27/7 a 2/8

Os principais espetáculos de dança da semana

Em Mulher, a bailarina Ana Botafogo e a cantora e compositora Flavia Bittencourt evocam as mulheres que marcaram a construção do país. Belle entra em sua última semana

Por: Rafael Teixeira

Belle
Belle: espetáculo de Deborah Colker, baseado em Belle de Jour, livro do franco-argentino Joseph Kessel, adaptado para o cinema em A Bela da Tarde (1967), de Luis Buñuel (Foto: Flávio Colker/Divulgação)
  • A coreógrafa Deborah Colker aprenseta espetáculo baseado em Belle de Jour, livro do franco-argentino Joseph Kessel lançado em 1928 e adaptado para o cinema em A Bela da Tarde (1967), de Luis Buñuel. Trata-se de sua segunda investida em coreografia fincada em uma trama com início, meio e fim — em 2011 ela montou Tatyana, balé inspirado na obra-prima Eugênio Oneguin, romance do russo Alexander Pushkin. Aqui, é apresentada a história de uma mulher casada que passa as tardes trabalhando em um bordel. Na trilha sonora reúnem-se Miles Davis, a banda de rock Velvet Underground e música eletrônica criada por Berna Ceppas.
    Saiba mais
  • A bailarina Ana Botafogo e a cantora e compositora maranhense Flavia Bittencourt se juntam neste espetáculo para evocar as mulheres que marcaram a construção da sociedade brasileira, entre elas Chiquinha Gonzaga, Bidu Sayão, Tarsila do Amaral, Maria Bonita, Clarice Lispector e Gisele Bündchen. Direção do coreógrafo belga Eric Frédéric.
    Saiba mais
  • Concebido por Maria Teresa Taquechel, o espetáculo da Pulsar Cia de Dança tem nove bailarinos em cena, entre eles um cadeirante e uma cega.
    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO