RESTAURANTES

Muitos anos de vida à mesa

Sugestões para celebrar os quarenta anos do popular churrasco de picanha

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

Chico Audi/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nas casas de carnes argentinas e uruguaias, cada vez mais presentes na cidade, ela aparece no cardápio como tapa de cuadril. Bem antes, alemães já saboreavam o tafelspitz. A nossa picanha se distinguiu de similares estrangeiros em 1973, quando, pela primeira vez, a churrascaria paulistana Dinho?s Place separou o corte da alcatra para levá-lo à brasa. No quadragésimo aniversário desse pedido suculento, listamos cinco endereços para você festejar.

Adega do Cesare. No cardápio de perfil conservador, o corte é a estrela da seção de carnes. Pode vir, por exemplo, à oswaldo aranha (R$ 73,50, para dois), sob alho frito, guarnecido de farofa de ovo, batata portuguesa e arroz. Rua Joaquim Nabuco, 44, lojas A e B, Copacabana, ☎ 2523-1429/0467.

Churrascaria Palace. A casa é orgulhosamente apresentada como o lugar onde foi inventada, no início dos anos 80, uma forma original de servir o corte: a picanha borboleta. Dividida ao meio, a carne se abre e fica com a capa de gordura dos dois lados. Servida na chapa, é uma das atrações do rodízio (R$ 88,00). Rua Rodolfo Dantas, 16, Copacabana, ☎ 2541-5898.

Majórica. Inaugurado em 1963, o endereço ganhou seu principal carro-chefe dez anos depois. Trata-se da macia picanha especial brasileira, que chega à mesa fatiada (R$ 95,50), na travessa. Também é boa pedida a ponta da peça, de origem argentina (R$ 112,00). Para acompanhar, peça a farofa dolabella, com muito ovo (R$ 16,10). Rua Senador Vergueiro, 11, Flamengo, ☎ 2205-6820/0205.

Filé de Ouro. Reduto de receitas tradicionais, o restaurante oferece a peça em dezessete preparos, em porções que servem de uma a seis pessoas. A campeã de pedidos é a versão à campanha, com molho vinagrete, batata frita, farofa, arroz e feijão (R$ 68,00, para uma pessoa, a R$ 347,00, para seis). Rua Jardim Botânico, 731, Jardim Botânico, ☎ 2259-2396.

Fogo de Chão. Eleita a melhor churrascaria rodízio (R$ 108,00) da cidade, segundo o júri da edição especial ?Comer & Beber?, publicada por VEJA RIO, serve a suculenta peça no ponto certo, no tradicional espeto corrido. Avenida Repórter Nestor Moreira, 12, Botafogo, ☎ 2542-1545.

Fonte: VEJA RIO