diversão

Confira 45 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com shows, exposições e muito mais

Por: Redação VEJA RIO

TEATRO

Segredos

Segredos
Segredos (Foto: Divulgação)

Na peça, o público escreve em papéis anônimos algum momento íntimo ou revelação que são depositados numa urna e encenados durante o ato. Quando começa o espetáculo as confissões do público são lidas e servem de inspiração para a encenação de cada cena. Ao longo da apresentação novos segredos são retirados da urna e utilizados nas performances individuais e de grupo, assim as histórias são entrelaçadas de forma surpreendente.

Arena Jovelina Pérola Negra. Praça Ênio S/N, Pavuna. Sábado (30) e domingo (31), 19h.

Passinho Brazil – O Espetáculo

Passinho Brazil
Passinho Brazil - O Espetáculo (Foto: Divulgação)

A peça, que se passa numa comunidade, conta a história de um grupo de amigos ecléticos, formado por capoeiristas, passistas, dançarinos de frevo e do movimento hip hop. Esses amigos através da troca cultural juntam algumas referências e formam o passinho, uma manifestação de dança urbana genuinamente carioca que revela a diversidade e criatividade brasileira.

Arena Dicró. Avenida Brás de Pina, s/n (Parque Municipal Ary Barroso. Sábado (30), 20h.

+ Veja mais peças em cartaz na cidade

CINEMA

Cinefoot

geral
(Foto: Divulgação)

Único festival de cinema da América Latina dedicado ao futebol, o Cinefoot chega à sexta edição. De quinta (21) ao dia 31, a bola vai rolar em sessões gratuitas no Espaço Itaú de Cinema, no Cine Manguinhos, no Ponto Cine de Guadalupe e no Centro Cultural Justiça Federal. Na sala de Botafogo, a noite de abertura, às 20h30, traz o documentário Messi (2015), de Álex de la Iglesia, e o curta Geral (2010), de Anna Azevedo, que, por realizações como esse histórico registro dos últimos momentos do setor mais popular do Maracanã, receberá a Honraria Futebol Arte 2015. Na sexta (22), o mesmo espaço exibe, às 15h, a deliciosa animação argentina Um Time Show de Bola (2013), de Juan José Campanella. Clique para conferir a programação completa.

Fala Tu

O filme acompanhou o cotidiano de três moradores da Zona Norte carioca que tem comum a paixão pelo rap e testemunhou sonhos, dramas e transformações vividas pelos personagens durante os nove meses de gravação. Além da exibição, o evento contará com um pocket show do grupo de rap #ComboIO, de Nova Iguaçu.

Praça de Austin, próximo à Estação de Trem, em frente ao mercado Novo. Sexta (29), 18h.

+ Confira os filmes em cartaz na cidade

FESTAS

DUO

duo.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A festa ocupa o 00, na Gávea, a partir das 17h, com o som no deck. A partir das 21h, é a vez de muito house animar a pista.

00 Gávea. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea. Domingo (31), 17h/5h. Grátis (entre 17h e 20h); R$ 20,00 (de 20h às 21h); R$ 30,00 (de 21h às 22h) e R$ 40,00 (após 22h).  

+ Outras festas que agitam a noite do Rio

SHOWS

Bourbon Festival Paraty

Na sétima edição, o festival gratuito reúne 21 atrações, de sexta (29) a domingo (31), em dois palcos instalados nas ruas da cidade histórica. Entre os destaques estão o guitarrista Mike Stern, Sharon Jones & The Dap-Kings e o duo dos brasileiros Naná Vasconcelos e Lui Coimbra. Livre. Grátis. Clique para ver a programação completa.

Duofel

Formado há 35 anos pelos violonistas Fernando Melo e Luiz Bueno, o duo interpreta obras como Dindi e Samba Triste. Livre.

Espaço Furnas Cultural (170 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-5166. Sábado (30), 20h. Domingo (31), 19h. Grátis. Senhas a partir das 14h (um bilhete por pessoa). É necessário apresentar um documento de identidade.

