Cariocas do ano

Carol Sampaio

Criadora do Baile da Favorita e organizadora das festas mais badaladas da cidade, ela é seguida por um exército de admiradores que a acompanham nas redes sociais

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

carol_sampaio
(Foto: Leo Aversa)

Uma vez por mês, um público eclético toma a entrada da quadra da Escola de Samba Unidos da Rocinha, junto ao túnel Zuzu Angel. Mocinhas de salto alto e short curto descem de carrões e entram rapidamente no espaço. Lá dentro, ao ritmo do funk, as patricinhas, seus companheiros mauricinhos e mais uma penca de celebridades se jogam na pista e rebolam até o chão enquanto entoam refrãos como “Eu só quero é ser feliz” ou “Glamourosa, rainha do funk” até o amanhecer. Sucesso absoluto no Rio, o Baile da Favorita ganhou o Brasil e neste ano já aconteceu em quinze cidades, atraindo um público de cerca de 140 000 pessoas. Tudo sob o comando de sua mentora, a carioca Carol Sampaio, 31 anos, a promoter mais requisitada da cidade e dona de um séquito de quase 200 000 admiradores no Instagram. Dos camarotes da Sapucaí, do Rock in Rio e da Copa do Mundo aos shows de astros como Justin Bieber, Lady Gaga, Joss Stone, Jack Johnson, ela é responsável pela lista de convidados vips dos grandes eventos. E onde ela está, pode contar que por perto se encontram Juliana Paes, Bruna Marquezine, Débora Nascimento, Isis Valverde, Cleo Pires, Fernanda Paes Leme e Giovanna Ewbank, figuras frequentes em suas festas.

Nascida e criada em Ipanema, onde mora até hoje, Carol bem que tentou seguir outra carreira. Chegou a cursar direito, mas a vocação para juntar gente interessante em um mesmo lugar predominou. Hoje exercita também a faceta de mulher de negócios, investindo em planos de marketing para empresas. “A Favorita é só uma prova do que é possível ser feito em uma cidade como o Rio. Quero contribuir muito mais para esse lugar que eu amo”, diz, com seu vozeirão característico. Ex-lutadora de jiu-jítsu e flamenguista fanática (a ponto de ter o escudo da equipe tatuado no pulso), foi escolhida para integrar o Time Brasil, grupo criado pelo Comitê Olímpico Brasileiro para promover os Jogos de 2016. A convite do prefeito Eduardo Paes, também faz parte do Conselho da Cidade, fórum com 181 cidadãos que debate soluções para os problemas do município. Em meio a uma rotina agitada, faz questão de comparecer e dançar no palco de todos os Bailes da Favorita. “Quero fazer isso até chegar aos 50. Só não sei se vou conseguir descer até o chão”, brinca, com seu incansável bom humor.

Fonte: VEJA RIO