RESTAURANTES

Novidades peruanas no cardápio do Intihuasi

Dona do Intihuasi, no Flamengo, e fiel representante da gastronomia de sua terra natal, a chef Margarita Sayan renova o menu da casa

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

Ricardo Bhering
(Foto: Redação Veja rio)

Gastón Acurio ainda estava a caminho de se tornar uma celebridade internacional das caçarolas. Por aqui, o ceviche não tinha o destaque que exibe hoje nas mesas cariocas. Há dez anos, Margarita Sayan, peruana como o chef e a receita, inaugurou no Flamengo uma casa destinada à gastronomia de sua terra natal. Formada pela escola Le Cordon Bleu da capital, Lima, a mestre-c­uca arejou o cardápio do Intihuasi com novas receitas. Sugestão de tira-gosto, a canchita é uma variedade de milho andino, seco e frito, processo que o deixa crocante (R$ 19,00). Outra dica recém-chegada é a seleção de entradas tradicionais (ceviche, causa de camarões, tiradito de linguado, vieiras à parmigiana e choros a la chalaca, uma espécie de vinagrete de mexilhão; R$ 49,00) em porção para dois. Na ala mais consistente, o aguadito de conchas é boa pedida para esquentar. Trata-se de um cozido de vieiras misturado a arroz de coentro (R$ 73,00), um prato bem suculento. Outra opção, o filé de pescada-amarela grelhado, servido sobre batatas cozidas e coberto por molho cremoso de frutos do mar, é guarnecido de arroz e custa R$ 59,00. Na sobremesa, prove o arroz-doce com açúcar mascavo, castanhas e vinho do Porto (R$ 8,00).

Rua Barão do Flamengo, 35-D, Flamengo,2225-7653, ? Largo do Machado (30 lugares). 12h30h/15h e 19h/23h (sex. e sáb. almoço até 16h e jantar até 0h; dom. 12h30/17h). Cc: todos. Cd: todos.(R$ 25,00) www.intihuasi.art.br. Aberto em 2004. $$

Fonte: VEJA RIO