FORA DA CAIXA

MAM reúne obras fora de suportes convencionais

Quarenta obras integram a coletiva Ações, Estratégias e Situações nas Coleções do MAM

Por: Rafael Teixeira

Luiz Alphonsus
Políptico fotográfico do mineiro Luiz Alphonsus: um dos brasileiros entre os dezesseis artistas que integram a mostra (Foto: Divulgação)

Materiais que questionam o senso comum da produção artística estão em foco na mostra Ações, Estratégias e Situações nas Coleções do MAM, que ocupa a instituição a partir de domingo (1º). Cerca de quarenta trabalhos de dezesseis artistas, criados fora de suportes convencionais, foram reunidos. Entre os brasileiros presentes na coletiva estão Artur Barrio, autor de 4 Dias 4 Noites – Livro 2, feito em nanquim e fita adesiva sobre caderno, e Waltercio Caldas, que assina Duas Portas, produzido com decalque e colagem sobre cartão. A questão das fronteiras entre arte e documentação é levantada em Negativo/Positivo, políptico fotográfico do mineiro Luiz Alphonsus, registro de uma ação na praia, na qual ele colocou fogo em objetos.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e domingo, 12h às 19h. R$ 14,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e, na quarta, a partir das 15h, para todos. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 14,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 3 de maio. A partir de domingo (1º).     

Fonte: VEJA RIO