diversão

Confira 45 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com shows, exposições e muito mais

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

SHOWS

Apollo

Apollo
Apollo é atração no projeto Polos (Foto: Divulgação)

O carioca é a primeira atração do projeto Polos, que mistura música com tecnologia. No show, canções do EP Pure Lust, com vocais gravados em cima de bases eletrônicas. 14 anos. 

Oi Futuro Ipanema (93 lugares).Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3010, ↕ General Osório. → Domingo (22), 21h. Grátis.Distribuição de ingressos a partirdas 20h30. www.oifuturo.org.br.

Scracho

Scracho
Scracho: show grátis no Circo (Foto: Divulgação)

Após lotar o Circo Voador no ano passado, o trio formado por Diego Miranda (voz e guitarra), Caio Corrêa (voz e baixo) e Dedé Teicher (bateria) volta à casa e promete hits como Boto Fé e Morena, em show gratuito. 18 anos. 

Circo Voador (2 000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Domingo (22), a partir das 17h. Grátis. www.circovoador.com.br.

+ Veja outros shows na cidade

FESTAS

DUO

DUO
Festa anima o 00, na Gávea, com entrada gratuita até as 20h (Foto: Divulgação)

A festa ocupa o 00, na Gávea, a partir das 17h, com a DJ Andressa Fleming, no deck. A partir das 21h, Valvet, Pako e Mari Benting são os responsáveis por animar a pista.

00 Gávea. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea. Domingo (22), 17h/5h. Grátis (entre 17h e 19h); R$ 20,00 (de 19h às 21h); R$ 30,00 (de 21h às 22h) e R$ 40,00 (após 22h).  

+ Veja outras festas que agitam o Rio

TEATRO

O Jovem Frankenstein

 O Jovem Frankenstein
(Foto: Felipe Fittipaldi)

Baseado no filme de mesmo nome, o musical é uma paródia do clássico filme de horror de 1930 e que celebra o famoso monstro. A história segue a trajetória do brilhante jovem Dr. Frankenstein, que herda do seu avô um castelo na Transilvânia e tenta seguir o legado, realizando a experiência de trazer um cadáver à vida. Juntamente com o seu estranho e cativante ajudante Igor, sua assistente de laboratório Inga, e mesmo com sua noiva louca e incrivelmente egocêntrica Elizabeth, Frankenstein consegue criar o monstro afinal – mas o sucesso dessa experiência trará consequências inesperadas e hilárias.

UniRio – Sala Paschoal Carlos Magno (98 lugares). Avenida Pasteur, 436, Urca, ☎ 2542-2103. Quinta a sábado e segunda, 21h; domingo, 20h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes do espetáculo. Até 5 de abril.

+ Veja mais peças em cartaz na cidade

CINEMA

Mostra do Filme Livre

Subterrâneos - Com Armando Barreto e Pelé
Filme Subterrâneos, com Armando Barreto e Pelé, é uma das obras do homenageado Maurice Capovilla (Foto: Divulgação)

A partir desta quarta (11), o CCBB recebe a 14º edição da Mostra Filme Livre que leva ao centro cultural exibição de filmes para adultos e crianças, debates e bate papo com diretores, sempre com entrada gratuita. Até o dia 5 de abril, serão 260 filmes, sendo 67 produzidos no Rio, divididos em sete categorias. Neste ano, são dois cineastas homenageados: Maurice Capovilla e o documentarista Silvio Tendler, que terão suas obras exibidas e participarão de mesas de discussão após a exibição. Estão previstos ainda outros dois debates com os cineastas Felipe Nepomuceno e Carlos Magno. Clique para saber mais.

Rua Primeiro de Março, 66, Centro. De quarta a segunda, das 9h às 21h. Até 5 de abril. Grátis.

+ Confira mais filmes em cartaz na cidade

CONCERTOS

Sonia Gonzalez

Parte da programação do projeto Música no Museu, a pianista argentina faz recital com obras de compositores como Mozart, Scriabin e Bartók. 

Museu de Arte Moderna (200 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 2240-4944. → Domingo (22), 11h30. Grátis. Distribuição de ingressos uma hora antes da apresentação.

