RESTAURANTES

Com jeito de cantina

Casa do Sardo, em São Cristóvão, oferece massas e pescados em ambiente simples

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪?? | AMBIENTE ✪✪??? | SERVIÇO ✪✪???

roteiro-restaurantes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Natural da Sardenha e casado com uma carioca, o chef Silvio Podda mudou-se para o Rio em 2010. No mesmo ano, assumiu a cozinha do antigo Saltimbocca, na Tijuca (atual Vila Otto). Ali, defendeu a culinária de sua terra natal, sobretudo a ala mediterrânea, rica em pescados. Desde fevereiro, o cozinheiro prepara suas receitas em restaurante próprio. Ao lado do compatriota Paolo di Bella, nascido na Sicília, ele inaugurou a Casa do Sardo, na movimentada Rua São Cristóvão.

O ambiente é modesto, decorado com garrafas de vinho, bandeiras das ilhas natais dos proprietários, fotos do vulcão Etna e mesas cobertas por toalhas de xadrez vermelho. No horário do almoço, trabalhadores de empresas vizinhas lotam o lugar e o volume da conversa pode ser perturbador para quem busca fazer a refeição de forma sossegada. O serviço, embora atencioso, é bastante simples e sem firulas. Tamanha ausência de requinte é compensada com comida saborosa e preços razoáveis. Clássico da gastronomia romana, o espaguete alla carbonara, com ovo, creme de leite e bacon, é um acerto e custa R$ 18,00. Tradicional na Sardenha, o culurgione (R$ 29,00) consiste em uma massa recheada de batata, queijo pecorino e hortelã, servida com molho de tomate.

Ainda na ala das massas de fabricação própria, o fettuccine ao pesto (R$ 25,00) também agrada. Pescados são oferecidos de acordo com a matéria-prima mais fresca no dia. Item fixo dessa seção do cardápio, o apetitoso espaguete de lagosta custa R$ 45,00. A pequena carta de vinhos é pouco informativa e privilegia os tintos. Das parcas opções de branco, o sardo Argiolas Costamolino (R$ 78,00), produzido com a uva vermentino, é ótima dica.

Casa do Sardo. Rua São Cristóvão 405, São Cristóvão, ☎ 2501-9848 (50 lugares). 11h30/0h (dom. até 16h30). Cc: D, M e V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 4,00 (noites de qui. a sáb.). Couvert: R$ 18,00 (a porção) ⑤ ⑥ ? ↔ Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO