro por casas especializadas na cozinha do Oriente Médio

Opções para comer um bom quibe, cafta ou cordeiro não faltam nas casas cariocas. Confira seis delas

Por: Fabio Codeço

Amir

Tapetes persas, candelabros e narguilés colaboram para o clima de mil e uma noites, mas a atração principal é mesmo o cardápio saboroso com preços acessíveis. A burreca (pastel de forno assado), ótima pedida para a entrada, é servida nos sabores de carne, queijo ou berinjela (R$ 29,00, doze unidades). Entre os pratos principais, goza de merecida boa fama o arroz com cordeiro e temperos árabes (R$ 80,00), oferecido em porção para duas pessoas. Pratos vegetarianos vêm ganhando espaço no menu. Um deles, o vegetariano amir, traz saladas de berinjela e fatuche (tomate, pepino, alface e rabanete). No almoço (das 12h às 15h30) também há bufê a preço fixo (R$ 59,90 de segunda a sexta; R$ 69,90 no fim de semana). Para quem gosta da experiência, o narguilé é oferecido na área externa, por R$ 45,00, em sabores como uva, menta e melancia. Sexta, a partir de 21h30, é dia de apresentação de dança do ventre. Rua Ronald de Carvalho, 55, loja C, Copacabana, 2275-5596/4488, ↕ Cardeal Arcoverde (150 lugares). 12h/0h (dom. até 23h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 15,00 (sex.). ⑤ ⑥ (R$ 25,00) ② ↔ www.amirrestaurante.com.br. Aberto em 2002. $

 

Arab_Mezze mini quibes_Rodrigo Castro-05
Quibe em versão miniatura e recheios variados: no Arab (Foto: Rodrigo Castro)

 

Arab

Muitos acham que o quiosque à beira da Lagoa é uma filial do endereço em Copacabana, mas trata-se do contrário. Depois do ponto menor, Vivian Arab inaugurou sua casa de frente para a praia. No segundo endereço, o bufê, a principal atração no horário do almoço, oferece mais de 100 receitas, a exemplo de frango defumado com damasco e de pasta de hortelã com damasco. O quilo custa R$ 65,90 de terça a sexta e, no fim de semana, sobe para R$ 71,90. No jantar, o sistema é rodízio (a R$ 65,00). Na lista de sugestões à la carte há variações em torno do quibe, como as versões de manteiga, coalhada ou cordeiro (R$ 18,00, seis unidades). Prato entre os mais pedidos, o cordeiro com cuscuz marroquino (R$ 65,00) chega à mesa em porção para duas pessoas. Entre as deliciosas sobremesas disponíveis destacam-se o fatayer, massa folhada em forma de esfiha, recheada de queijo de cabra e damasco (R$ 8,00). No quiosque, não há bufê nem rodízio, mas as dicas à la carte citadas também são servidas à beira da Lagoa. Avenida Atlântica, 1936, Copacabana, 2235-1884 (200 lugares). 9h/1h (seg. a partir das 17h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). ⑤ ⑥ (R$ 30,00)(☎ 4003-2665) ; Avenida Borges de Medeiros, s/nº, Parque dos Patins, quiosque 7, Lagoa, 2540-0747 (200 lugares). 9h/1h (sex. e sáb. até 2h30). Cc: D, M e V. Cd: todos. Estac. Couvert art. (R$ 6,00).(R$ 30,00) ④ www.restaurantearab.com.br. Aberto em 1996. $

 

Baghdah

Curiosa, a fachada azul iluminada reproduz o portal de Ishtar, relíquia do império babilônico, e chama a atenção de quem passa em frente. No 2º andar, o salão é decorado com azulejos e objetos trazidos do Iraque, da Arábia Saudita e do Marrocos. A batata frita à moda árabe (R$ 15,00) é cortada em cubos, temperada com coentro, alho, azeite e pimenta. A sugestão de entrada divide as atenções com hits locais, como a picanha de cordeiro assada, acompanhada de arroz de lentilha, cebola frita e salada (R$ 100,00, para até três pessoas). Tradicionais doces folhados encerram os trabalhos. A baklava (R$ 4,00) é recheada de nozes. De terça a quinta, até as 18h, o menu executivo traz quatro opções, a R$ 19,90 cada uma. Todas levam arroz com lentilha, salada fatuche e um item principal, como cafta de carne. Rua Bolívar, 45, loja C, Copacabana, 3251-9966, ↕ Cantagalo (35 lugares). 12h/0h (dom. até 22h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ⑤ ⑥ (R$ 10,00). www.restaurantebaghdad.com.br. Aberto em 2006. $

