Crítica

Paolo e Conceição Neroni voltam ao Margutta de Ipanema

O casal de fundadores retomam as rédeas do restaurante de cozinha mediterrânea, após cinco anos afastados

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

comida ✪✪✪✪ | ambiente ✪✪✪ | serviço ✪✪✪

tomás-rangel
Ceviche de linguado e salmão: R$ 43,50 (Foto: Tomas Rangel)

Nos últimos cinco anos, embora mantivessem uma participação na sociedade do Margutta, Paolo e Conceição Neroni, fundadores da casa italiana, deixaram o comando da matriz em Ipanema sob a responsabilidade de outros parceiros, voltando seus esforços para a filial, no Centro. Para quem sentiu falta do casal circulando pelo salão do restaurante, como era o hábito, uma boa notícia: a dupla está de volta, e incluiu novas receitas no cardápio, seguindo a tradição italiana dos preparos simples e saborosos, de forte influência mediterrânea. Conceição, que esteve no Peru recentemente para fazer cursos sobre a culinária local, elaborou sua versão do ceviche, feito com linguado e salmão, escoltado por chips de batata­-doce e ­coentro selvagem (R$ 43,50). Depois, prove o delicado nhoque de batata ao molho de açafrão com camarão e abobrinha (R$ 72,50). Alternativa apetitosa, a garoupa pescada no arpão, assada com alho, azeitona, tomate, vinho branco e batata, tem preço salgado: R$ 123,00. Vale lembrar que, durante o período em que o casal esteve afastado, clássicos do menu foram mantidos, a exemplo da mussarela de búfala empanada ao molho de tomate (R$ 32,50) e o pargo assado alla neroni (R$ 98,00).

Rua Henrique Dumont, 62, Ipanema, 2259-3887 (80 lugares). 19h/1h (sex. a dom. a partir de 12h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 18,00). Couvert: R$ 16,00 (individual). ⑤ ⑥ (R$ 60,00) ↔ www.margutta.com.br. Aberto em 1994. $$$

Fonte: VEJA RIO