+ Confira outros shows na cidade

CONCERTOS

Orquestra Petrobras Sinfônica

isaac karabtchevsky e orquestra petrobras sinfonica
Orquestra Petrobras Sinfônica: celebração dos 80 anos de seu diretor artístico, Isaac Karabtchevsky (Foto: Fabio Rossi)

Na abertura da série Mestre Athayde, a regência caberá ao spalla e maestro assistente da Opes, Felipe Prazeres. Os músicos José Francisco (oboé), Igor Carvalho (clarineta), Philip Doyle (trompa) e Elione Medeiros (fagote) participam do programa, composto de obras de Mozart como Sinfonia Nº 40 em Sol Menor e Sinfonia Concertante em Mi Bemol Maior.

Igreja Nossa Senhora da Glória (150 lugares). Rua das Laranjeiras, s/nº, Largo do Machado, ☎ 2225-2869, ↕Largo do Machado. Sábado (30), 18h30. Grátis.

Rio Harp Festival

Orquestra Brasileira de Harpas
(Foto: Divulgação)

Na décima edição, o festival dedicado à harpa recebe 36 músicos de 25 nacionalidades até o dia 3 de junho. Um destaque da semana é o irlandês Dearbhail Finnegan, atração de domingo (31), às 18h30, no Palácio Tiradentes. No repertório, músicas tradicionais do seu país de origem. Clique para ver a programação completa.

+ Saiba mais sobre os concertos na cidade

ESPECIAL

Estação Cultural 2015

Palestras sobre o mercado de trabalho dividem espaço com oficinas de fotografia e design gráfico. O evento também inclui sessões de cinema e oficinas de mágica para crianças. Confira a programação em www.estacaocultural2015.com.br.

Via Parque Shopping. Avenida Ayrton Senna, 3000, Barra da Tijuca, ☎ 2430-5100. → Quarta (27) a domingo (31), 18h. Grátis.

Passeio histórico

catete.jpg
Palácio do Catete (Foto: Redação Veja rio)

O Catete será palco do último Rolé Carioca do mês de maio. No trajeto escolhido pelos professores de história William Martins e Rodrigo Rainha, o passeio parte do Largo do Machado em direção ao Palácio do Catete, antiga sede do governo.

Largo do Machado. Ponto de encontro próximo à academia ao ar livre. Domingo (31),a partir das 9h. Grátis.

Vale a Pena Ler de Novo

Alcmeno Bastos, professor de literatura brasileira da UFRJ, é o próximo convidado do evento. No encontro, ele conduz uma conversa sobre José de Alencar.

Estação das Letras. Rua Marquês de Abrantes, 177, Flamengo, ☎ 3237-3947. → Sábado (30), 15h. Grátis.

Roteiros Geográficos do Rio

O programa promove, sexta (29) e domingo (31), passeios guiados pelo Centro do Rio. Organizada em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituo de Geografia da Uerj, a caminhada é conduzida por professores da instituição que, durante o percurso, dão explicações históricas sobre monumentos e detalhes dos locais visitados. Clique aqui para saber mais.

Por Dentro do Palácio

Por dentro do palácio
Por Dentro do Palácio (Foto: Divulgação)

Os imperadores bizantinos Justiniano, O Grande, e sua esposa, Teodora (interpretados pelos atores Andrêas Gatto e Amanda Grimaldi Lerias) voltam a apresentar o Antigo Palácio da Justiça e um pouco da história do Direito ao público em nova visita teatralizada. Realizada de forma lúdica, a visita é indicada para todas as idades e as senhas são distribuídas 15 minutos antes do início da visita.

Centro Cultural do Poder Judiciário. Rua Dom Manuel, 29, Centro. Sábado (30), 16h.