Música no Museu

Com programação dedicada às mulheres durante todo o mês de março, o projeto apresenta Neti Szpilman (voz), e Maria Luiza Lindberg, (piano) no Clube Hebraica. No programa Encontro com Chiquinha Gonzaga, canções como Abre-Alas, Anita, Machuca, Corte na Roça, Mulatinha, A Feijoada Brasileira, Não insista Rapariga, Tango Brasileiro paraPiano e Valsa do Amor.

Clube Hebraica (200 lugares). Rua das Laranjeiras, 346, Laranjeiras. Tel: 2557-4455. Sábado (21), 17h.

+ Veja mais concertos no Rio

ESPECIAL

Concertos de Poesia

Em comemoração pelos seus dezenove anos, a Estação das Letras abre as portas para a primeira edição de Concertos de Poesia. Na estreia, o público vai ouvir poemas que marcaram a carreira das artistas Astrid Cabral e Lina Tâmega Peixoto. 

Estação das Letras. Rua Marquês de Abrantes, 177, Flamengo, ☎ 3237-3947. Sexta (20), 18h. Grátis.

Roteiros Geográficos do Rio

arcos da lapa
Passeio guiado terminará nos Arcos da Lapa (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

O programa Roteiros Geográficos do Rio promove, neste domingo (22), um passeioguiado pelo Centro do Rio. Organizada em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituo de Geografia da Uerj, a caminhada é conduzida por professores da instituição que, durante o percurso, dão explicações históricas sobre monumentos e detalhes dos locais visitados. Clique para saber mais.

Canal 100: uma Câmera Lúdica, Dramática e Explosiva 

Exposiçao Canal 100 - jogadores
Multimídia: exposição resgata história do Canal 100, famoso cinejornal de esportes dos anos 60 a 80 (Foto: Reprodução)

Baseada no livro homônimo, lançado em 2014, a exposição multimídia Canal 100: uma Câmera Lúdica, Dramática e Explosiva resgata a história do cinejornal mais famoso dos anos 60 a 80. A mostra conta com imagens raras e projeções de matérias históricas produzidas pelo Canal 100, uma revista de atualidades, mas que tinha como carro-chefe o futebol. 

Espaço Tom Jobim — Galpão das Artes. Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎ 2274-7012. Terça a domingo, 10h às 17h. Grátis. Até 29 de março. 

Badminton

De olho nos jogos Olímpicos de 2016, o Shopping Metropolitano Barra vai aproximar o Badminton dos seus clientes. O público poderá conhecer melhor o esporte de raquetes e petecas e praticar em uma quadra de 60m² montada dentro do shopping. As inscrições podem ser feitas no local do evento e a participação é gratuita.

Shopping Metropolitano Barra. Av. Abelardo Bueno, 1.300, Barra da Tijuca. Sextas e sábados, 12h às 22h; domingos, 13h às 21h. Até 29 de março.

+ Confira outros passeios na cidade

CRIANÇAS

Museu Aeroespacial

museu aeroespacial
Museu Aeroespacial: coleção de noventa aeronaves (Foto: Divulgação/Museu Aeroespacial)

Do teco-teco a velozes jatinhos, passando por uma réplica do pioneiro 14-Bis, a história da aviação se encontra guardada nesta tradicional e ampla instituição inaugurada em 1976. A principal atração é a exposição permanente de noventa aeronaves, mas também são exibidos motores usados nas duas guerras mundiais, além de objetos e documentos sobre a vida e a obra de Santos Dumont. Completa a visita a mostra Edu Chaves — Época Heroica da Aviação, sobre o piloto Eduardo Pacheco Chaves (1887-1975), aviador civil pioneiro no voo entre as cidades do Rio e de São Paulo. Rec. a partir de 3 anos. 

Museu Aeroespacial. Avenida Marechal Fontenelle, 2000, Campo dos Afonsos, ☎ 2108-8955. Terça a sexta, 9h às 15h. Sábado, domingo e feriados, 9h30 às 16h. Grátis.

