Beira-mar

Cirurgião plástico Ivo Pitanguy lança autobiografia

Aos 91 anos, o pai da cirurgia plástica no Brasil conta histórias divertidas e dá lições de vida no livro de memórias Viver Vale a Pena, que será lançado na quarta (22)

Por: Daniela Pessoa

ivo pitanguy
Ivo Pitanguy: mais de 400 páginas de histórias (Foto: Camilla Maia/Ag. O Globo)

+ O cirurgião plástico Carlos Fernando Gomes de Almeida é o novo queridinho das celebridades

Certa noite, um rapaz com a mão dilacerada, notório batedor de carteiras, adentrou a emergência do hospital. Às vésperas de dar alta ao paciente, o doutor que o atendeu disse: “Espero que guarde bem minha fisionomia e, quando me vir nas ruas do Centro, não venha bater minha carteira”. O assaltante respondeu com toda a seriedade: “Sinto muito, doutor, mas nesse caso minha conduta é tão profissional quanto a sua. Quando estou trabalhando, não levo em conta quem é o meu ‘cliente’ ”. Essa é apenas uma das curiosas histórias contadas pelo médico Ivo Pitanguy, considerado o pai da cirurgia plástica no Brasil, no livro Viver Vale a Pena, que será lançado na quarta (22) na Travessa do Leblon. “Eu poderia até ter esperado mais. É uma autobiografia muito precoce”, diz Pitanguy, aos 91 anos. Assim como faz com seus artigos médicos, ele ditou as 432 páginas para que uma ajudante digitasse a obra.

Leia mais na coluna Beira-mar dessa semana:

+ Claudia Ohana fala sobre cena de sexo com Mariana Ximenes

+ Preta Gil cobra uma fortuna para cantar em casamentos

+ Dramaturgo Gerald Thomas deixa rabino Nilton Bonder constrangido com piadas de mau gosto 

+ Atriz Guilhermina Guinle vai atrás da coach de Julia Roberts em Nova York

 

Fonte: VEJA RIO