CARIOCAS DO ANO

Roberta Medina

À frente do Rock in Rio desde a escolha da programação até a realização do último espetáculo, a empresária deu vida ao festival que atraiu 700 000 espectadores

- Atualizado em

roberta-medina.jpg
À frente do Rock in Rio desde a escolha da programação até a realização do último espetáculo, a empresária Roberta Medina deu vida ao festival que atraiu 700 000 espectadores ao Parque dos Atletas em sete noites (Foto: Redação Veja rio)

Ela não canta nem toca instrumento, mas ainda assim foi destaque do showbiz neste ano. Aos 33 anos, a empresária carioca Roberta Medina trouxe de volta à cidade, depois de uma década, o Rock in Rio. Comandou todas as etapas do megafestival, da produção e montagem aos shows que reuniram em setembro 108 bandas e 700?000 pessoas na Cidade do Rock, em Jacarepaguá. Filha do publicitário Roberto Medina, idealizador da marca, Roberta convive com os bastidores da música desde menina. Na primeira edição, no longínquo verão de 1985, tinha apenas 6 anos e dormia no chão do camarote durante os espetáculos. Dezesseis anos depois, em 2001, a jovem assumiu a coordenação geral da terceira edição. Também foi responsável pela internacionalização do evento, que já foi realizado quatro vezes em Lisboa e duas em Madri. ?Este ano foi especial. Voltamos para casa num momento em que o Rio vive uma fase de esperança e grandes transformações?, diz.

Bonita, articulada e competente, Roberta começou nesse ofício antes mesmo de se formar em publicidade, na PUC. Seus primeiros passos na área vieram com a produção da árvore de Natal da Lagoa, outra criação do seu pai, e em eventos com personagens da Disney em shoppings da cidade. Hoje, vive entre o Rio de Janeiro e Lisboa, onde mantém um apartamento e é tratada como celebridade. Ela é reconhecida nas ruas desde que participou como jurada da versão local do reality show Ídolos. Mal acabou o último Rock in Rio, já está empenhada na organização de novas edições do festival, no ano que vem na Europa e em 2013 por aqui. ?É um privilégio trabalhar com algo que mexe com a emoção das pessoas?, destaca ela, que é casada há dois anos com o produtor Ricardo Acto e não tem filhos.

Fonte: VEJA RIO