nova rotina

Agora como centro cultural, Odeon recebe sua primeira exposição

Espaço abriga mostra sobre o Brasil na Segunda Guerra Mundial e exibe o filme A Estrada 47

Por: Redação VEJA RIO

Odeon
Odeon recebe sua primeira exposição (Foto: Selmy Yassuda)

Recém-inaugurado como centro cultural, o Cine Odeon recebe, a partir desta quinta (4), sua primeira exposição. Em cartaz até o dia 10 de junho, a mostra O Brasil na Segunda Guerra Mundial apresentará todo o contexto histórico do episódio na vida dos brasileiros, com fotos e objetos. Dentro da sala de exibição, o público poderá conferir o filme A Estrada 47, longa premiado que mostra o que viveram os soldados brasileiros durante a guerra.

+ Mostra revisita a obra de Francis Ford Coppola

No primeiro dia da exposição, o público terá a oportunidade de conferir de perto alguns carros militares da época e conhecer pessoalmente alguns dos ex-pracinhas e suas histórias. No mezanino do centro cultural, haverá ainda, durante todos os dias da mostra, fotos, painéis e objetos da época, como capacetes, minas terrestres e até uma bandeira nazista capturada em combate.

Vencedor do 42º Festival de Cinema de Gramado, o filme A Estrada 47 transporta o espectador para a realidade dos 25 mil soldados brasileiros que lutaram na Europa quando o Brasil declarou guerra ao Eixo. Coproduzido por Brasil, Itália e Portugal, foi dirigido por Vicente Ferraz (Soy Cuba, O Mamute Siberiano), e contou com a participação dos atores internacionais Sergio Rubini (Paixão de Cristo), Richard Sammel (Bastardos Inglórios) e Ivo Canelas, entre os premiados atores brasileiros Daniel de Oliveira, Júlio Andrade, Francisco Gaspar e Thogun Teixeira.

+ Fique de olho nos 32 filmes em cartaz

A exposição O Brasil na Segunda Guerra Mundial é gratuita e fica aberta ao público das 12h30 às 21h. A exibição de A Estrada 47 ocorre sempre às 18h50. O valor do ingresso para o filme é R$ 18 (de segunda a sexta) e R$ 24 (final de semana e feriado). 

Fonte: VEJA RIO