Museu Naval

Com as obras de demolição da Perimetral na Praça XV, os passeios que antes saíam do Espaço Cultural da Marinha agora partem do Museu Naval, ali perto, onde também se encontra a exposição O Poder Naval na Formação do Brasil. De lá os grupos seguem, aos sábados e domingos, para uma volta de barco pela Baía de Guanabara, passando por dezessete pontos turísticos. De ônibus, a visita é à Ilha Fiscal, local do último baile do Império, em 1889 — cenários com informações sobre a ilha foram reformulados recentemente. Rec. a partir de 2 anos. 

Museu Naval. Rua Dom Manuel, 15, Centro, ☎ 2532-5992 (seg. a sex.) e 2104-5506 (sáb. e dom.). Terça a domingo, 12h às 17h. Grátis. Passeio de barco (70 lugares): sábado e domingo, 13h15 e 15h15. R$ 20,00. Ilha Fiscal (60 lugares): sábado e domingo, 12h30, 14h e 15h40. R$ 20,00.

De Férias no Sítio

De Ferias
Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo: peça baseada em Sítio do Picapau Amarelo (Foto: Mariana Rocha)

Criado pelo escritor Monteiro Lobato (1882-1948) para a série de livros Sítio do Picapau Amarelo, o personagem do menino Pedrinho sempre encantou a criançada por seu espírito aventureiro. Suas peripécias ganham o palco em De Férias no Sítio, novo trabalho do Centro Teatral e Etc e Tal, que estreia no sábado (21), no Parque das Ruínas, para uma curta temporada, com entrada franca. No espetáculo, o grupo formado por Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo diverte os pequenos com a chamada pantomima literária, técnica em que eles são especializados. Nela, a história é apresentada com narração simultânea às ações dos atores em mímica. Com muito humor, a peça mostra as peripécias do garoto a caminho da casa de sua avó, Dona Benta — a exemplo do seu encontro com o temido Saci Pererê (45min). Rec. a partir de 5 anos.

Parque das Ruínas (60 lugares) Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2215-0621. Sábado e domingo, 11h. Grátis. Distribuição de ingressos uma hora antes da apresentação. Até o dia 29. Estreia prometida para sábado (21).

Kandinsky: Tudo Começa num Ponto

A mostra do pintor russo inspira uma rica programação infantil no CCBB. Aos sábados e domingos acontecem atividades como Dança das Cores, uma provocação aos sentidos por meio de sons, leituras e tintas que resulta em pintura coletiva, às 15h; uma hora depois, Em Cantos e Contos, que apresenta narrativas da cultura popular russa, como A Lenda da Matrioska (40min cada atividade). Rec. de 3 a 6 anos. 

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2070. → Grátis. Distribuição de senhas meia hora antes. Até o dia 30.

Biblioteca em Movimento

Biblioteca em movimento
Projeto quer estimular interesse das crianças pela leitura (Foto: Oscar Henrique Liberal)

Neste sábado (21), a Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, vai receber a segunda edição do Biblioteca em movimento com distribuição de livros infantis e apresentação de espetáculo teatral. A partir das 16h, duas tendas climatizadas vão oferecer brincadeiras e atividades com o grupo Sapoti, seguido de uma apresentação teatral inspirada no livro “Bibliotecas do mundo”, da escritora Daniela Chindler, roteirizada em parceria com Augusto Pessôa. Com direção de Guilherme Miranda e Graziela Domingues, o espetáculo leva ao palco histórias curiosas de célebres bibliotecas espalhadas pelo mundo. Cerca de 500 exemplares do livro “Bibliotecas do mundo” serão distribuídos gratuitamente a todas as crianças. Clique para saber mais.

Clubinho do Downtown 

Neste sábado (21), o destaque fica por conta da contação de história, música com mini-instrumentos, massa mágica, meus pintinhos venham cá, jacaré tá na lagoa, oficina de reciclado e roda. Para esse domingo (22), o destaque fica para oficina de capas e acessórios (TNT), camarim, música, meus pintinhos venham cá e oficina de garrafas pets. As atividades são voltadas para crianças de até oito anos de idade.