Feira Cultural e Gastronômica Paladares de África

Para comemorar do Dia da África, comemorado na última segunda (25), o Palácio Tiradentes será palco da Feira Cultural e Gastronômica Paladares de África neste sábado (30). O evento terá tendas com quitutes típicos, além de danças típicas e desfile de modas com estilistas do continente. Clique para saber mais.

Praça Tiradentes, Centro. Sábado (30), 10h às 18h.

Palestra sobre Diabetes

O endocrinologista Rodrigo Siqueira fará uma palestra gratuita sobre Diabetes. O evento é aberto ao público e falará sobre tratamentos, aspectos gerais e uso de novas tecnologias. Para participar, basta realizar inscrição pelo e-mail diabetes.cmb@gmail.com . 

Centro Médico BarraShopping. Avenida das Américas, 4666, Barra da Tijuca. Sábado (30), 14h.

+ Veja outros passeios pelo Rio

CRIANÇAS

Circo no Parque

irmaos-brothers.jpg
Irmãos Brothers Band (Foto: Redação Veja rio)

O Parque das Ruínas recebe o festival  com uma atração circense diferente todos os sábados, com entrada franca. A Irmãos Brothers Band, idealizadora do projeto, se apresenta logo depois de cada convidado, às 18h, com o show circense Eureka!!!, que mistura números de circo, mágica, trapézio, música, ilusionismo e muito humor. Passarão pelo picadeiro, o Coletivo Pernalta, Guga Morales, Bruno Carneiro,  Cia Circo no Ato, O Cabaré das Martas e  a Cia Irmãos Brothers.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (200 lugares). Rua Murtinho Nobre, 160,Santa Teresa, ☎ 2224-3922. (80min). Rec. a partir de 5 anos. Sábado (23), 17h. Grátis. Até 27 de junho.

Soltando os bichos no jardim

Com base no conto ​"Novembro: como apareceram os bichos​", de Clarice Lispector​, autora que compõe o acervo de literatura do IMS, os participantes produzirão máscaras de bichos e farão uma expedição pelos jardins ​de Roberto Burle Marx. Recomendado para crianças a partir de 6 anos, acompanhadas por responsáveis. Máximo de dez participantes.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Sábado (30), 15h às 16h.

Museu Naval

Com as obras de demolição da Perimetral na Praça XV, os passeios que antes saíam do Espaço Cultural da Marinha agora partem do Museu Naval, ali perto, onde também se encontra a exposição O Poder Naval na Formação do Brasil. De lá os grupos seguem, aos sábados e domingos, para uma volta de barco pela Baía de Guanabara, passando por dezessete pontos turísticos. De ônibus, a visita é à Ilha Fiscal, local do último baile do Império, em 1889 — cenários com informações sobre a ilha foram reformulados recentemente. Rec. a partir de 2 anos. 

Museu Naval. Rua Dom Manuel, 15, Centro, ☎ 2532-5992 (seg. a sex.) e 2104-5506 (sáb. e dom.). Terça a domingo, 12h às 17h. Grátis. Passeio de barco (70 lugares): sábado e domingo, 13h15 e 15h15. R$ 20,00. Ilha Fiscal (60 lugares): sábado e domingo, 12h30, 14h e 15h40. R$ 20,00.

Museu Aeroespacial

museu aeroespacial
Museu Aeroespacial: coleção de noventa aeronaves (Foto: Divulgação/Museu Aeroespacial)

Do teco-teco a velozes jatinhos, passando por uma réplica do pioneiro 14-Bis, a história da aviação se encontra guardada nesta tradicional e ampla instituição inaugurada em 1976. A principal atração é a exposição permanente de noventa aeronaves, mas também são exibidos motores usados nas duas guerras mundiais, além de objetos e documentos sobre a vida e a obra de Santos Dumont. Completa a visita a mostra Edu Chaves — Época Heroica da Aviação, sobre o piloto Eduardo Pacheco Chaves (1887-1975), aviador civil pioneiro no voo entre as cidades do Rio e de São Paulo. Rec. a partir de 3 anos. 

