de volta à garagem

Eike Batista recupera Porsche branco dirigido por juiz

Empresário consegue reaver bens que haviam sido bloqueados pela justiça em fevereiro

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

Eike Batista no banco dos réus
O ex-bilionário recupera carros de luxo (Foto: Divulgação)

Após ter seus bens bloqueados pela justiça em fevereiro, o empresário Eike Batista começa a recuperá-los. Todos os seus carros já estão de volta à sua garagem de sua mansão no Jardim Botânico. Os últimos a chegar foram uma Lamborghini, avaliada em R$ 2 milhões, e um Porsche Cayenne, que haviam sido levados de sua casa pela Polícia Federal. Este último, avaliado em R$ 300 mil, é o mesmo veículo que o juiz Flávio Roberto de Souza foi flagrado dirigindo, o que gerou seu afastamento do caso.

+ A rotina do ex-bilionário Eike Batista e sua família em meio à crise

O próprio empresário chegou ao imóvel dirigindo o seu Porsche e escoltando a Lamborghini, que chegou em um reboque. Em março, a Justiça já havia devolvido uma picape Range Rover e um piano.

+ Site lista realizações do ex-bilionário Eike Batista, acusado de crime contra o mercado financeiro

Apesar do desbloqueio dos bens materiais, determinado no fim de abril, Eike ainda luta para reaver R$ 162,646 milhões, que seguem apreendidos pelo juiz Vitor Valpuesta, da 3ª Vara Federal Criminal.

+ Thor e Olin Batista, filhos de Eike, passam férias com as namoradas em paraíso no Caribe

Fonte: VEJA RIO