PERFIL

Chique e sarada

A it-girl Carol Buffara divulga sua rotina de exercícios e alimentação através de fotos no Instagram e atrai mais de 40 000 seguidores

Por: Louise Peres - Atualizado em

foto Rodrigo Lopes
(Foto: Redação Veja rio)

Toda mulher que já tenha tentado eliminar aquelas últimas gordurinhas sabe muito bem: quanto mais o ponteiro da balança se aproxima do peso ideal, mais difícil é fazê-lo descer. Foi justamente uma guerra pessoal contra os derradeiros 5 quilos que alçou a it-girl Carol Buffara, dona de uma multimarca de luxo em Ipanema, ao posto de mais nova musa do Instagram. Decidida a retomar os 50 quilos, há seis meses ela voltou a malhar e aderiu à alimentação saudável. Tudo registrado em fotos publicadas na rede social. Do suco verde na sacada de seu apartamento na Avenida Vieira Souto ao cronômetro da esteira após 1h20 de treino, cada imagem compartilhada é alvo de centenas de elogios à barriga conquistada durante o processo, seca e com os músculos levemente delineados. No início do ano, o burburinho em torno de suas fotografias deu origem à hashtag #projetocarolbuffara. Motivados pelos resultados de Carol, os usuários já postaram quase 10?000 fotos de suas próprias maratonas de exercícios e dietas acompanhadas da expressão. ?Começou como uma brincadeira e virou o meu maior estímulo?, afirma ela.

Quem acompanha a empresária de 27 anos no Instagram e a vê correndo 12 quilômetros em pleno fim de semana, no meio de uma viagem à fazenda de amigos, logo entende que aquela barriga tanquinho e os 16% de gordura no corpo (o normal, para uma mulher de sua idade, varia de 20% a 30%) não vieram de graça. Primeiro, ela procurou uma nutricionista, que prescreveu uma dieta desintoxicante. Foram dez dias sem comer nenhuma proteína animal, sem um gole de café, nada de açúcar nem farinha branca. Os pães de queijo, um vício, tiveram de ser expulsos do cardápio para dar lugar a muita água de coco, barrinhas de cereais e shakes de proteína. ?Fiquei seis meses sem me preocupar com isso. Precisava de um tratamento de choque. Quando voltei, mal conseguia dar uma volta correndo na Lagoa?, admite Carol, que em paralelo acionou seus antigos personal trainers. Hoje ela acorda todo dia antes das 6 da manhã, pronta e bem-disposta para encarar uma hora de corrida. Faz musculação ou pratica muay thai e ginástica funcional, e finaliza o treino com 1?000 abdominais. ?A Carol poderia virar atleta se quisesse. Ela é muito disciplinada?, diz o professor de educação física Chico Salgado.

fotos reprodução
(Foto: Redação Veja rio)

A curiosidade em torno da vida de uma das jovens mais estilosas da cidade, filha do empresário Gilberto Buffara, do ramo de armazéns industriais, já fazia com que muita gente voltasse os olhos para os cliques de Carol no Instagram. Antes mesmo de sua barriga secar e virar objeto de culto, mais de 15?000 pessoas acompanhavam as imagens postadas pela loira. Ali, como qualquer outra menina de sua idade adepta da rede social, ela publicava fotos do próprio cotidiano: o dia a dia na Nag Nag Store, encontros com as amigas da alta-roda, peças de grife caríssimas recém-adquiridas e viagens para os destinos mais badalados do momento ao lado do namorado. Quando começaram a fazer parte de seu dia a dia, as manhãs de malhação captaram a atenção de novos seguidores e seu perfil passou a reunir os dois assuntos que mais interessam às mulheres on-line: dieta e moda. O sucesso que ela vem fazendo na rede pode ser comprovado pelos números. Nos últimos dois meses, desde que foi criada a hashtag com seu nome, o contingente de seguidores pulou para mais de 40?000 pessoas.

Com um físico maravilhoso, Carol batalha para manter a rotina de exercícios e continuar melhorando o condicionamento, mas sem radicalismos. Nos fins de semana, não abre mão de tomar um vinho nem de comer risoto e devorar um petit gâteau na sobremesa. ?Faço questão de mostrar quando como uma besteira, para as pessoas verem que é possível manter um físico bacana sem abrir mão do prazer à mesa. Só que, no dia seguinte, intensifico o treino?, afirma. Outro grande segredo, para ela, é traçar metas e trabalhar duro para alcançá-las. No momento, seu maior desafio é melhorar a performance durante as subidas de bicicleta até o Cristo Redentor. Enxuta sem fazer o estilo gostosona, ela também se controla para não pesar a mão nos treinos. ?Tomo muito cuidado para não criar músculos demais?, explica. ?Não quero ficar igual a uma mulher fruta.?

Fonte: VEJA RIO