Museu Aeroespacial. Avenida Marechal Fontenelle, 2000, Campo dos Afonsos, ☎ 2108-8955. Terça a sexta, 9h às 15h. Sábado, domingo e feriados, 9h30 às 16h. Grátis.

Clubinho do Downtown 

No sábado, o destaque da programação de circo fica por conta da roda musical com mini-instrumentos, camarim da Chapeuzinho, oficina de desenho, contação de história e brincadeiras tradicionais. Para esse domingo, camarim, tatuagem, massa mágica, fut lençol, morto vivo e muitas atividades para as crianças. 

Downtown. Avenida das Américas, 500, Barra da Tijuca. Sábado (30) e domingo (31), 15h às 18h.

Curta a Praça!

A Praça da Cruz Vermelha receberá uma série de atrações e atividades gratuitas organizadas por alunos do Colégio Cruzeiro. Na programação, apresentações musicais, capoeira, partidas de futebol, oficinas de grafite, pintura de rosto e cama elástica. A iniciativa integra o trabalho de Liderança Comunitária do projeto desenvolvido pelo Departamento de Ação Social da escola, que organiza e dá suporte a atividades de voluntariado protagonizadas por alunos.

Praça da Cruz Vermelha, Lapa. Domingo (31), 14h às 17h.

+ Confira outras atrações infantis na cidade

EXPOSIÇÕES

✪✪✪ Robert Rauschenberg

Robert Rauschenberg
Litogravura de Robert Rauschenberg: série foi inspirada em um dos 34 cantos que integram a primeira parte do clássico A Divina Comédia, de Dante Alighieri, intitulada O Inferno (Foto: Reprodução)

Em 1960, isolado em uma colônia de pescadores na Flórida, o artista texano dedicou-se a concluir uma série de trabalhos que recriavam graficamente os 34 cantos de Inferno, primeira parte de A Divina Comédia, clássico de Dante Alighieri. Nesse conjunto, Rauschenberg (1925-2008) usou uma técnica que investigava havia dois anos: a transferência de imagens de revistas, que recebiam solventes e eram posteriormente decalcadas. Utilizando ainda aquarela e lápis de cor, ele criou gravuras que, em 1965, seriam produzidas em uma edição fac-similar autorizada pelo próprio. Vêm daí as obras apresentadas no Centro Cultural Correios, cada uma ao lado do respectivo canto. Trata-se de imagens que fogem do lugar-comum associado ao inferno — tão belas quanto alegóricas, são desafiadoras para qualquer um que deseje buscar nelas uma relação óbvia com o texto de Dante.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 12 de julho.

Gustavo Speridião

Gustavo Speridião Greve
Gustavo Speridião: Greve (Foto: Divulgação)

Na individual Lona, o artista carioca exibe dezoito pinturas inéditas em grandes dimensões. Segundo o próprio Speridião, o foco do trabalho passa por questões políticas. R$ 23 000,00 a R$ 54 000,00.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. → Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 4 de julho. A partir de segunda (25).

João Turin

Embora seu nome seja pouco conhecido do grande público, Turin (1878-1949) é tido como um dos mais importantes escultores brasileiros. Oitenta peças de sua autoria estão presentes na individual.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 3299-0600, ↕Cinelândia. →Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. R$ 8,00 (pelo mesmo valor, o ingresso-família contempla até quatro parentes) e grátis aos domingos. Até 2 de agosto. 

✪✪✪ Apreensões e Objetos do Desejo: Obras Doadas pela Receita Federal ao MNBA

Dezenove obras de arte apreendidas pela Receita Federal em outubro do ano passado agora integram a coleção do MNBA e são exibidas nesta coletiva. Há criações de nomes importantes, como o italiano Michelangelo Pistoletto, o indiano Anish Kapoor, o inglês Antony Gormley e os brasileiros Daniel Senise, Cildo Meireles e Beatriz Milhazes.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 3299-0600, ↕Cinelândia. →Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. R$ 8,00 (pelo mesmo valor, o ingresso-família contempla até quatro parentes) e grátis aos domingos. Até 7 de junho.

