RESTAURANTES

Café do Alto

Casa em Santa Teresa tem apetitoso cardápio nordestino

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Carolina Amorim/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Filial graciosa do estabelecimento mantido por dez anos no Clube Campestre, no Alto Leblon, a casa em Santa Teresa perpetua a fama do apetitoso café da manhã nordestino (servido no fim de semana a

R$ 40,00), carro-chefe da matriz, fechada em agosto. Com a operação concentrada em um único endereço, o cardápio foi ganhando corpo e hoje merece a atenção de quem busca um saboroso repasto no almoço ou no jantar. Da entrada à sobremesa, não faltam boas opções criadas pela chef Mariana Villas-Bôas, paulistana e neta de baiana. Dica para o abre-alas, o miniabará (R$ 20,00, quatro unidades) traz bolinhos de massa feita com feijão-fradinho, cebola, sal, camarão seco e azeite de dendê, muito semelhante à do acarajé, envoltos em folha de bananeira e cozidos no vapor. Servidos ao lado de vatapá e molho vinagrete, os petiscos estavam deliciosos e elevaram as expectativas para a etapa principal. Aí foi a vez do bem temperado escondidinho de carne-seca sob creme sedoso de aipim (R$ 30,00) e do rubacão (R$ 40,00), prato de origem paraibana que lembra o baião de dois cearense, porém é mais cremoso, reunindo arroz-vermelho, feijão-de-corda, cubos de carne de sol e de queijo de coalho grelhados. O restaurante fecha na terça (31).

Rua Pascoal Carlos Magno, 143, Santa Teresa, ☎ 2507-3172 (50 lugares). 12h/22h (sáb. e dom. 9h/22h). Cc: todos. Cd: todos. ⑤ ⑥ (R$ 25,00) ↔ www.cafedoalto.com.br. Aberto em 2012. $

Cortesia: a moringa de água e a porção de amendoim cozido no vapor são agradáveis surpresas servidas de graça

Fonte: VEJA RIO