 

Cordeiro ao molho de damasco 1 (1)
Destaque no Cedro do Líbano: lombo de cordeiro ao molho de damasco (R$ 78,90, para duas pessoas) (Foto: Berg Silva)

 

Cedro do Líbano

Em meio à agitação do comércio da Saara (Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega), a casa é um oásis de boa comida no Centro. O lombo de cordeiro ao molho de damasco (R$ 78,90, para duas pessoas) tornou-se um dos pratos mais vendidos. O caminho mais ortodoxo é combinar a cafta (R$ 16,00) com meias-porções de arroz de lentilha e de homus — o prato inteiro de cada uma dessas guarnições, para duas pessoas, custa R$ 22,90. Quem busca um lanche rápido pode beliscar o quibe frito (R$ 9,00 a unidade) ou a esfiha aberta de carne ou ricota (R$ 5,30 cada uma). De sobremesa, prove o aish el saraya (R$ 14,00), doçura em duas camadas: a inferior, com pão embebido em água de flor de laranjeira, e a superior, de creme suave, salpicado de pistache triturado e coberto de calda de morango natural. Rua Senhor dos Passos, 231, Centro, 2224-0163 e 2221-9763, Presidente Vargas (80 lugares). 11h/16h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. ⑤ ⑥ www.restaurantecedrodolibano.com.br. Aberto em 1948. $

 

Mussalem_Cordeiro a Mussalem 2_Foto Filico
Cordeiro assado em vinho tinto e batata gratinada com queijo (R$ 59,50): dica do Mussalem (Foto: Filico)

 

Mussalem

Especialidade de forte apelo entre os cariocas, a culinária libanesa ganhou em agosto este representante. Argentino filho de libaneses, Exequiel Moussallen veio de Beirute para chefiar a cozinha. Sugestão para começar, a betenshen é uma saborosa variação da babaganuche (pasta de berinjela), feita com alho e limão (R$ 12,90). O quibe cru (R$ 16,10) também vale a visita. Ambos são servidos ao lado do pão de produção própria. Adiante, experimente a ótima cafta bovina (R$ 16,90, três unidades). De carne delicada e bem temperada, o pedido é bem acompanhado pela salada fatuche (R$ 16,90). Entre os pratos especiais, uma dica traz cordeiro assado em vinho tinto, guarnecido de batata gratinada com queijo (R$ 59,50). Produzido no Líbano, o tinto Massaya Classic 2009 (R$ 95,00) é uma curiosidade na breve seleção de vinhos. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 178, ☎ 2256-2000 (65 lugares). 12h/0h (dom. até 18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ⑤ ⑥ (R$ 55,00) ② ↔ www.restaurantemussalem.com.br. Aberto em 2014. $$

 

Yalla 

Em meio ao burburinho da Rua Dias Ferreira, no Leblon, o discreto bistrô serve deliciosos quitutes árabes. Com o objetivo de contemplar gostos diversos, a casa incluiu no menu dois pratos vegetarianos: o quibe de forno recheado de espinafre e abóbora (R$ 27,00) e o veggie, uma entrada de quibe cru de ervilha com labne (coalhada seca) e azeitonas pretas (R$ 15,00). No cardápio tradicional, o escondidinho de cordeiro, um cuscuz com cordeiro desfiado regado a molho de hortelã (R$ 27,00), é boa escolha. As receitas com shawarma (tiras de carnes bovina e de cordeiro assadas, R$ 27,00) também fazem sucesso no lugar. O prato é servido com acompanhamento à escolha, pago à parte — fica bem ao lado de arroz com lentilhas (R$ 18,00) ou cuscuz com lentilhas (R$ 20,00). No sanduíche, a carne custa R$ 19,90 (no pão pita) e R$ 25,00 (no pão folha). Combos executivos são servidos de 11h30 a 15h30, por R$ 36,00 — as sugestões são acompanhadas de arroz ou salada. Um docinho para terminar, a beleua (folheado de nozes) é servida por R$ 8,00. Rua Dias Ferreira, 45, Leblon, 2540-6517 (25 lugares). 11h30/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ④ ↉ ② ↔ www.yallabistro.com.br. Aberto em 2009. $$

Fonte: VEJA RIO