✪✪✪✪ Carlos Bracher

Carlos Bracher
Cabo Frio (1985): na exposição (Foto: Divulgação)

Do alto de quase seis décadas de carreira, o artista mineiro ganha uma merecida e alentada retrospectiva, com mais de 100 obras. Retratos, autorretratos, paisagens e naturezas-mortas compõem parte expressiva de sua bela produção.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 1º de junho.

Darcílio Lima

Expoente da arte surrealista no Brasil, o cearense Darcílio Lima (1944-1991) tem sua trajetória celebrada em Um Universo Fantástico, individual com 65 obras. Os trabalhos presentes são, em sua maior parte, desenhos a bico de pena, com ênfase em temas místicos, sexuais e religiosos.

Caixa Cultural — Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕ Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 28 de junho.

✪✪✪ Eija-Liisa Ahtila

Eija-Liisa Ahtila
Obra de Eija-Liisa Ahtila: finlandesa é expoente na área de vídeos (Foto: Divulgação)

Longamente batizada de Sobre Assuntos Desconhecidos, Natureza dos Milagres e Possibilidades da Percepção, a mostra reúne vídeos (técnica na qual a artista finlandesa é expoente na cena contemporânea). A duração de cada um é variável, podendo chegar a quase trinta minutos. Os trabalhos mais envolventes são aqueles em que Ei­ja-Liisa compõe uma instalação com projeções de diversas partes de uma mesma cena que dialogam entre si, a exemplo do surrealista A Casa (2002).

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ↕ Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 7 de junho.

Encruzilhada

Mais de setenta artistas brasileiros de diversas gerações promovem uma grande ocupação na Escola de Artes Visuais do Parque Lage: Palacete, Cavalariças, Capela e até a área verde receberão cerca de 100 obras na coletiva. Entre os artistas reunidos há nomes consagrados, a exemplo de Carlos Vergara, Cildo Meireles e Waltercio Caldas, ao lado de estudantes da EAV.

Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800. → Diariamente, 10h às 17h. Grátis. Até 2 de junho.  

✪✪✪ FotoRio 2015  

Seis exposições de fotografia, todas parte da atual edição do fesival FotoRio, ocupam simultaneamente o Centro Cultural Correios. Cinco delas são individuais: de Ana Carolina Fernandes, Zeca Linhares, Alécio de Andrade, Maria Buzanovsky e Ana Rodrigues (esta com uma fotoinstalação interativa). A coletiva Na Palma da Mão reúne fotos feitas com celular, uma amostra das cerca de 300 imagens enviadas após uma convocatória pública.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 12 de julho.

+ Veja mais exposições em cartaz na cidade

✪✪✪ A Muito Leal e Heroica Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro  

Concebida pelo empresário e colecionador Raymundo de Castro Maya, a obra que dá nome à exposição foi lançada em 1965 — e ganhou reedição nos 450 anos da cidade. Trata-se de um livro sobre a história do Rio, com texto de Gilberto Ferrez e trabalhos de Jean-Baptiste Debret, Victor Meirelles e Marc Ferrez, entre outros. Uma série dessas criações está na coletiva.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 12 de julho.

Paulo Roberto Leal​, Ana Vitória Mussi, Alex Cerveny e José Pedro Croft

Quatro individuais ocupam simultaneamente o Paço Imperial, no primeiro bloco de exposições de 2015 nesse endereço. Em todo o 1º andar, Espaços Articulados reúne cerca de 100 telas e três instalações de Leal, artista morto prematuramente aos 46 anos. Imagética (1968-2015), de Ana Vitória, apresenta 26 trabalhos em quatro salas no 3º piso. Na maioria deles, ela desconstrói a ideia convencional de fotografia. Cerveny estrela Glossário dos Nomes Próprios, com trinta obras. À exceção da pintura sobre linho que dá nome à mostra, todas as outras criações são desenhos com nanquim em papel de arroz, técnica a que ele começou a se dedicar após uma viagem à China, em 2013. Por fim, em Fora de Sítio, o escultor português José Pedro Croft mostra peças que flertam com a ideia de descontextualização na arte.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. → Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 7 de junho.

