Beira-mar

Brazcarnes investe na rede de churrascarias Porcão

Após fusão, holding paulista vai injetar 150 milhões de reais para repaginar e salvar da crise a tradicional casa carioca de rodízio de carnes

Por: Daniela Pessoa

Giovani-Laste
(Foto: Luiz Guilherme Fernandes)

+ Conheça novidades nos restaurantes da cidade e casas que acabam de abrir

A rede de churrascarias Porcão reinou absoluta entre os rodízios de carnes da cidade durante três décadas. Mas, de três anos para cá, o negócio entrou em crise. A recente fusão do grupo BFG, detentor da marca, com a holding Brazcarnes, dona da renomada Vento Haragano, em São Paulo, promete, no entanto, tirar o ícone do buraco. Em um primeiro momento, serão investidos 50 milhões de reais na modernização das casas, começando pela filial da Barra. “Assim como o Rio’s, ela está toda defasada, com uma cozinha velha, horrorosa”, conta Giovani Laste, um dos novos sócios, que também atualizou o salário dos funcionários. O empresário vai resgatar, ainda, a grife Garcia & Rodrigues. Por enquanto, com uma linha de sobremesas para o Porcão. Em 2015, promete mais 100 milhões de reais a fim de reestruturar os restaurantes para a Olimpíada. “Acredito piamente no renascimento desse império carioca”, diz.

+ Churrascaria Fogo de Chão desafia domínio do Porcão

Fonte: VEJA RIO