RESTAURANTES

De carona na festa da Copa

O nova-iorquino Fat Radish ganha filial temporária em Santa Teresa até 14 de julho

Por: Rafael Cavalieri

Amelia Hazlerigg/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

No país-sede da Copa, a multidão de torcedores atraídos pelo evento equivale a uma igualmente numerosa quantidade de marcas comerciais em busca de atenção. Uma delas, curiosamente, destaca-se pela discrição. Trata-se da filial temporária do restaurante no­va-iorquino Fat Radish, montada em uma bela mansão no bairro de Santa Teresa até 14 de julho. De 12h a 18h30 o espaço funciona como um clube, com diária a R$ 250,00, que inclui drinques e cerveja, churrasco de peixes, piscina, DJ e música ao vivo. À noite entra em cena o menu degustação (R$ 350,00) de cinco etapas harmonizado com vinhos brasileiros. O cardápio muda a cada dia, mas é sempre abastecido de ingredientes orgânicos. Em visita recente, revela­ram-se saborosas receitas como o homus de beterraba com legumes crus e o crudo de linguado com ceviche de chuchu e azedinha. Aviso: só são aceitos dinheiro e cheque. Rua Doutor Julio Otoni, 444, Santa Teresa, ☎ 97978-6622 (60 lugares). 12h/18h30 (clube) e 20h/0h (jantar). Entrada mediante reserva. Estac. c/manobr (grátis). www.casafatradish.com. $$$$

Fonte: VEJA RIO