✪✪✪✪✪ Rio: Primeiras Poses — Visões da Cidade a Partir da Chegada da Fotografia (1840-1930)

Rio Primeiras Poses
Rua Primeiro de Março, por Georges Leuzinger (sem data). Não há registro da data da foto, mas é provável que tenha sido feita quando a via ainda se chamava Rua Direita. É possível ver veículos puxados por cavalo e a Igreja da Ordem Terceira do Carmo (Foto: Georges Leuzinger/Acervo Instituto Moreira Salles)

Cerca de 450 imagens, registros do Rio entre meados do século XIX e início do XX, compõem esta alentada e imperdível exposição em homenagem ao aniversário de 450 anos da cidade. Há fotografias de pioneiros como Marc Ferrez, Augusto Malta e Georges Leuzinger. Recursos multimídia permitem a ampliação de parte das imagens.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 31 de dezembro.

✪✪✪✪✪ William Eggleston

William Eggleston
William Eggleston: do portfólio do portfólio Troubled Waters, 1980 (Foto: Eggleston Artistic Trust. Cortesia Cheim & Read, Nova York)

Aos 76 anos e ainda fazendo seus cliques, o americano trouxe o status de arte para a fotografia colorida na década de 70. Dotadas de enorme senso de composição, 170 imagens estão em A Cor Americana. As cores vibrantes do acervo não escondem um fio de melancolia. Na mesma linha, o que dá a impressão de ser uma ode à modernização americana em fotos de carros, letreiros e outdoors deixa antever certa decadência.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis.

Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 28 de junho.

World Press Photo

Fruto de uma premiação internacional dedicada ao melhor do fotojornalismo produzido a cada ano, a coletiva reúne, nesta edição, 145 registros. Marcam presença 41 fotógrafos de dezessete nacionalidades. Escolhida a grande vencedora pelo júri, Jon and Alex, do dinamarquês Mads Nissen, mostra um casal gay em momento de intimidade.

Caixa Cultural — Galeria 4. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕ Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 21 de junho.

✪✪✪ Eduardo Coimbra

Eduardo Coimbra
Obra de Eduardo Coimbra: cubos vazados criam novas áreas e caminhos na Galeria Laura Alvim (Foto: Jacson Trierveiler/Divulgação)

Uma caminhada de apenas nove quarteirões, no mesmo bairro de Ipanema, separa as duas individuais do artista carioca em cartaz na cidade. Tal proximidade geográfica reflete ainda certas adjacências estéticas. Em Uma Escultura na Sala, na Galeria Laura Alvim, Coimbra ocupa todo o espaço expositivo com uma única grande obra, composta de 29 cubos de tamanhos variados, produzidos com ferro, pintados com tinta automotiva preta e branca, vazados em duas de suas faces. Empilhadas ou justapostas (seu interior pode, inclusive, ser ocupado pelo visitante), as peças criam áreas e caminhos dentro do imóvel. Evocações à arquitetura, sem falar na idêntica paleta bicolor dos trabalhos, se fazem notar também na exposição de Coimbra em cartaz na Galeria Nara Roesler. Batizada, não por acaso, de Fatos Arquitetônicos, a mostra reúne treze obras de parede, feitas em MDF pintado, com relevos geométricos.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. → Terça a domingo, 11h às 21h. Grátis. Até 28 de junho. Galeria Nara Roesler. Rua Redentor, 241, Ipanema, ☎ 3591-0052. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 15h. Grátis. Até 5 de junho.