Downtown. Avenida das Américas, 500, Barra da Tijuca. Sábado (14) e domingo (15), 16h às 19h.

Páscoa no ParkShoppingCampoGrande

Um ateliê com coelhos, flores e chocolates recebe a garotada em diversas atividades. Haverá oficinas gratuitas no Ateliê dos Coelhos: pintura de rosto, confecção de orelhinhas, customização de cestas e pintura em ovinhos. O espaço comporta 24 crianças de até 12 anos com permanência de 30 minutos e disponibiliza almofadas para os pequenos também participarem da brincadeira.

ParkShoppingCampoGrande. Estrada do Monteiro, 1.200. Tel: 2414-7417. Segunda a domingo, 14h às 20h. Até 5 de abril.

Mundinho Kids 

O mágico Richard Goulard, com 15 anos de experiência, vai apresentar truques de mágica e interagir com a criançada de forma dinâmica e moderna;

Shopping Metropolitano Barra. Av. Abelardo Bueno 1.300, Barra da Tijuca. Domingo (22), 17h.

Feira Literária

As crianças poderão conferir o teatrinho infantil Chapeuzinho Vermelho e, em seguida a apresentação do musical Frozen, levará as princesas a uma aventura congelante.

Riosul. Av. Lauro Muller, 116, Botafogo. Domingo (22), 15h.

O encontro de dois mundos

Em busca de um novo mundo cheio de ouro e riquezas, o capitão de um navio inglês e sua tropa chegam a uma pequena tribo, no meio da floresta. Lá, o comandante conhece uma índia corajosa, que ensina ao jovem aventureiro que os verdadeiros selvagens são aqueles que querem destruir a floresta para construir cidades. Porém, desse encontro, surge uma nova paixão.  

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu. Domingo (22), 17h.

Clubinho da Alegria

A garotada vai se divertir com a confecção personagens em uma oficina de bonecos ecológicos. Os interessados podem ser inscrever no local 30 minutos antes da atividade. São 100 vagas. Também haverá piscina de bolinhas e contação de histórias.

São Gonçalo Shopping. Avenida São Gonçalo, 100, Boa Vista, São Gonçalo. Domingo (22), 17h.

Os Saltimbancos

A peça narra a história do encontro de quatro animais, que cansados dos maus tratros que recebiam dos seus patrões resolvem fugir para a cidade grande e montar um grupo musical. No caminho encontram seus antigos donos e temendo serem novamente escravizados, resolvem enfrentá-los. Os bichos vencem e chegam à conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades.

Santa Cruz Shopping. Rua Felipe Cardoso, 540, Santa Cruz. Tel: 2418-9400. Domingo (22), 17h.

+ Veja outras atrações infantis na cidade

EXPOSIÇÕES

Rio: Primeiras Poses — Visões da Cidade a Partir da Chegada da Fotografia (1840-1930) 

Rio Primeiras Poses
A Praça Mauá por Augusto Malta: foto de 1921 (Foto: Augusto Malta/Coleção Brascan Cem Anos no Brasil/Acervo Instituto Moreira Salles)

Entre as diversas ações que têm pipocado em comemoração dos 450 anos do Rio, esta imperdível mostra ocupa um lugar destacado. Possível somente graças a um consistente trabalho do Instituto Moreira Salles na restauração e conservação de fotos antigas, Rio: Primeiras Poses — Visões da Cidade a Partir da Chegada da Fotografia (1840-1930) reúne mais de 400 registros da cidade, pertencentes ao acervo da instituição. Sob a curadoria de Sergio Burgi, a alentada seleção traz pioneiros como Marc Ferrez (1843-1923), Georges Leuzinger (1813-1892) e Augusto Malta (1864-1957), entre muitos outros. Trata-se de fotografias para admirar sem pressa — à parte a beleza das imagens, há a graça de tentar localizar edifícios, monumentos e logradouros de hoje em cenas da virada do século XIX para o seguinte. Duas mesas interativas, sensíveis ao toque, potencializam a experiência: nelas, os visitantes podem ampliar dezenas de fotos, passear por seus detalhes e ainda descobrir, por meio de um mapa da cidade, o ponto exato onde foram clicadas. No fundo da galeria, uma projeção de 2,74 metros de altura por 9 metrosde largura exibe outras imagens, todas de Ferrez, também expandidas de modo a revelar seus pormenores. Dois monitores apresentam fotosem estereoscopia, que, vistas com óculos especiais, criam um efeito tridimensional.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, das 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 31 de dezembro.     

