Adeus, nicotina

Especialista ensina dicas para quem quer parar de fumar

Cerca de 200 mil brasileiros morrem todos os anos em decorrência de doenças provocadas pelo fumo

Por: Luna Vale - Atualizado em

cigarro fumante fumar
Dicas para quem quer parar de fumar (Foto: Divulgação)

Que fumar faz mal para a saúde, ninguém duvida. Mas quando se buscar mais informações sobre esse assunto, os números são assustadores. O Ministério da Saúde alerta que o tabagismo é responsável por 200 mil mortes todos os anos no Brasil - 25% delas por angina e infarto do miocárdio, 45% por infarto agudo do miocárdio (abaixo de 65 anos) e 85% por bronquite e enfisema pulmonar. Além disso, 90% dos casos de câncer de pulmão no país são causados pelo fumo, sendo que dos 10% restantes, um terço é de fumante passivo. Uma pesquisa de 2014 revelou que cerca de 10,8% dos brasileiros são fumantes, a boa notícia é que o número representa uma queda de 30% do número de fumantes nos últimos nove anos.

+ 18 dicas simples para ter uma vida mais saudável

Segundo dados do Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, mais de 20 milhões de americanos morreram nos últimos 50 anos por causa do cigarro, a maioria era fumante, mas cerca de 2,5 milhões eram não-fumantes que foram expostos à fumaça. E as previsões para o futuro não são animadoras. Se o vício não for controlado, cerca de 5,6 milhões de crianças irão morrer precocemente por causa do cigarro.

Em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado neste sábado (29), o médico Fabiano Serfaty listou dicas para ajudar quem quer se livrar do vício. 

  • Escolha uma razão forte o suficiente para você querer para de fumar

Para ficar motivado, você precisa de um poderoso motivo para fugir do seu vício. Talvez você queira proteger sua família do fumo passivo, talvez o medo do câncer de pulmão seja seu principal motivo ou talvez a vontade de se sentir mais jovem seja seu foco. Escolha uma razão que seja forte o suficiente para superar o desejo de acender um cigarro.

  • Faça exercício. Se movimente!

A atividade física pode ajudar a reduzir o desejo pela nicotina e aliviar alguns sintomas da abstinência. Mesmo sendo leve o exercício também é útil. Confira dicas para começar a praticar corrida

  • Evite álcool, café ou outros gatilhos

Certas atividades podem aumentar o seu desejo de fumar. O álcool  e o café são um dos gatilhos mais comuns, por isso você deve tentar beber menos. Se o café é um gatilho forte para você, tente mudar para o chá por algumas semanas. E se você costuma fumar após as refeições, encontre outra coisa para fazer ao invés disso, como escovar os dentes ou mastigar chicletes.

  • Peça ajuda

Diga a seus amigos, familiares e colegas de trabalho que você está tentando parar de fumar. Essa atitude faz a diferença! Você também pode aderir a um grupo de apoio ou fazer uma boa terapia. A terapia comportamental é um tipo de aconselhamento que ajuda a identificar e manter as melhores estratégias para você parar de fumar. Combinar a terapia comportamental com o uso de produtos para a reposição de nicotina e/ou medicação aumentam suas chances de sucesso de parar de fumar.

  • Gerencie seu estresse

Quando se para de fumar é preciso buscar uma maneira alternativa de lidar com o estresse. Tente fazer exercícios, massagens, ouvir músicas relaxantes ou aprender yoga. Se possível, evite situações estressantes durante as primeiras semanas depois que você parou de fumar.

  • Limpe sua casa

Lave toda a sua roupa que tenha cheiro de cigarro, limpe seus tapetes, cortinas e estofados. Use purificadores de ar para ajudar a livrar sua casa do cheiros. Você não deve sentir nada que te faça lembrar do cigarro.

  • Tente a terapia de reposição de nicotina

Quando você para de fumar, a retirada da nicotina pode fazer você se sentir frustrado, deprimido, inquieto, ou irritado. A terapia de reposição de nicotina pode ajudar a reduzir estes sentimentos. Estudos sugerem que gomas de nicotina, pastilhas e adesivos podem ajudar a dobrar suas chances de parar de fumar.

  • Escolha uma recompensa

Além dos grandes benefícios para sua saúde, uma das vantagens de desistir do cigarro é economizar. Use esse dinheiro economizado com algo que te faça feliz.

  • Pare pela sua saúde

Há muito mais do que a recompensa financeira com o fim do vício. A cessação do tabagismo traz benefícios imediatos para a sua saúde, reduzindo em apenas 20 minutos após o ato, a sua pressão arterial e a sua frequência cardíaca . Após um dia, o nível de monóxido de carbono no sangue retorna ao normal. Dentro de duas semanas a três meses, o risco de um infarto diminui e os pulmões começam a funcionar melhor. Os benefícios à longo prazo incluem a redução do risco de desenvolver doença cardíaca, acidente vascular cerebral, câncer de pulmão entre outros tipos de câncer.

Fonte: VEJA RIO