Nelly Gutmacher

Nelly Gutmacher
Pintura em lona de Nelly Gutmacher: na individual Último Andar do Céu (Foto: Divulgação)

Na individual Último Andar do Céu, a artista exibe trabalhos em diferentes técnicas e suportes. Serão expostas vinte obras, entre desenhos, impressões em papel de arroz, fotografias com intervenções de pintura a óleo e um vídeo. R$ 2 500,00 a R$ 20 000,00.

Galeria Patricia Costa. Avenida Atlântica, 4240, loja 226 (Shopping Cassino Atlântico), Copacabana, ☎ 2227-6929. → Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 6 de junho.

Chiara Banfi

A artista apresenta dois trabalhos: uma grande instalação feita com pedras tiradas de leitos de rios e uma série de treze obras chamada Achates, com pedaços de ágata (um tipo de quartzo) incrustados em partituras musicais. R$ 12 000,00 a R$ 25 000,00.

Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 13 de junho.

John Nicholson

John Nicholson
Ipanema: óleo sobre tela de 2013 (Foto: Reprodução)

Há quase quarenta anos vivendo no Rio, o artista americano tira das areias cariocas a inspiração para as pinturas exibidas em A Praia. A série retrata o cotidiano de banhistas na Zona Sul.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2215-0621. Terça a domingo, 8h às 20h. Grátis. Até o dia 31.

Robert Rauschenberg  

Trinta e quatro litogravuras do renomado artista americano compõem a individual O Inferno de Dante. Cada uma delas foi inspirada em um dos 34 cantos que integram a primeira parte do clássico A Divina Comédia, do escritor italiano Dante Alighieri, intitulada O Inferno.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 12 de julho.

Geometria Radical - do desenho ao desejo

Miguel Paiva pedra do elefante nova
Miguel Paiva: pedra do elefante nova (Foto: Divulgação)

Após mais de quatro décadas como cartunista e artista gráfico, o jornalista inaugura sua primeira exposição individual. As 20 pinturas de Miguel Paiva percorrem o universo das mulheres em uma provável analogia com a natureza, detalham com recortes precisos as arenas esportivas e ainda estabelecem limites nos cenários cotidianos. Neste sábado, o artista estará na galeria recepcionando o público.

Galeria Scenarium. Rua do Lavradio, 15, Lapa. Terça a sábado, 13h às 19h. Até 28 de junho.

Gilda Goulart

Gilda Goulart Visões da Natureza
Visões da Natureza, de Gilda Goulart (Foto: Divulgação)

A individual A Arte em 2 Segmentos comemora os 50 anos de carreira da artista. Na exposição, com curadoria de Celina Azeredo, estão reunidos 20 trabalhos inéditos – separados em duas séries –,  criados por Gilda na última década.

Galeria Marly Faro. Rua Aníbal de Mendonça, 221, Ipanema. Segunda a sexta, 12h30 às 19h; sábados, 9h às 13h. Até 17 de junho.

Xilogravura – Memória, Processo e Sonho

A mostra foi idealizada através das recordações do artista Vlad da Hora sobre as xilogravuras de Goeldi, o maior gravador brasileiro, e dos textos do escritor russo Dostoievski. As obras foram confeccionadas utilizando uma técnica criada nos anos 50, pelo artista e professor Abelardo da Hora, tio de Vlad.

Centro Cultural da UNISUAM. Av. Paris, 72, Bonsucesso. Segunda a sexta, 9h às 21h; sábados, 8h às 12h. Até 23 de junho.

Vânia Barbosa

Terra seca Lava Vânia Barbosa
A obra Terra seca, integrante da mostra Lava, de Vânia Barbosa (Foto: Divulgação)

A individual Lava expõe objetos, pinturas e fotografias, reunindo ideias sobre o significado e a interseção entre o fogo e a terra.

Sergio Gonçalves Galeria. Rua do Rosário, 38, Centro. Sábado, 11h às 18h.

Fonte: VEJA RIO