3 PERGUNTAS PARA...

...Laura Rizzotto

- Atualizado em

roteiroshows3perguntasinterna.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fã de Ivete Sangalo, Lulu Santos e Paralamas do Sucesso, a cantora e compositora acalenta desde os 8 anos ? tem 17 ? o sonho de se tornar uma pop star. Pensando nisso, além de piano clássico, fez balé e entrou para o corpo do Theatro Municipal. No fim do ensino médio, no tradicional Colégio Santo Agostinho, e do curso técnico de piano clássico da UFRJ, Laura Rizzotto, contratada da gravadora Universal, encontrou tempo para gravar seu primeiro disco, Made in Rio, com composições suas e do irmão, Lucas, e uma das faixas produzidas por Eumir Deodato. O lançamento acontece na segunda (5), no Solar de Botafogo.

Por que compor em inglês? Minha mãe é juíza federal e foi fazer um curso de um ano nos Estados Unidos. Na época, eu tinha 11 anos e levei uns discos de música brasileira para lá. Meus colegas lá gostavam, mas não entendiam a letra. Então eu e meu irmão começamos a fazer versões de músicas brasileiras em inglês. Fizemos para Assim Caminha a Humanidade, do Lulu, e até para Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim, da Ivete Sangalo. Sou fã dela.

Há muita diferença entre suas primeiras canções e as atuais? Sim. Eu já tocava piano, mas escrevia com a voz. Hoje já pego nos instrumentos para compor. Harmonicamente, fica muito mais interessante. Nas letras, continuo falando de coisas que passam pela minha cabeça ou que eu sinto.

O que é mais louco é pensar sobre algumas pessoas que já me serviram de inspiração. Fico pensando como eu escrevi para aquela pessoa.

Você está começando muito cedo. Pensa que pode se tornar uma nova Sandy? Não ligo muito para isso, porque é algo que está fora do meu controle. O que vão dizer está fora do meu alcance, então prefiro nem pensar. Gosto dos rumos que as coisas estão tomando e estou cercada de pessoas competentes. Meu foco é a música.

Fonte: VEJA RIO