William Eggleston

Registros em preto e branco eram amplamente dominantes no universo da fotografia artística quando, em 1976, o americano William Eggleston teve exibida no MoMA, em Nova York, uma seleção de imagens coloridas. Em cenas prosaicas, o fotógrafo apresentava vários símbolos da modernização dos Estados Unidos: carros, estradas, supermercados, outdoors, shopping centers, estacionamentos, motéis. Parte das imagens daquela icônica mostra está em A Cor Americana, que o Instituto Moreira Salles abre neste domingo (15), com cerca de 170 cliques. Também presentes à exposição e igualmente relevantes são os registros da série Los Alamos, feitos em viagens de carro pelo sul de seu país, entre 1965 e 1974.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 28 de junho.

Miguel Rio Branco

Em Mécanique des Femmes — La Suíte, o fotógrafo propõe uma continuação de sua última individual na galeria, novamente tratando do universo feminino. Desta vez, todo o espaço será transformado, criando uma espécie de grande instalação. Seis novos dípticos e trípticos fotográficos estarão expostos. Preços sob consulta.

Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 25 de abril. A partir de sexta (20).

✪✪✪ Athos Bulcão

Athos Bulcão
Painel da Rodoferroviária de Brasília: uma das atrações na mostra, que privilegia a azulejaria (Foto: Reprodução)

A produção do artista voltada para murais e painéis é privilegiada em Tradição e Modernidade. O acervo apresentado inclui uma série de reproduções oficiais de trabalhos de Bulcão (1918-2008), entre eles diversos realizados para construções públicas de Brasília (que ele ajudou a levantar, ao lado do arquiteto Oscar Niemeyer) e o Sambódromo carioca. Vale observar as plantas que acompanham os murais, reveladoras das intenções prévias do artista.

Caixa Cultural — Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕ Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até domingo (22).

✪✪✪ Apreensões e Objetos do Desejo: Obras Doadas pela Receita Federal ao MNBA

Dezenove obras de arte apreendidas pela Receita Federal em outubro do ano passado agora integram a coleção do MNBA e são exibidas nesta coletiva. Há criações de nomes importantes, como o italiano Michelangelo Pistoleto, o indiano Anish Kapoor, o inglês Antony Gormley e os brasileiros Daniel Senise, Cildo Meireles e Beatriz Milhazes.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 3299-0600, ↕ Cinelândia. → Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Grátis em março. A partir de abril, R$ 8,00(pelo mesmo valor, o ingresso-família contempla até quatro parentes) e grátis aos domingos. Até o dia 29.

✪✪✪ A Cidade Idealizada — O Rio de Janeiro Através dos Cartões-Postais (1900-1930)

Uma alentada seleção de cartões-postais ilustrados com fotografias do Rio do início do século XX mostra como era a cidade naquela época. Há registros de locais como Corcovado, Pão de Açúcar e a antiga Avenida Central (Avenida Rio Branco).

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ↕ Cinelândia. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até o dia 29.

Jean-Baptiste Debret

Expo debret
Exposição de Debret (Foto: Divulgação)

Integrante da Missão Artística Francesa, movimento que revolucionou o panorama das belas-artes no Brasil no início do século XIX, Debret tem 120 obras exibidas aqui. Pertencentes à Coleção Castro Maya, os trabalhos retratam cenas do Rio, em especial aquelas referentes à relação entre homens livres e escravos no país, tema caro ao artista.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 3 de maio.

Malu Fatorelli

Videoinstalações, gravuras, vídeos e desenhos compõem a individual Clepsidra — Arquitetura Líquida, na qual a artista dialoga com a paisagem do entorno da Galeria Laura Alvim: o mar de Ipanema.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. → Terça a domingo, 11h às 21h. Grátis. Até 5 de abril.

