EXPOSIÇÕES

Para quebrar o gelo

A paulistana Estela Sokol reúne em individual registros de intervenções nos Alpes austríacos

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nome em ascensão na cena contemporânea, a paulistana Estela Sokol já exibiu suas obras no Rio antes, mas em coletivas. Em 2009, participou das mostras Nova Arte Nova, no CCBB, e Trajetórias em Processo, na Galeria Anita Schwartz. Com 31 anos, dez de carreira, ela viveu em 2011 boas experiências internacionais. Em junho, expôs na Gallery 32, em Londres. Antes, participou de um projeto de residência artística em Linz, capital do estado da Alta Áustria, onde também apresentou suas criações na Galerie Wuensch. De lá ela traz metade dos trinta variados trabalhos que apresentará em sua primeira individual na cidade, batizada de A Morte das Ofélias.

O título faz referência a pinturas que retratam a princesa suicida da tragédia shakespeariana Hamlet: a tela assinada pelo inglês John Everett Millais, de 1852, hoje no londrino Tate Britain, e o quadro do francês Eugène Delacroix, de 1844, guardado no Louvre, em Paris. Inspirada por peças históricas, a artista criou fotografias, relevos e esculturas. ?Meus trabalhos se relacionam com a pintura. E esses atuais, de cores fechadas, lembram a melancolia de Ofélia?, diz. Durante a temporada austríaca, ela realizou intervenções, chamadas de land art, nos bosques nevados, inserindo tecidos, balões infláveis e placas acrílicas de cores fluorescentes, para contrastar com a sóbria paisagem alpina. Dessa atividade de campo saíram as séries fotográficas Secret Forest, com cinco ampliações em grandes formatos, e Polarlicht, de dez exemplares em metacrilato, de médias dimensões. Completam o acervo relevos de PVC e madeira, além de esculturas de granito e basalto.

Estela Sokol. Anita Schwartz Galeria de Arte. R$ 2?400,00 a R$ 40?000,00. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 8 de outubro. A partir de quinta (11). www.anitaschwartz.com.br.

Fonte: VEJA RIO