RESTAURANTES

Desembarque no Centro

Nas mãos do dono da rede Belmonte, o Cais, antigo Cais do Oriente, tropeça no serviço, mas acerta no cardápio remodelado

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Filico/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Empresário bem-sucedido do ramo de bares, dono de catorze casas, entre outras, os pontos da rede Belmonte e o novo Caneco 70, Antonio Rodrigues ataca agora de restaurateur. Atual proprietário do antigo Cais do Oriente, ele repaginou o imóvel histórico no Centro e o reinaugurou, em janeiro, apenas como Cais. O belo casarão do século XIX conserva paredes de pedra, tijolo e óleo de baleia, mas trocou a influência asiática, antes presente na decoração e no cardápio, por um toque brasileiro. No salão surgiram detalhes modernos, a exemplo do sofá de 11 metros e das enormes luminárias do designer mineiro Paulo Henrique Pessoa. De volta à cozinha, depois de um temporada no Aprazível, o chef Eduardo Castro substitui Olivier Cozan, que foi contratado para elaborar o menu, mas deixou a parceria antes mesmo da inauguração. A visita, no dia 24 de janeiro, teve começo preocupante. Apresentado em todo o seu esplendor na foto do display sobre a mesa, o couvert veio sem grissini, pão de queijo, pizza branca ? no lugar deles chegou uma cesta com pedaços de pão francês dormido ? e o ceviche anunciados. Só depois da reclamação o garçom informou que esses itens estavam em falta. A etapa principal foi mais animadora. Guarnecido de arroz de grãos, tapenade de azeitona preta e tomate recheado de legumes crocantes, o polvo na chapa (R$ 56,00) estava correto e saboroso. Para terminar, adoce o percurso pedindo a rabanada feita de pão de açaí, servida com sorvete de tapioca, banana flambada na cachaça e crumble de granola (R$ 18,00).

Rua Visconde de Itaboraí, 8, Centro, ☎ 2233-2531 e 2203-0410 (94 lugares). 11h30/17h. Cc: D, M e V. Cd: todos. Couvert: R$ 15,00 (porção). ⑤ ⑥ (R$ 25,00). → www.caisgourmet.com.br. Aberto em 2014. $$

Fonte: VEJA RIO