Osmar Dilon

Um dos integrantes do movimento neoconcreto, Dilon (1930-2013) tem obras produzidas entre 1959 e 1972 reunidas na individual Não-Ob­je­tos Poéticos. Alguns dos trabalhos foram expostos apenas uma vez há mais de cinquenta anos, caso dePalavra em Branco e Palavra em Vermelho, ambos de 1970.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. → Segunda a sexta, 11h às 18h; sábado e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até 23 de maio.

✪✪✪ Um Passeio pelo Rio: a Cidade nas Andanças de Joaquim Manuel de Macedo

Passeio publico
Visão do Passeio Público do Rio por volta de 1817: viagem no tempo (Foto: Franz-Joseph-FrühbeckColeção-Martha-e-Erico-StickelAcervo-Instituto-Moreira-SallesFranz-Joseph-FrühbeckColeção-Martha-e-Erico-StickelAcervo-Instituto-Moreira-Salles)

Trata-se de uma reunião de mais de cinquenta itens do acervo iconográfico do IMS, entre desenhos e gravuras. Textos sobre o Rio publicados na imprensa pelo escritor Joaquim Manuel de Macedo (1820-1882) inspiram a seleção de obras do início do século XIX. Trata-se de uma prazerosa viagem no tempo para apaixonados pelo Rio, que devem deter-se diante dos trabalhos, especialmente as paisagens, reveladores de uma cidade que não existe mais.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 12 de abril.

✪✪✪✪ Wassily Kandinsky

Referência máxima entre os precursores da arte abstrata, o russo tem quarenta obras apresentadas na exposição Tudo Começa num Ponto. Outros itens, mais de uma centena deles, entre quadros dos contemporâneos de Kandinsky (1866-1944), objetos, filmes e documentos, completam o acervo, propiciando uma contextualização do surgimento do abstracionismo.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até o dia 30.

O Cronista Graciliano no Rio de Janeiro

Uma exposição sobre o escritor Graciliano Ramos (1892-1953), autor de Vidas Secas e Memórias do Cárcere, marca a reabertura do espaço cultural Arte Sesc, no Flamengo. Com acervo de fotos, periódicos, documentos, vídeos e uma recriação do local de trabalho do autor alagoano, a mostra enfoca especialmente a sua relação com o Rio.

Arte Sesc. Rua Marquês de Abrantes, 99, Flamengo, ☎ 3138-1582 e 3138-1634. → Terça, 10h às 19h; quarta a sexta, 10h às 18h; sábado e domingo, 10h às 17h. Grátis. Até 19 de abril. 

Denise Araripe

Questões ligadas à originalidade e aos direitos autorais são sugeridas nos trabalhos apresentados pela artista em É na Contemplação que a Obra Acontece. Como em suas duas individuais anteriores, aqui ela promove um mash-up de referências populares, como personagens de desenhos animados e histórias em quadrinhos, e evocações a grandes nomes da arte, como Manet e Damien Hirst. Entre R$ 8 000,00 e R$ 23 000,00.

Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida (Universidade Candido Mendes). Rua Joana Angélica, 63, Ipanema, ☎ 2523-4141. Segunda a sexta, 14h às 20h; sábado, 16h às 20h. Grátis. Até 4 de abril.

Estranhamentos

A partir de uma frase de Sigmund Freud sobre o efeito de estranheza em relação ao que é, ao mesmo tempo, familiar e incomum, três artistas contemporâneos cariocas, Arthur Arnold, Jozias Benedicto e Ursula Tautz, criaram obras especialmente para a exposição.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ↕ Cinelândia. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 12 de abril.

De Dentro

Experiment Xevi Solà
Quadro Experiment, de Xevi Solà (Foto: Divulgação)

A mostra reúne obras do pintor espanhol Xevi Solà. Enfermeiro de um hospital psiquiátrico, Solà costuma colocar o expectadores de seu trabalho à frente de uma sociedade com valores deturpados através de uma mistura de brutalidade e requinte e reproduz em suas telas as sensações causadas a partir de seu cotidiano. 

