RESTAURANTES

Tempero caseiro

Receitas de família são o trunfo dos donos de concorridas casas da cidade

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Aconchego Carioca Filha de paraibanos, Kátia Barbosa prepara o baião de dois (R$ 65,00, para até três pessoas) que seu pai servia em reuniões domésticas, ao lado de carne-seca ou carne de sol, além de aipim. Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, ☎ 2273-1035.

Aprazível

Mineira, a chef e proprietária Ana Castilho recheou o cardápio de pratos passados de geração em geração pelas mulheres de sua família. Um deles, um clássico, abre os trabalhos: pão de queijo da Serra da Canastra (R$ 23,00, oito unidades). Rua Aprazível, 62, ☎ 2508-9174 e 2507-7334.

Chez L?Ami Martin

Conhecida como a rabanada francesa, a pain perdu ganha na casa receita da mãe do chef Pascal Jolly. Originalmente feita de improviso, leva brioche fresco, deliciosamente fofo, servido quente, com chantili, sorvete de framboesa e calda de frutas vermelhas (R$ 26,00). Estrada da Gávea, 899, loja 304 (Shopping Fashion Mall), São Conrado, ☎ 3322-2005/2698.

Fratelli

Todo cozinheiro italiano que se preze tem lá seus segredos de família. Natural de Florença, Mario Taconi herdou da mamma o talento para a cozinha e a receita do polpettone ao sugo (R$ 56,00), sucesso no menu. Avenida Lucio Costa, 2916, Barra, ☎ 2494-6644; Rua General San Martin, 983, Leblon, ☎ 2259-6699.

Lorenzo Bistrô

O casal de sócios Nick Barcellos, gaúcha, e Janjão Garcia, carioca, descobriu um ponto comum: o penne ao ragu de contadinella (R$ 58,00), espécie de salame temperado por erva-doce. O prato, lembrança da infância de ambos, foi lançado recentemente no menu de cinco anos da casa. Rua Visconde de Carandaí, 2, Jardim Botânico, ☎ 2294-7830.

Mauá

Baiano, o chef Marcones Deus tomou emprestado da avó o modo de preparo do delicioso cuscuz de tapioca com baba de milho verde, servido com sorvete de canela e chips de coco (R$ 16,00). Praça Mauá, 5, 6º piso (Museu de Arte do Rio), Centro, ☎ 3031-2819.

Nomangue

Filho da Tia Penha, cozinheira que batiza e comanda o bem-sucedido ponto de comida caiçara em Barra de Guaratiba, Vaval Souza aprendeu com ela a fazer o saboroso bobó de camarão que encanta os fregueses de seu restaurante. Na unidade de Copacabana, o prato vem escoltado por arroz e farofa de dendê, em porção para duas pessoas (R$ 99,00). Rua Sá Ferreira, 25, Copacabana, ☎ 2225-4028.

Ele tinha 13 anos, mas já ajudava a mãe, a chef Maria Victoria, a preparar o capellini caseiro com lagosta gratinada ao champanhe, um hit nos encontros de família. Quando assumiu o restaurante do Hotel Miramar, Paulo Góes não titubeou: incluiu o prato no menu, a R$ 110,00. Avenida Atlântica, 3668 (Hotel Miramar), Copacabana, ☎ 2195-6200.

Aprenda a preparar pratos citados em abr.ai/receitas-de-familia

Fonte: VEJA RIO