Beira-mar

Sabrina Sato diz que fica mesmo com dívida da Vila Isabel

Apresentadora se prontificou a ajudar a escola que deve cerca de dois milhões de reais em multa por barulho 

Por: Daniela Pessoa

Sabrina Sato
Sabrina Sato (Foto: Divulgação)

Após passar mais de um mês interditada pela Justiça para reforma acústica, a quadra da Unidos de Vila Isabel foi reaberta, mas o imbróglio não terminou. O processo motivado pela reclamação dos vizinhos, por causa do barulho, chegou aos tribunais em 2011, e a escola ainda negocia o pagamento de uma multa estratosférica por decibéis emitidos além do permitido. O cálculo, na época, era de 178 000 reais, mas os valores atuais beiram os 2 milhões de reais. Rainha de bateria da Vila há cinco anos, Sabrina Sato garante que permanece no posto, apesar de o impasse financeiro ter suscitado rumores apontando o contrário. Ela teria inclusive se prontificado a quitar a dívida da azul e branca, mas, após a soma dos juros ano a ano, a equipe da artista teria perdido o rebolado. Procurada por VEJA RIO, Sabrina ratificou o desejo de ajudar. “Estou junto com a Vila e, se for necessário, me coloco à disposição, através de meus patrocinadores, para apoiar a escola de alguma maneira.” Uma fonte próxima à apresentadora, no entanto, demonstra preocupação com o clima de incerteza surgido após a recente mudança de diretoria da escola. “Tudo o que se diz hoje pode mudar amanhã.”

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DA SEMANA:

+ Modelo surfista aproveita a "fama" de ser confundido com Cauã Raymond

+ Três espetáculos que estreiam no mesmo dia disputam os VIPS da cidade 

+ Nova namorada de Olin Batista comenta relacionamento e revela apelido carinhoso 

+ "Não serei dessas avós que vão ficar fazendo tricô", afirma Preta Gil

Fonte: VEJA RIO