Galeria INOX. Av. Atlântica, 4240, subsolo, 101, Copacabana. Segunda à sexta, 10h às 20h; sábado, 11h às 19h.

Iuri Sarmento e Steve Miller

Duas exposições individuais ocupam a nova Marsiaj Tempo Galeria, resultado da fusão das galerias Tempo e Laura Marsiaj. Enquanto o novo espaço, com abertura programada para o segundo semestre, não fica pronto, as mostras são realizadas no endereço da última. O mineiro Sarmento exibe pinturas e esculturas e Miller apresenta radiografias impressas em papel fotográfico. Preços sob consulta.

Marsiaj Tempo Galeria. Rua Teixeira de Melo, 31-C, Ipanema, ☎ 2513-2074. Terça a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até o dia 28.

O Papagaio de Humboldt

Instalações sonoras de quinze artistas da América Latina resgatam idiomas indígenas em risco de extinção.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ↕ Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até o dia 29.

✪✪ A Primeira do Ano — Pequenos Formatos

Como o nome entrega, a coletiva, primeira de 2015 na Anita Schwartz Galeria de Arte, reúne obras em pequenos formatos. São 48 trabalhos nos mais variados suportes, de nomes como Abraham Palatnik, Nuno Ramos, Angelo Venosa, Maria Lynch e Waltercio Caldas, entre outros. A partir de R$ 2 600,00.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até o dia 14.

Asas e Raízes

Asas e Raízes
(Foto: Wilton Montenegro / Divulgação)

Christus Nóbrega, Gê Orthof, José Patrício, José Rufino, Leila Danziger (com a obra ao lado), Monica Mansur, Neno del Castillo, Xico Chaves e Zalinda Cartaxo são os artistas reunidos na coletiva. O acervo contempla pinturas, objetos, desenhos, fotografias, esculturas e instalações.

Caixa Cultural — Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕ Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 15 de março.

Azul Cobalto – Azulejos e Memórias

Azul Cobalto
Azul Cobalto (Foto: Divulgação)

A mostra traz a Coleção do sócio do Grupo Scenarium Nelson Torzecki, garimpada, ao longo de mais de 20 anos. A exposição é composta por cerca de 100 painéis estruturados a partir de peças utilizadas dos séculos XVI ao XX, algumas nunca expostas anteriormente. 

Galeria Scenarium. Rua do Lavradio, 15, Lapa. Terça a sábado, 13h às 19h. Até 30 de abril.

Traço Livre - dos limites do humor à liberdade de expressão

A mostra é inspirada nos fatos relacionados com o atentado ao jornal francês Charlie Hebdo, e traz uma reflexão sobre os limites do humor no mundo atual. A exposição conta com 24 obras, divididas entre chargistas e ilustradores/artistas gráficos, de diversas gerações e estilos, como Ziraldo, Aroeira, Jaguar e Paulo Caruso. Haverá também debates sobre temas ligados à mostra, como liberdade de expressão. 

Galeria Scenarium. Rua do Lavradio, 15, Lapa. Terça a sábado, 13h às 19h. Até 25 de abril.

Mostra Rio 450

A mostra da UNISUAN reúne cinco exposições e exibições de filmes que remetem à cidade. A unidade Bonsucesso recebe quatro exposições: Cenas In Rio, que reúne 15 imagens do fotógrafo Alexandre Silva que retratam o cotidiano do Rio; Playmobil, com os famosos bonecos em cenas da cidade; Pintores de Boca, uma coletânea de 25 quadros feitos pelos artistas da Associação dos Pintores com a Boca e os Pés; e Quadros do Rio, com obras do escultor e pintor Gilberto Barreto Oliveira. Na unidade Campo Grande, a exposição Cotidiano de Chita reúne imagens multicoloridas de personagens do interior do Brasil.

Av. Paris, 72, Bonsucesso/Avenida Cesário de Melo, 2.571, Campo Grande. Segunda a sexta, 9h às 21h; sábados, 8h às 12h. Até 4 de abril.

+ Confira outras exposições em cartaz na cidade

Fonte: VEJA RIO