RESTAURANTES

Mauá

No alto do Museu de Arte do Rio funciona há menos de um mês a mais nova casa do restaurateur Roberto Maciel

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Lipe Borges
(Foto: Redação Veja rio)

No alto do Museu de Arte do Rio funciona há menos de um mês a mais nova casa do restaurateur Roberto Maciel. Dono ainda do francês Chez L?Ami Martin, da rede de cozinha rápida Emporium Pax, do contemporâneo Pax Delícia e do variado Victoria, o empresário aposta agora na culinária brasileira. Para pilotar os fogões, escalou o onipresente chef Marcones Deus, responsável por todas as cozinhas do grupo ? com exceção do bistrô, reduto de Pascal Jolly. À vontade na tarefa, o cozinheiro baiano elaborou um menu apetitoso, marcado por pratos bem-apresentados. A isca de jacaré envolvida por casquinha crocante, ao lado de molho de maracujá (R$ 29,00), valeu pela curiosidade ? no sabor, a carne lembrou peito de frango, um tanto sem graça. Mais instigante estava o peixe em vinagrete (R$ 28,00), de correta acidez. Na irrepreensível etapa principal, a moqueca de peixe e camarão ganhou molho bem equilibrado no dendê, além de guarnições de arroz e farofa amarela com amendoim (R$ 62,00). Outro acerto, o mignon de sol, entremeado com queijo manteiga, é acompanhado de cebolinha, banana grelhada e farofa (R$ 58,00). Na sobremesa, caíram bem as lâminas de banana brûlée com creme inglês e sorvete de creme, polvilhadas de canela (R$ 17,00).

Praça Mauá, 5, 6º piso (Museu de Arte do Rio), Centro, ☎ 3031-2819 (84 lugares). 12h/18h (sex. a dom. até 20h; fecha seg.). Cc: todos Cd: todos. → Aberto em 2013. $$$

Paisagem: equipamentos usados na construção do Túnel do Binário ainda enfeiam a vista da baía, mas um belo cenário vai se descortinar após o término das obras

Fonte: VEJA RIO