RESTAURANTES

De leve

Novidade no Centro, o Armazém 51 dispensa frituras nas sugestões de seu cardápio prático e saudável

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Selmy Yassuda
(Foto: Redação Veja rio)

Aberto em julho na Rua Evaristo da Veiga, o Armazém 51 é boa dica para quem busca uma refeição rápida e leve ? fritura não entra no cardápio. Com cozinha comandada pelo chef André Nogal, ex-sócio da Forneria Santa Filomena, na Praça da Bandeira, o restaurante segue o sistema que consagrou a rede Delírio Tropical. Numa bancada de saladas, entre mais de dez opções, o cliente escolhe uma (R$ 10,90), duas (R$ 13,90) ou três (R$ 15,90) porções. E, se quiser, acrescenta ao pedido grelhados e outras pedidas quentes. Figuram nessa lista salmão em crosta de gergelim (R$ 13,90), peito de frango (R$ 7,90) e filé-mignon (R$ 10,90), acompanhados de molhos. Outra sugestão, o crepe de presunto, tomate e queijo cremoso (R$ 8,90), oferecido às sextas, tem massa de trigo-sarraceno, isento de glúten. Dica: chegue an­tes das 15h, para pegar os pra­tos quentes e recém-pre­parados. No mesmo espaço, uma lanchonete vende salgados e sanduíches.

Rua Evaristo Veiga, 51, Centro, ☎ 2510-3471, ? Cinelândia (120 lugares). 7h30/18h30 (fecha sáb. e dom.).

Fonte: VEJA RIO